Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Brasil dia 18/05

Categorias: , 45 Comentários

A Volkswagen do Brasil anunciou a retomada de produção de sua unidade de São José dos Pinhais, no Paraná, no dia 18 de maio - próxima segunda feita. As demais unidades fabris da empresa localizadas no estado de São Paulo – São Bernardo do Campo, Taubaté e São Carlos – têm previsão para retornarem à operação no final de maio.

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Brasil dia 18/05

As medidas de higiene e segurança para proteger a saúde dos empregados foram significativamente expandidas e baseadas nas experiências das fábricas do Grupo VW na China e Alemanha, em conformidade também com os protocolos internacionais e também alinhadas às determinações do governo. A VW de São José dos Pinhais começará o retorno às atividades de forma gradual. A primeira linha de produção a ser retomada será a do SUV T‑Cross. Serão dois turnos em ritmo mais lento, com os empregados respeitando o distanciamento social recomendado, e com a curva de aceleração visando atender a demanda do mercado.

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Brasil dia 18/05

Para este regresso, a empresa estabeleceu regras e medidas claras para todos com a finalidade de tomar precauções contra o coronavírus. ”Vamos começar de uma forma muito planejada, com distanciamento recomendado entre as pessoas e seguindo todas as boas práticas de limpeza e higiene. Estamos levando as orientações aos nossos empregados de forma didática e por meio de vídeos, porque será uma experiência inédita para todos e o entendimento de todas as regras será fundamental para nos acostumarmos rapidamente a esta nova realidade”, afirma Pablo Di Si, CEO e presidente da Volkswagen para a América Latina.

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Brasil dia 18/05

Todas as instalações estão preparadas com sinalização e orientações de segurança e higiene, tais como limitadores de distância nas portarias de entrada e coletoras de ponto; obrigação de usar máscaras para a boca e o nariz – a VW já providenciou 67 mil máscaras de tecido do projeto Costurando o Futuro; limpeza periódica das dependências das fábricas e escritórios e reforço na desinfecção dos ambientes; medição de temperatura antes de ingressar no ônibus fretado e na fábrica; aumento do número de ônibus fretado para garantir o distanciamento das pessoas; nos refeitórios uso de luvas para servir-se e demarcação de assentos; em suma, as mudanças cobrem mais de 80 itens. Há também postos avançados de atendimento médico dentro das fábricas – 3 em São José dos Pinhais, 6 na Anchieta (SBC), 3 em Taubaté e 1 em São Carlos para orientação, triagem e atendimento mais rápido de todos.

Volkswagen retoma produção do T-Cross no Brasil dia 18/05

As orientações e melhores práticas também foram compartilhadas com fornecedores – em função dos componentes e peças da cadeia produtiva – e rede de concessionárias, com distribuição de cartilhas e treinamentos virtuais.

“O retorno é um sinal importante para nós, para nossa rede de concessionárias, fornecedores e a economia em geral. No contexto pandemia, porém, este é apenas o primeiro passo. É necessário um momento adiante para estimular a demanda do mercado interno e países nos quais exportamos nossos veículos e, assim, adequar os volumes de produção diante da demanda”, finaliza Di Si.


Mais sobre VW São José dos Pinhais

A fábrica de São José dos Pinhais, inaugurada em 1999, é uma das mais modernas do Grupo Volkswagen no mundo. Hoje conta com mais de 2,5 mil empregados e é responsável pela produção dos modelos VW T‑Cross, Fox e Audi A3 sedan. Desde a inauguração, o complexo industrial produziu mais de 2,7 milhões veículos para os mercados interno e externo.

45 comentários:

  1. Não quero ser VW lover, mas essa promoção que compra hoje e só começa a pagar no segundo semestre de 2021 é muito boa.

    Não sei de onde o banco VW conseguiu fazer isso aí, se o Guedes transferiu dinheiro público pra eles ou o quê.

    Em suma, até meados de 2021 as coisas já se encaminharam de certa forma, sendo possível assinar esse contrato hoje nessas condições.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até vc pagar a primeira parcela vai ver a furada que entrou meu caro !!!! A crise nem começou, e com certeza terá outras prioridades além de pagar carro, mas se está estabilizado mete a cara !!!!

      Excluir
    2. O que não tem remédio remediado está.
      A vida segue, e se a pessoa puder fazer as contas e comprar, está tudo ok.

      Excluir
    3. Tirando os milionários e os mentirosos, alguém ainda vai comprar carro esse ano?

      Excluir
    4. Sim, provavelmente os mesmos trouxas de sempre que compram carro financiado em 60x.

      Excluir
    5. Então foi isso! TCross tá lá atrás em venda porque não tem pra vender no mercado.

      Se o blog não explicasse, ninguém saberia da notícia mais relevante do momento.

      Excluir
    6. "Sim, provavelmente os mesmos trouxas de sempre que compram carro financiado em 60x."

