Car.blog.br

Pesquisar este blog

Peugeot 3008 2018: teste-drive, preço, consumo - vídeo

Categorias: , , , 62 Comentários

Esta atual geração do Peugeot 3008, agora em formato SUV, já pode ser considerada a melhor iteração do modelo, e também um dos melhores crossovers de porte intermediário da atualidade. Isso graças ao seu interior premium, tecnologia atualizada, comportamento dinâmico, asseio refinado e powertrain competitivo.

Novo Peugeot 3008 2018

Ele também é pratico e bom de dirigir - não tão bom quanto o Q5, nosso SUV intermediário favorito, mas o Peugeot é mais de R$ 100 mil reais mais barato que o Audi. Também é confortável, com um ajuste de suspensão que é firme o suficiente para impedir que ele seja oscilante em pisos irregulares, mas suave o suficiente para deslizar sobre as irregularidades das vias e isolar os passageiros dos solavancos.

Novo Peugeot 3008 2018

Por falar em suspensão, a arquitetura é McPherson na dianteira, com molas helicoidais, e de eixo de torção na traseira, com barras estabilizadora.

Novo Peugeot 3008 2018

Para muitos, o Peugeot 3008 oferece tudo o que é preciso: é econômico, prático, luxuoso e um preço razoável. Se você quer um SUV intermediário entre R$ 100 mil e R$ 150 mil, este Peugeot definitivamente deve estar em sua lista.

Novo Peugeot 3008 2018

Os consumidores de automóveis estão preferindo cada vez mais os SUV´s em detrimento de todos os demais formatos de carroceria - especialmente no caso dos modelos familiares. Os mono-volumes estão sumindo, e o Peugeot 3008 se adaptou a essa realidade.

Novo Peugeot 3008 2018

A primeira geração do 3008 era uma mistura de SUV e MPV, com uma forma vertical e altura de passeio elevada. Mas nesta segunda geração a Peugeot abandonou completamente o conceito de MPV e fez dele um SUV.

Novo Peugeot 3008 2018

O novo modelo é muito mais elegante do que o seu antecessor, com uma dianteira inspirada pelo Peugeot 308 europeu, mas com referências do 2008.

Novo Peugeot 3008 2018

Já as laterais trazem uma linha de cintura elevada e uma área envidraçada menor, o que confere ao 3008 um aspecto mais moderno e esportivo que o de seus concorrentes.

Novo Peugeot 3008 2018

A traseira ostenta um visual futurista, com elegantes lanternas de LED horizontais que, acesas, imitam o desenho das patas de um leão (o símbolo da Peugeot), interligadas por um elemento em black piano.

Novo Peugeot 3008 2018 - interior

O interior deste novo modelo traz mais espaço para passageiros que o predecessor, e o design foi radicalmente modificado - agora com uma aparência bastante futurista. A qualidade geral de montagem e dos materiais deve pouco para modelos premium.

Novo Peugeot 3008 2018 - porta-malas

O porta-malas abre-se com uma grande porta traseira - que não tem acionamento elétrico. Mas a base é baixa e a abertura ampla, facilitando o carregamento. O volume é de 530 litros até a altura dos bancos traseiros. 591 litros até o teto, e 1.691 litros com os assentos traseiros rebatidos.

Tração dianteira

O Peugeot 3008 é um SUV, mas por enquanto é oferecido apenas com tração dianteira. O motor é o tradicional quatro cilindros 1.6 THP Turbo, gasolina, de 165 cv e 24,5 Kgfm de torque, associado sempre com uma transmissão automática de seis marchas de conversor de torque AISIN.



Segundo a Peugeot, esse conjunto é capaz de acelerar seus 1.567 kg de 0 a 100 Km/h em 8,9 segundos, para atingir uma velocidade máxima de 206 Km/h. O consumo, segundo o INMETRO, pé de 9,4 km/l na cidade e de 9,6 km/l na estrada - sempre gasolina, já que o motor não é flex.

Novo Peugeot 3008 2018 - interior

Não é flex, mas foi tropicalizado, o que permite abastecer este Novo 3008 com gasolina comum (o anterior só bebia gasolina Podium). Apesar de estar adaptado para gasolina convencional, a Peugeot recomenda o uso de gasolina aditivada, como a Grid, da Petrobras.

