Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW T-Cross: preço na Espanha é R$ 10 mil abaixo do HR-V

Categorias: , , , 73 Comentários

O novo Volkswagen T-Cross já está à venda na Espanha. O modelo chega com três níveis de equipamento, uma ampla dotação tecnológica e quatro versões mecânicas - em princípio, apenas três a gasolina - todas com tração dianteira - para escolher com preços muito atrativos.

Volkswagen T-Cross 2019

Os preços começam em 18.990 Euros, o que corresponde a R$ 84 mil reais (dezembro/2018). O modelo com transmissão automática mais acessível é o Advanced 1.0 TSI DSG-7, a 22.525 Euros, o que corresponde a R$ 100 mil reais.

Volkswagen T-Cross 2019

Para efeito de comparação, o Honda HR-V 1.5 V-TEC com transmissão manual parte, na Espanha, de 20.350 Euros (R$ 90.211 reais). O modelo do HR-V mais acessível é o Elegance CVT, em 24.800 euros (R$ 110 mil reais). Ou seja, o T-Cross é R$ 10 mil mais barato que o HR-V.

Volkswagen T-Cross 2019

O novo Volkswagen T-Cross erá oferecido em combinação com três níveis de acabamento, o "Edition", "Advanced" e "Sport" , com uma ampla oferta de equipamentos em cada um deles , incluindo assistente de série reconhecimento de pedestres , frenagem de emergência e assistente de manutenção em faixa rodoviária, frenagem autônoma de emergência, e assistente de partida em colina. Os itens de cada versão são os seguintes:

Edition
  • Rádio "Composição de mídia"
  • App Connect
  • Faróis de nevoeiro e luz de curva estática
  • Assistente de aviso de partida de faixa "Lane Assist"
Advanced (adiciona ao anterior)
  • Faróis de nevoeiro e luz de curva estática
  • Volante em couro
  • Sistema de vigilância "Front Assist" com frenagem de emergência na cidade
  • Controle de cruzeiro adaptativo ACC até 210 km / h
  • Sistema de chamada de emergência eCall
  • Proteção proativa dos ocupantes
  • Controle climático de duas zonas "Climatronic"
  • Sensores de estacionamento dianteiros e traseiros "Park Pilot"
Sport (adiciona ao anterior)
  • Faróis de LED
  • Pacote de Luz e Visibilidade
  • Seleção do perfil de condução
  • Espelhos retrovisores exteriores ajustáveis ​​e eletricamente e termicamente dobráveis, com passageiro de inclinação traseira
  • Assistente reverso "Rear View"
  • Painel de instrumentos digitais "Volkswagen Digital Cockpit"
Opcionalmente, a Volkswagen oferece uma longa lista de equipamentos de segurança, como proteção pró-ativa do ocupante, a assistente de mudança de faixa com detecção de ponto cego, auxiliar de estacionamento, detector de fadiga, controle de cruzeiro adaptativo automático, instrumentação digital de "Virtual Cockpit " , tela sensível ao toque de 8 polegadas , quatro conexões USB, carregador de indução ou sistema de som Beats com 300 watts, entre outros.

Volkswagen T-Cross 2019

Em princípio, a gama inicial é limitada a versões a gasolina equipadas com o motor de três cilindros e 1.0 litros TSI com dois níveis de potência de 95 e 115 cavalos, o primeiro associado a uma mudança manual de cinco relações e o segundo, com manual de seis velocidades ou automático de dupla embreagem DSG de 7 relações, permanecendo na espera do diesel 1.6 TDI com 115 CV que chegará em abril .

Tabela de preços - T-Cross




Preços Volkswagen T-Cross 2019 em Espanha (Euros)
Versão / AcabamentoEditionAdvancedSport
1,0 TSI 95 PV€18.990€20.625ND
1.0 TSI 115 HPND21.315€23.230€
1,0 TSI 115 CV DSG 7VND€22.52524.440€
1,6 TDI 95 HPNDNDND
Versão / AcabamentoEditionAdvancedSport
1,0 TSI 95 PVR$84.088R$91.328ND
1.0 TSI 115 HPNDR$94.400R$102.863
1,0 TSI 115 CV DSG 7VNDR$100.000R$108.221
1,6 TDI 95 HPNDNDND

73 comentários:

  1. Versão 1.0 é totalmente incompatível com este veiculo, este carro deve pesar uns 1.1 tons por ai com mais 05 ocupantes e bagagens para viagens vai beirando certo 1.6 tons e ai um motor 1.0????? Up 1.0 TSI quando se dirige ele sozinho é um espetáculo mas lotou o carro ai a realidade vem a tona....Desculpem esta é a verdade que venham os mimimis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coitado. Vítima do sistema educacional brasileiro passando atestado que não sabe nada de carros, motores e não sabe nem ler.

      Tenho pena, sério. São vítimas. Não sabem ler, não conseguem entender tecnologias sofisticadas como turbo e injeção direta, não sabem nem ler um número e entender que 200 Nm é mais que 150 Nm (o torque dos outros motores 1.8).

      Enfim, vítima inocente, que passa atestado de sua completa falta de conhecimento, gratuitamente. Imagine um coitado desse proferindo tantas besteiras numa fila de emprego, não vai conseguir nunca.

      vamos ver se o Bolsonaro dá um jeito nisso aí, tá ok?

      Excluir
    2. Qual 1.8 possui 150Nm?
      Essa cilindrada varia geralmente entre 18 kgfm (175Nm) e 20,5 kgfm (200Nm).
      Claro que um motor turbo com injeção direta consegue muito mais potência e torque numa cilindrada inferior, mas dizer que um 1.8 possui apenas 15,3 kgfm (150 Nm) é um exagero, sendo esse torque muito mais próximo ao torque de motores 1.4 a 1.6 aspirados

      Excluir
    3. Se o t-cross provavelmente pesando 1200kgs com 20.4kgfm de torque é lento então um jeep compass com 1540kg e mesmo torque não deve nem conseguir subir um serra a 40km/h.

      Não sei como brasileiro consegue ser tão ignorante pra achar que tamanho do motor é a única coisa que importa.

      Deve ser por isso que renegade 1.8 com desempenho bem fraco vende tão bem.

      Excluir
    4. O T-Cross 200 TSI AT certamente será o SUV compacto nacional de melhor desempenho. Será disparado o mais rápido entre HR-V, Creta, Kicks e outros. Já quem quiser um SUV compacto esportivo, a VW terá ainda o T-Cross 250 TSI, com motor de 150 cv e 250 Nm de torque. Esse será o mais rápido e veloz SUV compacto a venda no mercado brasileiro. Esse T-Cross 250 TSI será carro para andar junto com Audi Q3, Volvo V60 e etc.

      Excluir
    5. mas o T-Cross e muito feio.

      Excluir
    6. Realmente, o brasileiro ainda mede desempenho pela cilindrada e potência, quando na verdade, o que interessa para carros de rua é o torque despejado em baixas rotações. Explico: um motor 1.8 ou 2.0 aspirado, atinge o pico de 200N de torque à mais de 3.500 RPM enquanto um motor 1.0 Turbo, com injeção direta, atinge esse mesmo pico em menos 2.000 RPM. Ou seja, esse "milzinho", apesar de ter o mesmo torque de um motor 2.0 aspirado, será um carro muito mais ágil, mesmo com um motor com cilindrada menor.

      Aos desavisados, andem em um Polo TSi. 1.0, com 3 cilindros apenas e depois andem em um Civic ou Corolla 2.0. E vejam a diferença.

      Excluir
  2. A questão é que lá o carro é menor que o brasileiro.. desta forma estaria numa categoria diferente do HRV... tem que ser mais barato mesmo... além do motor ser menos potente ... Aqui o carro vai ser maior, também vai custar 10.000 a menos que o HRV na versão de entrada... muito justo visto que será mais simples que ele. De qualquer forma compraria o T Cross e não compraria um HR V. Honda cobra demais por uma qualidade/confiabilidade que não tem.

    ResponderExcluir
  3. Esse carro provocará um Armagedom no segmento de SUV. E se viver nesses preços, ou até R$ 10 mil acima, o HR-V e Creta serão dizimados.

    Já começa que a destruição será logo no motor. O T-Cross tem um motor de alta tecnologia, 1.0 TSI com nada menos que 200 Nm de torque (5 Kgfm a mais que o HR_V e Creta). Como se não baastasse, o T-Cross tem mais torque que o Compass 2.0 Flex.

    Só que o T-Cross é mais leve que todos. Então, em termos de desempenho, ele tende a HUMILHAR, com requintes de crueldade, tanto Honda HR-V, quanto Creta. O Jeep Renegade, coitado, com aquela raquítico motor 1.8, é carta fora do baralho.

    O T-Cross andará muito mais, e beberá muito menos.

    E o melhor de tudo, como é um motor 1.0 (com potencia e torque de 2.0), ele paga imposto de 1.0, que é quase metade dos outros.

    Ou seja, se a VW vender no mesmo preço do HR-V, ela lucrará muito mais (pois paga menos imposto). E se vender no preço do HR-V, lucrará ainda mais, e venderá muito mais.

