Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Corolla Hybrid: consumo e design são pontos altos, mas piloto automático adaptativo decepciona

Categorias: , , , 60 Comentários

O Toyota Corolla 2020 na configuração híbrida tira o caráter de nicho de mercado dos modelos eletrificados. Este é um carro que muda paradigmas no segmento automotivo brasileiro.

Novo Corolla 2020 Híbrido

O segmento de sedãs médios é extremamente importante no Brasil, e que, até agora, foi pouco afetado pelas "onda SUV".

Novo Corolla 2020 Híbrido - Prata Supernova

Esta nova geração do Corolla tem tudo para trazer de volta ao segmento sedã os que migraram para os utilitários esportivos, pela estética e inovação representada pela motorização híbrida.

Novo Corolla 2020 Híbrido - traseira

Para quem mora na cidade de São Paulo, por exemplo, o Corolla híbrido fica fora do rodízio, e ainda há um abatimento de 60% no IPVA.

Novo Corolla 2020 Híbrido - interior

Já os moradores do Rio, a vantagem é a alíquota reduzida de IPVA de 1,5%. E para todos uma vantagem expressiva em termos de consumo - que pode variar de cidade para cidade em função da topografia.

Novo Corolla 2020 Híbrido - espaço traseiro

No caso de Brasília, que é predominantemente plana, o consumo médio durante o teste foi de 16 kjm/l de etanol. Inicialmente tínhamos obtido 15,3 km/l, mas melhorou com outras viagens chegando a 17,4 km/l, de modo que, na média, temos 16 km/l . Ainda assim, é 100% melhor que o Corolla 2.0 XEi 2019 também com etanol.

Novo Corolla 2020 Híbrido

Em cidades com topografia mais acidentada e mais congestionadas, a média de consumo tende a melhorar. A revista Auto Esporte obteve 16,8 km/l de etanol no ciclo urbano com o Corolla Altis Hybrid.

Novo Corolla 2020 Híbrido

O consumo é um atrativo, mesmo levando-se em consideração que o desempenho fica aquém das versões 2.0 Dynamic Force. Este modelo híbrido acelera de 0 a 100 km/h em mais de 11 segundos, enquanto o 2.0 faz a mesma prova em menos de 10 segundos. A velocidade máxima é de 180 km/h no híbrido, enquanto que nos 2.0 não híbridos, o sedã chega a 200 km/h.

Novo Corolla 2020 Híbrido - painel

Mesmo com essa inferioridade em termos de performance, o híbrido é uma opção superior aos demais Corolla, não só pelo consumo mais baixo, mas, sobretudo, pelo fato de permitir rodar em modo EV (elétrico puro) por períodos e trajetos curtos, mas em total silêncio.

Novo Corolla 2020 Híbrido

Este Corolla não dispõe da tecnologia "plug-in", presente no Golf GTE, por exemplo, e que permite carga em uma tomada convencional. O Corolla obtém energia elétrica apenas por meios regenerativos (freios e freio-motor, basicamente).

Como anda?

O Corolla híbrido é uma experiência nova de mobilidade. Quando você "ativa" o carro, o painel se ilumina, os faróis acendem, mas não há ruído algum de motor, já que o propulsor a combustão não é ligado, apenas o elétrico.

Novo Corolla 2020 Híbrido

Aciona-se o acelerador e o carro começa a se movimentar em silêncio absoluto. Em modo de condução convencional, ele opera em modo elétrico até cerca de 25 km/h, e depois liga automática e suavemente o motor a combustão.

Novo Corolla 2020 Híbrido

Caso a bateria esteja bem carregada, você pode optar pelo modo "EV", que colocará o Corolla em um período de termo superior. Na nossa experiência, ele foi até 45 km/h em silêncio, e depois ligou o motor 1.8 Flex - e sendo que essa ativação é imperceptível de tão suave.

Novo Corolla 2020 Híbrido - motor híbrido

A transmissão tem um modo "B", Brake Force, que aumenta o freio motor e amplia a regeneração de energia.