Tecnologia

O Peugeot 3008 é vendido no Brasil em versão única, Griffe, com preço de R$ 139.990 reais na versão pintada em Metallic Copper. Quem quiser o Preto Perla Nera ou o Cinza metálico pagará R$ 141.790 reais, enquanto o Branco Perolizado sai a R$ 142.700 reais. Mas as diferenças ficam por conta das cores, pois os recursos de tecnologia e conveniência são exatamente as mesmas em todas as versões.

Novo Peugeot 3008 2018 - painel digital

O Peugeot 3008 vem com o cluster de instrumentos digitais de 12,3 polegadas configurável e um sistema de infotainment de tela sensível ao toque compatível com Apple CarPaly e Android Auto, cujo funcionamento mostramos no vídeo abaixo.



Além disso, há  ar-condicionado digital com duas zonas de climatização, entrada Keyless com partida por botão, sensores de estacionamento traseiros e dianteiros, banco do motorista com regulagem elétrica, aquecimento e massageador e sistema de carregamento de smarptphone por indução.

Novo Peugeot 3008 2018

O sistema multimídia não tem sistema de navegação integrado - nativo. É possível usar o sistema de navegação do smartphone Apple iPhone ou Android, via espelhamento de tela - o que exige uma conexão física por meio de um cabo USB.

Novo Peugeot 3008 2018 - bancos em couro

O volante é revestido em couro, com comandos multifuncionais e há ainda piloto automático (não é adaptativo), controle eletrônico de estabilidade e de tração, detector de ponto cego. Fica faltando apenas o ACC (piloto automático adaptativo) e o Front Assist (frenagem autônoma de emergência) - recursos que são oferecidos no Peugeot 3008 vendido na Europa.

Novo Peugeot 3008 2018 - espaço traseiro

O pacote tecnológico dele é competitivo se analisado em relação a seus concorrentes, como VW Tiguan, Hyundai New Tucson e Jeep Renegade, que, na versão Limited 2.0 Flex 4x2, tem um conjunto mecânico menos eficiente, mas oferece como opcional o ACC e o Front Assist.

Comportamento dinâmico

O Peugeot 3008, como todo crossover ou SUV, tem sua suspensão elevada - e isso sempre impacta negativamente no comportamento dinâmico. Para amenizar esse efeito, a Peugeot adotou um ajuste um pouco mais firme que o habitual, o que resulta em algumas pancadas secas em baixa velocidade.

Novo Peugeot 3008 2018

Entretanto, esse ajuste reduz a rolagem de carroceria em curvas, oferecendo mais segurança quando se vai mais rápido. Mas o comportamento do 3008 não é tão equilibrado quanto o impressionante Audi Q5 de segunda geração - este sim um SUV que não deve nada para um hot hatch.

Novo Peugeot 3008 2018

O pequeno volante cria a impressão de respostas rápidas, mantendo a previsibilidade e a segurança. Novamente, ele não é tão seguro e ágil quanto o Q5, o referencial em termos de SUV, mas é bem mais equilibrado que o Jeep Compass.

Novo Peugeot 3008 2018

A transmissão automática AISIN de 6 marchas é rápida e suave, e está muito harmonizada com o motor turbo, aproveitando bem a ampla faixa de rotação. Rodando a 100 km/h, em 6ª, o motor opera abaixo de 2.000 RPM.

Conclusão

Novo Peugeot 3008 2018

O Peugeot 3008 não é o SUV de porte intermediário mais barato do mercado, mas é muito prático e leve de ser conduzido - e divertido também, conta com um conjunto motor/transmissão enérgico e suave, é confortável e tem o melhor interior da categoria. É indiscutivelmente o melhor carro da Peugeot (eleito carro do ano europeu de 2017 - veja aqui), e também o SUV de sua classe com a melhor relação custo x benefício.

