Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chevrolet Tracker LTZ e Premier 2021 terão motor 1.0 Turbo

Categorias: , , , , 23 Comentários

A Chevrolet do Brasil prepara a chegada ao mercado das versões topo de gama do Tracker, LTZ e Premier, com motor 1.0 Turbo. Até agora os dois modelos vinham apenas com motor 1.2 Turbo.

Chevrolet Tracker LTZ e Premier terão motor 1.0 Turbo
Segundo a montadora, as novas versões respondem à excelente aceitação das configurações equipadas com o motor 1.0 Turbo, que são as que apresentam o maior ritmo de crescimento de vendas agora. Em virtude disso, a Chevrolet vai ampliar a oferta de versões deste modelo a partir de outubro.
Chevrolet Tracker LTZ e Premier terão motor 1.0 Turbo
Além da versão de entrada e da LT já existentes, o Tracker 1.0 Turbo também será comercializado nas opções de acabamento LTZ e Premier, mais sofisticadas.
Novo Chevrolet Tracker 2021
Com estas duas novas opções de acabamento, LTZ e Premier, o modelo 1.0 Turbo passa a oferecer itens até então exclusivos do modelo 1.2 Turbo, como sensor de ponto cego, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem, assistente de estacionamento, rodas de 17 polegadas, ar-condicionado digital e acabamento interno premium.

Multimídia MyLink com Wi-Fi e câmera de ré, sistema de telemática OnStar com serviços conectados de segurança e proteção, além do aplicativo myChevrolet app para comandar funções do veículo à distância eram algumas das tecnologias já disponíveis para o modelo.
Novo Chevrolet Tracker 2021
Outra importante novidade da linha é que o modelo 1.2 Turbo passa a ser ofertado exclusivamente na versão topo de linha Premier, onde está concentrada quase a totalidade das vendas do SUV da Chevrolet com esta motorização.
Novo Chevrolet Tracker 2021
Além do motor mais potente, o teto solar panorâmico é outra exclusividade do Tracker 1.2 Turbo Premier. 

Com estas alterações, a gama de versões do produto fica mais otimizada e escalonada: 
  •  1.0 Turbo MT/AT 
  • 1.0 Turbo LT 
  • 1.0 Turbo LTZ 
  • 1.0 Turbo Premier 
  • 1.2 Turbo Premier

23 comentários:

  1. A GM precisa mesmo mexer na gama do Tracker pq está tomando um couro homérico do T-Cross no cômputo anual, a despeito do T-Cross ser mais caro e menos equipado nas versões correspondentes, mas, claro, com qualidade infinitamente superior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. T-Cross só vende na versão Sense...

      Excluir
    2. Tracker foi lançado muito depois, em março... claro que no anual vai ter menos vendas... aff

      Excluir
  2. Não é a ótima aceitação do motor 1.0 Turbo como a GM está a dizer e sim devido no Brasil o motor 1.0 pagar menos IMPOSTO que o motor 1.2 Turbo. Não é a toa que para outros mercados como Argentina e México a nova Tracker Brasileira só tem versões com o motor 1.2 Turbo.

    ResponderExcluir
  3. SUV com motor de enceradeira. Só no Brazil

    ResponderExcluir
  4. Estava eu parado no semáforo e me deparei com dois carros lado a lado na minha frente. Um , Tiggo5x ; o outro, um novo Tracker. De pronto, fiquei estupefato com a gritante disparidade de refinamento de ambos. [O mesmo vale para T-Cross e o GM]. O Tracker é absurdamente inferior em qualidade construtiva. Não dar para explicar direito. Fico até revoltado como a maioria pessoas não conseguem perceber isso.

    O tiggo5x passa bem mais refinamento construtivo da carroceria. Ele e o T-Cross passam ser um projeto mais caprichado. Tudo neles transparece ser de mais qualidade. Desde os materiais das lanternas, passando pela lataria e pintura , até o encaixe das peças.

    O novo Tracker tem uma simplicidade da estamparia e carroceria evidentes. Não passa refinamento. Olhem vocês com seus próprios olhos e tentem perceber isso.

    A primeira coisa que noto em um carro é isso. Infelizmente as pessoas se apegam muito ao design e ignoram (por não conhecerem mesmo) esses detalhes construtivos.

    No caso do comparativo, tem um agravante para o Tracker; o design traseiro. Simples e feio.

    Quando eu digo que os novos carros da GM são de baixo custo os fãs da marca acham ruim.

    Isso não é uma crítica gratuita,
    é uma constatação. Me sinto um privilegiado ao não ser enganado por montadoras e conseguir diferenciar os níveis de construção.

    [E deixando claro que NÃO estou entrando no mérito da confiabilidade ou história da marca]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tracker é uma piada. A GM errou feio nele. A dianteira é desengonçada. A traseira mal ajambrada. O inteiror tem problemas com peças com plástico de baixa qualidade. O motor não tem injeção direta. É uma piada o Tracker, e mais pesado que o T-Cross, maior que o T-Cross, e mais apertado.
      Quem compra o Tracker, tendo o T-Cross no mercado, ou é ruim da cabeça ou doente do pé, ou seja, bom sujeito não é.

      Excluir
    2. Compra um Tiggo então cara pálida...

      Excluir
    3. O único tcross que presta é o top. O resto é acabamento e painel de gol.

      Excluir
    4. O topo também é. Só muda a cor do plástico, mas a -péssima- qualidade continua o mesmo.

      Excluir
    5. Tido isso parado no semáforo... Qualidade na construção.... tá bom..

      Excluir
    6. Olhei na rua e percebi a qualidade construtiva. O cara tem raio x ou é vendedor dessa coisa chamada Cherry trigo,que seja feliz.

      Excluir
    7. É uma pena vocês "baterem os olhos no carro" e não identificarem que boa montagem e construção. Assim fica fácil enganar vocês. 😂😂😂😂

      Excluir
  5. Em resumo, GM diz: Querem o 1.2, paguem o mais caro possível. O que achava que era uma política legal da GM (diferente das outras montadoras) agora entrou no padrão. Enfim, não inova, vai acabar perdendo.

    ResponderExcluir
  6. Perdeu as versões 1.2 turbo AT e LTZ 1.2 turbo AT.
    Em tempo a VW tbm tirou de linha o Jetta 250 TSI que custava 100 mil reais.

    ResponderExcluir
  7. Se já vendia igual Coca no deserto, agora que vai faltar Tracker pra demanda...

    Tracker deixando a Tracker perfeitamente posicionada pra massacrar Tcross e Nivus juntos (como já está fazendo).

    ResponderExcluir
  8. mais um sucesso da CHEVROLET

    líder em todas as categorias

    CHEVROLET number one

    ResponderExcluir
  9. Acho q o daniel myballs vive parado noa semáforos comparando carros.ele soh fala isto toda vez. Deve ser o trampo dele.

    ResponderExcluir
  10. A GM está certa pois a versão 1,0 paga menos imposto, eu fui à Chevrolet comprar um, ao lado da loja Chevrolet havia um VW, ao comparar um 1,2 Co teto solar e um TCross Comfortline com teto e observar a diferença de preços, optei pelo VW, Chevrolet 116000,00 e VW 95000 não podia pagar a vista: juros VW 0%, juros Chevrolet 1,49%, valor do carro (Tucson flex 2014)que dava de entrada: na VW 45000, Chevrolet 42000, resumo da ópera estou de T Cross Comfortline completo, com teto painel digital, modos de condução, rodas 17, etc. e muito contente pois o carro é de ótima performance e muito econômico!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.