Novo Corolla 2020 Híbrido - painel

Ainda assim não é um carro de 173 cv, como a soma das potências pode sugerir, e tampouco com mais de 31,1 kgfm de torque (14,5 Kgfm do motor a combustão e 16,6 kgfm do elétrico). Mas é nessa configuração que ele acelera de 0 a 100 km/h em 11,3 segundos, quando abastecido com etanol, e 13,5 km/l com gasolina..

Novo Corolla 2020 Híbrido

A proposta do Corolla híbrido definitivamente não é esportividade, mas suavidade, conforto, economia e baixas emissões. E por isso a transmissão CVT transaxle não conta com seletores de trocas manuais - o que consideremos excelente, já que é um recurso irrelevante em carros automáticos, e só é colocado pelas montadoras para atender desejos irracionais dos consumidores.

Novo Corolla 2020 Híbrido - acabamento

Se você mora em um prédio, quando chega na garagem, motor a combustão desliga, e você novamente opera o carro em total silêncio, modo elétrico puro - um show.

Estética

Se o Toyota Prius, o modelo híbrido que compartilha a plataforma e o powertrain do Corolla, tem desenho controverso, o novo Corolla 2020 é mais convencional. Não há nada de exotismo, e a identidade com as gerações anteriores é mantida.

Novo Corolla 2020 Híbrido

Apesar isso, este é o Corolla mais atraente que a Toyota já produziu. Novamente, basta olhar para não se ter dúvida que é um Corolla, mas as proporções mudaram. Os balanços são ligeiramente mais curtos, e a altura da parte mais alta do capô é mais baixo que o anterior. Ele está mais largo também.

Novo Corolla 2020 Híbrido

É um desenho elegante. Pára-choques, faróis e luzes traseiras diferentes, sobretudo nesta versão Altis com o pacote Premium que contempla rodas de 17 polegadas diamantadas, um elemento cromado envolvendo a parte superior da área envidraçada. Os demais modelos Altis, incluindo o 2.0 Flex, e o XEi contam com rodas de 17 polegadas, enquanto o GLi usa 16 polegadas.

Novo Corolla 2020 Híbrido

O espaço interno é decente na frente para dois adultos, mas, embora a distância entre eixos ofereça um bom espaço para os joelhos e pernas para os assentos traseiros, a linha de teto inclinada não faz muito pelo espaço livre. Outro aspecto falho é a ausência de saídas de ar para os passageiros traseiros.

Novo Corolla 2020 Híbrido - porta-malas

O porta-malas de 470 litros é algo limitado em face de concorrentes como o Jetta e Civic, ambos com mais de 500 litros. E a abertura é comprometida para itens maiores e não há espaço para abaixar os bancos traseiros para abrir o compartimento de carga. No entanto, é um espaço decente - o suficiente para duas malas grandes e duas menores.

Novo Corolla 2020 Híbrido - não tem saídas de ar traseiras

Sua lista de itens de série é generosa nessa versão topo de gama, como ar-condicionado dual zone, central multimídia compatível com Apple Carplay e Android Auto, bancos em couro, faróis de LED, lanternas em LED, teto solar elétrico.

TSS - Toyota Safety Sense - surpresa e decepção ao mesmo tempo

O conjunto de recursos mais aguardado no Corolla é o TSS, Toyota Safety Sense, que congrega a comutação automática dos faróis altos (para evitar ofuscamento de quem vem em sentido contrário), o LDA - sistema de manutenção ativa em faixa, e o DCC, Dynamic Cruise Control, o famigerado piloto automático adaptativo.

Novo Corolla 2020 Híbrido - espaço interno dianteiro

É ótimo que finalmente esses recursos tenham sido colocados no Corolla Altis, mas o modelo brasileiro recebeu a versão mais simples do TSS, e o maior problema é em relação ao piloto automático adaptativo que só funciona acima de 20 km/h. Ou seja, ele não é funcional em trânsito anda-e-para como o do Jetta. Só é possível ligá-lo acima de 20 km/h, e quando ele está ativo, quando a velocidade cai abaixo de 20 km/h, ele desliga automaticamente.