Ficha Técnica - Peugeot 3008 Griffe THP

Motor/Transmissão: Número de cilindros – 4 em linha, turbo, injeção direta; Cilindrada – 1598 cm³; Potência – 165 cv a 6.000 rpm (gasolina); Torque – 24,5 kgfm a 1.400 rpm (gasolina); Transmissão – Automática com seis marchas e trocas manuais no volante. Desempenho: aceleração de 0 a 100 km/h – 8,9 segundos; Velocidade máxima – 207 Km/h; rotação a 110 km/h – 2.000 rpm. Consumo urbano – 9,4 km/litro; Consumo rodoviário – 9,6 km/litro. Suspensão/Direção: Dianteira – McPherson/Traseira – Barra de torção; Rodas/Pneus: Liga leve aro 19 com pneus 235/50 R19; Dimensões/Pesos/Capacidades: Comprimento – 4.447 mm; Largura – 1.906 mm (sem retrovisores); Altura – 1.625 mm; Entre eixos – 2.675 mm; Peso em ordem de marcha – 1.567 kg; Tanque – 53 litros; Porta-malas – 520 litros; Preço: R$ 139.990

62 comentários:

  1. Pessoal, vamos torcer para que o 3008 tenha ainda mais sucesso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos temos a ganhar se ele for bem recebido no Brasil, faz a concorrencia se mexer, trazendo carros melhores com preços competitivos, mostrando que a mercado no Brasil para produtos de qualidade por preço justo. Quem sabe a propria Peugeot não se anima e não começa a vender o 308 frances no mesmo modelo que esta fazendo com esse 3008.

      Excluir
    2. Unknowm ....Turn down for what !!!!

      Excluir
    3. Apoiado, Unknown.
      Nosso mercado carece de produtos competitivos e competentes.

      O 3008 consolida ambos com um toque maior de capricho pelo valor que solicita...

      Excluir
    4. Complementando nosso amigo Unknown, logo após o lançamento do 3008 a jeep anunciou novos equipamentos para o compass e a hyundai reduziu preços do new tucon. Todos ganham quando um produto de qualidade entra no mercado a preço competitivo. E pra quem está interessado no carro, mas não dispõe dos 140 mil (meu caso), com a peugeot entregando quantidade razoável de 3008 agora implica em disponibilidade de semi novos em 2/3 anos.
      Por fim, temos que admitir que a peugeot teve ótima iniciativa em posicionar esse carro de forma competitiva. Como seria bom se outras montadoras fizessem o mesmo e decidissem apostar num bom produto através de posicionamento de preço competitivo.

      Excluir
  2. O conjunto parece ser bom. O problema é só o símbolo na grade dianteira.

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Seria ótimo se a Tiguan viesse com preços semelhantes. Mas infelizmente não virá. Fato.

      Vamos fazer um cálculo rápido para ficar mais claro o que estou falando.

      Nos EUA, a Tiguan antiga 2.0 na mesma configuração que era vendida aqui a R$ 155.000,00 (já faz algum tempo, hoje estaria acima disso) está sendo oferecida por lá a $26.000,00. Já a Tiguan allspace top está custando por lá $38.000,00.

      Fazendo a conversão chegamos ao belo valor de R$ 226.000,000.

      Deu para perceber do que estou falando?

      Excluir
  4. O Carlos nem tem coragem de postar algo contra esse 3008 vai falar oque ? Que Audi Q3 é melhor ??? Difícil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse 3008 ficou top mais não acho difícil q3 ser melhor não q3 é um excelente carro

      Excluir
    2. Vai falar que Peugeot é muito frágil, e que o UP é mais robusto, e portanto, melhor.

      Excluir
  5. No comentário ele diz que ao sair do Golf e ao entrar no 3008, o Golf ficou envelhecido perto do 3008, esse SUV tem tudo pra mudar definitivamente a
    Peugeot no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que a Peugeot precisa mudar no país é a disponibilidade de peças para seus carros

      Excluir
    2. O Fox da empresa está a 10 dias esperando uma peça do ar condicionado.... problema não é exclusividade da Peugeot.

      Excluir
    3. 10 dias comparado com seis meses não é nada.

      Excluir
  6. Esse Peugeot cobra muito e oferece pouco.
    Tem muito Mimo, mas está faltando os itens de auxílio ao motorista e condução autonoma (ACC, assistente de faixa, frenagem pós colisão, Park assisti, monitoramento em trânsito urbano para auto condução, detecção de pedestre e auto frenagem de emergência, entre outros).
    Muita perfumaria e os itens de segurança que equipam carros dessa categoria e preço, que são essenciais ficaram de fora. Aliás parte desses itens são encontrados em modelos mais baratos como Cruze e Golf, e provavelmente no novo Pólo.

    Falha da Peugeot.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aponte um SUV médio que tenha os atributos do 3008 custando os mesmos 140 mil.

      Os itens que você mencionou não estão presentes em nenhum SUV que custe menos que 180 mil reais.

