Car.blog.br

Pesquisar este blog

Jeep Compass x Chery Tiggo 7 2019: comparativo - preços

Categorias: , , , 66 Comentários

O Caoa Chery Tiggo 7 chegou ao mercado este mês posicionando-se como um SUV de porte intermediário, com preços a partir de R$ 106.990 reais, tendo como principal alvo o Jeep Compass Flex.

Jeep Compass 2019 Flex x Chery Tiggo 7 - comparativo

Neste artigo comparamos o Tiggo 7 TXS (versão topo de linha) com o Jeep Compass Longitude Flex, ambos 2019, em aspectos de preço, custo x benefício, itens de série e dimensões, para responder qual a melhor opção de compra.

Custo x Benefício: vitória do Tiggo 7

O Caoa Chery Tiggo 7 tem uma versão de acesso, "T", com preço de R$ 106.990 reais, mas o modelo deste comparativo é o TXS, topo de linha, com preço de R$ 116.990 reais.

Chery Tiggo 7 Automático x Jeep Compass Flex - interior
Caoa Chery Tiggo 7 TXS - interior
O Tiggo 7 está sendo comparado ao Jeep Compass Longitude Flex 2019, que tem preço sugerido de R$ 127.990 reais, em fevereiro de 2019.

Jeep Compass Flex x Chery Tiggo 7 Automático x  - interior
Jeep Compass Longitude Flex - interior
Os preços sugeridos mostram que o Tiggo 7 é R$ 11.000 reais mais barato, mas conta com uma gama de itens de série mais extensa, com uma série de itens a mais que os contemplados no Compass. A tabela abaixo traz na coluna da esquerda os itens a mais do Tiggo 7 comparado ao Jeep, e na coluna da direita, os itens que estão no Compass, mas não estão presentes no Tiggo.

Caoa Chery Tiggo 7 - Itens a mais que o Jeep Compass Longitude FlexJeep Compass Longitude: relação de itens a mais que o Caoa Chery Tiggo 7
Teto Solar PanorâmicoSistema start/stop de desligamento do motor
Câmera 360ºPainel com tela de 7" (2,2" a mais que Tiggo 7)
Sensor de estacionamento dianteiroVolante com regulagem de profundidade
SIstema Auto HoldTGronoca de marcha no volante
Controle de descida em rampa16 cv a mais de potência
Airbags laterais
Airbags de cortina
Banco do motorista com ajuste elétrico
Sensor de chuva
Faróis com acendimento automátic0
Tela multimídia com tela de 9" (contra 8,4" no Compass)
Entre-eixos 3,8 cm maior
Transmissão automática de dupla embreagem (DCT)
0,9 Kgfm de torque

O quadro acima mostra que o Tiggo 7 sendo mais barato e mais equipado, traz uma melhor relação custo x bebefício que o Jeep Compass Longitude Flex. Os destaques do Tiggo 7 ficam por conta do teto-solar panorâmico e dos 6 airbags (contra 2 do Compass).

Consumo: vitória do Tiggo 7

O Caoa Chery Tiggo 7 é 8,9 cm maior que o Compass e tem mais espaço interno, porém ele pesa 40 Kg a menos - algo que favorece seu consumo.

Jeep Compass Flex x Chery Tiggo 7 Automático x  - interior
Caoa Chery Tiggo 7 - espaço traseiro
Além de mais leve, o Tiggo 7 conta com um powertrain de concepção mais moderna, com um motor turbo flex, associado com uma transmissão automática de dupla embreagem DCT de 6 marchas (mesmo tipo de câmbio usado no Tiguan AllSpace, Mercedes-Benz Classe A e Mercedes-Benz GLA). Esse câmbio é mais eficiente, pois incorre em menores perdas e, assim, permite um consumo mais baixo.

Jeep Compass Flex x Chery Tiggo 7 Automático

Por outro lado, o Jeep Compass aplica um motor quatro cilindros 2.0 aspirado, também flex, acoplado a uma transmissão automática de seis marchas com conversor de torque (concepção mais antiquada).

Jeep Compass Flex x Chery Tiggo 7 Automático x  - interior
Jeep Compass Longitude Flex - espaço traseiro
O quadro abaixo mostra o comparativo de dados de consumo aferidos pelo INMETRO para os dois modelos, com grifo azul no vencedor, e vermelho no perdedor.