      Em tempos de financeirização da economia, se você paga "à vista" também paga juros.
      Porque o desenvolvimento/projeto do carro foi financiado com dinheiro do mercado financeiro, pagando juros obviamente.
      E, naturalmente, esses juros são transmitidos para o comprador, no preço.

      A única diferença é que você paga menos juros, mas também paga. E quem compra parcelado, também tem a chance de abater um pouco os juros, pois em vez de se descapitalizar pode usar o montante para aplicações financeiras, um mercado em ascensão e que pode garantir bons rendimentos.

      Excluir
    7. Comfortline 200 TSI está com taxa 0 de juros

      Excluir
    8. O problema é se esse covid não é uma justificativa para mudar o estilo de vida das pessoas, entre eles está o de deslocamento diário... Daqui a pouco a "ciência" diz que a poluição destrói o pulmão de quem teve covid e proíbem os carros a combustão igual fizeram com o CFC aí obrigam todo mundo a trocar por carros elétricos.

      Excluir
    9. Taxa 0 não existe, a financeira te obriga a fazer um seguro para aprovar a ficha, estão aí os juros que não aparecem na parcela.

      Excluir
  2. Ainda acho que n existe almoço grátis

    ResponderExcluir
  3. Acho que essa fabrica só vai produzir t-cross esse ano.

    ResponderExcluir
  4. genti....por isso que trake passou o t-cross. agora bora torce pro t-cross se lider e trake pega fogo"!

    ResponderExcluir
  5. Nem faz falta.Carro feio da pó&$#@a e acabamento péssimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveriam ao menos redesenhar os plásticos internos de melhor qualidade, colocar ao menos menos painel soft touch e freio eletrônico de estacionamento nestes dias de fábrica parada.

      Excluir
    2. Son of bitch, vc é um aborto da natureza e tanto faz, sua opinião é aquilo que o gato enterra

      Excluir
    3. Ui, apzete ficou bravinha, kkkkkk

      Excluir
    4. Cloaca ardida? rsrsrsrsrs
      Esses fanboys da VW... tudo biba!

      Excluir
    5. O tcross completo..é muito bonito.

      Parabéns vw.

      Excluir
  6. Voltou a produzir a toa. Não vende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vende nada nhe ?! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...só disputou ano passado com o renegade.

      Excluir
    2. E perdeu... também pro Compass, Creta, HR-V, Kicks... e esse ano até o Tracker vai ficar à frente.

      Excluir
  7. podiam parar pra sempre, ninguem quer essa tranqueira

    ResponderExcluir
  8. Melhor SUV compacto disparado, versão 250 TSI imbatível em custo benefício comparado aos fracos Tracker Premier e Renegade Limited flex.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é o que a Quatro Rodas diz:

      https://quatrorodas.abril.com.br/testes/novo-tracker-e-capaz-de-bater-t-cross-renegade-creta-kicks-e-hr-v/

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Acho que você não sabe o que é custo benefício para dizer uma besteira dessa!

      Excluir
  9. Respostas
    1. A raposa já tinha subido no telhado, sequer teve valorização com o restante da linha.

      Excluir
  10. Comprei a Equinox LT 1.5 turbo por 109 mil, em razão dos descontos. Coitado desse TCROSS perto dela. O TCROSS é bonito e seguro, mas o acabamento é horrível. Tinha um HRV e cogitei o TCROSS, mas descartei em razão do preço e acabamento. E depois de achar essa Equinox por 109 mil, modelo 2020, dei adeus aos SUVs compactos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equinox a 109k destrói qualquer proposta de suv compacto. Todos custam nessa faixa se preço em versões aceitáveis.

      Excluir
    2. Excelente compra. Equinox(segmento C) é outro nível comparado ao HRV e T-Cross(Segmento B).

      Excluir
    3. Estou muito satisfeito com o carro.

      Excluir
    4. Comprou um.belo carro. E sim a equnox é melhor que t cross,renegado etc

      Excluir
    5. Quais descontos conseguiu?

      Excluir
  11. Voltará à toa, já foi noticiado que as locadoras pararam de comprar!
    Não duvido que repensem isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkk o tcross vende bem cara. A vw pode voltar com a versao pcd. O carro foi lider ano.passado.

      Excluir
    2. Que eu me lembre os líderes ano passado foram Renegade e Compass.

      Excluir
    3. Acho quer além de gramática, você também não sabe matemática!
      Veja a lista dos SUV´s mais vendidos de 2019 :
      1º Jeep Compass: 60.284
      2º Hyundai Creta: 48.976
      3º Honda HR-V: 47.959
      4º Nissan Kicks: 46.812.
      5º Jeep Renegade: 46.344
      6º VW TCross: 37.081
      A não ser que o conceito de líder do ano tenha mudado.
      Se bem que vindo de quem veio a pérola, dá pra desculpar!

      Excluir
    4. putz!....o lider de SUVs em 2019 nao foi o Renegade?...

      Excluir
  12. Lindo Carro Compra só quem tem Dinheiro..... BhuaBhuaBhua....

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.