      O carro que chega mais perto disso é o Fusion AWD, que está 160 mil. O SUV do fusion sabemos que é o Edge que está a bagatela dos 220 mil.

      Excluir
    2. Estão sim... Jeep Compass trailhawk completo tem tudo isso é funciona muito bem, abaixo dos 180k que vc citou...

      Excluir
    3. Vá ao site da jeep e monte o compass depois volte aqui.

      Compass Trailhawk 158.990,00
      Pintura metalica 1.660,00
      Teto solar 7.560,00
      Pacote High Tech 14.330,00

      Total R$ 182.530,00

      Excluir
    4. Cara eu comprei por 172.500,00, com pintura perolizada... na hora de fechar os caras dão desconto...

      Excluir
    5. Cara, eu paguei 172.500,00, completo branco perolizado... na hora de fechar, os caras dão desconto...

      Excluir
    6. Pra mim que vc havia dito "bem abaixo de 180 mil", 8 mil reais são 4% dos 180 mil. Nunca que isso é bem abaixo.

      Continuando.

      Mesmo pagando 172 paus fica devendo em vários pontos pro 3008 (que é 32 mil reais mais barato), como acabamento e desempenho.

      Não há como negar, pelos 140 paus não tem concorrente que chegue perto.

      Excluir
    7. Outro detalhe é que realmente era 172 paus a completa, hoje não é mais. Está os 182 mesmo.

      Excluir
    8. Eu cheguei a testar o 3008, é um carro muito legal, pena que é mais urbano... não é 4x4, e para o meu tipo de uso preciso de veículo que seja 4x4 com torque bacana... Eu não me importo muito com o pós venda, quero mesmo é curtir o carro, e o 3008, para quem, como eu, não se importa com pós venda, dá pra curtir muito... não recomendo para quem precisa usar em fora de estrada, não é a proposta dele! Quanto ao acabamento, não é melhor que o do Compass... Apenas tem um design mais futurista... De qualquer maneira, ele entrou na minha lista de opções, mas no final das contas o motor diesel e o 4x4 contaram muito para minha escolha...

      Excluir
    9. Se vc chegar com grana viva, tem desconto sim! Pelo menos 5k...

      Excluir
    10. Concordo em relação à escolha. Nesses termos tem nem o que pesquisar. Se precisa de tração o Compass, que já é honesto, dispara como melhor escolha.

      Discordo em relação ao acabamento. O 3008 fez muita gente (inclusive na europa) sentir a necessidade de compara-lo com segmento premium, sendo que o carro não é premium. Como diz o Mat Waton (carwow), a qualidade do interior do 3008 está mais próxima das marcas premium que de sua própria categoria.

      Excluir
    11. Talvez eu nao seja muito bom em avaliar nivel de acabamento... kkk. Vendo ao vivo, dirigindo, considero os dois com o mesmo nível de acabamento... quanto aos equipamentos eu achei muito útil o console central refrigerado do 3008. O teto solar dos dois é praticamente igual... o acabamento dos para sóis do compass é melhor... não gostei do plástico nós para sóis do 3008... acabamento mesmo eu vi em um SUV Lexus em uma concessionaria aqui na minha cidade... cara, é outro nível, não tem comparação... simplesmente não há plástico aparente em parte alguma do interior... nem mesmo no interior das colunas laterais, que por sinal são do mesmo material tanto no Compass como no 3008. O Lexus já não é para o meu bico. Preço fora a minha realidade, mas que é bacana, é!

      Excluir
  7. vai durar dois ou tres meses... até descobrir q nao ha reposicap de nenhuma peça e q vc perde 80% na revenda... os abutres(me incluindo) vao esperar os babacas afpitos darem 140mil e depois me vender semi novo por 70 ou 60mil. Peugeot só usadp e mt, mt semi-ultra-novo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. procurei 208 activ pac 2014 o mais barato que achei 33k
      sendo que o mesmo foi faturado por 40k 7k em quatro anos é uma das menores desvalorização do mercado.

      Excluir
    2. Concordo esse carro com 2 anos de uso custará uns 70 mil vai por mim otimo negócio

      Excluir
    3. Amigo, o 3008 antigo não teve essa desvalorização que você cita, quem dirá este modelo novo (que é muito atraente e apelativo).

      Um 3008 allure em 2011 custava 88 mil reais. Este mesmo 3008 está hoje custando 40 mil (só fazer breve pesquisa na webmotors). ou seja, levou 6 anos para desvalorizar isso que você afirma que será em 2.

      A internet e seus experts.

      Excluir
    4. Imagino a onde os donos de 3008 vão enfiar a cara quando tiverem que esperar 6 meses ou um ano por uma peça.

      Excluir
    5. Sou dono de um 3008 (2012).

      Nunca esperei por peça.

      Excluir
    6. Bem, considerando que você pega o carro zero, em questão de dois anos, não precisa peça de reposição, salvo algum acidente, e o que faz você imaginar que pegando um carro destes com dois anos vai resolver o problema das peças de reposição? Quanto mais velho e rodado, mais precisará de peças, e então você compra, é coerente isso???

      Excluir
    7. Já tive 3 Peugeot e também nunca precisei esperar por peças, sempre encontrei nas concessionárias e lojas no paralelo. Essas peças de troca comum, se encontra fácil. O único problema que tive com um dos Peugeot foi um sensor de temperatura do motor que parou de funcionar. Comprei a peça na concessionária e a troca ficou em pouco mais de 100 reais na época. Apesar disso, não sei se teria outro Peugeot já que o Hyundai que tenho tem me deixado mais satisfeito, inclusive no pós venda.

      Excluir
  8. É impressionante o quanto esse blog enche o saco da VW, Audi e afins...
    Matéria do 3008 tem q falar "impressionantes Audi Q5" se eu quiser saber do Audi eu vou procurar materia do Audi, nao vou procurar Audi em materia de 3008...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geronimo. Se não gosta, é só NÃO acessar o blog, porque se desgastar com algo q está lhe contrariando e ainda ter o desprazer de publicar um comentário no ímpeto da sua indignação.

      Para muitos, aqui é uma fonte de informação e troca de conhecimentos.

      Excluir
    2. Xuvisco, todos sabem que aqui todos os textos sempre puxam a sardinha pro lad vw e audi. Já desprezo todas as vezes que isso é citado. Até quando não precisa e não tem um pq, é citado algo de "superioridade" pro lado deles... Chega a ser ridículo. Na avaliação em vídeo que vi do carblog no youtube o rapaz que estava analisando estava impressionado com o conjunto total do carro. E nesse texto aparece comparações e citações bestas sobre audi...

      Excluir
  9. Vamos a um questionamento bem pertinente.... Quem, em condições perfeitas de juízo, daria R$140.000,00 em um suv que nem é movido a diesel e que é fabricado pela Peugeot?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade.

      Melhor dar R$ 160.000,00 numa Rav4 2.0 aspirada sem metade dos equipamentos do peugeot. Ou dar mais de 100 mil reais numa space fox.

      Excluir
    2. kkkkkk Concordo. Brasileiro é muito fechado com lendas urbanas de montadoras, não conseguem ver quanto mudou em qualidade e competitividade.

      Excluir
  10. beberrão hein.. por essa faixa de preço o new tucson acho que é mais jogo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tucson é bonita, mas o interior dela é horrível, o painel é de carro velho.

      Excluir
    2. É um painel mais conservador, só isso.

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkk... então melhor comprar uma carroça, é um conceito mais conservador ainda. kkkkkkk...

      Excluir
    4. Bom, fique com a carroça então. "kkkkkkk"

      Excluir
  11. Faltam itens importantes para um modelo que quer concorrer com carros que estarão chegando ainda neste ano, como o Equinox e a nova CR-V, tais como Detector de ponto cego, porta-malas elétrico com abertura por movimento(já existentes no novo Tucson),Brake Holde, acionamento remoto do motor pela chave.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equinox ainda tenho esperança que venha com preço competitivo. Aquele 2.0 turbo vai empurrar muito bem o SUV.

      Mas quanto a CRV desista. A atual, com o 2.0 aspirado, e sendo um carro muito inferior ao 3008 já é mais cara. Imagina chegando a nova com o belo 1.5 earthdreams. Preço vai pro infinito. Só lembrar do que aconteceu com o civic.

