Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW oficializa fim de linha para Golf 1.6, CC e Fusca - Brasil

Categorias: , , , , 51 Comentários

A Volkswagen do Brasil oficializou o fim de produção do Golf com o motor 1.6 MSI no Brasil, tanto em versão com transmissão manual quanto automática (veja teste de longa duração com esse modelo clicando aqui). Na prática, o carro já estava fora de linha desde fevereiro, quando publicamos o encerramento de produção (veja aqui), e o adiamento da oficialização serviu, provavelmente, para desovar as unidades que ainda estavam em estoque.

VW Golf 1.6 MSI 2017 - fim de produção - Brasil

Outro modelo do Golf que saiu de linha, mas este ainda não oficializado, é a versão Highline 1.4 TSI com transmissão manual, configuração que não pode mais ser nem sequer encomendada.

VW Golf Highline 1.4 TSI Manual - fim de produção - Brasil

Novamente, a oficialização vai demorar um pouco para dar tempo de zerar o estoque de modelos produzidos e ainda não comercializados. Dessa forma, a linha Golf, no momento, fica com o 1.0 TSI com transmissão manual, o 1.4 TSI Highline Automático, e o GTI 2.0 TSI DSG-6.

VW Golf 200 TSI Automático 2018

O movimento já prepara a chegada da linha 2018, provavelmente no começo de 2018, que chega com reestilização, motor 200 TSI de 128 cv na versão Comfortline, associado com transmissão automática de seis marchas. Em entrevista ao Jornal Massa News (que reproduzimos abaixo), do Paraná, o CEO da VW América do Sul, David Powels, confirmou que o Golf continua a ser fabricado no Brasil.



CC e Fusca

O Fusca também saio oficialmente do line-up da VW Brasil, até mesmo porque sua produção no México (de onde vinha importado para o Brasil) se encerra no fim do ano, com a linha dando lugar ao T-ROC, o qual também deverá ser importado para o Brasil a partir do ano que vem (OBS: Fabricação do T-ROC no México e importação para o Brasil ainda sem confirmação oficial).

VW Fusca - fim de linha - Brasil

Além disso, o CC, que na Europa foi sucedido pelo Arteon, também deixa de ser comercializado no Brasil .

VW CC - fim de linha - Brasil

Ainda sem confirmação oficial, o Arteon também poderá ser importado, da Alemanha, a partir de 2018, para se tornar o modelo topo de gama da marca.

51 comentários:

  1. Até que enfim a versão canela, que suja a imagem do golf no Brasil, saiu..
    Ufa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só na cabecinha de idiota que mais opções ofertadas ao consumidor é algo negativo.

      O Golf 1.6 MSI tem 120 cv, enquanto na Europa, especificamente na Alemanha, o Golf começa com um motor 1.0 de 85 cv, com transmissão manual, veja:

      https://www.volkswagen.de/app/konfigurator/vw-de/de/der-golf/30315/38150/trendline?page=engine

      Então, logo se percebe que os macaquitos brasileiros que não tem dinheiro nem para chegar perto de um Golf, ficam relinchando sobre o Golf 1.6 MSI, de 120 cv.

      Veja só que interessante. Na Alemanha, terra do Golf, tem Golf 1.0 de 85 cv, e o carro é o mais vendido da Europa e dos EUA há décadas.

      Evidentemente, o alemão médio, e o europeu médio, é uma pessoa esclarecida, e ela sabe escolher qual o melhor Golf para ela, e acham ótimo ter múltiplas opções de motor.

      No Brasil, porém, há os idiotas, espécimes de baixo QI, que relincham em coro em récua, uma besteira sobre o Golf 1.6 MSI.

      Detalhe: Golf 1.6 MSI que humilhou o Focus 1.6 na Quatro Rodas

      https://quatrorodas.abril.com.br/testes/vw-golf-1-6-x-ford-focus-1-6-classico-mundial/

      Então é um bom carro, o Golf 1.6 MSI.

      A questão é que, ante o 1.0 TSI, ele não faz sentido, pois o 1.0 TSI paga menos imposto, tem mais performance e custa menos. Então, claramente, o GOlf 1.6 MSI deve sair de linha mesmo, por uma questão de racionalidade, já que na gama Golf há opções melhores e mais baratas.

      Entendeu, ou precisa de um desenho?

      Excluir
    2. E tu tem $$$ para passar relinchando sobre tais automóveis???

      Excluir
    3. Que pena! Fim da linha do golf à prova de multas...

