Car.blog.br

Pesquisar este blog

Golf TSI Automático 2018 é o melhor carro até R$ 100 mil

Categorias: , , , 54 Comentários

O Volkswagen Golf 1.0 TSI foi lançado no Brasil no final de 2016, inicialmente apenas com transmissão manual de cinco marchas - o que limitou muito seu apelo comercial. Agora, porém, o modelo 2018 traz um motor 1.0 TSI ainda mais potente, associado com a ótima transmissão automática de seis marchas AISIN usada no Polo/Virtus 200 TSI. O resultado: este é o melhor carro à venda no mercado brasileiro com preço até R$ 100 mil reais.

Golf 1.0 TSI Automático 2018

O Volkswagen Golf é um hatchback icônico dono de forte identidade, com uma história de mais de 33 milhões de unidades vendidas no mundo até o momento. Alguns podem exigir uma correção: o Golf não é "um" hatchback icônico, mas "o" hatchback icônico.

Golf 1.0 TSI Automático 2018

Um carro com tais prerrogativas jamais muda radicalmente. Por isso, visualmente, as mudanças na linha 2018 são sutis: atualizações no sistema de iluminação, lanternas são de LED, novos faróis com sistema DRL em LED e para-choques levemente redesenhados. Os detalhes são mostrados no vídeo abaixo.



Ao longo de sete gerações, o VW Golf sempre se caracterizou por sua praticidade e usabilidade, mas também por ser um carro muito divertido e agradável de ser conduzido - o hatchback de maior sucesso e o mais amado da história, com uma legião de fãs fiéis. Agora, chega este novo Golf 2018 ao Brasil. Bem, o termo 'novo' refere-se a um facelift - não oficialmente apelidado de Golf '7.5'. A grande novidade nesta versão Comfortline é mesmo a transmissão automática de seis marchas.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - painel

Como é de ser esperar em um VW Golf, o carro é fácil e agradável de dirigir e oferece um passeio confortável. A dirigibilidade e o comportamento dinâmico típicos do Golf também são caracteristicamente nítidos. E ele está também mais eficiente - você pode conseguir mais de 14 Km/l de gasolina em estradas em condições reais de direção.

1.0 TSI Automático: suave, progressivo e confortável

O Golf 1.0 TSI com transmissão manual sempre foi um carro interessante pelas boas características dinâmicas e o preço relativamente baixo. Entretanto, o conjunto motor 1.0 TSI (Turbo + Injeção direta) apresentava a tradicional característica dos motores turbo de baixa cilindrada de insuficiência de torque abaixo de 1.400 RPM. Essa característica não é tão evidente no Up! TSI, pois ele é mais de 300 Kg mais leve que o Golf.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - motor

Entretanto, esse conjunto 1.0 TSI com transmissão manual em um carro pesado pregava algumas peças em motoristas pouco habituados a carros turbinados com transmissão manual - que deixavam o carro morrer ao tentar tirar o carro da imobilidade (situação demonstrada no vídeo abaixo). Nesse caso, é necessário acelerar um pouco mais que o normal e dosar a embreagem para evitar que o motor morra na saída de inércia.



Isso acontecia porque até 1.400 RPM, o motor 1.0 TSI se comporta como um motor 1.0 convencional, sem turbo, e isso é particularmente complicado em carro relativamente pesado como o Golf. A Volkswagen tentou neutralizar esse efeito usando uma primeira marcha bem curta, mas mesmo assim não foram raras as vezes que deixamos morrer um Golf 1.0 TSI manual ao tentá-lo tirar da imobilidade. Claro que com o uso mais prolongado do carro isso não acontece mais, pois o motorista se acostuma com essa característica do carro e essas falhas não acontecem mais.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - espaço interno

Entretanto, isso ilustra bem a sensação de usar um Golf 1.0 TSI com transmissão manual - ele opera bem entre 1.400 RPM e 4.500 RPM. Nessas faixas de utilização ele é ágil, rápido e responsivo, mas exige que o motorista use bastante o câmbio para mantê-lo nessas faixa de rotação.

