Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault Kwid Zen e Intense: preços elevados em novembro

Categorias: , , 60 Comentários

A Renault do Brasil promoveu uma elevação de preços nas versões mais vendidas do sub-compacto Kwid: Zen e Intense, com acréscimos de R$ 500 reais.

Renault Kwid Zen 2018 - Preço

O modelo de acesso, Life, sem ar-condicionado e sem direção com assistência, mantém-se nos R$ 29.990 reais do lançamento.

Renault Kwid Zen 2018 - Preço

Dessa forma, o Renault Kwid Zen passou de R$ 34.990 reais no lançamento, para R$ 35.990 reais em setembro, e agora atinge R$ 36.490 reais. ´



Já o Kwid Intense, versão topo de linha, aumentou R$ 500 reais e agora chega a R$ 40.490 reais.

Tabela de preços - Renault Kwid - Novembro/2017
  • Renault Kwid 2018 Life -– R$ 29.990 reais
  • Renault Kwid 2018 Zen -– R$ 36.490 reais
  • Renault Kwid 2018 Intense –- R$ 40.490 reais

60 comentários:

  1. Demorou até demais, a valorização faz bem para o consumidor agora eles podem desenvolver produtos melhores e o consumidor sai ganhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdeu completamente seu custo benefício

      Excluir
    2. Kwid um produto melhor? Impossível.
      Esse Kwid é o maior golpe que eu vi na indústria nos anos recentes. Começou com o Mobi e agora isso. Duas "invenções" que nao podem ser chamadas de carro. Dizer o que de um carro que já nasceu sem freios? Quero ver o crash test dessa coisa chamada Kwid. E tem gente que tem coragem de comprar e andar em carros como Kwid e Mobi. Passo.

      Excluir
    3. Poderia ser pior se fosse um Tata Nano...hehe

      Excluir
    4. Eddie, vc disse postou corretamente o que eu também penso ! Só acho que deveria ter uma pesquisa para eleger o carro mais feio e o painel mais feio !
      Carro mais feio ganharia fácil o Mobi !
      Painel mais feio ganharia o Etios !
      E tem os mal informados que ainda compram !

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Ridiculamente barato.
    Chega a ser inacreditável esse preço.

    Veículos como Ka, HB20, Up!, Onix, nas versões 1.0 com ar-condicionado custam na faixa dos R$ 43.000.

    O Kwid Zen, já completo, custa apenas R$ 36 mil.

    E mais impressionante ainda, o Kwid Intense, completíssimo (Versão TOP), ainda custa menos que os concorrentes citados.

    A Renault certamente tem prejuízo vendendo esse carro. O custo deve ser superior ao preço sugerido de tabela. Provavelmente estão amargando essa situação para aumentar sua participação no mercado.
    Aquele chefe brasileiro da Renault-Nissan é visionário... Está pensando lá na frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso sem contar que o Kwid Intense -- singelos R$ 40.500 reais -- é vendido em 48x com uma taxa de 1.1% a.m.

      Nenhuma outra montadora pratica essa taxa em 48x. Nem a Chevrolet e a Ford, reconhecidas pelas taxas generosas com o consumidor.

      Estamos falando de um carro com a segurança de um Polo, dotado de 4 airbags, evitando a morte dos ocupantes em batidas frontais e laterais, beeeem diferente de Onix e Ka (veículos assassinos em batidas laterais)

      Excluir
    2. Cara, não tem comparação desse carro com o Polo, não é só o fato de ter 4 air bags que vai ter a mesma segurança, o Polo é muito mais seguro pq além dos 4 air bags tem uma estrutura muito mas muito mais reforçada com aços e altra e ultra alta resistência, controle de tração e estabilidade e muitos outros itens, desculpa mas não tem nem como
      pensar em comparar.

      Excluir
    3. Comparar Polo com Kwid????
      Esse cara deve ter comido cocò, só pode!

      Excluir
    4. Esperem o crash test do Kwid. Vai demorar um pouco pois a Renault não deverá patrocinar pois já sabe do resultado ZERO como foi o modelo indiano. E não há reforço tecnicamente viável que possibilite esse caixote fazer 3 ou 4 estrelas.

      Excluir
    5. Taxa de 1.1% a.m... quanta genorosidade da montadora!
      Dê 10K de entrada e um carro de singelos 40,5K será quitado por igualmente singelos 61,7K com taxa de 14,03% a.a e total de 69,066% ao fim de 48 meses! Quanta generosidade!

      Excluir
    6. Este viajou bonito na maionese, comparar segurança do Polo com Kwid.

      Excluir
  4. Novidades nos preços do Kwid em novembro!

    ResponderExcluir
  5. Crash Teste do Kwid, veja que beleza:

    1º teste: BOMBA

    https://www.youtube.com/watch?v=gMGITxQ_1dw

    2º teste: Bomba

    https://www.youtube.com/watch?v=a3Xiw-xP3HA

    3º teste? BOMBA

    https://www.youtube.com/watch?v=_E48JkVf0ck

    Kwid: o único carro que levou bomba e desintegrou em 3 testes.

    Kwid? Não testei, não gostei. Não recomendo. E já adianto que não teste, pois não gostará. Para quer perder tempo, não é mesmo?

    Está pensando em Kwid? Esqueça: Pegue um Up! mpi, que é um carro alemão feito para ser vendido a europeus e brasileiros. KKwid é uma boquetagem indiana feito para ser vendido a manés brasileiros.

    carro boqueta mesmo. fique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kwid não concorre com o up, pois segundo o Inmetro ele é um suv

      Excluir
    2. A VWB não tem concorrente para o Kwid, ele é um SUV compacto.

      Excluir
    3. Só mentiras ...o crash test do Latin N'Cap até hoje nunca foi divulgado...vc trabalha como homen politico Carlos ?

      Excluir
    4. Concordo. Estive procurando carro pra PJ. Hoje vc pega um Take Up completo 0km por 41k. Melhor custo benefício do mercado alem de muita economia e segurança.

      Excluir
    5. e de preferencia vc adquire um carro alemão mas somente VW
      na css do Distrito Federal as outras são infeirores, não tem plus argumento

      Excluir
    6. 41k como PJ num take UP? Passo.

      Excluir
    7. O mesmo Inmetro que diz que o Polo é Médio, é aquele mesmo que diz que o Kwid é SUV?

      Excluir
  6. Cara, que coisa esses Crash Test do Kwid, o carro destruiu todo, isso porque o teste é feito a aproximadamente 60 km por hora, imagina bater esse carro a 100 km/h de frente com outro carro na mesma velocidade, não sobra nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A 100 km/h dificilmente vai sobrar alguma coisa de qualquer carro sabichão.

      Excluir
    2. Bom, eu não quero mesmo passar pela experiência, seja com qq carro mas muito menos fazer isso com o Kwid, só de olhar o Crash Test dá para ter uma ideia.

      Excluir
  7. Carlos vc pode repetir mil vezes a mesma coisa, isso só existe em sua cabeça o consumidor que vai lá compra paga a vista ou financiado não quer o up ou qualquer outro veículo qto menos seus conselhos ,ele tem o direito de escolha é isso já é mais do que suficiente.

    ResponderExcluir
  8. Detalhe de Carlos, kwid não testei não conheço e não recomendo, por acaso vc e o dono da verdade é nós temos que fazer o que o sr deseja, não acha que vc passa dos limites com seus comentários, respeito com os demais e bom também.

    ResponderExcluir
  9. Pense num carrinho lixo..multiplique por 100.pronto.é quase isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seja exagerado. O carro é um lixo, com certeza, mas não multiplicado por 100. Somente por 99,99.

      Excluir
  10. Esse Kwid de 29.990,00 já tinha que ser a versão completa do Kwid. Ou em outras alternativas esse Kwid nem tinha que ser comercializado, para isso que tem o Up, se a Volkswagen não tivesse errado no preço desse bom automóvel não tinha necessidade de Kwid, Mobi ou QQ estarem sendo comercializados.

    ResponderExcluir
  11. O caso da Renault é o típico "case" onde os consumidores se beneficiam dos aumentos de preços.

    A manutenção de um nível saudável de lucratividade da empresa é fundamental para que a Renault continue a ser o que é: a empresa automotiva mais eficaz no Brasil e que mais investe em pesquisa e desenvolvimento de carros.

    Por isso a lucratividade da Renault precisa ser mantida.

    É graças a ela que temos carros de ótimo custo benefício, econômicos, espaçosos e confortáveis.

    .
    Então, parabéns Renault por manter a sustentabilidade da continuidade de sua capacidade de investimento em P&D.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas !!! Que as empresas continuem assim pensando nos consumidores !!