Modelo
Consumo Gasolina
Média Gas.
Consumo Etanol
Média Etanol
CidadeEstradaCidadeEstrada
CAOA Chery Tiggo 5X9,811,710,86,78,17,5
Chery Tiggo 7 Turbo Flex9,710,910,46,87,67,2
Jeep Compass 2.0 Flex8,810,89,96,17,56,9
Hyundai ix358,710,39,66,07,26,7

O resultado, mostrado nos números de consumo do INMETRO, é que o Tiggo 7 é mais econômico em qualquer situação de uso (estrada/cidade/gasolina/etanol). Em média, o Tiggo 7 é 5% mais econômico que o Compass Flex.  Entretanto, em cidade, abastecido com gasolina (situação de maior uso), a vantagem do Tiggo é de mais de 10%, com média de consumo de 9,7 km/l, contra 8,8 Km/l do Compass.

Desempenho - empate

O Caoa Chery Tiggo 7 adota um motor 1.5 Turbo Flex de 150 cv e 21,4 Kgfm de torque, e pesa 1.500 Km. O Jeep Compass tem um motor de 166 cv, 20,5 Kgfm de torque, para um peso de 1.540 Kg. O Jeep Compass abastecido com gasolina acelera de 0 a 100 km/h em 12,6 segundos, 1,1 segundo mais lento que o Tiggo 7, que faz a mesma prova em 11,5 segundos. Entretanto o Compass atinge 192 Km/h, contra 180 Km/h do Tiggo 7.

Jeep Compass Flex x Chery Tiggo 7 Automático

O quadro abaixo traz os dados de desempenho, potência, torque, relação peso/potência e peso/torque, com grifo azul no vencedor, e vermelho no perdedor.

Caoa Chery Tiggo 7Jeep Compass
0 a 100 km/h - s11,512,6
Velocidade máxima - km/h180192
Peso - Kg15001541
Motor 1.5 Turbo Flex2.0 Aspirado
Potência [cv]150166
Torque [Kgfm]21,420,5
Peso/Potência10,09,3
Peso/Torque70,175,2
CâmbioAutomático DCT - 6 MarchasAutomático de 6 marchas

Os números corroboram a impressão que se tem ao avaliar os dois modelos: o Tiggo 7, por dispor de mais torque, menor peso, e um motor mais elástico, é mais ágil em acelerações e retomadas, consubstanciando-se em um carro mais leve e fácil de ser conduzido. Já o Compass 2.0 Flex é um SUV mais lento e pesado de acelerador, sendo mais cansativo em uso urbano e menos seguro em estradas por conta das retomadas mais lentas.

Dimensões e espaço interno - vitória do Tiggo 7

O Tiggo 7 é 8,9 cm mais longo no comprimento, 1,8 cm mais largo e tem 3,4 cm a mais de entre-eixos - números que se refletem em espaço adicional para passageiros e bagagens.

Jeep Compass Flex x Chery Tiggo 7 Automático
Caoa Chery Tiggo 7 TXS - interior
Dessa forma, o Tiggo 7 tem mais espaço para carga (414 litros contra 410L do Compass), e oferta mais espaço para os passageiros, especialmente no banco traseiro, onde o SUV da Caoa conta com vão para os joelhos quase 10 cm superior ao Compass.

Jeep Compass 2019 Flex x Tiggo 7
Jeep Compass - porta-malas de 410 litros
O quadro abaixo compara as especificações dimensionais dos dois modelos, com grifo azul no vencedor, e vermelho no perdedor.

Caoa Chery Tiggo 7Jeep Compass
Comprimento - m4,5054,416
Largura - m1,8371,819
Altura - m1,671,638
Entre-eixos2,672,636
Vão livre do Solo - cm1521
Porta-malas -L414410
PreçoR$116.990,00R$127.990,00

Manutenção/Pós-venda - vitória do Tiggo 7

O Tiggo 7 tem custo de revisões até 60.000 Km de R$ 3.800 reais, enquanto o Compass exige R$ 4.280 reais no mesmo período.



Já em termos de seguro, o do Tiggo 7 fica R$ 800 reais mais barato que o do Compass. No que respeita aos tempos de garantia, há um empate entre os dois: 3 anos para ambos, mas o Tiggo 7 ainda oferta garantia de motor e câmbio, de 5 anos.