Golf 1.0 TSI Automático 2018

O Golf 1.0 TSI com câmbio manual, porém, é passado - não é mais fabricado, e agora temos este Golf 1.0 TSI Automático - que ficou muito melhor em tudo, especialmente em usabilidade. Esqueça o "lag de baixa" dos motores turbinados pequenos - aqui ele pode até existir, mas não é percebido, pois é totalmente neutralizado pela transmissão automática de conversor de torque. Este Golf se comporta como um motor aspirado entre 1.8L e 2.0L. Ele é ágil e responsivo desde a imobilidade.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - acabamento

Isso é resultado do magnífico acerto entre motor 1.0 TSI e a transmissão automática de conversor de torque de seis marchas, que já tinha ficado ótima no Polo/Virtus, e está ainda mais suave e progressiva no caso do Golf. Sim, há diferenças no ajuste. Quem já andou no Polo/Virtus com esse motor 200 TSI + transmissão automática, sabe muito bem que o comportamento é "esportivo": com o câmbio em "D", basta soltar o pé do freio que o Polo/Virtus demonstram um ímpeto esportivo, quase que pulado à frente de forma bem agressiva. A sensação de performance é bem pronunciada no Polo/Virtus 200 TSI desde a saída de imobilidade.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - espaço traseiro

No Golf 1.0 TSI Automático a história é outra. Ele continua ágil e responsivo, mas opera de forma muito mais suave e progressiva que os Polo e Virtus 200 TSI. A oferta de torque e potência é mais linear. O Golf 1.0 TSI Automático tem um ajuste mais maduro, menos impetuoso e mais coerente com seu público. Se você já andou em um Corolla 1.8 ou 2.0 com transmissão CVT, você sabe como o Toyota é suave e progressivo, certo? Este Golf 1.0 TSI Automático funciona exatamente dessa forma - algo que tende a agradar o público para o qual este carro se destina.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - acabamento interno

Esse comportamento de extrema suavidade e progressividade é obtido com uma competente harmonização da transmissão automática ao motor 1.0 TSI, e aqui o conversor de torque da transmissão tem um papel fundamental, já que esse sistema hidráulico consegue operar uma desmultiplicação variável da relação da primeira marcha, neutralizando totalmente o lag do turbo do motor 1.0 TSI. Assim, você coloca o câmbio em "D" e começa a acelerar, e o Golf 1.0 TSI se move dócil e progressivamente. Se você quer desempenho, aperte o acelerador que ele responderá com vigor, mas ainda assim de forma progressiva e linear, sem trancos e sem buracos na aceleração.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 Branco

O funcionamento da transmissão, por sua vez, beira a perfeição. Basta colocar o câmbio em "D" e esquecer que ela existe. E, de fato, você vai esquecer que existe câmbio, pois as trocas são tão suaves, que, em uso normal, só é possível perceber as mudanças olhando para o conta-giros vendo a rotação cair a cada progressão, ou subir nas reduções.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - lanternas de LED

Esta caixa AISIN de seis marchas é usada por várias montadoras, cada uma com sua própria implementação materializada no software de gerenciamento. A implementação da Volkswagen é, porém, de longe, a melhor e mais competente de todas (se você quiser tirar a prova disso, ande em um Fiat Argo ou Jeep Compass 2.0 Flex com essa transmissão, e veja como o câmbio dá trancos e solavancos - um comportamento tão diverso, que jamais pode-se inferir que se trata da mesma transmissão usada no Golf e no Polo/Virtus 200 TSI).

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - interior

Esse melhor funcionamento do câmbio AISIN de seis marchas nos carros da Volkswagen é compreensível pois a marca alemã já usa essa transmissão há muito tempo em seus carros. O Golf nacional começou a usar esse câmbio automático AISIN desde 1999, inicialmente com 4 marchas. Em 2002 passou a usar o mesmo câmbio porém com 5 marchas, e a partir de 2008 eles usam este AISIN de 6 marchas. Com tanta experiência com tal transmissão, não é surpresa que a implementação da Volks seja bem superior mesmo.

