Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Chrysler desiste da proposta de fusão com a Renault

Categorias: , 9 Comentários

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) retirou a oferta de uma 'fusão 50/50' com a Renault. Se isso tivesse acontecido, o acordo teria criado uma das maiores empresas automobilísticas do mundo, mas um comunicado da FCA afirmava que "ficou claro que as condições políticas na França não existem atualmente para que essa combinação avance". A decisão de retirar a oferta foi tomada em uma reunião do conselho da FCA.


Esse comentário é uma referência direta ao fato de que - depois de mais de seis horas de negociações ontem - o conselho da Renault novamente adiou a decisão de se envolver com a proposta. O governo francês, maior acionista da Renault, havia solicitado o adiamento. Em um comunicado, a Renault disse que "não pode tomar uma decisão devido ao pedido expresso pelo representante do Estado francês para adiar a votação para um conselho posterior".

A FCA afirmou que as receitas anuais combinadas da fusão seriam de cerca de £ 150 bilhões, com um lucro operacional de mais de £ 8,8 bilhões por ano. Também alegou que o fechamento de fábricas seria considerado como resultado, com uma produção de cerca de 8,7 milhões de carros por ano.

Em seu comunicado retirando a oferta, a FCA disse que "permanece firmemente convencida da lógica convincente e transformacional de uma proposta que tem sido amplamente apreciada desde que foi apresentada, cuja estrutura e termos foram cuidadosamente equilibrados para oferecer benefícios substanciais a todas as partes. "

Confusão

A retirada da oferta por parte da Fiat Chrysler deixa evidente que a proposta de fusão não tinha sido adequadamente negociada previamente. Em fusões dessa natureza, o comunicado como esse que a FCA fez na semana passada só seria divulgado se o negócio já estivesse 100% fechado em acordos de bastidores. Tanto é assim, que as ações das duas empresas disparam no anúncio.

A negativa do governo francês \é um revés grande para a Fiat Chrysler, sobretudo em termos de imagem, já que que já tentou uma fusão com a GM, que também não aceitou. E agora vem a negativa da Renault.

9 comentários:

  1. genti...se a fca é tão boa, pq ninguém quer ficar com ela??

    ResponderExcluir
  2. Agora esse lixo vai pro buraco de uma vez.

    ResponderExcluir
  3. Sinal se essa fusão acontecer as 2 montadoras fariam demissões em massa e fechamento de fábricas.

    ResponderExcluir
  4. Após VW, PSA e Renault não comprarem, FCA fica cada vez mais baratinha para ser devorada pelos chineses.

    ResponderExcluir
  5. Não foi uma negativa, foi um pedido de adiamento. Jornalismo excelente a gente vê por aqui. Ó!!

    ResponderExcluir
  6. Mais uma tentativa frustrada da fiat !

    ResponderExcluir
  7. Não foi cancelada foi adiada. Até eu posso montar um blog e ler uma notícia por aí e falar qualquer abacaxi que eu entendi

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.