Caoa Chery Tiggo 7Jeep Compass
Manutenção PreventivaR$3.800R$4.280
SeguroR$4.815R$5.625
Garantia total3 anos3 anos
Garantia de motor de câmbio5 anos3 anos

Conclusão - Caoa Chery Tiggo 7 é a melhor opção

Os números deste comparativo evidenciam que o Tiggo 7 é maior, com mais espaço interno, e é mais leve que o Compass. O SUV da Caoa custa R$ 11 mil a menos, e conta com uma lista de itens de série mais extensa. Além disso, o Tiggo 7 consome em média 5% menos, é mais ágil em acelerações e retomadas, tem custos de manutenção e de seguro menores, e prazos maior de garantia para o conjunto mecânico.

Jeep Compass 2019 Flex x Chery Tiggo 7

Sendo assim, sendo mais acessível, mais espaçoso e equipado, com melhor desempenho e menor consumo, o Tiggo 7 TXS se configura como uma opção superior ao Jeep Compass Longitude Flex.

66 comentários:

  1. genti...designer tigo>>>>>>>>>>>compass!!???

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. A questão é a seguinte. Nâo é o que o Tiggo seja uma grande maravilha. Ele é um SUV até ajeitado, mas faltam coisas como um motor com injeção direta, faróis de full led, um sistema de aquecimento dos bancos. A central multimídia do Tiggo não tem GPS. Então ele não é essa maravilha toda que estão pintando, até mesmo porque se colcoado ao lado do Tiguan AllSpace, o Tiggo some.

    Mas mesmo sendo um carro com características nada excepcionais, ele supera com tranquilidade o Compass, pois o Compass é uma boquetagem, uma enganação. É um projeto obsoleto, com uma casca emperiquitada que nada mais faz que apelar ao desejo de "status" da classe média. Só que isso é efêmero, pois tem mais compass na rua que nadegas, então já era isso de status, até mesmo porque as locadoras estão abarrotadas desse carro.

    O Compass tirando o "status" (que deriva da semelhança da dianteira com o Cherokke) não sobra nada. Ou melhor, sobra. Sobra um motor do século passado. Um câmbio AT que é até bom, mas não para um SUV, e não com essa programação ridícula da FCA, que faz ele ser um tranco atrás do outro. Pior, o motor é 2.0 para não pagar ainda mais imposto, e esse motor não dá conta dos mais de 1.550 Kg do Compass, então ele vira uma lesma letárgica e beberrona.

    Sobra também o fato de o Compass ser maior que todos os SUVs compactos, mais pesaod que todos, e ter MENOS espaço interno e de bagagens que TODOS os SUVs compactos. Ele é apertado por dentro e com porta-malas ridículo.

    O pior de tudo é o acabamento, todo emperiquitado, mas com peças de baixa qualidade, tudo da Fiat. Uma piada. A carroceria é um poço de desalinhamento, peças mal montadas de monte. Uma vergonha.

    E o pior de tudo é o comportamento dinâmico, que não existe. Esse Compass com mais de 70% do peso no eixo dianteiro é um perigo na chuva. Ele simplesmente não consegue se manter minimamente controlável em pista molhada. Uma piada.

    Freia-se e a frente desgarra.

    E não adianta falar do diesel, que é tão ruim ou pior. O povo paga R$ 180k em um diesel com 4x4, e depois descobre que o carro não aguenta nem uma lombada, tamanha é a fragilidade.

    E para completar, o carro bebe industrialmente, e aí para tentar melhorar, a Fiat colocou start-stop. Só que o start-stop é tão boqueta que tá dando problema de monte e o povo ficando parado na rua por causa disso. Agora tem até recall dessa piada.

    Aliás, o que esse carro tem de recall é uma piada.,

    Então, o Tiggo ganhar do Compass não é nada surpreendente, dado o quão ruim é o COmpass. Um carro boqueta da melhor estirpe. Mal feito, mal projetado.

    Se o Tiggo 7 ficasse atrás do Compass em qualquer quesito, poderia desistir, pois a coisa seria feia.

    Então, o Tiggo 7 HUMILHAR o Compass como ele fez, não é surpresa. É obrigação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Analfabetismo é triste. A pessoa quer ler e não sabe. Vamos ver se o Bolsonaro melhora isso aí...né?
      Mas eu me solidarizo com você. Força! Não desiste, procure se esforçar que um dia vc consegue!