Novo Corolla 2020 Híbrido - interior

Ou seja, se você esperar que ele vai parar o carro para você, como acontece com outros pilotos automáticos adaptativos, você vai bater na traseira de quem está à frente, já que nem mesmo o PCS, que é o sistema de frenagem autônoma pré-colisão parece funcionar nessas situações. Ressalte-se, porém, que o PCS funcionou em nossos testes quando o Piloto automático não estava ativo - o que é um tanto quanto intrigante.

Novo Corolla 2020 Híbrido - posição de dirigir

Mais estranho ainda é que a Toyota tem disponível o DCC (Dynamic Cruise Control) que funciona até 0 km/h, chamado de Full Range, que equipa o Corolla vendido nos EUA e na maior parte dos países europeus, e, no Brasil, onde o Corolla ocupa uma faixa de mercado superior, veio o sistema TSS mais simples. É provável que essa limitação do DCC do Corolla nacional relacione-se com o uso do freio de mão manual - outra perda em relação ao americano e europeu (que têm o DCC Full e o freio de mão automático).

Novo Corolla 2020 Híbrido - interior

Em relação ao LDA, que é o sistema de alerta de saída involuntária de faixa, com função ativa (mexe no volante para manter o carro na pista), é outro recurso que não funciona bem. Ele depende de faixas de marcação de pistas extremamente nítidas para ser funcional - algo muito difícil de se encontrar no Brasil. Mesmo faixas que sejam visíveis, mas com pintura ligeiramente desgastada, o LDA não as reconhece, e nessa situação ele nem alerta a saída involuntária, e nem corrige a direção.

Novo Corolla 2020 Híbrido

Em relação à correção ativa, ela também não funciona como em um carro autônomo, ou seja, esse sistema não mantém o carro centrado na pista. Se você soltar o volante, e as marcações de faixas na pista forem bem nítidas, o sistema irá corrigir a trajetória só quando o carro passar por cima da faixa (caso você não tenha lidado a seta). Essa correção, porém, vai fazer o carro ir para o lado oposto, e, novamente outra correção, jogando para dentro da faixa. Ou seja, o recurso faz o Corolla ficar ziguezagueando na faixa, como um ping-pongue entre as duas faixas. Não espere uma experiência de carro autônomo com ele.

Garantia, revisões e desvalorização

Corolla HYBRID - Garantia, revisões e desvalorização

O Corolla 2020 Hybrid tem o mesmo custo de manutenção (revisões) que os modelos a combustão. O modelo híbrido tem uma garantia de 8 anos para as baterias e 5 anos para o carro. E, caso seja necessário trocar ao final desse período, o custo das baterias é de cerca de R$ 8 mil reais. A desvalorização de um Toyota Prius é de cerca de 11% no primeiro ano de uso - alinhado com modelos à combustão.

Vídeo - Novo Corolla Hybrid: pontos positivos e negativos



Conclusões

O Toyota Corolla 2020 Hybrid é um carro que muda paradigmas na indústria brasileira. Apesar de não ser exatamente um carro "popular" no sentido de preço, ele é popular em vendas, sempre no top 10 nacional.

Novo Corolla 2020 Híbrido

A versão híbrida surpreende pelo consumo baixíssimo (metade de um Corolla convencional), e pela experiência diferente de condução de um carro em modo elétrico (sem ruído em baixas velocidades). A estética agrada, assim como acabamento e o prazer de dirigir.

Novo Corolla 2020 Híbrido

Tudo ótimo, até mesmo a central multimídia finalmente moderna. O único ponto que poderia melhorar é o piloto automático adaptativo - que poderia ser o Full Range.

60 comentários:

  1. O novo Corolla não saí da cabeça do blog em....que bom, sinal de referência no mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 130mil num carro manco desse, haja coragem kkkk

      O xei até blz

      Excluir
    2. Nada melhor como uma empresa que compreende o mercado dos médios e oferece um produto competitivo e antenado com o consumidor tradicional, não é?

