Car.blog.br

Pesquisar este blog

Brasil deve escolher híbridos flex, não elétricos, diz Ministro

Categorias: , , , , 58 Comentários

O Ministro de Minas e Energia, o almirante de esquadra Bento Albuquerque, disse hoje em seminário na ANP - Agência Nacional de Petróleo - que os carros puramente elétricos não são a "vocação" do Brasil.

Novo Toyota Corolla 2020

Segundo o Ministro, o Brasil deve continuar o desenvolvimento de modelos híbridos e flex, os quais seriam a escolha natural do País.

Novo Toyota Corolla 2020

Albuquerque, porém, não descartou totalmente os carros elétricos, porém, defendeu que "até que se possa dispor de uma tecnologia de larga escala, o Brasil tem que seguir um percurso que considere a escala e a vocação nacional".

Novo Toyota Corolla 2020

Os únicos modelos elétricos à venda no mercado brasileiro são o BMW i3 o Renault Zoe. Enquanto os híbridos são em maior volume, sendo que a nova geração do Corolla, que chega ao mercado este ano, será o primeiro modelo híbrido flex do mundo.

Fonte: Valor Econômico

58 comentários:

  1. Quanta bobagem! Ir na contramão da indústria em favor dos produtores de cana de açúcar, pensamento mesquinho e retrógrado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sem querer ir contra sua opinião, mas carro elétrico pode ate ser o futuro pra industria automobilística, mas é uma tragédia para o planeta.. so alguns ousaram levantar o problema do lixo das bateiras que nem em 200 anos serão regeneradas pela natureza.. mais uma modinha para vender carro, .. a Natureza não agradece. A única solução racional e o hidrogênio!!! que so a Toyota esta na ponta dessa tecnologia

      Excluir
    2. Hidrogênio é viável aonde?carro a hidrogênio é mais caro que um elétrico,a manutenção deles é complexa,não tem segurança,montar um posto de hidrogênio é caríssimo enquanto um posto elétrico pode ser montado até com placas solares,a Toyota tem um prejuízo de 50 mil dólares a cada Mirai vendido,esse carro além de feio e perigoso é um mico,o Tesla 3 dá uma surra covarde nele,além de ser bem mais bonito e seguro que o Mirai,está no top 20 americano e tornou a Tesla lucrativa,tecnologia a hidrogênio é inviável,teve uma empresa na grande SP que tinha 4 ônibus a hidrogênio,que hoje se encontram jogados as traças.

      Excluir
    3. O Brasil não estrutura para o carro totalmente elétrico, isso é coisa para pais desenvolvido, mesmo nos pequenos países europeus ainda não completaram toda infraestrutura para adoção total do elétrico, imagine aqui !! pare e pense um pouco o tamanho do país, o tamanho da população, poder aquisitivo, as condições e as características de cada região, tem lugares no nordeste que nem chegou energia elétrica até hoje !! mesmo se vc pegar somente a cidade de SP tb é totalmente despreparada, pouquíssimos prédios tem tomadas somente os novos e olhe lá !! Carro totalmente elétrico por aqui é totalmente inviável !!! vai ser para pouquíssimas pessoas com grana que vão comprar para se mostrar para os outros e dar uma de ecológico e que vão usar o carro somente para ir para o trabalho e voltar, dar um rolezinho no final de semana e viagens bem curtas... isso se tiver tomada na garagem !!

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Brasil não tem estrutura para carro elétrico, isso cheira a síndrome de vira latas. Até entendo as cidades do nordeste, onde muitas não tem energia elétrica, mas convenhamos, se uma cidade dessas não tem energia elétrica, não há lógica em comprar um carro elétrico. Tomada em garagem é fácil de instalar, qualquer eletricista faz o serviço. Ao meu ver o ministro não entendeu que o que manda é a tendência de mercado, creio que para andar na cidade e viagens curtas é tranquilo, agora uma viagem mais longa requer uma certa preparação e logística (pontos de energia) que pode ser em algum posto, comércio de beira de estrada, etc.

      Excluir
  2. Corretíssimo o ministro. Carro elétrico é coisa de país rico, que tem dinheiro para torrar bilhões em criação de infra-estrutura, e em subsídios para o povo eco-chato comprar.
    O Brasil precisaria investir bilhões para criar uma infra que ninguém sabe se será útil ou não. Mas como os recursos são finitos, é necessário definir prioridades, e claro que carro elétrico não é uma delas.
    O Brasil deveria antes investir pesado em transporte público de qualidade, e em ferrovias. mas parece que o governo Bolsonaro está caminhando nesse sentido.