      Excluir
    2. Você não sabe o que fala, aliás, quem tem boca fala o que quer... lamentável...

      Excluir
    3. Não é por nada não, mas tanto a matéria, quanto o Carlos4Carros se equivocaram sobre os itens da Versão Tiggo 7 TSX.
      Dos itens citados pela matéria que o Compass teria e o Tiggo não, o Tiggo tem sim Botão Start/Stop. Já segundo o Carlos4Carros, no Tiggo faltam coisas como um motor com injeção direta (o motor é de injeção direta, multiponto), um sistema de aquecimento dos bancos (tem sim, na versão TXS usada na comparação). Sobre o resto as opiniões podem (e devem) divergir. Tem gente que gosta mais de conforto, tem gente que gosta mais de potência...

      Excluir
    4. O cara escreve "textão" como se fosse especialista, ainda comete erros grosseiros sobre os itens oferecidos no Tiggo 7. Parei de ler no 1º parágrafo.
      O carro é bom e competitivo.

      Excluir
  4. Respostas
    1. O Tiguan é um SUV premium. Inclusive no preço. O Tiguan se compara com BMW X3 e Mercedes-Benz GLC, além de Audi Q5 e Volvo XC60.

      Excluir
    2. Boa essa, tô rindo até agora!! Agora conta a do português.
      PS: o Tiguan é um ótimo carro, provavelmente o melhor da categoria entre as generalistas, mas não concorre com esses que você citou.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. kkkkkk q mente doente.... tiguan comparado com x3 e glc...
      o relincho é maior qdo compara tiguan com o primo rico Q5..... kkkkk

      Excluir
    5. Só é premium no preco não e? Kkk

      Excluir
  5. Respostas
    1. Acho interessante essas vítimas do sistema educacional brasileiro. O sujeito relincha, e acha que só por relinchar, o relincho tem algum valor. Não tem. E um relincho desse, sem fundamentação, depõe contra o cidadão, mostrando que ele não passa de um repetidor de bobagens. E não tem capacidade nem de elaborar 1 argumento para defender sua tese. O problema é que um relinchador desse, não sabe o que é tese, nem argumento, e nem nada. O que ele sabe é relinchar.

      Excluir
  6. O Tiggo 7 dá uma surra no Tiguan de entrada.

    ResponderExcluir
  7. Duas grandes tranqueiras. Tem carros bem melhores e confiáveis por 110k.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quais, dentro do segmento de SUV, com porte médio?

      Excluir
    2. T-Cross Highline com Park Assit, painel digital, motor 1.4 TSI de 150 cv, porta-malas de 420 litros. Mais negócio.

      Excluir
    3. Concordo totalmente C4. Só aguardar até abril.

      Excluir
    4. Quando se precisa de toda a capacidade do porta-malas, normalmente também há passageiros no banco traseiro, logo, nan imagino o espaço para as pernas confortável quando o banco traseira está todo posicionado para frente. Esses 420 litros são verdadeiros apenas nesta condição.

      Excluir
    5. Pra quem pode, o SUV medio é o Tiguan, turbo e DGG, show.

      Excluir
    6. Mais negócio eu não sei, porém mais Caro, certamente...

      Excluir
  8. Tiguan. Kia. Hyunday. Qualquer uma dessas menos as opções do Blog. Eu ficaria com
    um Tiguan, motor turbo 1,4 litros e cambio DSG, carro para qualquer condição de uso.













    ResponderExcluir
  9. Tenho curiosidade sobre a opinião do blog entre o Tiggo 7 e o T-Cross completo... qual seria a escolha?? Aposto que o que dá maior margem de lucro pra ccs seria o vencedor desse embate! Falando dos carros, obviamente o Chery tem que oferecer um monte de coisa pra compensar a falta de tradição dos carros chineses - que tem melhorado consideravelmente e devem dominar o mundo em breve. Eu particularmente não tenho coragem de me aventurar nesses carros ainda, apesar do "China N CAP", prefiro esperar um teste local mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. T-Cross, certamente, e VW, sera caro, mas vale...
      (Ironia obviamente)..

      Excluir
  10. Não confio ainda na Chery, principalmente pelo câmbio ser Getrac. Mas, o Compass tem 7 recall na costas e um monte de reclamação por aí, não é parâmetro de qualidade pra nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A GETRAC, na verdade a MAGNA PT, é a maior fornecedora mundial de transmissões do planeta. Alemã, foi fundada em Ludwigsburg.

      Suas transmissões equipam carros da BMW, Jaguar, MINI Cooper, Porsche 911, Porsche 911 GT, Ford GT. A transmissão DCT 7 7DCL750 da GETRAC equipa a Mercedes SLS AMG, o atual Mercedes-AMG GT, a Ferrari Califórnia, a Ferrari 458 Itália, a Ferrari F12 Berlinetta, a Ferrari FF e o Ford GT da atual geração, com motor 3.5 Turbo.

      Excluir
    2. Mas precisa saber qual modelo vai equipar a Tiggo, pois certamente um carro de baixo custo não vai usar uma igual a esses carros citados, né ??

      Excluir
  11. Agora conversor de torque voltou a ser antiquado? Até outro dia, quando era pra falar de Golf 1.6 automático, conversor de torque era a última maravilha do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com a devida vênia, os câmbios de conversor de torque são projetos de tecnologia em desuso. Os fabricantes japoneses estão migrando para os CVT, e os alemães para os DCT.

      Eu acompanhei a celeuma aqui no blog em torno da substituição da transmissão DSG-7 do Golf em prol do AISIN MQ-250.

      O blog nunca afirmou que o conversor de torque "era a última maravilha do mundo". Isso é você que está afirmando que eles disseram, sem base fática. Ou seja, você está mentindo.

      O que eles sustentaram, corretamente, por sinal, é que o AISIN MQ-250 (conversor de torque) era uma opção melhor para a realidade brasileira que o DSG-7 de embreagens secas. Todos sabem que o câmbio DSG-7 de embreagens secas foi retirado de linha pela VW em âmbito global, e mesmo na Alemanha agora é usado um outro DSG-7, agora banhado à óleo.

      Nesse diapasão, concordo com a abordagem do blog sobre esse ponto, tanto que desde que a Volkswagen substituiu a transmissão do Golf pelo AISIN, nunca mais se ouviu reclamação de ruídos de transmissão.

      Em outro diapasão, o blog testou outro carros com câmbio DCT banhados a óleo, como o Tiguan AllSpace e o próprio Golf GTI, com transmissões similares à usada neste Tiggo 7, e o blog sempre apontou as vantagens em termos de eficiência e suavidade de funcionamento dessas transmissões DCT-6 banhadas a óleo.

      Por fim, a escolha da transmissão DCT-6 da Magna PT (Getrac) para o powertrain do Tiggo 7 é auspiciosa. Essa fabricante alemã (GETRAC) fornece transmissões DCT do mesmo tipo da usada no Tiggo 7 para o Mercedes SLS AMG, o atual Mercedes-AMG GT, Ferrari Califórnia, Ferrari 458 Itália, Ferrari F12 Berlinetta, Ferrari FF e o Ford GT da atual geração, com motor 3.5 Turbo.

      Um currículo e tanto!

      Excluir
  12. Nesses preços a pessoa compra carro a diesel pouco rodadado. Não da para pagar 120 em um SUV Flex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carro diesel é passado. Nos EUA não existem. Na Europa serão abolidos. O carro diesel é sujo, poluidor. O motor vibra e faz um barulho ridículo. Fora que só tem torque e rotação zero.
      De mais a mais, versões diesel de Renegade e Compass são verdadeiras piadas. Não servem para off-road, e são excessivamente frágeis.

      veja:

      Jeep Compass Trailhawk 2.0 Turbo 2017/2017
      Dono há 1 ano - 11.000 km

      Assistência técnica inexistente da jeep. a jeep só fornece carro reserva no caso de pane elétrica [ou seja, é praticamente impossível.trata-se de propaganda enganosa, pois o carro não aguenta estrada de terrao carro fica instável em terrenos com lamaçal, apesar de possuir tração [?] para tanto.
      Defeitos apresentados:

      3 amortecedores quebrados.trava passiva da maçaneta falha com frequência.o sensor de pressão de pneus falhou no dia da retirada
      do carro na loja.câmera de ré trava a imagem.porta de USB com mau contato.
      esguicho de limpador de para-brisas veio com defeito,
      concluindo-se que os carros não são adequadamente revisados.o sensor central do multimídia também veio com problema [em
      virtude também de falhas na revisão na entrega do veículo] e demorou 1 [um] mês para ser consertado, período no qual tive que
      alugar um carro por conta própria.e apesar das idas e vindas na concessionária, os defeitos não são definitivamente resolvidos.para
      completar, a jeep agendou, com muito custo, meu novo conserto do carro, porém terei que aguardar [incríveis] 18 dias.