      Corolla Hybrid manco!?
      Pode até não ter desempenho, algo secundário e irrelevante para para quem busca confiança, durabilidade, além de um pós-venda exemplar, irrepreensível, sob a conduta de uma montadora respeitável e diferenciada.

      VW BR tem muito o que aprender com o mercado.
      Mesmo após 2 décadas ainda não chega nem a aparecer no retrovisor da competência da Toyota BR ...

      Excluir
    3. Desempenho é questão de segurança filhote, principalmente em ultrapassagem. E
      nao me venha com descupinha.

      É manco, tem desempenho muito abaixod de seus concorrentes, e caríssimo.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Dois testes já de revista automotiva com 0-100 abaixo de 10 segundos. Isso no automático: assombroso. O novo Onix veio matador

      Excluir
  3. Tá impossível pra comprar esse híbrido no momento. As vendas foram suspensas diante de tanta procura. No mínimo 06 meses de espera.
    Sucesso total!!!

    ResponderExcluir
  4. Uai o blog está gostando demais do novo Corolla hein! Finalmente estão reconhecendo quem manda no segmento de sedans.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia a todos! Dormiram bem?

    Só para lembrar-vos essa manhã: o Onix venceu o comparativo contra o Virtus no Motor1. O Onix teve melhor desempenho, mais econômico, mais equipado, mais estável

    Grato.

    ResponderExcluir
  6. E qual é o problema ? Vai até a Concessionária da GM comprar o Onix e pare com esse blá,blá,blá, cada um compra o carro de seu gosto, claro se tiver grana suficiente !

    ResponderExcluir
  7. ôhhhh carrinho que não me apetece. É um carro que sua existência não faz diferença na minha vida. Nem gosto, nem desgosto. É irrelevante pra mim. Procuro emoção e exclusividade, e não comodismo e mais do mesmo. Tô fora.

    ResponderExcluir
  8. Automático + Seletor no volante é a melhor combinação possível, PRA QUEM SABE DIRIGR DE VERDADE.

    ResponderExcluir
  9. Falar que o design é " ponto alto " chega a ser um exagero...!! Desculpe o editor da matéria, mas este quesito está longe de ser referência. Esta nova versão do corolla perdeu a clássica sobriedade que lhe trazia uma discreta elegância e não conseguiu ter um visual esportivo , ou seja ,ficou nemnem . A versão XEI então ,nem se fala, conseguiram transforma - lá em um quase basicão custando 10k a mais que o XEI anterior, que por sinal tem um design mais bem resolvido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, achei muito sem sal esse Corolla, tanto no interior quanto no exterior..Tirando a frente, achei muito sem graça o restante do design..O painel é simples demais para a categoria...

      A versão XEI é a mais decepcionante comparando com o anterior...a Gli pelo menos, por incrível que pareça, evoluiu no interior por causa da central multimídia que não tinha

      Excluir
  10. Carro capado, e os imbecis batendo palmas pra ele..
    Por isso o Brasil não vai pra frente.

    ResponderExcluir
  11. Eu não gostei desse novo Corolla. O híbrido é uma piada. 13,5 segundos para ir de 0 a 100 em um carro de 133k? Só quem é doente da cabeça para comprar. É uma temeridade andar com um carro dele, extremante inseguro. Vai fazer uma ultrapassagem pode bater de frente com quem vem na direção contrária, porque o carro é muito lerdo.

    O design é esquisito, bem jaspion. E o interior não disse ao que veio.

    Por 135k pega um Jetta R-Line, economia 20k, e tem um carro superior em tudo: motor turbo, acc decente, mais bonito e confortável e com mais espaço?

    Corolla? não. obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer ultrapassagem no Virtus 1.6 automático que faz de 0 a 100km/h em 13,9 segundos é super seguro né? Kkkkkkkkkk
      Isso a moça fica caladinha.

      Jetta Rline está sendo desovado por 112k. Compra por 112 e vende por 80 pq o pós venda é péssimo.
      Tem muito que aprender com a Toyota e Honda.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Caro Eduarduuuu. Como vc consegue teclar tanta baboseira de uma só vez. De aproveitável não há absolutamente nada. Da pena...!!!