    É por isso que este é um carro Armagedom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. HR-V não possui apenas 15kgfm de torque mas sim 17,4 e o Creta, mesmo o 1.6, possui 16kgfm logo falar que o T-Cross possui 5 kgfm a mais que os dois é exagero
      2. O único 2.0 vendido até pouco tempo atrás com 120cv( potência dos 1.0TSI) é o que foi oferecido no jetta, que foi descontinuado, logo falar que o 1.0 TSI tem a mesma potência de um 2.0 é um erro pois esse passa longe dos 150 vc que esses oferecem
      3. Apesar de todos esses erros proferidos, tenho que concordar que o T-CROOS venderá muito pois oferece um pacote interessante, seja de equipamentos seja de motores, mas não acredito que provocará um “hecatombe” pois os modelos já oferecidos ainda possuem uma clientela fiel, e que não se importa muito com tecnologia

      Excluir
    2. Claro, claro.armagedon assim como o golf causou.....piada

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Na verdade a VW está vendendo mais de 14.000 unidades do Novo Jetta por mês. Nunca se vendeu tanto Jetta nas Américas. Todos fabricados no México.
      Nos EUA ela está vendendo mais de 9.000 Jettas por mês (recorde absoluto, já que o Jetta jamais vendeu isso). No México o Jetta é líder de vendas está vendendo cerca de 3.800 unidades por mês, veja:
      https://www.car.blog.br/2018/09/vw-jetta-assume-lideranca-de-vendas.html

      No Canadá são cerca de 1500 jettas por mês, e ainda tem 350 no Brasil e mais ou menos isso na Argentina. Ou seja, o Jetta novo está vendendo mais de 14.000 unidades por mês. Nunca se vendeu tanto Jetta nas Américas.

      Excluir
    5. Esse povo que comenta só sobre vendas, tipo esse Alex, é muito limitado. Eles não sabem onde os carros são produzidos, ignoram cotas e impostos de importação. A mente limitada deles só consegue entender listinha, e aí eles saem relinchando sobre listinhas, produzindo um cabedal imenso de bobagens, comparando carro fabricado no Brasil com importado, é uma besteirada sem fim, mas perfeitamente entendível já que a única coisa que a mente deles é capaz de entender é listinha. E aí eles repetem a listinha. Veja se esse povo discute tecnicamente, sobre motores, segurança...etc. Nada. zero. Não têm competência para isso. Enfim, vítimas do sistema educacional brasileiro passando atestado público de incompetência.

      Vamos aos fatos. O Jetta é importado do México, e a VW só pode trazer 2.500 unidades dele por ano, sem imposto de importação. Mais que isso, paga 35% de imposto. Portanto sua oferta sempre foi e sempre será limitada. De mais a mais, a produção está totalmente tomada para atender os EUA e Canadá, já que o Jetta está vendendo como nunca no NAFTA.

      T-Cross é totalmente diferente. É fabricado no Brasil, com fábrica que pode despejar milhares de unidades por mês. Não tem restrições.

      Excluir
    6. A treta dos SUVs em 2019 vai ser boa!

      A Fiat vai lançar o Jeep Júnior e o motor 1.3T no Renegade.

      O Kicks tem o Renault-Nissan 1.3T (de 115 a 160cv com 24,5kgfm)

      HVR provavelmente vai ser o mais rápido com motor 1.5T VTEC do Civic

      Tem que esperar as mudanças do Creta, pois desde que foi lançado usa o mesmo motor.

      A VW tem um bom candidato, mas não vai ter vida fácil.

      Excluir
    7. Dificilmente alguém que esteja desejando comprar um HRV, um Compass, va trocar por um T-Cross. Deve vender bem, mas para causar Armagedom, dúvido...
      Pode ser que encoste nas vendas dos SUVs atuais, dificilmente sera líder. O motor 1.0 TSI, comparado com os da concorrência, não deve ter uma diferença significativa em desempenho, diferente do 1.4, que possivelmente fará frente ao 1.4 do Tracker, que em breve chegará em uma geracao nova, que se vier com design de mini-blazer, como vem sido estipulado, se toenara um forte concorrente...

      Excluir
  4. Só espero que venha com um preço competitivo, pq se vier mais caro que a HRV, vai tomar pau sem dó dela...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. assim como o yaris iria vender muiiiootoooooo mais que o polo...sei.

      Excluir
    2. O que seria provável se a Toyota tivesse colocado no Yaris um motor melhor.... Se o Yaris tivesse o 1.8 do Corolla, estaria na frente provavelmente...