      Excluir
    2. Minha tia tem um cr-v e nunca deu problema.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  12. Autêntico francês! Pouco carro e muita (muita mesmo!) perfumaria! As francesas Citroën e Peugeot (Renault no Brasil não é francesa, é turca) são especializadas nessas grandes "revoluções"! Alguns incautos ainda embarcam, mas logo essa maravilha tecnológica esbarrará no pós-venda campeão da Peugeot: peças caras quando existentes, mega desvalorização e rejeição na revenda até pelos próprios concessionários da marca. Engraçadinho e ordinário, passo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu cheguei a testar o 3008, é um carro muito legal, pena que é mais urbano... não é 4x4, e para o meu tipo de uso preciso de veículo que seja 4x4 com torque bacana... Eu não me importo muito com o pós venda, quero mesmo é curtir o carro, e o 3008, para quem, como eu, não se importa com pós venda, dá pra curtir muito... não recomendo para quem precisa usar em fora de estrada, não é a proposta dele!

      Excluir
  13. Rodrigo A., acho q vc quis dizer q a Renault no Brasil eh romena....e nao turca.rs

    ResponderExcluir
  14. Rodrigo A., acho q vc quis dizer q a Renault no Brasil eh romena....e nao turca.rs

    ResponderExcluir
  15. 3008 é um belo carro sem dúvida. Sobre motor, câmbio, consumo, desempenho e desvalorização da marca: tive 308 THP Roland Garros motor puxa bem mas não é econômico por ser turbo cidade 7km/l na estrada 13km/l pra ter ideia depois minha Mercedes 1.6 turbo fazia 9.5km/l cidade e 17km/l estrada. Imagino que 3008 deva fazer o que 308 fazia ou menos. Sobre peças nunca precisei então não sei responder. Sobre desvaloriza paguei R$ 80mil vendi 15 meses depois com 17mil km por R$ 55mil (isso foi maximo que consegui). Os outros concorrentes Compass a gasolina o desempenho é sofrível e bebe muito é porta malas é pequeno. A New Tucson anda muito bem, confortável e tem desenho mais esportivo das 3. No interior a 3008 é que tem melhor material seguido pela Compass e Tucson por último porém em quesito encaixe das peças Tucson é a melhor sem nenhuma rebarba ou falha na montagem, Compass ficaria segundo e 3008 tem algumas peças desencontradas.
    Questão de equipamentos em mimos 3008, Compass e Tucson! Enfim 3 belos produtos que agradam seus públicos. Basta pegar 140mil e escolher e ser feliz. Eu mesmo optei pela New Tucson desempenho, conforto pesaram a favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compass diesel melhor custo beneficio nesta categoria! Isso nem se discute.

      Excluir
  16. A internet é cheia de lendas!
    Uma mentira repetida mil vezes fica parecendo uma verdade absoluta!

    Ouço sempre sobre pós-venda, preço e reposição de peças, e desvalorização como pontos frágeis da Peugeot.
    Pesquisei muito (mas muito mesmo) pra ver o que é real ou o que é discurso repetido de "ouvir dizer".

    Logo de início vi as estatísticas de índice de satisfação e a Peugeot é super bem avaliada pelos seus usuários. (Por que acreditar então nas pessoas que nunca tiveram um carro da marca?)

    Depois vi os índices de desvalorização dos veículos comercializados no Brasil. Na lista dos que mais desvalorizam, nenhum da Peugeot. Na lista dos que menos desvalorizam, 1 da Peugeot (1 da Citroen também).

    É bem verdade que ao chegar ao Brasil a Peugeot teve problema na reposição de peças (e pela dificuldade de achar, os preços elevavam). Isso já passou!
    Será que esse estigma tem que acompanhar a marca mais de 15 anos passados daquela fase?

    Hoje, a Peugeot tem um plano de ofertar gratuitamente um carro reserva se seu carro precisar ficar parado por 4 dias; recompram seu carro pelo valor da tabela FIPE (existem condições específicas para isso); tem valores predefinidos para as revisões, 3 anos de garantia, assistência 24h de guincho...

    Nunca tive carro Peugeot e não tenho nenhuma ligação com a empresa, mas me incomoda ver a internet ser disseminadora de conceitos preestabelecidos que nâo se fundamentam.
    Pesquisei, comparei, dirigi e estou fortemente inclinado a comprar o 3008.
    Vocês citaram o Compass e o New Tucson, mas, pra mim, o rival direto é o Kia Sportage ou carros um tanto mais caros.

    Tenho uma ligeira impressão que ao estar mais difundido, o 3008 vai ser primeira escolha de muuuita gente.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.