Novo Hyundai Creta 2021 1.4 Turbo DCT chega à África

A segunda geração do SUV compacto Hyundai Creta continua seu processo de expansão para os mercados globais. Depois do México, o modelo agora chega à Africa.
Novo Hyundai Creta 2021 1.4 Turbo DCT chega à África
A estética é a mesma, mas o modelo vendido no continente africano tem novidades sobretudo na mecânica, com a adoção de um motor turboalimentado de 1,4 litros.
Novo Hyundai Creta 2021 1.4 Turbo DCT chega à África
Com tal propulsor de 103 kW e 242 Nm, associado a uma transmissão automática de transmissão de dupla embreagem, ele é capaz de atingir uma velocidade máxima de 185 km/h - a aceleração de 0 a 100 km/h ainda não foi fornecida.
O consumo é de 7,1 L / 100 km, o que corresponde a 14,1 km/l.
Novo Hyundai Creta 2021 1.4 Turbo DCT chega à África
O Hyundai Creta entra em um segmento congestionado, com rivais como o Volkswagen T-Cross, Kia Seltos, Renault Duster, Ford EcoSport e Suzuki Vitara, todos disputando uma fatia do bolo.
Novo Hyundai Creta 2021 1.4 Turbo DCT chega à África
Em termos de segurança, o modelo básico possui airbags ABS para motorista e passageiro com EBD, Programa Eletrônico de Estabilidade e Controle Assistencial de partida em subida. A configuração topo de gama adiciona airbags de cortina e airbags laterais para maior tranquilidade.
Novo Hyundai Creta 2021 1.4 Turbo DCT chega à África
O novo Hyundai Creta é vendido com garantia do fabricante de 5 anos / 150.000 km + garantia adicional do trem de força de 2 anos / 50.000 km, garantia de perfuração de 5 anos / 160.000 km, assistência na estrada de 7 anos / 150.000 km, 5 Plano de serviço de -ano / 90.000 km com manutenção a cada 15.000 km.

Postar um comentário

22 Comentários

  1. Depois que a VW tem motor 1.4 turbo desde 2008, em 2021, a Hyundai aparece com 1. Bem rápida a Hyundai na atualização de suas tecnologias. Desse jeito vai lançar um elétrico no século XXII.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o consumidor brasileiro tá ligando pra isso? só ver os números.....

      Excluir
    2. claro que está, tanto que no varejo, o t-cross é o grande garanhão das vendas...o maioral.

      Excluir
    3. Realmente, excelentes motores. Donos de oficinas alegres a cada parada de um TSI para troca de bomba de alta e dos bicos de injeção direta. Espetáculo.

      Excluir
    4. Falou correto, VW tem o motor 1.4 desde 2008, ele continua o mesmo desde então. É por isso que anda tomando pau de 1.2 e 1.3 em desepenho, consumo e emissões por aí.

      Excluir
    5. Fiat no Brasil tem motor 1.4 turbo desde 94...grande coisa !

      Excluir
    6. Esse 1.4 Fiat é montado em qual modelo?

      No passado, era montado no Uno Turbo que micou em vendas.

      Sei que o eTorq é um motor BMW 1960, utilizado pela Fiat desde 1999.

      "Motores antigos são verdadeiros museus ambulantes. Só levantar o capô de um Fiat"

      Excluir
    7. Uno Turbo vendeu muitíssimo bem e foi elogiado por toda a imprensa automotiva. 1.4 1994 com 118hp, motor VW turbo 2020 128 hp. Motor VW 1.6 msi 120 hp, motor Fiat e-torque 1.7 com 139 hp...precisa falar mais alguma coisa ?

      Excluir
    8. Motor 1.5 turbo da Hyundai em 2017/18 já dava de 10 a 0 no da Tiguan, como não poderia deixar de ser. Ainda mais com um ajuste bem melhor acertado com o câmbio automático. Agora, se o HB20 com frente de bigode de sábio chinês vende aqui, essa bagaça horrorosa desse novo Creta vai vender também, e contribuir para a poluição visual das ruas. Esse designer deveria mudar de carreira.

      Excluir
  2. Além de design de gosto muito duvidoso, ainda colocaram limitador de velocidade em 185 km/h para um carro que tem um motor de boa cavalaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que tem que limitar. A Hyundai não tem competência para fazer um SUV com estabilidade. Então ela conseguiu copiar o motor da VW de 15 anos atrás, mas não consegue fazer um SUV dar conta de um motor desse. Então tem que usar tais subterfúgios boquetas.

      Excluir
    2. Na África não tem Autoban, andar até 185 km/h já está numa velocidade muito boa
      Na real gostaria que todos os veiculos do Brasil tivessem essa limitação, muita gente pega Rod Bandeirantes a mais de 200 km/h fazendo várias cagadas

      Excluir
  3. e qual a máxima do tcross original? me digam vai....

    ResponderExcluir
  4. DESIGN DUVIDOSO! ESSES ORIENTAIS GOSTAM DE INVENTAR DESIGN. POR FAVOR, VAMOS SER MAIS MINIMALISTAS E ELEGANTES!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cultura oriental, hoje o maior mercado.

      Para design minimalista e elegante, a referência é o germânico.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.