      Excluir
    4. Acho que o carlos4 carros não leu a materia da quatros rodas, pq o veredicto é que o focus é melhor que o Golf, não consegui identificar onde o Golf humilha o focus. Obs. (nesta versão).

      Excluir
    5. De onde o Carlos viu a notícia que o Golf é o carro mais vendido nos EUA, antes de sair falando asneira é melhor se informar.

      Excluir
    6. Pior é um cara adulto, pseudo intelectual (o tal) ficar usando palavrinhas de internet, humilhou, macaquitos, espécimes de baixo QI para tentar argumentar seu ponto de vista... kkkk

      Pessoa esclarecida!!

      Excluir
    7. Carlos precisa de tratamento...o Golf nunca foi o carro mais vendido nos USA. Enquanto o Fusca... Ate quem fim carro de filhinos de Papaé criado na California...non merci !

      Excluir
    8. 0 a 100 km/h

      Golf 1.6: 13,6 segundos
      Focus 1.6: 13,8 segundos

      Vencedor: Golf.

      Retomada de 40 a 80 Km/h:

      Golf 1.6: 8,7 s
      Focus 1.6: 8,9 s

      vencedor: Golf

      Frenagem a 120 Km/h:

      Golf 1.6: 61.9
      Focus 1.6: 62.3

      Vencedor: Golf

      Consumo de gasolina

      Golf 1.6: 11,2 (cidade) e 15,6 Km/l (estrada)
      Focus 1.6: 11,1 (cidade) e 15 km/l (estrada)

      Vencedor: Golf


      O que o cara que escreveu a reportagem relincha ou deixa de relinchar, não me interessa. O que interessa são os dados, números e medições. Não preciso de relinchador escrever opinião para eu sair repetindo como papagaio.

      Eu analiso os fatos, os números, e tiro minhas conclusões, e com base nos números, temos que: Golf 1.6 acelera mais, retoma mais rápido, freia melhor e consome menos que o Focus 1.6.

      Quem quiser repetir como papagaio conclusão de mané, fique à vontade. Eu fico com os fatos: Golf anda mais, bebe menos, e freia melhor.

      Excluir
    9. Nossa, vendo os números mostrados a diferença é gritante mesmo.

      Excluir
    10. Diferença menor de 3% nem deveria ser levada em conta. Mas enfim faltou comparar conforto, preço, valor pago nas revisões e seguro, material usado e todo o resto do acabamento

      Excluir
    11. Acho que você "esqueceu" de citar os dados da Ficha Técnica que foram favoráveis ao Focus, caro colega:

      RETOMADA
      de 60 a 100 km/h (4ª marcha):
      Golf 1.6: 13,8 s
      Focus 1.6: 11,8 s

      de 80 a 120 km/h (5ª marcha):
      Golf 1.6: 25,5 s
      Focus 1.6: 18,4 s

      ACELERAÇÃO
      de 0 a 1000 m:
      Golf 1.6: 34,8 s – 150,7 km/h
      Focus 1.6: 34 s – 155 km/h

      RUÍDO INTERNO
      Neutro / RPM máximo:
      Golf: 41,6 / 73,9 dBA
      Focus: 37,2 / 73,3 dBA

      Excluir
    12. RETOMADA
      de 60 a 100 km/h (4ª marcha):
      Golf 1.6: 13,8 s
      Focus 1.6: 11,8 s

      de 80 a 120 km/h (5ª marcha):
      Golf 1.6: 25,5 s
      Focus 1.6: 18,4 s

      ACELERAÇÃO
      de 0 a 1000 m:
      Golf 1.6: 34,8 s – 150,7 km/h
      Focus 1.6: 34 s – 155 km/h


      Mas como tem "jênio" que não entende nada de carro.

      O Golf tem câmbio de 6 marchas, e o Focus 5 marchas. Logo, a 5ª do Focus equivale á 4ª do Golf. E a 4ª do Focus, à 3ª do Golf.

      Basta reduzir para 3ª de 60 a 100 e de 80 a 120 em 4ª que o Golf Humilha o Focus idem.

      O Focus é tão ruim, que o Focus 2.0 com 178 cv foi superado pelo Golf de 125 cv na pista, veja:

      http://www.car.blog.br/2016/12/vw-golf-10-tsi-mais-rapido-que-corolla_16.html

      Excluir
    13. Realmente, o Golf leva a melhor no Super Trunfo.

      Excluir
  2. Desova... Não seria uma ação social da VW?

    KKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este negócio de "ação social" é conversa para boi dormir, he, he!
      É deste tipinho de chorume que não tem mais o quê fazer.
      Empresa tem mais é que procurar o lucro!
      E tenho dito.

      Excluir
  3. Então quer dizer que agora é oficial a vinda do TRoc? Seria bom fazerem uma matéria sobre a situação do troc para o Brasil pois pouco tempo atrás sua vinda estava descartada....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Errado. O que foi descartado há um tempo atrás foi a fabricação do T-ROC no Brasil. Nada se falou se seria ou não importado.

      http://www.car.blog.br/2017/08/volkswwagen-nao-confirma-producao-do-t.html

      Excluir
    2. https://www.google.com.br/amp/revistaautoesporte.globo.com/amp/Noticias/noticia/2017/09/volkswagen-confirma-novo-suv-tharu-para-o-brasil-e-descarta-t-roc.html

      Excluir
  4. Golf highline manual eh gostoso de dirigir, mas o proprio mercado brasileiro "nao permite" mais carro manual nessa faixa de preço.
    Eh comprar e perder dinheiro na revenda, infelizmente. E com os valores atuais pagar mais de 100 mil em um manual tambem fica complicado.
    Da pra contar nos dedos quantos carros manuais sao oferecidos de 70mil pra cima.
    Mas enfim... e o baile que segue.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc Paulo acho que a vw( em minha humilde opinião) poderia ter oferecido uma versão 1.4 tsi para baratear o mesmo, visto que o 2.0tsi se aproximava do preço do golf o que canibalizava o mesmo e um fusca antigo se bem reformado e um belo exemplar a se ter para curtir momentos.

      Excluir
    2. Acho que logo mais o fusca volta como 100% elétrico

      Excluir
  6. Tá aí um bom carro, com o motor que dá conta do recado e deve estar num excelente preço, tanto novo quanto usado.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Que pena que o Fusca saiu de linha e eu não pude comprar o meu, com interior clarinho -- isto, sim! He, he, he, he.

    ResponderExcluir
  9. O proximo a sair de linha é o Fox que só vai até dezembro de 2018, na planta já se comenta de maneira definitiva

    ResponderExcluir
  10. A vw conseguiu acabar com o Golf, lançou um modelo top alemão com opcionais absurdos, ai aumentou o preço e depenou o carro no modelo mexicano, depois tirou o pouco do que sobrou de moderno e lançou o nacional , sem suspensão, sem câmbio , e o preço cada vez maior, e os opcionais absurdos tbm, agora o carro não tem nada, ta empacado nas lojas e a fábrica diz não saber onde errou... pura palhaçada....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vw conseguiu acabar com o Golf, lançou um modelo top alemão com opcionais absurdos, ai aumentou o preço e depenou o carro no modelo mexicano, depois tirou o pouco do que sobrou de moderno e lançou o nacional


      Pronto. Temos um papagaio repetidor de relinchos aqui.

      QI de papagaio repetindo bobagens.

      Parece as moçoilas dizendo "o meu é alemau...." bando de bicha...hahaha

      Vamos aos fatos.

      Quem teve Golf da Alemanha, Mexico e Brasil sabe: tudo a mesma coisa...o resto é mimimii. coisa de bicha mesmo..."ui...ai...ui...tenho alemão...mimimi"..

      Sabe qual a diferença mesmo de golf alemão, para mexicano e brasileiro?

      Que os vindo da Alemanha dão muito mais problema.
      - Cambio DSG com problema? 99% do Alemão. 1% do Mexicano. E zero do brasileiro.
      - Golf GTI que deu problema em turbina: 100% alemão. Zero brasileiro.
      - suspensão traseira barulhenta: 100% de golf alemão. zero brasileiro.;

      Aprendeu agora? Não. Então para de relinchar. Ou vai dar meia hora de bunda que vc ganha mais, manézão.;

      Excluir
    2. E vamos a mais fatos.

      Golf Alemanha - índice elevado de problemas
      Golf México - menor índice de problemas
      Golf nacional - zero problemas

      Como se não bastasse, o Golf brasileiro foi mais rápido e veloz em todos os testes que o alemão. E anda mais e bebe menos, além de oferecer manutenção mais barata.