      Opinião Geral:
      tive um desprazer tão grande com esse carro, que é difícil narrar tudo em tão pouco espaço.a jeep é extremamente amadora em seu pós-venda.definitivamente, trata-se propaganda enganosa, pois o carro não se presta a estradas de terra. tive 3 amortecedores quebrados com 11 mil km rodados e o mecânico chefe da domani prime [representante da jeep em mato grosso], seu nome é pacífico, confidenciou que o carro é apenas para vias urbanas e que eu entendi errado a proposta do carro.o pós-venda é tão medíocre que eu resolvi adesivar meu carro com os seguintes dizeres: péssima compra, mecânica fraca e péssimo carro.
      detalhe: minha versão é a trailhawk, que seria, em tese, a mais completa e apropriada para estradas de terra .em resumo: o jeep compass não
      serve para estradas de terra. e, para a utilização apenas em cidades, definitivamente há outras opções de carros melhores e mais
      baratas no mercado.


      Agora o mané vai e compra essa bomba! E se acha ixperto ainda.

      Excluir
    2. Não acho que carro diesel já era. Vai depender de quanto o proprietário do carro vai rodar. O Renegade Diesel é muito econômico, andando com o pé leve dá 16 km/l tranquilo. Além do mais, o Jeepinho aguenta muito bem as nossas estradas. A comparação diesel x gasolina com relação a questão ambiental não faz sentido, ambos têm a mesma origem.
      Enfim, depende de fazer as contas se a destinação do veículo justifica o motor ser diesel.

      Excluir
    3. diesel morrendo por causa dos ecochatos.. assim como o downsizing vai virar rightsizing!

      Excluir
  13. O carro tem muito para ser um sucesso, só resta uma coisa. a confiabilidade dos consumidores na marca, coisa que a cherry ainda não tem frente a jeep.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confiabilidade "jeep"? Que mundo vc vive? A Jeep é considerada a marca menos confiável dos EUA, veja:

      https://www.car.blog.br/2016/02/audi-faz-os-melhores-carros-do-mundo.html

      Olha que confiabilidade maravilhosa da Jeep:

      "JEEP COMPASS FUJA"
      Jeep Compass Trailhawk 2.0 Turbo 2017/2017

      Dono há menos de 1 ano - 300 km
      Carro anterior: Honda Civic
      Contras:
      Parte elétrica, suspensão rígida, atendimento, desempenho, qualidade de construção.
      Defeitos apresentados:
      Um carro que desde a entrega [quase 5 meses esperando] só apresenta problemas. No dia de retirar o carro a buzina dispara e só
      para quando desliga o carro. Ando um dia com o carro e da problema na central responsável pelo sistema 4x4 que não funciona.
      Concessionária Jeep Barigui não acha defeito e o atendimento é péssimo. Itens como farol alto automático para de funcionar do nada
      na estrada.
      Opinião Geral:
      Carro mal construído que só apresenta problemas. Não recomendo a ninguém. Se quer passar raiva como eu estou passando é só
      comprar. Já comprei carros 0km em outras concessionárias e posso afirmar, foi a pior marca e concessionária com quem eu trabalhei.
      Se arrependimento matasse eu teria mais este problema. FUJAM DESTA MARCA. JEEP COMPASS 2017 O PIOR CARRO QUE JÁ TIVE.




      Excluir
    2. Não viaja cidadão. Problema quase todo carro pode apresentar. Mas claro que vai ocorrer mais casos com Compass já que há bastante tempo ele vem vendendo muito, inclusive atualmente o que mais vende. Vai avaliar o carro por meia dúzia de comentários na internet? Reclama do Compass mas bota esse esse Tiggo numa estrada de terra esburacada pra ver o que sobra?