      Excluir
  5. T-CROSS ECTACÔMBICO
    TAREK CATACLÍSMICO
    THARU APOCALÍPTICO
    T-REX VAI COMER TUDO MUNDO

    ResponderExcluir
  6. Nunca vi um blog vender tão bem uma marca cm este. A VW nada de braçadas por aqui. O problema q n tem surtido mto efeito. Onix manda um abraço, para desespero dos funboys!

    ResponderExcluir
  7. Não me anima tcross beriando 100 bolsonaros... passo

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Polo está encalhado como 4º carro mais vendido do Brasil. Ele não larga essa posição, mas pode desencalhar para 3º ou 2º em breve....
      O Virtus é disparado o carro mais vendido entre os sedãs médios no varejo.

      Excluir
  9. 1.0 Devera ser bom . Pois. A marca e forte. Manter o gol a 38 anos e agora reagindo, párabens.

    ResponderExcluir
  10. O HR-V no Brasi parte de R$ 92k. Então o T-Cross terá que ser no mínimo uns R$ 5 mil a mais que o HR-V, por vários motivos. Primeiro a marca VW tem mais prestígio que Honda, afinal VW é alemã, que é de onde vem os melhores carros do mundo.

    Segundo, o T-Cross é mais avançado. Mais seguro, com 10 estrelas. E ja´vem com 6 airbags, enquanto HR-V vem com 4 só.

    O T-Cross terá dois motores, e os dois mais potentes que o HR-V. O 200 TSI humilha sem dó o 1.8 da Honda. E o 250 TSI vai humilhar o novo HR-V Touring, com motor 1.5 Turbo.

    Acabamento interno do T-Cross amplamente superior e mais sofisticado.

    O T-Cross tem painel digital, o HR-V não.

    Então, por tudo isso, T-Cross TEM que ser mais caro que o HR-V. E será, e venderá mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já entrou num HR-V??? Além de mais bonito, bem acabado e espaçoso, se vier com o motor 1.5 turbo, seu carrinho vai passar vergonha...
      E a diferença de preço? Pago, afinal Honda tem qualidade indiscutível...

      Excluir
    2. Quem não deve ter entrado no HR-V é você. Interior do HR-V é plástico duro puro, e sem texturização, como o do T-Cross.

      Não tem comparação. Acabamento do T-Cross infinitamente melhor que HR-V e Creta.

      Excluir
    3. É um lunático! Se vier 5 mil a mais, vai levar surra... É perigoso se vier 5 a menos ainda leve, imagina com 5 a mais...

      Excluir
    4. a besta quadrada chamado carlos vive xingando quem fala de painel com textura ou soft touch

      aí vem ele aqui e me fala de textura, o ser imbecil, esqueceu seu remédio de novo né

      Excluir
  11. Esse carro com certeza terá manutenção preventiva extraordinária.

    ResponderExcluir
  12. Eu vi o TCross no Salão do Automóvel e achei com o porte pequeno. Por mais que tenha espaço, é um carro um pouco acanhado. O acabamento era mediano. Principalmente as portas.. tinha bastante plástico. Quanto ao motor eu não posso falar pois não dirigi. Acho que venderá bem, mas não incomodará os líderes. Primeiro que a VW não tem tanto prestígio como falam por aqui e segundo pelo porte do carro. Que pro fotos engana bastante. Espero que nosso amigo Carlos respeite a minha opinião..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dois líderes do mercado brasileiro, HR-V e Creta, são ambos com interior totalmente de plástico.E o que não vende nada (só para locadoras), o Renegade, é em material macio. Disso se conclui que o T-Cross venderá muito, pois o consumidor desse tipo de carro prefere plástico duro, já que os dois líderes têm plástico duro, e não material emborrachado.

      Lógica, apenas lógica.

      Excluir
    2. Tirando o Compass, com 15 mil carros a mais, nenhum outro SUV vendeu muito mais que o Renegade. O Creta, por exemplo, fechou novembro perto de 44 mil unidades no ano e o Renegade 40 mil. E venda PJ não é locadora. A maior parte é de empresários, donos de pequenas, médias e grandes empresas que preferem o Jeep às adaptações de Fit, Elantra, March, Fiesta, Sonic e agora Polo. Quem sabe exatamente de quais carros estou falando? TCross com altura de Fox e suporte de celular de UP será um ótimo carro, mas ficará do meio pra baixo nas nas vendas da categoria se a VW não oferecer uma versão AT por menos de 80 mil (5 mil menos que os concorrentes). Pessoalmente deve decepcionar a maioria dos consumidores, que não sabem (e nem tem a obrigação de saber) o que significa TSI. O Renegade só não vende mais, pela concorrência do próprio Compass, que a Jeep chega a oferecer por 96 mil para quem tem empresa. Enfim, está no preço a chance da VW evitar outra "hecatombe" no mercado, assim como foi com Golf e Jetta.

      Excluir
    3. Acho que a cada 3 famílias, uma tem locadoras segundo o Carlos... Kkkk
      Acho que desses SUVS, só o Renegade e o Local que vendem bastante para locadoras...
      Só para lembrar Carlos, que vendas para pessoa jurídica, em sua maior parcela e para empresas e nao para locadoras...

      Excluir
  13. T cross com um preço bacana vai vender BEM!

    ResponderExcluir
  14. Por isso q lá vende bem, pq o preço é justo.
    Aqui como tão dizendo q será mais caro, nao vai vender muito...

    ResponderExcluir
  15. Que comovente...ver tantas moças preocupadas vendas do T-cross, não? Todas demonstrando seus talentos em marketing e vendas desperdiçado, dando seus conselhos gratuitamente, para a maior montadora do planeta, a que mais vende carros no mundo, sobre...como vender carros!

    Essas mesmas moças que dão conselhos sobre o T-Cross, afirvam que o Polo tava caro e iria vender muito menos que o Argo. Fato: o Argo é um mico, só vende para locadora, e o Polo é o 4º carro mais vendido do Brasil, e o carro mais vendido do Brasil com preço acima de R$ 60 mil.

    O Yaris essas moças que relincham sobre o T-Cross, todas diziam que seria um "sucesso", que "toyota é toyota", que toyota vende só porque é Toyota, mimimi, e que venderia muito amis que o Polo. Tá aí. Yaris é um mico, o Polo um sucesso.

    Bom, se elas estão dizendo que o T-Cross venderá pouco, certamente será um sucesso.

    ResponderExcluir
  16. Jeep compass manda beijinho beijinho e tchau tchau. Ela não vai tomar conhecimento da existência desse polo com suspensão elevada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não mesmo. A VW não venderá o T-Cross para locadoras, que são os grandes compradores de Compass. O T-Cross será vendido para consumidor final, com um motor 200 TSI que tem mais torque que o 2.0 do Compass, a despeito do T-Cross pesar 400 Kg a menos.

      Excluir
    2. Não viaja. Eles vão vender para quem comprar. Locadora ou cliente final. E ambos dão dinheiro para a montadora. Logo a VW não vai diferenciar. Venda é venda.

      Excluir
    3. Tem que ser muito fanboy para trocar um Compass por um T-Cross... Se uma das duas marcas e vista como Premium, com certeza não e a vossa...

      Excluir
    4. T-Cross não será concorrente do Compass

      Excluir
  17. Não consigo gostar desse aplique preto na traseira gente...eu tentei gente... eu juro,eu juro,eu juro...mas não consigo gente...desculpa aí...mil desculpas!!!!

    ResponderExcluir
  18. Carlos, vc tem algum palpite de qual carro baterá o onix em vendas em 2019?

    ResponderExcluir
  19. Muito bonito o das fotos, tomara que tenha a mesma opção de rodas aqui no BR também...

    ResponderExcluir
  20. Banco nenhum comentário do blog sobre o "arcaico" câmbio manual na versão de entrada. Quando é de outra montadora vocês "descem o pau". Mas da VW na onde fala nada. Admiro essa "imparcialidade" do blog.

    ResponderExcluir
  21. A Tracker tem um motor 1.4Turbo injeção direta... 245Nm...deixa este suvinho comendo poeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica tranquila que o T-Cross será vendido também em uma versão com motor 1.4 TSI Turbo Flex, com 150 cv e 250 Nm de torque, que vai enrabar sem dó e nem piedade tanto o Tracker quanto o HR-V 1.5 Turbo.

      Excluir
    2. HR-V Sport foi lançada lá fora com 1.5T de 182cv e 24,5kgfm, isso sem contar com os extras do Flex.

      No Brasil a VW manteve 150cv com gasolina ou etanol. Vai ficar pra trás sim.

      Excluir
  22. "Ou seja, se a VW vender no mesmo preço do HR-V, ela lucrará muito mais (pois paga menos imposto). E se vender no preço do HR-V, lucrará ainda mais, e venderá muito mais."

    Nem lê o que escreve.

    ResponderExcluir
  23. ...então uma ligação entre as duas lanternas traseiras com esse mesmo material,porém mais fino, mais discreto;deixando assim a tampa traseira com um visual maior...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.