      Excluir
    4. Cara como você pode achar defeito em tudo. Criticar tudo e achar que só existe Volkswagem na terra. Em que planeta você vive ??? Será que não existe nenhum outro carro de qualquer outra marca brasileira que te agrade ??? Tirando Audi é claro kkk.

      Excluir
    5. Concordo com vc C4. Este Corolla é mais um engodo. Interior muito feio, ACC que serve pra quase nada e pode confundir o incauto. Carro manco em rodovia este Hibrido. Só brasileiro pra gostar dum trem desses.

      Excluir
    6. Eduarduuuu vide pede 80, agora conseguir vender é outra história, tenho um amigo que comprou um Jetta por dois anos tentou vender e não conseguiu, virou crente para doar o carro para o pastor, um ano depois o pastor devolveu, pois acendia muita Luisinha no painel e a manutenção absurda.....

      Excluir
    7. Dessa vez vou concordar com o carlos, 13,5s em um carro de 130mil tem que ser:

      muito mas muito trouxa.

      Excluir
    8. MDs, os cara concordando cm o C4Copias. Desisto deste blog.! Não tem salvação.!

      Excluir
  12. Quero acreditar que quem critica esse carro anda no mínimo de passat 2020 ou superior , ou será que eh a turminha dos carros populares ??? Só sei que esse novo Corolla em sua versão altis Premium e o Civic touring fazem os outros médios parecerem carros antigos.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem gente que critica, sim, e sem poder pagar os 130mil num carro 0Km.. Mas podem comprar daqui uns 2 ou 3 anos de uso, semi-novo.

      Excluir
    2. E daqui há dois ou três anos tenho certeza que esse híbrido usadão não terá procura no mercado de semi novos. Basta ver o Prius e o Fusion híbridos como são procurados.

      Excluir
  13. Sera que Virtus TSI vence o Classic no 0 a 100? O Onix Plus acabou com ele.

    ResponderExcluir
  14. comprei um passat e o controle de cruzeiro é muito bom, funciona no anda e para da cidade assim como no jetta, que decepção isto não ocorrer no corolla, rs

    será q o feito de mão eletronico influencia?

    uma pena o jetta rline nao ter autohold , somente o gli q tem (deve ser por causa do dsg)


    uma curiosidade, se o carro estiver parado no transito e vc acionar acc, vc vai tomar um susto, pois ele nao reconhece tao bem o carro da frente e freia na hora, aumentando muito a adrenalina,

    no caso é melhor deixar habilitar o acc com o carro em movimento, assim o acc vai funcionar melhor, o legal é q ele reconhece ciclista na direita e motoqueiro q entra tangenciando !!!

    ResponderExcluir
  15. Cruze LTZ, custa em torno de 100k. Corolla Hybrid custa 135k. Eu li que há fila de espera por essa versão do Toyota. É serio que irão pagar 35% a mais num carro pra dizer que vão economizar???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há fila de espera porque a produção desse monte de baterias é pequena e não por excesso de loucos interessados. Mas o pior é que há uma minoria achando que irá fazer um negócio da China ou do Japão....não sei.

      Excluir
  16. Porque a Toyota não lançou aqui no Brasil a versão Américana?? Aquela frente é surreal de tão linda. Agora a versão brasileira ficou tão sem graça. O que salva é a traseira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo..!! Falei isso desde o começo. O Corolla design externo europeu é muito mal resolvido. Internamente são horrorosos , tanto o americano quanto o europeu.

      Excluir
  17. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  18. E as pessoas reclamam do start stop do Cruze que não pode desligar...ruim é esse liga e desliga do motor a combustão toda hora que o carro ultrapassa os 25km/h, sem contar o funcionamento eletrificado em si do carro, com baterias de 8mil reais..

    E não tem economia de consumo e IPVA que justifique pagar 125mil nele...se rodar 40mil km em 3 anos só se economizará 5mil reais em relação à gasolina, e a economia de IPVA é de menos de 10 mil reais- E isso comparando com um carro flex/gasolina de mesmo preço, que é muito superior (P ex, um Civic Touring ou Cruze Premier, muito mais velozes).

