Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex chega ao Brasil no último trimestre deste ano

Categorias: , 15 Comentários

A Toyota confirmou em 17/04/2019, em evento no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, que o Novo Corolla brasileiro será o primeiro veículo do mundo equipado com propulsão híbrida flex. Na ocasião, estiveram presentes o Governador de São Paulo, João Doria, o presidente da Toyota do Brasil, Rafael Chang, dentre outros membros do governo estadual, entidades e da montadora.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

Os estudos envolvendo a tecnologia híbrida flex da Toyota foram anunciados pela fabricante em março do ano passado, enquanto a confirmação de produção aconteceu em dezembro do mesmo ano. Impulsionando um novo ciclo de evolução tecnológica no País, o anúncio está em linha com os propósitos do Programa Rota 2030 que busca, entre outros temas, estimular a produção de veículos mais eficientes.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

A 12ª geração do Corolla será o único veículo a contar com um motor elétrico e outro de tecnologia flexfuel, o Novo Corolla, com essa motorização, será o automóvel movido a etanol mais eficiente do Brasil e o híbrido mais limpo do mundo.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

O modelo será montado sobre a plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture, ou Nova Arquitetura Global da Toyota, em tradução para o português), que já equipa veículos da marca como o Prius, o SUV compacto C-HR e o sedã grande Camry. Com ela, o Corolla dará um salto ainda maior em qualidade, conforto, dirigibilidade e estabilidade. Tudo isso aliado a uma série de novos equipamentos, fará deste futuro Corolla um carro completamente renovado.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

A nova geração do Corolla tem previsão de chegada às concessionárias brasileiras no último trimestre de 2019. Para os mercados latino-americanos onde o veículo é exportado – Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Peru e Colômbia – a Toyota planeja sua comercialização a partir do primeiro semestre de 2020.

Desenvolvimento do propulsor híbrido flex

Até chegar à formatação do primeiro protótipo, a Toyota realizou diversos testes em escala de laboratório, que tiveram início há quase quatro anos, em meados de 2015. O projeto colocou lado a lado as equipes de engenharia da Toyota Motor Corporation, no Japão, e da Toyota do Brasil, para somar esforços e buscar sintonia entre as tecnologias híbrida e flexfuel.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

O trabalho foi direcionado no sentido de extrair o potencial máximo de cada solução: alta eficiência, baixíssimos níveis de emissões e capacidade de reabsorção dos impactos de gás carbônico (CO2), ao utilizar combustível oriundo de fonte 100% renovável.



Em março de 2018, a Toyota anunciou os testes de rodagem com um protótipo híbrido flex no Brasil construído sobre a plataforma de um modelo Prius. A ideia foi colocar à prova a durabilidade do carro em diversos tipos de estradas para avaliar o conjunto motor-transmissão quando abastecido com etanol.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

Durante esses meses, uma série de dados relacionados à performance e comportamento do carro foram coletados de modo a contribuir na busca pelo balanço ideal de todo o conjunto.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

Estudos realizados pela Toyota do Brasil apontam que o híbrido flex, quando abastecido com etanol, possui um dos mais altos potenciais de abatimento da emissão de CO2. Isso ocorre ao longo do ciclo de vida do etanol, desde que o biocombustível é extraído da cana-de-açúcar, passando pela disponibilidade nas bombas de abastecimento e sua queima no processo de combustão do motor. Quando abastecidos apenas com etanol (E100), os resultados de abatimento do CO2 estão entre os melhores do mundo.

Processo de modernização

A fábrica da Toyota em Indaiatuba, localizada no interior de São Paulo (SP), será a pioneira neste processo de hibridização dos veículos da marca no Brasil. O Novo Corolla será produzido na planta, que vem sendo modernizada e passando por diversas melhorias em sua estrutura desde setembro do ano passado, quando foi anunciado investimento de R$ 1 bilhão na unidade. Este foi o primeiro investimento da indústria automotiva nacional após o anúncio do Programa Rota 2030, o que demonstrou a confiança da Toyota no futuro do País.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

A modernização da planta, que completou 20 anos de operação em 2018, está intimamente ligada ao compromisso da Toyota de produzir carros cada vez melhores e ao engajamento de toda a sua cadeia de valor.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

A produção local da Nova Geração do Corolla equipado com motorização híbrida flex acontece 16 anos após o início da comercialização do primeiro veículo capaz de ser abastecido com gasolina e/ou etanol no País. Agora, como berço do primeiro híbrido flex do mundo, a unidade de Indaiatuba e o Novo Corolla ganham um novo papel como protagonistas na história da Toyota no Brasil.

Compromisso com o meio ambiente

O anúncio e a confirmação do Corolla como o primeiro automóvel híbrido flex do mundo faz parte de um conjunto de esforços da Toyota no cumprimento de metas ambientais ambiciosas, previstas no seu Desafio Ambiental 2050. A visão corporativa, anunciada pela matriz Toyota Motor Corporation, em 2015, compreende seis desafios de sustentabilidade. Dentre eles, reduzir os impactos negativos causados por automóveis ao meio ambiente para o mais próximo possível de zero, gerando diversos benefícios para o meio ambiente e a comunidade.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

O Desafio Ambiental Global 2050 visa neutralizar a emissão de CO2 até a metade do século em novos veículos, no ciclo de vida dos produtos e nas unidades industriais da Toyota de todo o mundo. Outras missões são a diminuição no consumo de água, incentivar a reciclagem e estabelecer uma sociedade que esteja em harmonia e preserve a natureza.

Corolla no Brasil

As primeiras unidades do Corolla desembarcaram no Brasil em 1994, quatro anos após o início da abertura de importação no segmento de automóveis no País. Tais mudanças na legislação brasileira em relação ao comércio internacional de veículos assegurou a chegada do Corolla no território nacional, importadas do Japão.

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

Já nos três primeiros anos de vendas no mercado, a Toyota observou um crescente interesse dos consumidores pelo sedã, que já despontava como líder de seu segmento em vários países ao redor do mundo. O aumento constante da demanda apoiou o plano da fabricante para viabilizar sua produção local a partir de 1998, na mesma unidade localizada em Indaiatuba (SP).

Novo Toyota Corolla 2020 híbrido Flex

Desde então, com mais de 1 milhão de unidades produzidas no País, o Corolla vem se destacando como um dos veículos de maior sucesso do Brasil. Nos últimos anos, ele mantém a liderança absoluta entre todos os sedãs médios no mercado nacional, com uma fatia de mercado superior a 40%.

15 comentários:

  1. A toyota é lider nos carros hibridos com os lexus hibridos e agora com o corolla hibrido flex.

    ResponderExcluir
  2. Ei, agora sai dessa reportagem e entre na no Sentra logo abaixo, desconsiderando as cores extravagantes no painel repare nos detalhe de acabamento do painel, muito mais bonito o do Sandra, mas é aquela coisa o dessa reportagem vai vender já o daquela não sei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse carro tem o interior mais bem resolvido e belo de todos os sedans médios que estão por vir...SHOW DE BOM GOSTO!!!! !!!!!!! !!!!!

      Excluir
    2. Esse aqui!? eu estou achando o interior do Sentra lindo, assim como o carro como um todo, pra nós brasileiros deveria vir com o 1.3 turbo de origem Renault, ai ficaria perfeito.

      Excluir
    3. Não vão trazer o novo Sentra pra Banânia, pode esquecer. Custo alto e chance zero de bater Civic e Corolla. A VW tentou agora com o novo Jetta e fracassou.

      Excluir
  3. Tem tudo pra ser o líder do segmento e passar o virtus, que está em primeiro, certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado, Virtus não é concorrente deste Corolla. Se não é do atual, deste que não será mesmo. O líder do seguimento de médios é e sempre será o Corolla, nada mudará.

      Excluir
    2. Voyage x Yaris
      Virtus x Corolla
      Jetta x Camry
      Passat x Lexus

      Excluir
    3. Voyage vs Etios
      Virtus x Yaris
      Jetta x Corolla
      Passat x Lexus (na minha opiniao o único confronto que você acertou)...
      E se formos comparar, a VW so deve levar como Voyage vendendo nas vendas diretas...

      Excluir
  4. Agora sim os híbridos vão se popularizar no país.

    Vamos esperar o preço e testes

    ResponderExcluir
  5. Digo e repito: Pela primeira vez cogito a compra de um Corolla. Só o que me desanima é esse câmbio CVT...

    ResponderExcluir
  6. Se já estava difícil passar o Corolla em vendas imagina a partir do lançamento dessa nova geração. Os japas estão anos luz a frente da concorrência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc está muito mal informado colega, hoje os japas são os mais atrasados no mundo automobilístico, pelos menos uns 10 anos.

      Carros sem tecnologia e inovação? Fale com os japas.

      Excluir
    2. Nos EUA tinha Jetta híbrido plug-in até alguns anos e na década de 80 tinha o Jetta elétrico lá fora.

      Excluir
    3. E o Jetta hibridh, se fosse criado, sairia com preco do Golf GTI, do jeito que a VW gosta de valorizar os seus produtos...
      Logo levaria surra do Corolla para variar...
      A VW pode ate achar que seus produtos sejam melhores, porém a Toyota é uma marca consolidada aqui no Brasil, e a VW colocando os preços acima dos da Toyota ajuda a Toyota a continuar ganhando dela em alguns seguimentos...

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.