O Volkswagen Power Day, ocorrido em 9/3, evento que segue o modelo do Batery Day da Tesla, a montadora anunciou suas metas em termos de eletrificação até 2030, sendo as principais redução de 50% nos custos de baterias, e transição para baterias de estado sólido.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
Os executivos da Volkswagen apresentaram uma visão abrangente do que a empresa está chamando de "abordagem de ciclo fechado", para se tornar um dos maiores produtores globais de veículos elétricos. A empresa mostrou seus planos para reduzir potencialmente os custos das baterias para seus veículos elétricos mais acessíveis. A meta é que os custos das baterias da Volkswagen caiam abaixo de 100 euros (US $ 119) por kwh, em média.

Baterias de estado sólido: 80% de carga em 12 minutos

A apresentação de Frank Blome, chefe de células de bateria do Grupo VW - e também membro do conselho da QuantumScape , uma empresa na qual a VW investiu - a tecnologia de bateria de estado sólido - que provavelmente chegará ao mercado no final da década - será capaz de obter 80% de carga em apenas 12 minutos. Isso é cerca de metade do tempo exigido pelo carregamento mais rápido hoje para veículos com células de íon-lítio com eletrólito líquido.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
Antes disso, a VW planeja se concentrar em uma nova “célula unificada prismática” com lançamento previsto para 2023 e instalada em 80% dos carros elétricos do Grupo VW até 2030. Segundo a empresa, “oferece as melhores condições para a transição para o célula de estado sólido - o próximo salto quântico em tecnologia de bateria, que a Volkswagen prevê para o meio da década.

Gigafábricas

Em outro movimento similar ao da Tesla, a Volkswagen planeja, só na Europa,  seis giga-fábricas de baterias, produzindo um total de 240 GWh anuais, até o final da década.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
A primeira dessas fábricas, movida a energia renovável e fornecendo a produção para veículos europeus, estará em cooperação com a Northvolt em Skellefteå, Suécia, com produção a partir de 2023. Essas serão células premium, enquanto uma fábrica alemã - que já é operada pela VW - produzirá a célula unificada a partir de 2025 e desenvolverá “inovações em processo, design e química”.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
O anúncio impulsiona a Volkswagen a se tornar uma produtora de armazenamento de energia, em vez do que afirmou claramente no final de 2019: que ela queria manter um controle rígido sobre as células, mas não produzi-las. No início de 2019, a montadora relatou que havia garantido a produção de baterias durante os primeiros anos de produção global de seus modelos elétricos para o mercado de massa - incluindo o crossover elétrico ID.4 - com a LG Chem, Samsung, SK Innovation e CATL.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
A redução significativa dos custos das baterias permitirá à Volkswagen mais flexibilidade em preços e competitividade de mercado com veículos de combustão interna; e ajuda a garantir que a maioria ou todos os carros elétricos que a VW produz serão lucrativos.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
A empresa também espera economizar dinheiro por meio de métodos de produção e reciclagem consistente, conforme delineado no início deste mês com a notícia de que será capaz de recuperar até 95% das matérias-primas de suas baterias de carros elétricos.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
Junto com seus parceiros, a empresa pretende ainda criar cerca de 18.000 pontos públicos de carregamento rápido na Europa até 2025. Isso representa uma expansão de cinco vezes da rede de carregamento rápido em comparação com hoje e corresponde a cerca de um terço da demanda total prevista para o continente em 2025.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
A empresa disse ainda que planeja uma parceria no estabelecimento de 18.000 estações de carregamento rápido DC na Europa até 2025 - tornado possível por meio de parcerias com BP, Iberdrola e Enel, e um investimento de $ 360 milhões em carregamento europeu até 2025.
VW Power Day: meta de baterias 50% mais baratas e Giga-fábricas
A Volkswagen também planeja lançar capacidade de carregamento bidirecional para alguns de seus veículos a partir de 2022, permitindo que, por meio de sua unidade de negócios de gerenciamento de energia Elli , se tornem "um banco de energia móvel", potencialmente contando menos com a energia da rede e potencialmente aproveitando em energia por meio de sistemas de gerenciamento de energia solar.

6 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Incrível a velocidade com que a Volkswagen se volta para o futuro, e projeta a nova VW elétrica e sustentável ambientalmente!

    Baterias que são 95% recicláveis, cargas em 12 minutos, praticamente o tempo de um abastecimento de gasolina.

    E não devemos nos esquecer que a VW anunciou o desenvolvimento de uma rede neural de aprendizado de máquina para seus sistemas de condução autônoma.

    VW séculos à frente das demais.

    Tesla TREME!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKK Rio ou choro?
      Giga Factory = coisa que a Tesla inventou.
      Carro elétrico + rede neural que aprende sozinha = TESLA...

      VW = copiando...

      Excluir
    2. Idéias não tem propriedade.
      Boas ideias são feitas para serem amplamente disseminadas, para beneficio da coletividade.
      Boas técnicas de gestão devem ser adotadas por todas.
      Se a Tesla fez antes, ok, parabéns para ela. Agora a VW faz e aperfeiçoa. O mundo evolui assim.
      Mas a VW tem muito mais capacidade de levar essas ideias inovadoras para um estágio superior, que a Tesla. Pelo gigantismo da VW.

      Então é um benefício que a VW faz para a humanidade de pegar essas ideias e implantar em sua operação e desenvolvê-las ainda mais.

      Temos que parabenizar a VW por tal atitude!👋👋👋👋👋👋


      Excluir
  2. A VW está anos-luz a frente dos concorrentes diretos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Anos luz em produzir veículos mal acabados, com motor ruim e preços estratosféricos. Aqui no Brasil ela vai continuar esfolando os *tários que caem na conversa fiada dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom mesmo são as carroças da Fiat que vc defende.

      Excluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem