A Volkswagen reiniciará as vendas da versão elétrica do Up!, o e-Up!, em resposta à crescente demanda, no mercado europeu, por carros compactos elétricos. O modelo ficará no mercado até a chegada do ID Life, previsto para 2025.
Volkswagen e-Up! 2022
A Volkswagen parou de aceitar pedidos para o e-Up em 2020, em decorrência do aumento da demanda pelo modelo refletindo os incentivos tributários dos governos europeus para carros elétricos.
Volkswagen e-Up! 2022
Entretanto, segundo relatos da imprensa alemã, o Volkswagen e-Up! não foi rojetado para ser vendido em grandes volumes, e comercializá-lo com descontos não era viável financeiramente.
Volkswagen e-Up! 2022
Segundo informações do site Automotive News alemão, as concessionárias da Alemanha já estão fazendo listas de interessados no e-Up.
Volkswagen e-Up! 2022
Outra indicação veio da locadora de elétricos Nextmove, a qual publicou em seu Twitter que "o VW e-Up na versão Style Plus está prestes a retornar ao mercado com um preço de tabela de cerca de 26.500 euros (R$ 164 mil)". A autonomia do e-up é de cerca de 250 Km.
Volkswagen e-Up! 2022
Na Alemanha, porém, como há incentivos para compra de carros elétricos, o consumidor final pagará pelo e-Up! cerca de € 17.000 euros (R$ 105 mil).
Volkswagen e-Up! 2022
Fonte: Auto News

36 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Respostas
    1. Sabia que o primeiro comentário ia ser seu, pote de sorvete, ainda elétrico, pra qualquer sorveteiro elétrico ficar com o brioco piscando.

      Excluir
    2. LOROTA83 FICOU TODINHA ANIMADA. O FIO TERRA OPS ELÉTRICO DELA DENTRO DO CRONOS DEVE FUNCIONAR TBM NESSE POTINHO DE SORVETE.

      Excluir
    3. Chegou o Zé Inveja,comprou bola de cristal na feira do rolo?
      Burro Automotivo
      🖕🖕

      Excluir
    4. SENTA NA MINHA PIC@ LOROTA83. VOU TE CURRAR DENTRO DO SEU UP KSKSKSKS

      Excluir
    5. Não precisa ter bola de cristal, vocês apezetes são muito previsíveis, kkkkkkkkk

      Inveja de um pote de sorvete? Kkkkkkkkkkk Não sou retardado que nem você

      Excluir
  2. Mini Coopper SE em sério risco de mofar nas concessionárias. E-up poderia vir ao Brasil por 160k, seria uma hecatombe no mercado elétrico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SHITup era tão bom que até saiu de linha, vai sair de novo, Europeu não cai nesse engodo cheio de plástico ruim.

      Excluir
    2. Ta parecendo que a Carlota acha de verdade que Up e Mini Cooper realmente são concorrentes

      Aí nesse caso, ela nem é mais troll, é só burrice mesmo. Ignorância e puro relincho. Mas fazer oq né, ela já disse aqui no blog que não dirigia, só andava de busão.... opinião dela é que nem bosta no curral.

      Aproveitando, Carla, tu foi enrabada no post anterior e sumiu de novo. Faltou argumento pra rebater??? kkkkkkkkk

      Excluir
    3. Pra quem duvida que a jumenta nem carro tem, segue o link

      https://www.car.blog.br/2014/12/ford-ka-e-eleito-o-melhor-carro.html

      A jumenta trocou de perfil (tá como anônimo lá). Mas outro fanboy (nick - VWlândia) respondeu ele e o chamou de Carlos.

      E mais abaixo tem outra resposta (do usuário DS) tmb chamando ele de Carlota4bicicletas


      Deve ter cansado de apanhar naquela época e trocou de perfil. Mas continua sendo destroçada nos comentários kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    4. @coolbrizer, o DS jantou tanto a carlota que nem se deu o trabalho de responder (pq ele não tinha argumentos pra contestar) e ainda tentou dar aquela de professor de língua portuguesa e o DS o engoliu de novo pq o imbecil quer corrigir os outros e fez pior kkkkkkkkkk

      Excluir
    5. SHITup era tão bom que até saiu de linha, vai sair de novo, Europeu não cai nesse engodo cheio de plástico ruim.

      O Up pode ser vendido em qualquer país,cadê Mobilete na Europa e Japão?o Kwid de ligar na tomada é vendido lá mas levou uma estrela no latincap,Brasileiro gosta de tranqueiras,só ver Argh e o Bagre no Top 3,dois moedores de carne

      Excluir
  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Não adianta ficar como uma hiena aí que não vai melhorar a situação do Mini, que custa R$ 240k, e tem autonomia ridícula de 220 km. O e-Up! custa a metade, e tem autonomia de 260 km.
    O Cooper SE tem motor de 136 cv, o e-up idem. O e-up tem mais porta-malas, e, em termos de design, e-up curra sem dó.
    Fatos, apenas pelos fatos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhora esse bait aí que foi o mais fraco até agora carlota, tente de novo... ������

      Excluir
    2. Prefiro o e-Mini... Você não convence nem sua pobre mamãe!!!

      Tchau

      Excluir
    3. O SHITup era tão bom que tiraram de linha...e vai sair de novo pq nunca vendeu bem.

      Excluir
    4. Ele só convence o sorveteiro porque ele é fanboy de pote de sorvete.

