Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda WR-V: avaliação em trilha off-road leve - vídeo

Categorias: , , , 48 Comentários

O Honda WR-V é o SUV de acesso da Honda do Brasil, e também um dos SUV´s com transmissão automática mais acessíveis do mercado brasileiro. Neste artigo relatamos nossa experiência em um off-road leve com um exemplar do modelo, versão EXL, com 17.400 Km rodados, emprestado pela Honda do Brasil.

Honda WR-V 2018

O Honda WR-V é classificado oficialmente como "SUV" pelo INMETRO, pois conta com características para tal, como a altura livre do solo de 20,7 cm, e os ângulos de ataque e saída de 21º e 33º, respectivamente. No vídeo a seguir nos mostramos como ele se sai em uma trilha leve.



O WR-V mostrado nestas imagens tem preço de R$ 84.500 reais, pois é um exemplar da versão topo, EXL, com pintura metálica. Ele conta com seis airbags, direção com assistência elétrica, sistema de informação e entretenimento com navegação por GPS integrado e câmera de ré, vidros e travas elétricas, piloto automático, e sistema de rebatimento dos bancos modular - que permite ampliar ainda mais o já bom espaço do porta-malas de 363 litros.

Honda WR-V 2018 - interior - painel

O sistema multimídia funciona bem, mas falta o recurso de espalhamento de tela para rodar Android Auto ou Apple CarpLay presente no Honda FIT EXL (veja aqui).

Honda WR-V 2018

Sente-se a ausência também do ar-condicionado digital, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, faróis de LED, controle eletrônico de estabilidade e tração - todos esses itens presentes no FIT topo de gama, que custa R$ 81 mil reais.

Honda WR-V 2018

Entretanto, o WR-V leva uma grande vantagem sobre o FIT quando se trata de encarar vias de baixa qualidade e até uma trilha off-road leve, como a que mostramos no vídeo. Nessas situações, os 21 cm de altura livre do solo, a suspensão elevada em 5 cm, os batentes hidráulicos mostram sua eficácia - já que o WR-V encara esse tipo de piso com enorme desenvoltura, superando irregularidades sem raspar o assoalho ou chegado ao fim de curso de suspensão.

Honda WR-V 2018 - interior

Ademais, o ajuste de suspensão tipicamente firme usado nos carros da Honda, neste caso está um pouco suavizado, mais macio - medida necessária para encarar as vias de baixa qualidade observadas no Brasil.

Honda WR-V 2018 - interior

O motor é o mesmo do Fit, o 1.5 flex com 115 cv e 15,2 kgfm com gasolina ou 116 cv e 15,3 kgfm de torque com etanol, associado sempre com câmbio automático CVT. Essa transmissão recebeu ajustes para específicos para o WR-V.

Honda WR-V 2018

O consumo do Honda WR-V, segundo o INMETRO, é de 8,2 km/l na cidade e de 8,7 km/l na estrada com etanol. Com gasolina, os números são 11,7 km/l e 12,4 km/l, respectivamente – ele bebe cerca de 8% a mais que o Fit.

Honda WR-V 2018

Esse conjunto powertrain empurra o SUV de 1.123 Kg com competência. A performance não é esportiva (0 a 100 km/h em 12,2 segundos - velocidade máxima de 168 Km/h), mas atende perfeitamente a proposta do carro. Ele é ágil em cidade e em estrada, e caso haja demanda por agilidade adicional, basta selecionar a posição "S" da transmissão, que o carro fica mais esperto (algo que não sentimos necessidade).

Design

O WR-V tem um visual aventureiro, bem diferenciado em relação ao FIT, com nova frente, traseira totalmente nova e, na lateral, elementos de proteção nas caixas de roda e nas soleiras. O aspecto geral é mais agradável ao vivo do que em fotos.

Honda WR-V 2018

Contribui para a melhoria estética as rodas de 16 polegadas com novos pneus de medida 195/60. Em termos dimensionais, ele mede 4 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,6 m de altura, com 2,55 m de entre-eixos - 2 cm mais que o Fit.

Honda WR-V 2018 - interior

No interior, observa-se um acabamento bem montado, mas com materiais simples. Chamou a atenção o fato de ser um carro usado por muitos jornalistas em condições em muitos casos adversas, e mesmo assim ele se mostrar íntegro, silencioso, e sem qualquer ruído de peças soltas - algo que corrobora com a impressão de excelência na qualidade de montagem.

Honda WR-V 2018 - espaço traseiro

Os bancos são amplos, e o do motorista pode ser ajustado em altura do assento. Some-se as regulagens de altura e profundidade do volante, e temos um carro que oferece excelente posição de direção para uma ampla gama de biotipos.

Conclusão

O Honda WR-V é um carro prático e muito versátil graças à sua suspensão elevava e preparada para enfrentar vias de terra, ou asfalto esburacado e de baixa qualidade. É um carro muito leve e fácil de ser conduzido, com muito espaço para passageiros e bagagens.

Honda WR-V 2018

Sendo, junto com o EcoSport SE 1.5 AT, o SUV automático mais acessível do mercado brasileiro, é uma opção interessante para quem precisa de um carro robusto para circular sem preocupações pelo piso lunar da maioria das cidades brasileiras.

48 comentários:

  1. É interessante esse WR-V, mas o Fox Extreme tem relação custo x benefício bem superior.

    O Fox Extreme tem suspensão elevada também, e o acabamento interior é melhor. O Fox tem multimídia com espalhamento de tela.

    O motor do Fox tem mais torque, e ele custa R$ 20 mil a menos.

    Então, Fox Extremente é melhor opção que esse SUV nutella aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ox tá fora de linha, esse não. Só isso basta.

      Excluir
    2. Kkkkkkkkkkk o wr-v é uma porcaria,mas o sujeito falar q fox tem acabamento melhor é pra acabar!

      Excluir
    3. O Fox Extreme está em linha, vivo e operante:

      https://www.car.blog.br/2017/09/volkswagen-fox-2018-connect-e-extreme.html

      CUsta R$ 20 mil a menos que o WR_V, e tem suspensão preparada, multimídia com Apple CarPlay e Android Auto, volante muito mais bonito, painel mais agradável.

      O Fox tem porta-malas de até 257 litros. Motor tem mais torque.

      O acabamento do Polo interna e externamente é superior. Quem não sabe avaliar acabamento, deveira evitar comentar, para não relinchar.

      Excluir
    4. Fox também é boqueta igual a esse WR-V. VW também ter porcarias.

      Excluir
    5. O acabamento do FOX é ruim d+, tem que ser péssimo para ser pior...

      Excluir
    6. Honda CrossFit (Wesley-RV) por 85.000,00 reais com motor 1.5 sem controle de estabilidade, ar condicionado analogico, bancos em tecido e freios a tambor o símbolo máximo do deboche da Honda com o brasileiro.

      Excluir
    7. Fox é um compacto apertado internamente ( espaço traseiro)
      Porta malas menor enfim não é concorrente além de n ter câmbio automático.

      Excluir
    8. crossfox é mais nutella que isso? nao?
      só comparar o preco de um fox e o fox com ornamentos.....

      Excluir
  2. Se pararmos pra analisar o mercado deveria produzir somente suv e picape no BR ja q o nosso maravilho asfalto beira a perfeição.lembra muito a lua ! #reflexão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moço, melhor não, pois se isso acontecer, eles fariam vários carros do tipo KWID o SUV dos COMPACTOS :(

      Excluir
    2. Kkkkkkkkk fui ironico,mas suv dos compactos é escroto

      Excluir
  3. Se for resumir bem, esse provavelmente é um dos melhores carros à venda no Brasil hoje.
    Digo isso pois é um projeto brasileiro, adaptado às nossas ruas e necessidades.
    Alto (valetas, lombadas e buracos);
    Automático (trânsito e gosto do consumidor BR);
    Econômico (gasolina a 4 reais);
    Robusto (alto custo de manutenção, peças no BR);
    Bom de revenda (ajuda a amenizar o preço caro de veículos no BR);
    Versátil e espaçoso (5 ocupantes com modularidade de bancos).
    Em suma, não existe carro melhor* que esse no mercado hoje para uma família pequena comum (2 adultos e 2 filhos).
    __
    *melhor do ponto de vista da praticidade, adequabilidade e racionalidade de uso.

    ResponderExcluir
  4. Quem é louco pra comprar uma joça dessas?
    UP é melhor, tem acabamento melhor, torque melhor, espaço interno maior, suspensão melhor, volante muito mais bonito, ou seja, vá de UP.

    Vá até de Gol, Gol da de 10 a zero nesse carro, Gol é melhor em tudo.

    Santana, até esse que já saiu de linha é melhor que esse carro boqueta.

    Não comprarei, não testarei, não indicarei.

    :)

    ResponderExcluir
  5. Quem adquire esse veículo, pelo valor atualmente praticado, beira a insanidade. Mecânica absurdamente defasada, arcaica e completamente obsoleta. Acabamento boquetíssimo. Desempenho sofrível. Além do design de EXTREMO mal gosto, sem sombra de dúvidas um dos lançamentos mais horrendos dos últimos tempos, concorre seriamente o concurso de feiura com Etios, KWID, Mobi, Argo, etc...

    ResponderExcluir
  6. Outro dia estava saindo de casa e parei atrás de um WR-V no sinal.
    Fui obrigado e ficar olhando pra traseira desse carro por uns 40 segundos e isso acabou estragando o meu dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk, já aconteceu isso comigo, comecei o tratamento essa semana.

      Excluir
  7. Essa traseira, é coincidência com a cara do JASPION ou foi intencional mesmo ???

    ResponderExcluir
  8. Um Toyota etios é mais bonito que esse WR-V

    ResponderExcluir
  9. Esse aí é tão SUV quanto o Kwid...

    ResponderExcluir
  10. Honda CrossFit. Gambiarra ridícula.

    ResponderExcluir
  11. Honda CrossFit (Wesley-RV) por 85.000,00 reais com motor 1.5 sem controle de estabilidade, ar condicionado analogico, bancos em tecido e freios a tambor o símbolo máximo do deboche da Honda com o brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fit anabolizado pior que o original sem ESC, LED, CMM, Ar Digital... Honda sendo Ronda BR, igual a Troyota

      Excluir
  12. Esse tem cara de Fit, orelha de Fit, Coração de Fit, Ombro de Fit, só os olhos que não é de Fit, o resto é um Fit bombadinho.

    ResponderExcluir
  13. Carro horrendo, sempre que passa um do meu lado no trânsito não consigo parar de olhar de tão feio.

    ResponderExcluir
  14. Senhores o acabamento do Fox 2018 está está bom . Hoje fui pegar o polo e enquanto liberavam o carro eu olhei os dois modelos do Fox posso confirmar, muito bom acabamento. Tem gente falando bombagem sem vê perto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm Concordo, se quem tá vendo de perto, tá falando bobagem do mesmo jeito, então quem vê de longe merece desconto.

      Excluir
    2. Desde quando plastico pra todo lado é bom acabamento? Pode ter um aspecto bom sem mts rebarbas e tal,mas esta anos luz se tratando de bom acabamento.

      Excluir
    3. Dentro da categoria dele não deixar desejar e sim bem melhor do seus concorrentes.
      Agora quem são dos contras pode falar.
      E tem mais uma, Tive um Corolla GLI 1.8 2016 que era muito inferior ao acabamento do Fox.

      Excluir
    4. O que posso concluir é que você não teve um Corolla...

      Excluir
    5. Eu tenho um Fox Highline 2016 e posso afirmar que o acabamento é horrível, plástico duro para todo lado, cheio de rebarbas e o carro com 17000 km parece uma escola de samba porque tudo bate. Antes dele tive um Onix, e podem falar o que for, o acabamento era muito superior, e mesmo ficando 2 anos com o carro ele não fazia um barulho de acabamento sequer, e era um LT básico, diferente do Fox que é o top de linha.

      Excluir
    6. anda num fox para vc ver se é bom mesmo... ergonomia, posicao e ruidos........ sem contar a suspensao dura!
      depois nao sabem pq vende pouco.... só fazer TD para tirar a conclusao!

      Excluir
    7. nossa corolla com acabamento pior que fox? é cada folclore que escrevem aqui... corolla com painel e portas emborrachadas... versus plastico por todo lado e tecido de garrafa pet....
      o fanatismo beira a bizarrice por aqui.....

      Excluir
  15. Gostei da reportagem que foi imparcial. Gosto do carro mas acho que a traseira não ficou legal. No entanto, eu pensava que seria mais um sucesso de vendas por ser Honda, SUV, e mais barato que o hrw. Qual não foi minha surpresa ao ver os números de venda do modelo que não refletem o sucesso do irmão maior. Aí eu gostaria de saber a opinião de vocês, se é Honda e SUV porque vende pouco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No começo até q vendeu, mas com a atualização do Fit inclusive com equipamentos de série como controle de tração e ar digital, o WR-V ficou pra trás, principalmente em se tratando do preço alto sem esses opcionais que seriam básicos pelo preço cobrado. Aí a conta não fecha, mas concordo com a reportagem que é um ótimo carro para encarar a buraqueira e trilhas leves de fim de semana sem medo. Mas com esses preços e faltas de opcionais, sem chance.

      Excluir
  16. Imagino que o preço seja similar ao do kicks, e aí o cara confirma que a Honda cobra muito caro.

    ResponderExcluir
  17. O acabamento do Polo interna e externamente é superior. Quem não sabe avaliar acabamento, deveira evitar comentar, para não relinchar.

    Não seria: O acabamento do Polo, "internamente" e externamente, é superior. Quem não sabe avaliar acabamento, deveira evitar comentar (sem vírgula) para não relinchar.

    Tem gente que vive corrigindo erros gramaticais das pessoas, mas esquece que tem "telhado de vidro".

    ResponderExcluir
  18. Honda e sua falta de capacidade de desenhar traseiras de carro... Um horror!

    ResponderExcluir
  19. Além de feio tem motor fraco com desempenho sofrível. Resumindo esse WRV é um lixo e a Honda cobra uma fortuna por ele.

    ResponderExcluir
  20. KKKK resumindo... FIT cheio de plásticos e altura do solo elevada... Quem que compra isso?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.