Car.blog.br

Pesquisar este blog

Oficial: Focus chega ao fim no Brasil em 2019, sem sucessor

Categorias: , , 38 Comentários

A Ford do Brasil confirma o fim do Focus no Brasil. Deixarão de ser produzidos tanto o Focus hatch como o Focus Fastback (sedan) em 2019.

Oficial: Focus chega ao fim no Brasil em 2019, sem sucessor

Esses modelos são produzidos na Argentina, e a fábrica manterá a produção apenas da Ranger.

Oficial: Focus chega ao fim no Brasil em 2019, sem sucessor

A Ford informou também que não haverá sucessor para o Focus, já que a nova geração será vendida apenas na Europa.

Oficial: Focus chega ao fim no Brasil em 2019, sem sucessor

Fonte: Fernando Calmon

38 comentários:

  1. Já vai tarde.
    Mas não deixa de ser interessante o fato de que o Golf fica, e o Focus vai.

    O Golf atual terá vida longa no Brasil por conta da Argentina. O Golf vende quase 500 unidades por mês na Argentina, um mercado que é 4 vezes menor que o Brasileiro. Corresponde a 1.600 a 2000 unidades por mês no Brasil.

    Então o Golf brasileiro será direcionado à Argentina. Detalhes, a Argentina, em crise, compra 500 unidades do Golf por mês. Se sair da crise, tende a ir para 700. O Golf pode muito bem subir a 600 ou 700 no Brasil, e aí ele é totalmente viável. Um carro nacionalizado, com motor 200 TSI, paga menos impostos.

    Tem grande futuro no Brasil, mas ficaremos com o Mk7. E será vendido no Brasil e na Argentina e em outros mercados da América do Sul, talvez até no próprio México.

    Então, o Golf produzido no Brasil passará a ser vendido na Argentina.

    De mais a mais, Golf é o hatch médio mais vendido do planeta.

    https://www.car.blog.br/2018/06/vw-polo-na-lista-dos-10-carros-mais.html


    O Golf vende 6.000 unidades a cada 2 dias, 5 horas, 7 minutos e 48 segundos.

    Veja, passam-se 2 dias, 5 horas, 7 minutos e 48 segundos, e novos 6000 Golf são vendidos no mundo.

    Qual outro carro faz isso? Nenhum.

    O Golf é um carro premium com preços de revisão de generalista. em média 250 reais por reevisão.

    Qual outro carro premium é tão barato de manter? Nenhum.

    O Golf é o carro de mais identidade no planeta. Vc avista um e já sabe que é um Golf.

    Golf: muitas vezes imitado, jamais igualado. E por isso tem tantos admiradores, fãs no mundo inteiro.

    E ainda bem que ele é relativamente caro, pois aí seleciona os compradores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outra pérola “500 unidades correspondem a 2000”. Então por essa “análise”, vale a pena montar uma fábrica na Islândia para vender 50 carros por mês, pois a população lá é de 300000 pessoas. E muita estupidez dita por uma pessoa só

      Excluir
    2. Para, Carlos. Eu tenho um Golf e prefiro a VW mas o Focus, fora câmbio, é um ótimo carro. Isso é triste pq é o fim de uma categoria das melhores pra quem gosta de dirigir.

      Excluir
    3. Só fica o Golf, que voce tenta comprar e não consegue. Não faltam relatos de pessoas aqui no Forum que são fans do carro e que simplesmente não conseguem compra-lo.

      Excluir
    4. A mesma "ladainha" como no universo em o 2° colocado saiu de linha... O terceiro vai ter vida longa?

      Excluir
    5. Só falta o Golf se valorizar mais ainda por estar em um mercado sem concorrentes

      Excluir
    6. ventas en septiembre 2018 (argentina) Volkswagen GOLF 278

      https://autoblog.com.ar/2018/10/01/asi-fueron-las-ventas-en-septiembre-2018/

      Excluir
    7. Primeiramente, na Argentina, é vendido , em média, 60 a 70 mil unidades ao mês, e no Brasil, enquanto no Brasil, com exceção do mês de agosto, tem se uma vendas de 190 à 220 mil unidades, logo o mercado argentino não é quatro vezes menor e sim três
      Segundo ponto: não interessa se o marketshare de um modelo não é tão ruim no país se as vendas continuam pífias , 500 unidades na Argentina continuam sendo 500 unidades

      Excluir
    8. nunca vi tanto relincho e desculpa esfarrapada.... manter uma fabrica aqui para exportar 500 unidades e vender menos de 200 localmente é prejuizo na certa..... com uma situacao melhor.. ela deixou de fabricar golf aqui no passado... aqui logo mais... ano q vem será o ano de despedida do golf aqui no brasil tbem.... quem viver verá!

      Excluir
    9. Se o mercado argentino salvasse a produção de algo no Brasil, o Focus permaneceria em linha, pois vende muito mais que o Golf por lá!

      Excluir
  2. Triste notícia, vou lá chorar com o meu hoje! É um ótimo carro e a nova geração ficou espetacular. O segmento é de carros bons, mas um SUV compacto custa menos pra fazer e é vendido mais caro, não faz sentido pras montadoras continuarem. É o caminho também para o Golf, o Cruze Sport, o 308 e por aí vai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente mesmo. A cereja do bolo é o câmbio Powershift.

      MAs pode ficar tranquila que o Golf terá vida longa no Brasil.

      O Golf atual terá vida longa no Brasil por conta da Argentina. O Golf vende quase 500 unidades por mês na Argentina, um mercado que é 4 vezes menor que o Brasileiro. Corresponde a 1.600 a 2000 unidades por mês no Brasil.

      Então o Golf brasileiro será direcionado à Argentina. Detalhes, a Argentina, em crise, compra 500 unidades do Golf por mês. Se sair da crise, tende a ir para 700. O Golf pode muito bem subir a 600 ou 700 no Brasil, e aí ele é totalmente viável. Um carro nacionalizado, com motor 200 TSI, paga menos impostos.

      Tem grande futuro no Brasil, mas ficaremos com o Mk7. E será vendido no Brasil e na Argentina e em outros mercados da América do Sul, talvez até no próprio México.

      Então, o Golf produzido no Brasil passará a ser vendido na Argentina.

      De mais a mais, Golf é o hatch médio mais vendido do planeta.

      https://www.car.blog.br/2018/06/vw-polo-na-lista-dos-10-carros-mais.html


      O Golf vende 6.000 unidades a cada 2 dias, 5 horas, 7 minutos e 48 segundos.

      Veja, passam-se 2 dias, 5 horas, 7 minutos e 48 segundos, e novos 6000 Golf são vendidos no mundo.

      Qual outro carro faz isso? Nenhum.

      O Golf é um carro premium com preços de revisão de generalista. em média 250 reais por reevisão.

      Qual outro carro premium é tão barato de manter? Nenhum.

      O Golf é o carro de mais identidade no planeta. Vc avista um e já sabe que é um Golf.

      Golf: muitas vezes imitado, jamais igualado. E por isso tem tantos admiradores, fãs no mundo inteiro.

      E ainda bem que ele é relativamente caro, pois aí seleciona os compradores.

      Excluir
    2. Quem reforça o argumento enfraquece a causa.

      Excluir
    3. Esse cara parece um papagaio! Eu tenho um Focus Titanium Powershift e nunca tive problemas! E a garantia do meu carro foi estendida para cinco anos apenas por precaução da Ford. Quanto ao seu amado Golf (VW mandou dizer que não te conhece), eu fui vê-lo pra comprar o Focus, não sou um mané qualquer que não entende de carro e muito menos fanboy da Ford, apenas comprei o melhor produto e que me atendia melhor no momento.

      Excluir
    4. Rapaz acho que o golf não morrerá, só será (está sendo) reposicionado para ser ainda mais exclusivo... Veja bem, mesmo com toda competência do novo polo e da bela engenharia do up, o gol não morreu... Aliás, pelo menos no Brasil, se viesse uma nova versão agora para o gol, que trouxesse um design inovador (claro, dentro da identidade da marca), com dimensões compactas entre o up e o polo... Poderiam emplacar outro gol best seller, pois os concorrentes já estão com um tempinho e novidade boa sempre é bom! (Se é que já não estão planejando).. #campanhavemnovogol

      Excluir
  3. Espera só o TCross começar as vendas aí vamos ver para onde vão as vendas do golf também...

    ResponderExcluir
  4. Quando você olha o interior desse Focus e compara com o do Golf Highline vê que a diferença é abissal até no acabamento. O interior do Highline é realmente um luxo. Isso sem contar que o Golf é mais seguro, possui o belo motor 1.4TSI,...

    ResponderExcluir
  5. Só um imbecil como o Carlota 4 patas lavador de carros de CCS VW pra ficar feliz com uma notícia dessas.
    Qto menos concorrência, pior pra todos os consumidores, pouco importando se o Focus era melhor ou pior que Golf, Cruze, etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele deve sentir falta dos anos 80, que não tinha concorrencia e podiamos ver as ruas lotadas de Fuscas e Brasilias, ou ate mesmo o novissimo Gol.

      Excluir
  6. Tive um focus 2012 por 5 anos. Carro excelente e deixou muita saudade (nunca queimou uma lampada. Só preventiva). Dirigibilidade fora de serie, motor duratec excelente e ainda por cima economico (mais q o argo 1.8 por ex, sendo esse com varios artificios para salvar combustivel).

    Tomara que ano que vem consiga pegar um de ultima fornada com preco bom. É uma pena que logo os medios tendem a morrer.

    ResponderExcluir
  7. já tive um. era um excelente carro, mas faz tempo que não empolga mais....

