Car.blog.br

Pesquisar este blog

Toyota não sobe o preço do Corolla 2020 na Argentina, mesmo com aumento de imposto

Categorias: , , , 25 Comentários

Enquanto a Toyota do Brasil promoveu na virada de 2020 um aumento de até R$ 5 mil no Corolla, a subsidiária da Argentina anunciou a seus concessionários que o sedã manterá os mesmos preços de dezembro, apesar de novos impostos do governo argentino que incidem sobre o Corolla. A Toyota decidiu absorver esse custo extra, mas em troca de uma série de condições impostas aos revendedores para receber esse benefício.

Novo Toyota Corolla 2020 Hybrid

Dessa forma, o Corolla 2020 fabricado no Brasil e vendido na Argentina mantém os preços de dezembro, que são $ 1.948.800 (SEG CVT-10) e $ 2.048.800 (Hybrid), o que corresponde a R$ 132.600 e R$ 139.500, respectivamente.

Novo Toyota Corolla 2020 Hybrid

Em troca do preço congelado do Corolla, a Toyota impôs uma série de condições aos concessionários, que são as seguintes:
  • Limitação de estoque: os revendedores poderão manter no máximo 80 exemplares do flex, e 20 híbridos .
  • Obrigatoriedade de comprar um 100 veículos de modelos de baixa venda, como Yaris, Camry, Land Cruiser,
  • Respeito ao preço de tabela: a Toyota anunciou sanções para revendedores que tentam cobrar ágio em unidades Corolla ou em qualquer outro modelo da marca.
  • Respeito à fila de espera: a Toyota exige que os revendedores respeitem a ordem de fila de espera do Corolla 2020. O modelo já estava com alta demanda nas concessionárias desde o lançamento, e estoques insuficientes. A marca não admite "acomodações" na lista de espera.
  • Ficha Limpa: A concessionária deve ter "histórico limpo" de reclamações de clientes. Se o SAC da montadora receber reclamações sobre alterações de preços ou manipulação na lista de espera, a revenda ficará fora da lista para outras campanhas de preços "sem impostos"
  • Venda a clientes reais: as concessionárias devem vender as poucas unidades em estoque para um cliente real. A marca não permitirá que os revendedores comprem em seus nomes Corolla "sem impostos" , para evitar manobras de especulação com preços futuros.

Fonte: AutoBlog Argentina

25 comentários:

  1. A Argentina está conseguindo cavar ainda mais o seu buraco. Populismo é uma praga, indepwndente do matiz ideológico.

    ResponderExcluir
  2. E quem paga a conta é o brasileiro.

    ResponderExcluir
  3. No Brasil a Toyota deita e rola com a fama de inquebrável e seu consumidor paga ágio na fila de espera pelo modelo, e pior recebendo alta desvalorização no seu Corolla usado na troca pelo novo...

    mas como uma parte da classe média tupiniquim ainda acredita que o sedan japonês dá status (hoje bem menos pelo advento dos SUVs), o fabricante promove sucessivos aumentos.

    Para quem busca na categoria tecnologia, desempenho, conforto, espaço interno e custo benefício o Virtus Comfortline atende muito bem o tradicional cliente de sedan médio, nada racional pagar tão caro por um Corolla GLi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhuma marca valoriza seu próprio veículo na troca pelo novo.

      Excluir
    2. TSI o consumidor do Corolla quer paz e tranquilidade, o Virtus/Polo da tranco em manobras quando frio, trancos nas reduções, o porta-malas tem infiltração além do problema do líquido de arrefecimento, olha o reclame aqui, há vários exemplos.

      A Toyota melhorou ainda mais o câmbio que já era o melhor CVT, colocou motor mais potente ainda e aumentou a garantia para 5 anos. A versão híbrida ainda tem meses de fila e os mais apressados estão indo pra aspirada.

      Virtus e Jetta nunca terão a imagem e solidez do Corolla

      Excluir
    3. Além da confiabilidade o design é um ponto forte. Olhe a primeira foto e compare com o geriátrico Jetta. Corolla é infinitamente mais bonito.