      Excluir
    5. Vc precisa ser mais sério, um Mini é muito mais espaçoso, seguro, e confortável, além de ser um premium, mas concordo com uma coisa se tivesse esse E-Up por $105 mil reais aqui eu gostaria de ter um, mais que isso já não compensa o investimento

      Excluir
  5. Esta versão é top, mas eu queria entender qual o real motivo de algum cidadão querer investir em carro eletrico aqui no brasil, pagando um balaio de dinheiro, pois economia e prevenção do meio ambiente eu tenho total certeza que não é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer dinheiro às custas dos trouxas que acham que estão ajudando o meio ambiente, quero ver quando todos os carros começarem a necessitar de trocar baterias, como essas empresas vão gerenciar isso, pq já prevejo lixo elétrico jogados por aí aos montes, sem falar no valor da troca que é quase o preço de um novo...

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. Shiho, a baterias são pelo menos 98% recicláveis (alguns componentes não dá pra salvar, mas é um índice bem alto de recuperação/reciclagem).

    Se o cliente conseguir gastar menos dinheiro com combustível mais barato (eletricidade), te garanto por cálculos financeiros que em 3 a 5 anos ele recupera o dinheiro e ainda consegue um upgrade em termos de veículo.

    O problema: ele precisa andar bastante pra compensar (200 a 250km/dia) e, com a autonomia do pote de sorvete (e-Up), ele ficará perto do limite de autonomia, então qualquer "peido" extra que ele der e precisar esticar o trajeto, pode ficar na rua com a bateria descarregada.

    Trabalhei com empilhadeiras elétricas já e te garanto: se você cuidar bem, com manutenções e operações corretas, pode ficar com a empilhadeira por até uns 10 anos sem dores de cabeça, já as baterias chumbo-ácidas tem uma vida útil de 1.500 ciclos de carga e descarga, o que dá uns 5 anos completos. Daí, as mesmas baterias chumbo-ácidas (que duram menos da metade da durabilidade de uma Li-Ion) você dá como parte do pagamento pra compra de outras novas, pois o fabricante de baterias utiliza pra reciclagem (mesmo baterias de outras marcas).

    No caso das baterias Li-Ion, a durabilidade é calculada assim: 2.500 ciclos de carga e descarga com 100% de aproveitamento energético, 2.000 ciclos com 80% e 1.300 ciclos com 70% ou menos (que é quando compensa trocar). Só a garantia delas é de 10 anos!!!

    O negócio é viável, só que leva muito tempo pra consolidar a infraestrutura...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for assim, então tá tranquilo, mas ainda me preocupa esse monte de baterias gigantes sendo descartadas por aí, espero que não dê merda isso daí...

      Excluir
    2. Bateria de íon-lítio é perigosa e muito cara.
      Dá pra dar um jeito em quase tudo.

      Excluir
    3. Shiho, as empilhadeiras estão TODAS mudando para Li-Ion e explico:
      1. Li-Ion não vicia com cargas ruins;
      2. Não precisa colocar água desmineralizada ou deionizada;
      3. Consegue-se recarregar uma bateria 48V-600Ah em 90 minutos (carregadores de 400A) ou menos se o carregador for maior);
      4. Possuem módulos eletrônicos comunicando com a rede CAN das máquinas e podem ser monitoradas com padrão IoT;

      Quando falamos de baterias chumbo-ácidas, são 6 horas de carregamento + 02 horas para resfriamento e equalização de carga, isso porque a potência do carregador não pode passar de 20% da capacidade em amperes/hora da capacidade de armazenamento energético da bateria, então, se uma bateria chumbo-ácida tem 48V-600Ah, em geral os carregadores tem 17% de capacidade e você usa um carregador 48V-100Ah em média;

      Se você usasse carregadores como os aplicados nas baterias Li-Ion, que suportam isso, FRITARIA a parte interna das mesmas. Por isso que no caso de uma empilhadeira que trabalhe três turnos, você precisa de três baterias chumbo-ácidas ao passo que a Li-Ion, precisaria somente de uma...

      Mas mesmo assim, se você compara os custos operacionais de uma máquina elétrica x a combustão, ainda assim fica com a elétrica.

      Excluir
    4. Outro ponto: baterias Li-Ion são muito, mas muito menos poluentes que as chumbo-ácidas...

      Excluir
  7. MAIS FEIO Q ENCOXAR A MÃE NO TANQUE E MENOR Q O GRELO DA CARLUCHA.

    ResponderExcluir
  8. Esse carro tira o sono de haters kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só se for pra levantar pra ir mijar de tanto rir, kkkkkkkkkk

      Excluir
  9. Tive um up 1.0 e gostei demais do carro. Claro, dentro do limite de espaço imposto. Compraria outro, mas para uso urbano. Até viajei com ele sem problemas, mas não é espaçoso. Um elétrico seria ótimo. Não tenho ainda condições para gastar mais num elétrico, mas admiro quem compra, pois é o caminho para pararmos de usar gasolina e álcool, que também agride a natureza devido às plantações de cana e cujo preço deveria ser bem mais baixo - vejo o governo reclamar do preço Petrobras da gasolina, mas não reclama do álcool, que é nacional e tem menos influência dos grandes petroleiros.

    ResponderExcluir
  10. CARRO RIDICULO
    DESIGN DE 10 ANOS ATRAS

    DEVIAM TIRAR DE LINHA ESSA VELHARIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me esqueci também do Celta que usava plataforma do primeiro Corsa,de 1982

      Excluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem