Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Toro obtém 4 estrelas em crash test - Latin NCAP

Categorias: , , , 57 Comentários

A segunda série de resultados do ano 2018 do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, Latin NCAP, foi apresentada hoje trazendo a Toro, picape da Fiat, com quatro estrelas para a proteção dos ocupantes adultos e crianças.

Fiat Toro

O Fiat Toro, lançado em 2016 e produzida no Brasil, conseguiu quatro estrelas para a Proteção do Ocupante Adulto e quatro estrelas para a Proteção do Ocupante Infantil. Nos testes de impacto frontal e lateral, o Toro ofereceu boa proteção para as cabeças dos adultos, proteção adequada e marginal para os peitos, no impacto frontal e lateral respectivamente, com o equipamento mais básico de segurança de dois airbags frontais e Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC).



Esse bom desempenho e o do ESC, ambos requisitos do Latin NCAP, garantem as quatro estrelas para a proteção do ocupante adulto. O Toro possui ancoragens ISOFIX como equipamento padrão que, somado à proteção proporcionada nos testes de batida frontal e lateral para os dois ocupantes crianças, acrescentada a máxima pontuação em instalação do SRI, fizeram que o modelo conseguisse quatro estrelas para a proteção do ocupante infantil. O modelo também inclui, como equipamento padrão, um sistema de desconexão de airbags, caso seja necessário instalar um Sistema de Retenção Infantil orientado para trás no banco da frente.

Fiat Toro

O Latin NCAP também avaliou a versão de seis airbags (opcional) do Toro no impacto de poste, comprovando que proporciona a proteção suficiente para cumprir com os requisitos do Latin NCAP, apresentando boa proteção para quase odas as partes do corpo.

57 comentários:

  1. Olha ai a qualidade fiat, eu acho que o carlota não vai dormir hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Amarok se for pro latincap leva 5 estrelas fácil fácil.

      Excluir
    2. Onde que 4 estrelas é qualidade? Qualidade é 5 estrelas e só. E essa coisa aí custa mais de 100 mil.

      Excluir
    3. 4 estrelas para um carro que custa mais de 100000 reais não é qualidade não. O Kwid custa 30000 e teve 3 estrelas...

      Excluir
    4. acho que referente à pickup temos uma referencia no momento.
      A VW tem condições de deixar ela no chinelo melhorando os pontos falhos que ao meu ver são:
      1) painel vergonhoso para o valor só melhorar um pouco sei que não será o painel do Golf, mas cabe uma melhora em termos de materiais
      2) multimídia descente, isso a VW já tem só aplicar.
      3) motor de entrada com consumo / rendimento aceitável
      4) sensor de estacionamento frontal ( para um carro desse tamanho esse tipo de tecnologia nunca é demais ).

      Se a VW fizer uma Toro com essas melhorias e preço condizente ( aí que mora o perigo ) acredito que teríamos o verdadeiro Best Seller em questões de Pick up.

      Lembrando que hoje a Toro sem dúvida é a referencia nesse segmento ( ainda pouco explorado mas que vem roubando muitas vendas ).

      Excluir
    5. A VW desenvolveu a Amarok com tecnologia própria,não fez igual a Fiat que pega picape de outra montadora,muda nome e emblema,A toro não é picape média e compara ela com s10 e Amarok pra ver a vergonha que ela passa.

      Excluir
    6. Qual marca a Toro é cópia? Não está se referindo a Renault está?
      Só a ideia é a mesma.
      Sou fã da VW ( tenho um GTI e uma Cross ) mas não enxergar as qualidades da Toro é fanatismo demais...
      A Fiat acertou em cheio, a Amarok, S10 e companhia não são práticas para o dia a dia.

      Outras marcas, inclusive a VW devem acompanhar essa ideia pois ficou comprovada que é uma "necessidade" do momento.

      Excluir
    7. Qualidade Fiat mesmo, 4 estrelado num carro de 100k. O que vai sobrar pro Argo? kkkkkkkkkkkkk Fiat é uma piada

      Excluir
    8. Qualidade Fiat é quando se precisa fazer um carro desse tamanho pesar 2 toneladas pra alcançar 4 estrelas no NCAP.

      Qualidade Fiat é ter NENHUM carro na lista de 100 mais vendidos no mundo.

      Realmente, invejável.

      Excluir
    9. Acertou tão em cheio que a Toro 1.8 toma pau até Up mpi,não falei que a Toro é uma cópia,mas a Fullback é uma l200 com emblemas da Fiat,a Toro é uma picape de shopping,não é picape pra trambalhar como a Amarok,S10 e Hilux.

      Excluir
    10. Mas qual o problema em existir uma pickup de shopping?
      E ademais, meu trabalho me exige uma pickup, mas não levo peso, porém levo volume. A Saveiro Cross me ajuda nesse quesito, não é uma pickup de trabalho, mas me ajuda a trabalhar.

      Esse argumento de pickup de trabalho é coisa de Agroboy, é bem tosco na verdade.
      Eu sou fã da VW como você, mas cara....qual é o problema de aceitar que a Fiat acertou nesse lançamento? Foi um bom lançamento para o Brasil tanto que é uma das mais vendidas.
      Você já dirigiu a Amarok em um centro urbano? Acho que não...Aquilo é um trambolho não é comodo para o dia a dia.
      A toro é menos trambolho que a Amarok, porém maior que a Saveiro.
      Porém leva mais carga que a Saveiro...

      E com minha pickup eu não fico apostando corrida, isso eu deixo pro meu GTI mesmo...
      Pickup é pra trabalho seja ele leve ou pesado.
      Quem compra para andar no Shopping pagou...usa como quiser.

      Excluir
    11. Duvido a VW fazer um carro cujo o apelo visual supere o da Toro... Vai fazer uma mini Amarok ou um Saveirão com aquele design sem graça e interior em sofisticado plástico duro!

      Excluir
    12. Desde quando a toro é bonita?a Fiat acertou tanto na toro que botou um motor da década de 90 nela e outro diesel que uma porrada desses motores foi pro saco

      Excluir
    13. o problema é que suas opiniões não são parciais.
      Ou você nunca teve um VW mas os ama.
      Eu tenho uma Saveiro Cross ( motor MSI 1.6 16v ), um motor dito como muito moderno, mas eu acho um lixo. Tem um consumo de óleo absurdo ( já está com 30 mil km ) o óleo baixa em média 1 litro por mês.
      A VW diz que é normal, normal?! Faça me o favor...

      A fiat realmente não dimensionou bem o motor flex para Toro, o desempenho é sofrível, mas vende e é aceito.
      O motor a Diesel foi pro saco tanto quanto os motores MSI da VW que vão pro saco por falta de óleo.

      Dá uma pesquisadinha aí na net, sei que você é louco de paixão pela VW mas tente ser menor imparcial.
      Grato, abraço!

      Excluir
    14. Luiz Guilherme Saldanha, este post é somente para parabeniza-lo por suas opiniões. Eu não gosto dos carros da VW, em geral, e não acho a Fiat Toro um bom carro. Mas eu vejo que você gosta de carros e não de marcas, coisa rara neste blog. Parabéns.

      Excluir
  2. Se eu li direito o texto diz que a Toro básica tirou 4 estrelas e a Toro com seis air bags?? Quantas estrelas ??

    ResponderExcluir
  3. Os testes do LatinCap utilizam sempre a versão de entrada e equipamentos de série para evitar selar segurança num modelo onde só se tem segurança pagando pelo modelo mais caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então explica pq o polo de entrada tem 5 estrelas. Sendo que o próprio latin ncap diz que carros sem esp se limitam a 3 estrelas ?

      Excluir
    2. Acho que não, Cláudio.
      O novo protocolo do LatinNcap não especifica, e nunca especificou, que os testes tenham, obrigatoriamente, que serem feitos nas versões de entrada, seguindo os normativos no Ncap.
      O up brasileiro foi testado, na versão highup, a mais completa á época, assim como o HR-V, o Corolla, etc..
      Podem ser versões com ou sem ESP.

      Excluir
    3. A questão é que para tirar 5 estrelas, a versão mais vendida tem ter ESP e Airg Bag lateral de série. Precisa ver qual a mais vendida. No Polo é de longe a TSi.

      Excluir
    4. Eu perguntei isso ao LatinNcap quando testaram o Polo e me responderam que o protocolo pede que o ESP seja ao menos oferecido em todas as versões e que a versão cedida pra testes pela VW tinha ESP. No relatório inicial de testes eles cometeram um erro ao citar que o Polo tinha airbag de cortina. Acho esses protocolos e critérios do LatinNcap meio complicados de entender e isso prejudica a credibilidade deles, ainda mais com testes feitos na Alemanha...

      Excluir
    5. Chega de relinchos, vamos aos fatos.

      Para ter 5 estrelas, o carro deve oferecer desde a versão de acesso, controle eletrônico de estabilidade e de tração. Tem que ser aprovado em teste de impacto frontal e lateral.
      O Polo tem controle de estabilidade e de tração como opcional de R$ 1000 reais na versão de acesso. Por isso ele é 10 estrelas.

      Carro que não tem ESP na versão de acesso não é 5 estrelas. O Polo tem. Fim de pago.

      Isso é fato. O resto é relincho.

      Excluir
    6. 10 estrelas, esse carlosvittar kkkk

      Excluir
    7. O Polo basico nao tem ESC. O Latin NCap testou um Polo com Esc numa abertura do Protocolo onde a montadora compromete se a equipar toda linha Polo num prazo de até 2 anos da data do teste. Foi isso que aconteceu. O resto é bla bla bla.

      Excluir
    8. Nada a ver. O ESC não precisa ser item de série em todas as versões, nbasta que esteja disponível em todas as versões. E o ESC está disponível por uma quantia módica no Polo Básico MPI.

      Excluir
    9. Para o Latin NCAP considerar o ESC, basta estar disponível na versão mais vendida, ou equipar a versão mais vendida em até 2 anos após o teste. Por exemplo: a versão mais vendida do Polo é a Highline, e a mesma tem ESC de série, então é considerado.

      Está no protocolo deles, disponível no site, de graça, é só ler.

      Excluir
    10. Pois é, melhor é o consumidor que compra versão básica achando que é 5 estrelas e não ser...

      Excluir
  4. A caçamba leva um pouquinho mais que uma carriola ! kkk

    ResponderExcluir
  5. Agora vai começar choro, mimimi, isso e aquilo para tentarem desmerecer o carro, podem aguardar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois da Fiat encher a estrutura de reforços fazendo uma "picape" desse tamanho pesar quase 2 toneladas, conseguem 4 estrelas.

      Realmente é uma marca a se comemorar para a engenharia da Fiat.

      Talvez daqui uns 20 anos cheguem ao nível de uma MQB

      Excluir
  6. O que foi que faltou para tirar as 5 estrelas do teste?

    ResponderExcluir
  7. Se a Toro tirou 4 o Argo recebe no máximo 3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou talvez 1 estrela que nem a mobilete

      Excluir
    2. Pros palpiteiros vai tirar 1.
      Pros engenheiros, deve tirar 4.
      Tem mané demais sem conhecimento pra palpitar!

      Excluir
    3. Tiburcio, mostre os cálculos estruturais ai para os palpiteiros!

      Excluir
    4. "SE" significa condição, hipótese, probabilidade, aposta. Nessa construção gramatical, vale de 0 (mínimo) a 5 (máximo). Conhecendo o histórico da Fiat, a probabilidade é de no máximo 3.

      Excluir
  8. 8 estrelas já é bom. Os airbags laterais fazem diferença pelo jeito.

    ResponderExcluir
  9. Corrige a chamada ai. Foram 8 estrelas para a versão básica , e a completa com certeza tiraria as 10.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprar a básica para sofrer com o consumo e desempenho péssimo, e ainda ter de brinde menos segurança... Já passou da hora dos controles de estabilidade e tração serem obrigatórios e deixarem de ser opcionais de luxo custando uma fortuna...

      Excluir
  10. Na minha opinião se todos respeitasse as leis de trânsito nem precisaria destes teste, se um carro bater a 200 Km/h o veículo pode ter 1.0000 estrelas que não adianta de nada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É nesse parâmetro que o ncap se baseia. A 120 por hora quando em um risco vc pisa no freio e o carro normalmente bate em torno de 70 ou 60 a mesma velocidade nos testes. Existem testes a maiores velocidades mas acima de 100km não resta muito coisa

      Excluir
    2. Claro, segue acreditando que um impacto a 60km/h numa árvore não pode matar. Cada ignorância que temos que ler...

      Excluir
    3. Neto, pegue um Fusca 1974 e um Up! e bata num poste a 60km/h e me diga se só seguir a lei é suficiente.

      Alex - os testes servem para aumentar a probabilidade de vc sair vivo nessa situação.

      Vcs podem até dar opiniões, mas por favor, opinem com algum respaldo técnico/científico, pelo amor de deus...

      Excluir
    4. A 100 km/h, morrem todos em todos os modelos. Contudo, morrer a 50km/h podendo ser evitado, é muito ruim.

      Excluir
    5. Um F1 bate a 200 km.h e o piloto sai andando. Com tecnlogia e dinheiro quase tudo é possivel por isso a plataforma MQB é mais segura que a concorrência. Foi mostrado aqui...a VWAG já testa plataformas a 100 km.h. Só questão de tempo.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.