      Câmbio do Golf brasileiro superior ao Alemão: A caixa AISIN do Golf nacional é superior em tudo ao DSG do alemão, e tanto é assim que é mais cara, como dito pela Schaeffler, que produz as peças do DSG:

      http://www.car.blog.br/2017/09/schaeffler-vende-dsgpowershift-no.html

      A transmissão de Dupla Embreagem a Seco foi desenvolvida pela Schaeffler com o objetivo de combinar as características das transmissões mecânicas e automáticas, como maior conforto, menos consumo de combustível e menor custo, quando comparada a uma transmissão automática.

      O Golf TipTronic nacional tem melhor desempenho em pista que o Golf DSG alemão, veja o Golf/A3 TipTronic enrabando o Golf DSG na písta:

      http://www.car.blog.br/2016/10/audi-a3-sedan-nacional-supera-golf-14.html

      Além disso, Golf DSG tem uma revisão de 2.500 reais a cada 60.000 km, enquanto o câmbio TipTronic dos Golf/A3 nacionais não precisam de manutenção JAMAIS.

      Desempenho e consumo

      http://www.car.blog.br/2016/01/golf-14-tsi-flex-automatico-2016.html

      Como podemos ver acima, o Golf 1.4 TSI TipTronic nacional anda mais, e foi mais econômico que o Golf 1.4 TSI DSG-7 alemão, segundo medições da Quatro Rodas e do INMETRO.

      Então, o sujeito que fala que o Golf alemão é melhor, não não passa de um papagaio repetidor de besteiradas.

      Em resumo: Golf nacional superior em tudo aos importados: zero problemas, anda mais, bebe menos e manutenção mais barata.

      Fatos. O resto é mimimi de bichas.

      Excluir
    3. O que seria "mimi de bicha" seria dizer quem tem uma opção sexual diferente da sua um sujeito com algum problema?? Cada um usa o órgão escretor como quiser vc não tem nada a ver com isso deixa de ser b@b@c@

      Excluir
  11. A VÊ continua com problema de crediludade. Encerrou a produção em fevereiro e anunciou somente agora. O consumidor tem direito a transparencia de informação quando compra um veículo fora de linha.

    ResponderExcluir
  12. Enquanto o brasileiro continuar apaixonado por carros, vamos é continua SEM OPCAO alguma que valha a pena. Pelos comentarios alvoroçados e pitizentos, estamos longe desse feito.

    ResponderExcluir
  13. Enquanto o brasileiro continuar a ser "apaixonado por carro" vamos continuar pagando os tubos por carroças. Pelos comenatarios alvoroçados, estamos longe de começar a pagar preço justo por automoveis.

    ResponderExcluir
  14. CC e Fusca já não constam no site a um bom tempo já. Notícia atrasada.

    ResponderExcluir
  15. Desde quando brasileiro gosta de carro? Brasileiro detesta carro, mecânica ou tecnologia automotiva. Brasileiro gosta é do status atribuído ao carro. De parecer rico, bem sucedido e poderoso e passar essa imagem para os outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumo perfeito. Concordo com todas as suas palavras.

      Excluir
  16. Nada fora do normal . Em qualquer empresa de qualquer tipo de produto, quando a demanda é muito baixa não se sustenta manter a produção. Vendas do golf 1.6 são pífias perto das outras versões, vendas do Fusca menores e do cc tbm. Mesmo justificando a exportação, comomuma empresa Mundial ele deve pensar em logística de aérea de interesse de mercado , assim definem que continuar a produção no Brasil se torna inviável mesmo continuando em outro país.

    ResponderExcluir
  17. Concordo com o amigo AMLADJ: "Tá aí um bom carro, com o motor que dá conta do recado e deve estar num excelente preço, tanto novo quanto usado."
    Carro perfeito para mim. O meu está com 5.000 km, Cambio perfeito, seguro, completo, não preciso mais que isto....Golf, The Best sempre....

    ResponderExcluir
  18. Ué não era esse o carro que ia chegar automático com potencial de 6000 vendas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma vez alguém foi desmentido pelos fatos, apenas fatos....

      Excluir
    2. fatos, apenas fatos. matemática pura.

      Excluir
  19. Este carlos4carros é o cara! "Bate" com força, mas argumentando com lógica, fatos e indica onde encontrar a informação. Como em vários temas da vida, ouve-se muita bobagem à respeito de modelos e marcas por gente que parece exibir uma certa "autoridade" ao escrever. Estou ficando fã deste cara!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, carlos4carros é delicado tal qual um rinoceronte, mas saca bastante de carros

      Excluir
  20. Icognita.. T-ROC (mexicano) ou Tharu (Argentino)???? O que a VW vai fazer realmente? Tem espaço para os dois no mercado?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.