    Então só posso parabenizar o Ministro por tal posição lúcida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não temos que seguir tendencias globalistas progressistas maçônicas a lá George soros aqui, carro elétrico alem de ser perigosíssimo e não vai ter manutenção a altura aqui no brasil devagar e sempre e com os pés no chão

      Excluir
    2. Perfeito esse comentários, além do alto custo das baterias, que é mais de 50% do carro, bateria tem vida útil depois o que Será feito delas!

      Excluir
    3. Sem falar que é o país dos alagamentos...carros elétricos e água não combinam
      Não sou pessimista mais realidade para uns 50 anos

      Excluir
    4. C4C concordo plenamente com sua posição.

      Excluir
    5. É, vou concordar com você nessa.

      Excluir
    6. A MAN que pertence a Volks fabricava locomotivas e automotrizes no passado.

      Excluir
    7. Melhor ser "eco-chato" do que destruidor-burro!

      Excluir
    8. A eletrificação automotiva é o futuro,mas várias coisas precisam melhorar nos carros elétricos,enquanto essas melhorias não pintam,melhor investir em híbridos.

      Excluir
  3. Postura correta, não adianta querermos igualar a Suíça, Eua, Noruega... se não temos recursos para tal, são países de IDH e pib per capita muito elevados e com estabilidade financeira, carros elétricos são caros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesses países os carros elétricos somente estão vingando, pois estão inviabilizando os carros a combustão. E logo, vão proibir o uso de combustíveis fósseis.

      Excluir
    2. Suíça e Noruega são pequenos mesmos, Mais os Estados Unidos é ENORME! Depois da Rússia e talvez China é os EUA, Se conta o Alasca e o Havaí passa a China em tamanho!

      Excluir
  4. Também acho que a tecnologia híbrido flex é a mais interessante para o Brasil. A distribuição de energia elétrica no Brasil já se encontra no limite. Imagina com o aumento de veículos elétricos. Para suprir a demanda as concessionárias de energia vão religar as termoelétricas, poluindo e fazendo com que o custo da energia aumente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Com as restrições ambientais a construção de grandes hidrelétricas, vamos ter de recorrer às térmicas. Além de sobrecarregar as linhas de transmissão nos horários de pico.
      Seria um contrasenso.

      Excluir
  5. Mandou muitíssimo bem, Ministro!
    O híbrido é mais barato, o combustível "nasce" nas nossas lavouras e, principalmente a energia que seria utilizada para suprir carros, terá um destino mais nobre: gerar renda e empregos na industria, no comércio...

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. acho q só ano que vem como geração 8 importado da alemanha e custando 200mil ahahahaha

      Excluir
  7. Realmente o Brasil na contramão do desenvolvimento. Pouca vergonha um ministro dizer algo assim, vocação para carro a álcool, piada mesmo.

    ResponderExcluir
  8. A realidade é essa. Aqui vai demorar ainda para ter estrutura para carro 100% elétrico.

    ResponderExcluir
  9. A Petrobrás agradece, o monopólio garantido!

    ResponderExcluir
  10. O Ministro está corretíssimo. Parabéns !

    ResponderExcluir
  11. Criticar é fácil, o Brasil passa por crise financeira,tem gente que faz comentários aqui parece que mora em outro país, o Brasil vive em crise no setor elétrico, carro híbrido no momento é a escolha certa.

    ResponderExcluir
  12. Criticar é fácil, o Brasil passa por crise financeira,tem gente que faz comentários aqui parece que mora em outro país, o Brasil vive em crise no setor elétrico, carro híbrido no momento é a escolha certa.

    ResponderExcluir
  13. Espero que tenha isenções maiores para caros híbridos e eu consiga em breve comprar meu Corolla

    ResponderExcluir
  14. Basta procurar reportgens no Google. Carros elétricos poluem menos, certo. Mas seu processo construtivo polui muito mis q os carros à combustão, por cusa da fabricação das baterias. Os países que as fabricam têm matriz energética baseada na queima de carvão mineral, e para se fazer uma bateria gasta-se muita energia, de modo que a emissão de poluentes é muito grande. Não tenho certeza, mas parece que a emissão de poluentes na fabricação de um elétrico é compensada pela utilização do carro (e respectiva não emissão de poluentes) apenas depois de uns 20 anos. Ademais, na conta tem ue ser colocado o gigantesco problema do que fazer com as baterias à medida em que vencerem seus prazos de validade. Imaginem milhões de baterias sendo descartadas, para as quais devendo-se dar um tratamento adequado, sob pena de ferrar de vez o meio ambiente. No mais, correta a decisão do Ministro, pois o país não tem estrutura para bancar a curto e médio prazo milhões de elétricos plugados nas tomadas.