      Excluir
  14. Quer dizer que 1 opinião negativa de um Compass diesel TH serve de regra?
    Digite no reclame aqui: Polo TSI, câmbio DSG e UP tsi e verás que há bem mais de uma reclamação para cada e esse fato não torna esses produtos de baixa qualidade.
    A Jeep desenhou o mapa da fabricacao de SUVs, desde 1941, e teve carros em uso na segunda guerra !!!!! Aí vem vc com 1 opinião e acha que ela serve para alguma coisa.
    Carro a diesel é para homem que gosta de força e 4x4 de verdade. Esse barulho que vc reclama do diesel é o que me empolga e me tira um sorriso do rosto todo dia de manhã quando eu ligo ele.
    Se dê ao trabalho de pelo o menos pesquisar no YouTube os seguintes canais sobre testes de off road da versão diesel, a flex realmente não é para fora de estrada.
    Carangos PB
    Comprecar TV
    Topspeed
    Compilação BR
    E depois se quiser passar por ridículo ( coisa que sempre faz) e continuar afirmando que carros Jeep 4x4 diesel não são bons no off road, aí vc provará a sua pscicopatia.

    Como disse o Rodrigo Platinun em vídeo sobre camionetes flex: Carro a diesel é para homem de 3 bolas !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, suas opiniões só servem para mostrar o que é boqueta. Vc adora um carro boqueta. Vc tem um EcoSport Powershift (que até a Ford admite que é uma bomba), e acha ele "muito bom".

      Vc é o típico consumidor de SUV, que não entende nada de carro. Vc não opina absolutamente nada sobre questões técnicas. A única coisa que vc diz neste forum é se um carro é bonito ou feio. E baseado em critério de rabo incandescente (o seu), e mais nada. Vc acha o Onix lindo, o EcoSport lindo e bom, e agora está maravilhado com essas boquetagens da Jeep.

      E é influenciado por outros manés que não entendem nada de carros, e vc acha lindo.

      Na falta de argumentos técnicos para sustentar suas boquetagens, vem com platitudes como "Carro a diesel é para homem que gosta de força e 4x4 de verdade".

      Ui...vc gosta de ser agarradinho com força é? kkkk

      Na boa, carro a diesel é coisa antiquada. Nos EUA não existem. E se tem uns manés que gostam de carro potente são os gordolandenses. Só que eles só sabem fazer motor potente dos anos 50, com motor V8 e mais de 6 litros.

      Os motores 2.0 TSI da VW/Audi espancam em qualquer quesito de torque e potência qualquer 2.0 diesel de qualquer marca. Detalhe. os 2.0 TDI da VW idem, só que os 2.0 TSI são superiores.

      Então, quem, de fato, aprecia potência e torque, aprecia motores 2.0 TSI gasolina, que são muito mais fortes e potentes que qualquer diesel.

      Só que como vc é limitado, e não entende nada de carro, seus argumentos são idiotices como "Carro a diesel é para homem de 3 bolas !!!!" e "barulho que me empolga".

      então vc fica "empolgadinho" com ruído de diesel....

      Vc é uma piada, cara. Não entende nada de carro. Só repete idiotices que outros idiotas te ensinam. Só compra carro boqueta, e cai em qualquer conversa de vendedor.

      Na boa, que vc é um mané, eu já tinha certeza. Mas vc tá ficando cada vez mais mané.....

      Continue assim, discutindo sobre carros com argumento como "carro diesel é para homem que gosta de força", "carro para homem de 3 bolas" e "ruído que me empolga".

      Putz...mais idiota impossível....

      Excluir
    2. Off Road somente a diesel, melhor e mais eficiente. Ja pra onroad, melhor gaslina mesmo.

      Excluir
  15. Carlota, vc se acha entendedor de carros e não tem um, isso te frusta?
    Cara, se eu fosse você eu estaria deprimido.

    ResponderExcluir
  16. "Vc acha o Onix lindo, o EcoSport lindo e bom, e agora está maravilhado com essas boquetagens da Jeep"
    Onix: Mais vendido
    Ecosport: Popularizou os SUVs no Brasil, e foi o alvo de toda montadora que quis produzir um.
    Jeep: Sinônimo de força automotiva na segunda querra.

    Tudo o que eu acho é o que você queria que a vw fosse, e tudo que eu tenho é o que vc gostaria de ter, mas não tem dinheiro para isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Ford ests sendo comprada pela Vw. E a Jeep faliu nos eua e foi comprada por outra falida a Fiat.