    ResponderExcluir
  19. Vou esperar acabar a fila de espera para comprar o meu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E bom esperar um pouquinho. Logo logo estará com desconto de uns 20k. Mesmos assim,pense bem..!!!

      Excluir
  20. Até que enfim uma matéria falando sobre o real funcionamento do ACC uma verdadeira pegadinha do Malandro da Toyota.

    ResponderExcluir
  21. Eu não sei porque todo esse ódio dos comentários contra o Corolla. Eu nunca gostei desse Toyota, nunca cogitei ter um, porém essa geração ficou bonita, segura, tecnológica e econômica.

    Pagar 130k num Corolla híbrido me parece mais lógico que pagar 126k num T-Cross.

    Claro que o carro não é perfeito, nenhum é! Mas a decisão da Toyota de deixar para o consumidor escolher entre desempenho ou economia com o mesmo preço foi excelente

    E pra quem fala que o carro é manco, 0-100 só vale pra quem quer tirar racha em semáforo. Na vida real os números que importam são os de retomada. E o híbrido não fica muito atrás de seus pares.

    Quando você soma a economia de combustível, de IPVA e o valor de revenda, é uma ótima opção entre os sedãs disponíveis no mercado

    ResponderExcluir
  22. Falar que ficou bonito já e demais...!!! Tá certo que tem gosto pra tudo..!!! Mas esse atual está um Jaspion com gripe..!!! Perdeu a sua clássica sobriedade e não conseguiu ficar com um visual esportivo..!!! Ficou bem mal resolvido.... Isso é fato....!!! Para confirmar o que vi em fotos fui ver pessoalmente e tbm ouvi de varios amigos que foram ver pessoalmente o Corolla. Na boa...O desgosto é quase que unânime no quesito design externo e interno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto é algo bem subjetivo. Eu não gostava do modelo anterior do Corolla, fui ver esse novo ao vivo e gostei.

      É claro que o plástico atrás da Central Multimídia e o encosto do banco traseiro costurado me incomodaram, mas a percepção geral de acabamento melhorou em relação à geração anterior, que tinha como "luxo" um relógio de del rey no painel.

      A minha percepção pessoal é compartilhada com muita gente que também já foi ver o carro. Vários amigos já compraram, alguns inclusive estão na fila da versão híbrida.

      Entendo que não agradou ao seu gosto pessoal, mas os números de vendas vão mostrar que você e seus amigos serão minoria...

      Excluir
  23. Vamos aos fatos conforme nosso amigo Carlos Costa de falar.
    Peguei meu corolla sexta feira na Toyota SGA Niterói.
    O carro com certeza faz de 0-100 em menos de 10 segundo , eu diria em torno de 9.7...9.8 , mas como vc sabe Heitor? Ele é bemmmmm mais esperto que o Prius é anda muito igual ao Renegade diesel que faz 0-100 nesse tempo.
    O carro neste fds que passou fez uma média de 22km/L na cidade.
    Possui um conforto absurdo , supera facilmente a BMW 320, Audi a4 e Mercedes c180, só fazer um teste drive nos 4 e você sentirá a diferença.
    Com relação ao design , o consumidor brasileiro tem que se acostumar a nova era de carros, Monza, Vectra, Jetta, passat, já passou... veremos cada vez mais carros modernos e futuristas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí sim, uma opinião de quem pode falar!
      Enquanto Carlota & cia ficam arrotando que Jetta é melhor, vão ver o novo Corolla no topo do ranking e o Jetta caindo cada vez mais...

      Excluir
  24. Heitor...!!! Não exagera em falar modernos e futuristas....aí já e demais...!!! Vamos falar a real .... É um bom carro, porém com design interno e externo horrorosos...tendo até mesmo a imprensa especializada feito críticas. Trata-se de uma empresa conceituada tanto quanto outras que tbm são. De qualquer modo este espaço é democrático e deve sempre respeitar o gosto pessoal de cada um , diferente de alguns que o próprio Nick name o tornam desprezíveis e sem qualquer credibilidade nos comentários.
    Parabéns pela aquisição e muito boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois q vc concordou cm a moçoila VW, sua credibilidade aqui tá igual a de qualquer um.!

