Car.blog.br

Pesquisar este blog

MINI Cooper ganha transmissão de dupla embreagem

Categorias: 21 Comentários

O fabricante britânico de automóveis Mini anuncia a introdução da transmissão automática Steptronic de 7 velocidades com embreagem dupla, disponível para o MINI de 3 e 5 portas, e o Mini Convertible.

MINI Cooper Automático 2018

Essa transmissão é oferecida em substituição à transmissão automática de conversor de torque de seis marchas usada até então, em conjunto com os tipos de motores selecionados e como alternativa à transmissão manual padrão de 6 velocidades.

MINI Cooper Automático 2018

A transmissão de dupla embreagem é operada por meio de uma alavanca de seleção eletrônica recém-projetada que sempre retorna à sua posição original depois de mudar entre o modo de direção D, a posição neutra N e o modo inverso. O bloqueio de estacionamento é ativado pressionando o botão P.

MINI Cooper Automático 2018

O modo S pode ser ativado a partir da posição D, deslocando a alavanca do seletor para a esquerda: isso suporta um estilo de condução particularmente esportivo, além de permitir a intervenção manual na escolha da posição. O controle eletrônico da nova transmissão de dupla embreagem para o Mini também inclui uma estratégia de mudança baseada em dados de navegação.

MINI Cooper Automático 2018

O aumento da quantidade de marchas comparação com a transmissão manual de 6 velocidades beneficia tanto o estilo desportivo quanto o conforto de passeio. As sete engrenagens da transmissão de embreagem dupla permitem uma ampla expansão, reduzindo assim as diferenças na velocidade do motor entre as várias posições de acionamento.

21 comentários:

  1. Bmw seguindo a audi e colocando cambio de dupla embreagem em carros baratos. Nos mais caros vai o conversor de torque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dupla embreagem para carros com pegada mais esportica e conversor para os de luxo priorizando o conforto. Lembrando que existem exceções para os dois lados, porém a regra segue o que falei a princípio. Obs: Rs6 e 7 usam conversor, contudo mesmo possuindo pegada esportiva ele ainda é carro de luxo da qual deve-se preservar o conforto (tenho certeza q se utilizasse um dupla embreagem seu tempo de 0 a 100 reduziria em uns 2 decimos).

      Excluir
    2. Obrigado pela elucidação Mr. FAKE NEWS!

      Excluir
  2. Até 2015. A Carlota falava que o dsg era o melhor câmbio do mundo.
    É muito incoerência.
    O pdk da Porsche é o que? Por acaso tem conversor de torque.

    ResponderExcluir
  3. O Câmbio de dupla embreagem funciona muito bem, o problema são as vias brasileiras que faz com este câmbio tenha um desgaste prematuro.

    ResponderExcluir
  4. Os câmbios de dupla embreagem são soluções de baixo custo comparadas aos câmbios de conversor de torque.

    Eles funcionam bem, e etc, mas são inferiores aos câmbios de conversor de torque,

    Vejam que o Polo brasileiro tem um câmbio de conversor de torque, mais caro e robusto que o dupla embreagem do Polo europeu.

    E essa questão do conversor de torque ser mais caro é um fato, como dito pela Schaeffler, que produz as peças do DSG:

    http://www.car.blog.br/2017/09/schaeffler-vende-dsgpowershift-no.html

    A transmissão de Dupla Embreagem a Seco foi desenvolvida pela Schaeffler com o objetivo de combinar as características das transmissões mecânicas e automáticas, como maior conforto, menos consumo de combustível e menor custo, quando comparada a uma transmissão automática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baixo custo não é, pois o reparo é muito caro deste câmbio, e ele é bem mais eficiente nas trocas do que o conversor de torque, digo isso pois tenho A3 Com Stronic 7 a seco, A4 com Stronic 7 banhado a óleo e meu sogro tem o A3 com Tiptronic ( conversor de torque ) acharam esta solução para evitar a troca em garantia destes câmbios no Brasil. Se fosse melhor eles usariam na Europa, ou pensa que o Brasil é o berço da tecnologia? Não se engane Carlos.

      Excluir
    2. Carlos, a45 usa dupla embreagem, e custa 300k, RS3 usa dupla embreagem e custa 300k, M6 usa dupla embreagem e custa 580k, R8 V10 usa dupla embreagem e custa 1,2M, Veyron usa dupla embreagem e custa MUITO.
      Esse seu papo de dupla embreagem para carro barato é balela, dupla embreagem é sinônimo de esportividade.

      Excluir
    3. É preciso entender o contexto de rs3 e a45 amg em seus mercados: hot hatchs AWD de ACESSO. Esses carros são os mais baratos modelos de alta performance.
      Aí temos o RS4 e o RS5 com conversor de torque. Audi SQ5 também conversor de torque.

      Então, mais um exemplo que confirma a regra: modelos de acesso, usam DCT. os mais caros, usam conversor de torque.

      Excluir
    4. Carlos, para com a mentira...

      RS3 e A45 AMG são Top Hatchs, mais potente que isso, só mandando fazer.

      Nos esportivos Top sempre usam dual-clutch, Porsche só usa PDK, do Boxter ao 918 Spyder. Bugatti Veyron e Chiron tambem. R8 V10 e TT-RS tambem usam S-Tronic.

      Excluir
    5. O Carlos defende o regresso do Grupo VW de trocar o DSG/S-tronic pelo ultrapassado Tiptronic. Eles fizeram isso para não ter problemas de garantia no Brasil.

      Excluir
    6. Pdk na Porsche 911 turbo s tbm é inferior a conversor de torque

      Excluir
  5. Enquanto isso a VWB vai na contramão da história com o lento Aisin. Ontem guiei um Fit com torque, uma carroça barulhenta e lenta perto do Golf Dsg. Nao tem comparação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ontem guiei um Fit com torque

      MENTIRA. Não existe NENHUM Fit na história da humanidade com câmbio de conversor de torque. Todos são CVT.

      Pesquise antes de mentir.

      Em relação ao AISIN do Golf brasileiro,

      DSG x TipTronic

      A caixa AISIN do Golf nacional é superior em tudo ao DSG, e tanto é assim que é mais cara, como dito pela Schaeffler, que produz as peças do DSG:

      http://www.car.blog.br/2017/09/schaeffler-vende-dsgpowershift-no.html

      A transmissão de Dupla Embreagem a Seco foi desenvolvida pela Schaeffler com o objetivo de combinar as características das transmissões mecânicas e automáticas, como maior conforto, menos consumo de combustível e menor custo, quando comparada a uma transmissão automática.

      O Golf TipTronic tem melhor desempenho em pista que o Golf DSG, veja o Golf/A3 TipTronic enrabando o Golf DSG na písta:

      http://www.car.blog.br/2016/10/audi-a3-sedan-nacional-supera-golf-14.html

      Além disso, Golf DSG tem uma revisão de 2.500 reais a cada 60.000 km, enquanto o câmbio TipTronic dos Golf/A3 nacionais não precisam de manutenção JAMAIS.

      Desempenho e consumo

      http://www.car.blog.br/2016/01/golf-14-tsi-flex-automatico-2016.html

      Como podemos ver acima, o Golf 1.4 TSI TipTronic nacional anda mais, e foi mais econômico que o Golf 1.4 TSI DSG-7, segundo medições da Quatro Rodas e do INMETRO.

      Então, o sujeito que fala que o DSG é mais eficiente que o TipTronic não sabe o significado da palavra "eficiente", pois os números dos testes mostram o Golf TipTronic anda mais e bebe menos que o Golf DSG, ou seja, o Golf TipTronic é o mais eficiente.

      Fora o fato que o TipTronic não demanda manutenção, enquanto o DSG exige uma revisão de 2.500 Reais a cada 60.000 Km.

      Em resumo: Golf Tip superior em tudo!


      Excluir
    2. Carlos já informei acima que sempre dirijo os dois A3 da família para Barretos, e a nossa opinião é única, o A3 com S-TRONIC tem uma economia de combustível maior que o Tiptronic, além de não ter trancos nas trocas de marcha. O Stronic troca as marchas perto dos 1740 rpm e o Tiptronic na casa dos 3000 rpm. O Nacional anda um pouco a mais pois tem 150 CV quanto os 122 CV do Húngaro.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Carlota é um fanfarrão... O Golf piorou o desempenho, segundo a quatro rodas, apesar de terem aumentado a potência do motor em 10 cavalos... Quem já dirigiu o Golf sabe a diferença de tocada... Vejam o que fala a revista -
      https://quatrorodas.abril.com.br/testes/vw-golf-1-4-tsi-flex-nacional-mais-potente-mas-menos-refinado/

      Excluir
    5. C4 ....o Fit geração anterior é torque mesmo e com 5 marchas. Um liquidificador barulhento. Eu andava no carro enquanto vc pilota internet. CVT veio a partir do modelo 15. Vc nao sabe tudo...pensa que sabe. Meu Golf Dsg não troco por nada...só por um Gti e 0km.

      Excluir
    6. C4...pensei que vc entendesse mais de carros...Menos rapaz.
      http://www.dezeroacem.com.br/2014/05/duelo-especial-honda-fit-2015-x-honda-fit-2014/

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.