      Jeep hoje não passa de um Fiat emperiquitado e caro para ser vendido para quem não entende nada de carros e acredita em propagandas e fica repetindo frases idiotas .

      Esse é o seu perfil. Mandei disso. Não precisa reafirmar .

      Mas vc é o típico consumidor d

      Excluir
    2. O C4C é sinônimo de opinião imparcial, sinceridade e com análises corretas e informações100% verdadeiras...

      (Obviamente é tudo o oposto)

      Excluir
  17. O Tiggo 7 e bem mais equipado e oferece um melhor custo beneficio que o Compass, mas resumindo a questão o Tiggo 7 tem uma garantia maior e oferece mais equipamentos e segurança por seu maior números de air baig e tem um preço menor que o concorrente em questão, mas minha escolha pessoal ficaria com o Jeep por ter depois de alguns anos um valor maior de revenda e peças de manutenção muito mais ampla e na maioria das cidades não ter assistência(concessionárias) da marca Chery e a Jeep pelo menos na minha região tem uma concessionaria a menos de 30 km e a Chery tem somente na capital a 100 km e esse deve ser a realidade da maioria das pessoas do Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Jeep é disparado o mais desvalorizado. Primeiro porque a Jeep está entuchando os Compass nas locadoras, que compram esses carros sem ICMS, muito mais baratos, e com descontos absurdos das fabricas. E aí, depois de seis meses, eles despejam os Compass no mercado de semi-novos. Resultado, o preço desaba.

      O Compass hoje está com desvalorização de mais de 40% no primeiro ano. Quem pagou R$ 145k no limited, não consegue revender nem por 100k.

      Veja o caso abaixo, a mulher comprou um Compass Limited 2018 por R$ 95k, ficou 1 mês de vendeu. Não aguentou o carro de tão ruim que era.

      https://www.car.blog.br/2019/01/jeep-compass-flex-2018-vendi-e-troquei.html

      Então, na verdade, quem está preocupado com desvalorização, o Compass é disparado o pior. E ele é o pior não só pelas locadoras, mas porque é um carro boqueta, mal feito, e o consumidor não aceita.

      Excluir
    2. Mais desvalorizado onde? No CarlotaLand?

      Excluir
    3. Compass o mais desvalorizado? Tirou isso de onde cidadão? O Compass devido ao fato de estar vendendo muito, chegando a ocupar até a quarta colocação entre todos os carros tem excelente valor de revenda como constatado aqui.https://www.noticiasautomotivas.com.br/top-10-carros-com-menor-desvalorizacao/

      Excluir
  18. Podiam fazer um comparativo semelhante a esse entre Renegade, HRV, Creta e Tigo 5x... E outro entre Arrizo 5 x Cronos e VE Virtua...

    ResponderExcluir
  19. A china vai dominar o mundo, estão fazendo produtos de qualidade bem superior e com mais equipamentos e com preço mais acessíveis, eles vão dominar tb os eletro eletrônicos

    ResponderExcluir
  20. Sou um recém proprietário de um Compass, embora ache o Tiggo bonito e bem acabado ainda não confio, como a maioria dos consumidores brasileiros escolhi o Compass e olha que testei todos os concorrentes, Sportage, Tiguan, etc., quando é o nosso dinheiro é diferente, comentário na internet tudo pode.

    ResponderExcluir
  21. Tudo bem pode até ter desbancado o Jeep Compass, mais comparar e desbancar o Toyota RAV4 aí é piada de mau gosto, deve ter rolado um jabá na Quatro Rodas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O RAV 4 é um carro excepcional. Porte, espaço, malas, etc. Mas se tratando de Toyota, que sabe que vende muito, tem o menor nível de acessórios e acabamento bem acanhado para a faixa de preço.
      Com motor a combustão, acho que é inferior ao Tiggo 7, mas com o motor híbrido, aí o jogo de cartas sobe muitíssimo de nível.
      E mesmo já tendo seu preço majorado na versão híbrida, o RAV 4 ainda está com um preço bem interessante perto do Tiguan 350 e CRV.

      Excluir
  22. Falta agora saber se o carro braso-xaolin vai aguentar o que suporta o Compass e os demais crossovers. que por sinal são indevidamente chamados de SUV.

    ResponderExcluir
  23. Gostei dos comentários do vendedor de VW.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.