      Excluir
    2. Caro Canela_12 . Eu concordo quando vejo ser coerente e discordo quando julgo ser incoerente. Não vou falar mal apenas por falar.
      Aqui deveria ser um local onde as críticas poderiam retratar, de maneira racional, a verdadeira impressão do público e que pudessem ser úteis no futuro para correções ou ajustes.
      Diferente de alguns que criticam por inveja , bronca , raiva ou qualquer outra coisa negativa.

      Excluir
    3. A única coisa que realme te me incomodou um pouco foi a TV de tubo. O carro é fantástico. A Toyota preza muito pela questão de confiabilidade na marca, aquele lance de t o jota não quebra é a mais pura verdade. Meu sogro teve um corolla 2001, eu tive um 2006, meu pai um 2016 e os carros sempre foram impecáveis. É tipo a Volvo no quesito segurança. Questão de gosto é complicado mas um carro que custo mais de 100.000 se manter entre os mais vendidos do país e sempre lider da sua categoria... é porque algo de diferente ele tem, ahnnn e sem enfeites de Natal.

      Excluir
    4. Caro "Claudio 07", quando for fazer críticas sobre algum modelo de carro, faça suas críticas baseadas em fatos plausíveis. Não pega a falácia de um fanboy da VW e usa como argumento, fica feio pra vc.! Um Abraço!

      Excluir
    5. Canela , pra encerrar ...fato plausível é que, dessa vez, a Toyota fez o Corolla,no quesito design interno e externo, perder a clássica sobriedade que lhe era característica e não conseguiu ter um visual esportivo. Ficou nemnem..!! Olhando bem, ficou um Yaris GG.
      Eu já tive Corolla e nao tenho reclamações, da mesma forma que não tenho reclamações de outros modelos que tive ,como por exemplo cruze , Civic e Jetta .
      Este último é fantástico em dirigibilidade e esportividade.
      Hoje tenho um BMW 320 e acho uma verdadeira máquina.
      Gosto de máquinas e não de meio de transporte.
      A indústria automobilística, conhecedora do consumidor como ela é, saberá que terá que oferecer veículos para quem quer transporte e para quem gosta de máquina.
      Feio está pra vc que crítica a VW apenas por criticar , empresa esta, que é uma referência em todos os seus modelos produzidos.
      Vc pode berrar a vontade mas
      vamos e venhamos , a Toyota é tbm uma marca muito confiável ,mas no quesito design e esportividade nunca obteve êxito, muito pelo contrário, basta observar os modelos Etios ,Yaris e este novo Yaris GG.

      Excluir
    6. Zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

      Excluir
  25. Ao ler a reportagem concluo que motor híbrido é futuro e motor turbo é passado.
    O corola foi o único que sobreviveu ao ataque dos suvs e com esse modelo irá trazer muitos clientes de volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O futuro é elétrico, o híbrido veio para fazer essa transição.

      Excluir
    2. Acastanheira2001...!! Vc é mais um dos fanold's do Corolla. Todos os tiozões estão em festa...!!! Quanto ao turbo...não fale besteira..!! Isso é assunto pra quem gosta de máquina e não apenas de transporte.

      Excluir
  26. Concordo com a reportagem. O carro é bom de andar e muito econômico. Mas tb ficou mais apertado atrás, porta-malas inferior, e os botões do volante especialmente os do controle do som poderiam ser melhores (parece de categoria inferior). Fico preocupado com esses pneus de perfil bem baixos (parece que vão rasgar nessa buraqueira de nossas ruas, pois já perdi um em um buraco que qqr outro aguentaria). O TSS tb é boqueta, só pra inglês ver. Esse negócio de ping-pong e não ter frenagem automática é ridículo. Outro pecado foi não trazer freio de mão automático, uma economia porca msm. Mas vai continuar fazendo sucesso porque é toyota.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.