    ResponderExcluir
  15. Ele não negou o carro totalmente elétrico, apenas falou que tem que ir por etapas, uma coisa de cada vez. Muito sensato da parte dele.

    ResponderExcluir
  16. O hybrido flexível abastecido com álcool polui menos que o elétrico pois o elétrico tem gerar energia eletrica e construir baterias que depois serão descartadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hibrido flex é uma transição pro carro elétrico,pro nosso país são viáveis pq são bem mais baratos que um 100% elétrico.

      Excluir
    2. Não vejo necessidade do carro elétrico se o hybrido flex abastecido com etanol polui menos. O carro elétrico precisa de muito mais baterias que tem uma vida útil e depois precisam ser descartadas. Imagine o problema ambiental que será descartar milhões de baterias por ano.

      Excluir
  17. Carros elétricos não serão viáveis até que resolvam o problema da recarga lenta.

    ResponderExcluir
  18. A real e uma só, se existisse benefícios que seriam o corte de impostos em carros elétricos e híbridos coisa que não existe hj , o carro seria uma realidade, mas como ele consegue ser mais caro que um carro a combustão já que tem mais tecnológia o senhor ministro vem com esse papinho furado! Quem sabe daqui uns 5, 10 anos o carro elétrico se populariza por aqui

    ResponderExcluir
  19. Com certeza no Brasil o hibrido é o melhor !!!

    ResponderExcluir
  20. Discordo da maioria. Carro elétrico é sim um ótimo caminho, é irreversível na minha opinião. Quanto mais demoramos a ver isso pior será para o país. Se pararmos pra pensar a infra estrutura para carregamento é muuuito mais barata do que estrutura pra vender combustíveis fósseis ou etanol. Pensem o dono do posto compra os carregadores e instala um sistema fotovoltaico e pronto. Custa menos que seu bitrem pra ir buscar o combustível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E alguém vai ficar horas no posto carregando o carro?

      Excluir
    2. E alguém vai ficar horas no posto carregando o carro?

      Excluir
    3. https://thegreenestpost.com/tesla-desenvolve-supercarregador-que-abastece-veiculos-eletricos-em-segundos/?amp

      Excluir
    4. Sim teremos que ficar horas no posto carregando. Tipo umas 3 hs já dá muiita carga. Mais uma vantagem pro dono do posto que os clientes teriam que ficar lá é irão consumir. Carro elétrico é só vantagem, políticos que discordam é pq tem o rabo preso. Se a indústria vender carros elétrico a um preço bom a infra estrutura irá melhorar naturalmente e rapidamente pq como eu disse é barata. Colocar desculpa na infra estrutura é balela

      Excluir
  21. TOODDAASS AASS BBAATTEERRIIAASS DDOOSS CCAARROOSS EELLEETTRRIICCOOSS AATTUUAAIISS SSAAOO RREEEECCCCCIIIICCCCLLLLLAAAAAVVVVVEEEEIIIISSSSSDDDD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade elas são desmontadas para retirar os materiais para reutilizar.

      Excluir
  22. Curioso é que essa já era a posição no Inovar-Auto, ou seja, manter a matriz que criamos no Brasil, privilegiando o etanol, matriz correta que é elogiada no mundo todo. Um carro elétrico consome uma quantidade de energia absurda. Energia elétrica em primeiro lugar tem que atender as casas, as cidades, as empresas, carro não é um bem essencial, é acessório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra isso que temos a energia fotovoltaica. Olhe a sua volta, na minha casa já temos, trabalho instalando isso, já somos 3 empresas numa cidade de 18 mil habitantes instalando sistemas fotovoltaicos. Meus vizinhos já tem, nossa cidade está avançando exponencialmente na energia fotovoltaica. Falar que não tem energia eletrica suficiente para o carro elétrico é desculpa esfarrapada. Inovar Auto privilegiando o etanol é balela, está privilegiando os grandes empresários ricos do pais.

      Excluir
  23. Já pensaram na desvalorização de um carro elétrico. Depois de 10 anos não vale mais nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que a bateria desgasta e perde autonomia

      Excluir
    2. Difícil prever o futuro mas já que vale palpitar... Daqui a 10 anos carro a combustível líquido é que não vale mais nada.

      Excluir
  24. Infelizmente esta matéria atesta a falta de conhecimento de um gestor importante se nosso país. Que mentalidade medíocre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Esse argumento de que requer investimento alto para um país quebrado não cola, já que estamos na fase só "liberalismo".

      Excluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.