Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi revela Q4 E-Tron: SUV elétrico estará à venda em 2020

Categorias: , , , , , 14 Comentários

A Audi apresenta no Genebra Motor Show 2019 seu primeiro veículo de propulsão elétrica baseada na plataforma MEB (Modular Elétrica) do Grupo Volkswagen. O Q4 E-tron, apresentado como conceito, estará à venda em 2020 com autonomia de 480 Km.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

O Q4 chega cerca de um ano após o primeiro elétrico (EV) de produção em série da empresa, o SUV E-tron, e compartilha detalhes relativos de estilo e parte de sua maquiagem mecânica com seu irmão recém-lançado. É o próximo passo de um cronograma que terá 12 carros elétricos Audi em venda até 2025.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

Descrito como “no segmento superior da classe compacta” em termos de tamanho e posicionamento de mercado, o Q4 E-tron de 4,59 metros de comprimento e 1,9 metros de largura é ligeiramente mais curto e largo do que o Audi Q5. Ele traz referências estéticas do E-tron (e do conceito E-tron GT), incluindo a grade single frame e perfis de iluminação semelhantes, mas em um pacote menor e mais atlético.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

Um esquema especial de pintura "Solar Sky", estreando neste conceito, foi desenvolvido especificamente para refletir uma fração de luz solar de onda curta para "significativamente" reduzir o acúmulo de calor na carroceria e na cabine. Isso reduz a potência necessária para resfriar a cabine de seus ocupantes e pode, subsequentemente, melhorar a autonomia.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

O interior é reivindicado para ser mais espaçoso que suas dimensões sugerem graças a uma distância entre eixos substancial de 2,77 metros e à falta de qualquer túnel de transmissão. Apesar do status oficial do carro como conceito, o interior, com seu layout minimalista de tela dupla e comutadores operados por toque, traduz fidedignamente o que estará no carro de produção.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

O Q4 E-tron usa a plataforma MEB do VW Group, no lugar da plataforma MQ adaptada do E-tron. Não só é uma plataforma projetada para sustentar os carros elétricos (EVs), como também deve reduzir a complexidade e o custo do modelo.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

O novo SUV da Audi usa um motor elétrico síncrono que alimenta o eixo traseiro a maior parte do tempo, ele próprio produzindo 202 cv e 310 Nm de torque.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

Mas, sendo este um Audi, há também um segundo motor elétrico, menor, que impulsiona as rodas dianteiras quando a tração é baixa ou quando a potência total é solicitada. Isso significa que a potência total do sistema é 302 cv - cerca de 100 cv a menos que o E-tron Full.

2020 Audi Q4 E-Tron - SUV

A bateria, montada sob o piso do veículo, é uma unidade de capacidade de 82kWh que pode ser carregada a um máximo de 125kW. Isso resultaria em uma carga de 80% em 30 minutos. A autonomia total chega a 450 km no ciclo WLTP.

14 comentários:

  1. Tudo muito bom. mas se não existir uma rede pública densa para recarga, os carros elétricos passarão rapidamente a condiçao de mico. Já li que a solução mais prática seria a adoção de postos de troca de baterias utilizando a própria rede atual. Para isso, precisaria haver uma padronização das baterias e respectivos acoplamentos. Parece que as montadoras não estão preocupadas.

    ResponderExcluir
  2. Vai ser uma boa disputa com o Tesla Y

    ResponderExcluir
  3. seria um mundo perfeito, porém o ser humano é egoísta e tem um sentimento de posse muito grande, padronização é um conceito muito difícil de ser implementado, demora décadas para se consolidar , seja o produto ou a área que for, um exemplo clássico do ridículo é o litrao, o da Ambev não pode se misturar com o da Itaipava, ambas empresas perdem muito com isso, pura mesquinharia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc, mas os elétricos começaram ontem, hoje seria o momento propício para padronização. A troca rápida de baterias em postos seria o caminho. Eu por exemplo, uma vez ao mes eu faço uma viagem de 500 km ida e volta, no destino hoje não há minima condição pra recarga. Carro full electric é inviável.

      Excluir
  4. Bela máquina e muita tecnologia...
    A tendência de todas as montadoras e a exigências dos pais de primeiro mundo este tipos veículos e com investimentos altíssimo ....
    Agora vem certos camaradas falar um monte de bestera sem critério....
    As montadoras irão investir bilhões sem fundamento???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então senhor fundamentado, qual a soluçao viável para a recarga de carros elétricos mesmo no Primeiro Mundo? Ou vc acha que alguem vai ficar 30 min numa estação de recarga qualquer no meio da noite aguardando atingir 80% da carga do seu Audi Q4 de 50 mil dólares com mulher, filhos pequenos, cachorro e sogra dentro do carro? Menos.

      Excluir
    2. então, pura crítica descontrutiva e ele nem sabe escrever, muito menos raciocinar como um carro elétrico pode ser viável na prática, na teoria tudo é sempre muito lindo

      Excluir
    3. Exato, boas intenções o cemitério tá cheio. Exemplo pratico, Onix, projeto chifrim com powertrain jurássico vendendo que nem água; alguém explica? Preço? Não, o carro é caro pacas pro que oferece.
      Acredito sim, para o Brasil, como alguns estrategistas do governo e algumas montadoras no carro hibrido plug in

      Excluir
  5. Os designers da audi esses últimos anos estão com uma imaginação absurda.

    ResponderExcluir
  6. ele se parece com o Peugeot 3008 em alguns ângulos, lateral idêntica, um pouco a traseira , alguns recortes da dianteira, o volante é cópia mesmo, é sem necessidade já que o mesmo não possui cluster elevado

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem mais fácil ver uma Brasília rodando que uma Panorama.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.