    ResponderExcluir
  8. Uma pena. Melhor hatch médio do mercado.

    ResponderExcluir
  9. Uma pena, principalmente que isso é revertido em menos empregos, mas o powershift deu uma bela queimada no carro, assim como o dsg7 caixa seca.

    ResponderExcluir
  10. Esse segmento esta morrendo no brasil, se o que mais vende vai embora imagina o que vai ser dos hatchs medios no futuro...mas ainda vao ter opçoes boas no segmento volvo V40 mercedes A 200 cruze....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. essa nova geracao nunca liderou as vendas de fato...... foi um carro bom na geracao passada, mas essa ultima a ford só fez lambança até matar ele de vez!

      Excluir
  11. O que queimou o focus foi o cambio powershift. Se tivessem colocado um cambio automatico aisin talvez estivesse vendendo bem até hoje.

    ResponderExcluir
  12. O que queimou o Focus não foi apenas o câmbio Powershift. Essa porcaria desse câmbio é só a cereja do bolo em um projeto completamente mal feito, que resultou em um carro pusilânime.

    Muito antes de vir à tona a boquetagem do câmbio, já ficou claro que o Focus III era pior que o Focus II. Era baseado na plataforma do II, mas mais pesado, maior e com menos espaço interno. O Carro é muito maior que o Golf, e com muito menos espaço interno.


    Mecanicamente era um desastre. Uma suspensão multilink na traseira, e mesmo assim era superadno por larga margem por Golf de eixo de torção. Um Golf 1.0 TSI com eixo de torção enrabou um Focus 2.0 Multilink no Acelerados.

    O interior era outra coisa ridícula, rebuscado e mal acabado. O Focus feito na Argentina era uma boquetagem só em todos os sentidos.

    O câmbio Powershift é apenas um emblema dessa boquetagem que é esse carro, e, de mais a mais, de todos os carros da Ford do Brasil, que, hoje, spobrevive de vendas de Ka para locadoras e mais nada.

    Já vai tarde e não deixará saudades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em relação a impressão sobre os carros. Isso que você disse do espaço interno realmente é estranho... Carro bem robusto (na boa o carro é lindo), mas dentro da impressão de aperto... Vai entender...

      Já o Ka só engana... Não é nada de pequeno por fora e o espaço interno é bom... Mas claro não deixa de ser compacto...

      O pólo é muito bom também,com o preço que é pedido por ele seria praticamente imbatível, mas... Como você disse, ele é um médio.Pode não parecer mas há que queira na verdade um compacto mesmo. E aí que gostaria muito de ver um novo gol.. tipo podia ser a geração anterior do polo na europa... Que carro lindo!.. daria um excelente compacto aqui!!

      Excluir
  13. O segmento não ficará desguarnecido graças à VW, que o ressuscitou. O Polo é um hatch médio e é o 4 carro mais vendido do Brasil. E ainda há o Golf, infinitamente mais competente, que terá sua produção ampliada para atender Brasil, Argentina e México e outros países da América Latina. Isso porque o Golf deixará de ser produzido no México.

    Então o Golf tem um futuro brilhante no Brasil. A VW Investiu nele, colocou um motor 1.0 TSI com câmbio automático. Só isso garante sua sobrevivência, pois essa combinação o torna praticamente imbatível em custo.

    Então, o segmento de hatchs médios hoje é da VW, com Polo e Golf.

    As moças não precisam ficar irritadas, isso são fatos. O Golf continua, e tem futuro próspero. E o Focus acabou. Isso são fatos.

    O resto é relicho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. golf e polo como médios. Cruze, focus e etc como hatches grandes! segmentos distintos segundo o proprio inmetro! sem relinchos.. apenas fatos

      Excluir
  14. kkkkkk, eu me divirto quando um cara que dia que os outros "relincham" fala besteiras o tempo todo! É muito engraçado. Quando a VW confirmar a morte do Golf no Brasil em breve a gente conversa melhor, ok?

    ResponderExcluir
  15. Toyota lança no corola sedan e hatch ai veremos se não tem mercado para hatch médios...

    ResponderExcluir
  16. Não da pra entender a FORD DO BRASIL!!!.depois de matar o NEWFIESTA agora ferra o consumidor brasileiro retirando de linha o FOCUS!!!vão vender KA por 70000reais???quem for inteligente espera as queimas de estoque no final de ano e leva um top de linha pra casa!!!tá na hora do brasileiro boicotar a FORD BRASIL!!!!.

    ResponderExcluir
  17. É nisso que dá, querer fazer câmbio automatizado sem saber.
    Quem sabe fazer câmbio automatizado, e está na vanguarda das demais tecnologias automotivas, são os alemães, mormente o grupo VW.

    ResponderExcluir
  18. Já saiu o Fluence, agora o focus, cada vez mais os carros japoneses vão continuar a praticar preços absurdos pela falta de concorrência

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.