      Excluir
    4. Problemas qualquer carro pode ter, com os Corollas não é diferente: https://www.reclameaqui.com.br/toyota/corolla-2019-bate-tudo_91816928/. Irracional pagar 30 mil a mais no Corolla Gli enquanto o Virtus entrega tudo que ele tem (ou muito mais em pacotes opcionais), inclusive um belo design Felipe M. Enquanto o Corolla tem 5 anos de garantia o VW tem 3 revisões anuais gratuitas, com a diferença de preço entre os 2 dá para abastecer e pagar impostos do VW por mais de 10 anos... Para os entusiastas o Virtus GTS vem aí para humilhar ainda mais os coroleiros...

      Excluir
    5. TSI: Virtus pode ter tudo isso que vc falou, mas ele passou longe de ter um "belo design".

      Frente apagada, com faróis simples demais. Olhando ele de lado, gera uma sensação de que a traseira ficou mais "espichada" do que deveria ser, parece que quiseram um bagageiro grande, mas ficou de péssimo gosto e desproporcional.

      É um carro que não chama atenção nenhuma, passa despercebido.

      Mas é claro, atende sua função como um bom meio de transporte.

      Já o Corolla, além de um excelente meio de transporte, tem um design acertadíssimo, principalmente na versão Altis.

      Excluir
    6. O TSI falou tudo. Penso exatamente assim.

      Excluir
    7. Cúmulo do absurdo é comparar Virtus cm Corolla.! Se fosse comparado com Jetta, ninguém ia falar nada! Esses fanboys frustrados.!

      Excluir
  4. Energydrink parei quando o cara compara Virtus pool line vom Corolla. Se ainda tentasse com o Jetta. Pelo menos ainda encontra Jetta 18/19 com generosos descontos para quem se aventurar.

    ResponderExcluir
  5. Viram as vendas diretas Gm +de 19 porcento vw+de 14 porcento fiat+ de 11 porcento

    ResponderExcluir
  6. Depois falam que a fiat é a rainha das vendas direta mentira é a chevette com a nova dupla dupla nao quarteto onix onix plus joy joy plus quase 14 mil carros pra locadora so esses

    ResponderExcluir
  7. Caramba...ate qdo vao continuar a insistir em comparar VIRTUS com sedan medio(Corolla, Civic) ? Povo sem nocao.

    ResponderExcluir
  8. Virtus não chega nem aos pés do Corolla, virtus no máximo yaris, Corolla é outro patamar, talvez passat

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkk. Comparar Passat com Corolla é foda. Você deve estar tomando Rivotril vencido kkkk

      Excluir
    2. Verdade, VIRTUS tem tecnologia embarcada que o Corolla nem chega aos pés (painel digital, sensores de estacionamento, saída de ar traseira, melhor multimídia do mercado, motor turbo eficiente e econômico, porta-malas maior), enfim, pagar absurdos 136 mil num Corolla Hybrid é para ser internado com Jetta GLI ou Tiguan nessa mesma faixa de preço.

      Excluir
    3. "Verdade, VIRTUS tem tecnologia embarcada que o Corolla nem chega aos pés (painel digital, sensores de estacionamento, saída de ar traseira, melhor multimídia do mercado, motor turbo eficiente e econômico, porta-malas maior)"

      Quanta "tecnologia eim amigo? Só coisa exclusiva desse modelo, um supra-sumo... Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  9. Aqui na minha cidade sempre apos lançamemto aparecia mais de 10 corollas novos......neste ultimo modelo lançado ano passado só existe uma unidade na cidade !

    ResponderExcluir
  10. Virtus concorre com Etios, Jetta com Corolla e Passat com Camry. Assim a discussão acaba!!! 😁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você classificar o Virtus como compacto (mas tem porte de médio) ele já trucida o fraquíssimo projeto tailandês Yaris. Aliás não dá nem para comparar Corolla e Camry com Jetta e Passat, a diferença de qualidade a favor dos alemães é gigante.

      Excluir
  11. Brasileiro é um gado muito facil de se iludir e muito útil para o mercado, os governos trabalham pra que isso continue assim....quer mais um exemplo é so entrar nos sites dos bancos do paraguai, como o itau de lá, e ver as taxas e juros no paraguai e comparar com os juros do cartel dos bancos daqui....é triste mas a realidade o brasileiro é uma raça muito ignorante desinformada.

    ResponderExcluir
  12. Carlos4carros + Mano Brown + TSI + Commudus Antonius = Psicopatas Sociais

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.