      Excluir
    2. o carlota vai querer o direito autoral por essa resposta ein. esse 4patas realmente é uma piada. não sei pq ele perde tanto tempo com as respostas prontas dele. vai entender o gosto dele de ser malhado na internet. e ele insisti nas repostas, como se oq ele falasse aqui fosse fazer alguém comprar os vw que ele quer. mas doença é doença. um psicólogo poderia resolver os problemas dele, mas vai ver ele não tem dinheiro pra pagar as sessões.

      Excluir
  12. KWID não é sub-compacto, é SUV. Inmetro falou ta falado.

    ResponderExcluir
  13. Respostas
    1. Meus pêsames!
      Carro meia-boca, motor péssimo, acabamento e montagem horriveis e em curvas, treme mais que uma gelatina.
      Rodei quase 1000km com um e digo, sem pestanejar, que foi o pior carro que já dirigi.

      Excluir
  14. "Está pensando em Kwid? Esqueça: Pegue um Up! mpi, que é um carro alemão feito para ser vendido a europeus e brasileiros. KKwid é uma boquetagem indiana feito para ser vendido a manés brasileiros."

    Primeiro que a matéria é de Kwid, ninguém veio te perguntar de Up. Mas, vc falou de up, entao pesquise antes de relinchar. Kwid nao concorre com up, por que kwid é um SUV segundo o inmetro

    https://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2017/08/04/kwid-um-suv-segundo-o-inmetro/

    Mais fatos e menos relinchos Carlotinha.

    ResponderExcluir
  15. Isso ai, bora valorizar o preço deste SUV : )

    ResponderExcluir
  16. Na boa... Que carrinho meia boca, pelo menos tem 4 AB e preço baixo

    ResponderExcluir
  17. kwid ! uma coisa é boa , aumenta a concorrência e esse motorzinho com corrente de comando é show ,,,

    ResponderExcluir
  18. Sejamos francos...um carrinho desses pra rodar exclusivamente dentro da cidade e atingir velocidade máxima de 70 km/h está de bom tamanho.precisa mais do que isso não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O teste de impacto que desintegrou o Kwid foi feito a 64km/h. Se vc bater a 60 Km/h nesse Kwid, vc vai morrer. Sem dúvida alguma. O carro desintegra em uma batida a essa velocidade, a uma invasao total da cabine com peças metálicas e etc. Então, esse carro deveria ser homologado para andar a até 20 km/h. Acima disso é risco de vida.

      Excluir
    2. Que asneira. Então os demais carros a deveriam ser licenciados para andar até 50 km/h.
      Vamos esperar o teste de impacto primeiro.

      Excluir
    3. kkkkkk, até o meu sobrinho de 8 anos é menos criança que esse Carlos.

      Excluir
  19. Achei que ia ter novidade nos preços

    ResponderExcluir
  20. Não adianta o Carlos não tem jeito mesmo, só usando camisa de força,vive repetindo seus comentários idiotas o tempo todo achando que alguém vai comprar um veículo baseado em sua opinião.ele que fique com a Ceci e cada um compre o que quiser pois o R$ não é do Carlos se bem que duvido que tenha o suficiente para um carrinho.

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. O caso da Renault é o típico "case" onde os consumidores se beneficiam dos aumentos de preços.

    A manutenção de um nível saudável de lucratividade da empresa é fundamental para que a Renault continue a ser o que é: a empresa automotiva mais eficaz no Brasil e que mais investe em pesquisa e desenvolvimento de carros.

    Por isso a lucratividade da Renault precisa ser mantida.

    É graças a ela que temos carros de ótimo custo benefício, econômicos, espaçosos e confortáveis.

    .
    Então, parabéns Renault por manter a sustentabilidade da continuidade de sua capacidade de investimento em P&D.

    ResponderExcluir
  23. Quem compra o Mobi certamente não entende nadinha de carro ! O carro é mais feio que o Dragão de Gelo da serie Game of Thrones ! O Kwid em design é bem melhor, mas em segurança ????

    ResponderExcluir
  24. ÓTIMO:
    É um SUV. Já vem com grilos de fábrica (16 minutos). Vibrações (18 minutos), ótimo para namorar.

    RUIM: Comportamento dinâmico ruim (19 minutos). Aderência fraca, desgarra com facilmente (20 minutos). Pneu fino e alto, perde comportamento dinâmico.

    ESSA É A RENAULT NO BRASIL!!!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.