Desempenho e consumo

Os números de desempenho e consumo de combustível do Golf Comfortline 1.0 TSI Automático são os seguintes. Abastecido com etanol, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos e atinge a velocidade máxima de 192 km/h. Com gasolina, a aceleração de 0 a 100 km/h ocorrem em 10,5 segundos, e a velocidade máxima é de 190 km/h.

Golf 1.0 TSI Automático 2018

Os dados de consumo segundo o INMETRO são os seguintes: com gasolina, percorre 11,4 km/l na cidade e 14,2 km/l na estrada. Com etanol, são 8 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada. O quadro abaixo traz os dados comparados de consumo do Golf 1.0 AT frente a seus principais concorrentes.


Modelo
EtanolGasolina
Média
UrbanoRodoviárioUrbanoRodoviário
Audi A3 1.4 Sportback DCT-7N/DN/D11,614,412,9
VW Golf 1.0 TSI Automático8,010,011,414,212,7
VW Golf 1.4 TSI Automático7,79,511,313,712,4
GM Cruze L Sport 6 LT 1.4 AT7,69,311,313,612,3
Mercedes-Benz A200 DCT-77,49,210,814,012,2
Toyota Corolla GLi 1.8 CVT7,89,211,413,212,2
Peugeot 308 THP Automático7,28,910,612,911,6
Ford Focus 2.0 Powershift6,79,29,713,011,2
BMW 120i AT-86,68,69,612,711,0

Golf Comfortline TSI - modelo de entrada acolhedor

O Golf TSI Comfortline é o modelo de acesso, mas ele já dispõe de um interior muito bem acabado, e com muitos equipamentos de série. O ar-condicionado é o Climatic, com comando manual e os bancos são revestidos em tecido.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - posição de dirigir

Nesta versão ele traz de série, ainda, volante multifuncional revestido de couro e com aletas para trocas de marcha; sensores de chuva e crepuscular e sistema “coming&leaving home”, que mantém os faróis acesos por determinado período (programável pelo computador de bordo). Há ainda retrovisor interno eletrocrômico, controlador automático de velocidade (“cruise control”) e câmera traseira para estacionamento. Há novas rodas de liga leve de 16 polegadas com desenho Venturi e as lanternas traseiras são de LED.

Golf 1.0 TSI Automático 2018

Esses itens de série se somam aos sete airbags; sensores de estacionamento dianteiros e traseiros; bloqueio eletrônico do diferencial EDS e XDS+; controle eletrônico de estabilidade (ESC).

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - espaço interno

O preço do modelo básico, assim equipado, é de R$ 91.790 reais. O exemplar das imagens conta com dois opcionais: teto solar e rodas de liga leve de 17 polegadas com desenho “Madrid”, que elevam seu preço a R$ 99.040 reais. O interessante pacote de opcionais Comfort, oferecido até o modelo 2017, que agregava ao Golf Comfortline os bancos revestidos em couro e o ar-condicionado digital, porém, foi suprimido.

Golf 1.0 TSI Automático 2018

No entanto, não confunda modelo de acesso com carro barato. Mesmo em seu acabamento básico, o Golf é agradável, sofisticado e fácil de se conviver. O sistema de info-entretenimento atualizado é fácil de usar e conta com uma belíssima tela de 8 polegadas com sensores de aproximação. O funcionamento é intuitivo, e, entre os múltiplos recursos, oferece compatibilidade com o Apple CarPlay e o Android Auto, permitindo operar o sistema de navegação Waze ou Google Maps na tela da central do carro.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - acabamento

Os assentos deste modelo Comfortline também são muito confortáveis, e a posição de condução é a esperada excelente. Graças ao ajuste em altura e profundidade da direção, e ao assento com ajuste milimétrico, pessoas com os mais variados biotipos conseguirão a posição de dirigir ideal.

Golf TSI Comfortline AT: melhor carro à venda no mercado nacional até R$ 100 mil reais

O mercado automotivo brasileiro oferece muitas e boas opções na faixa de preço até R$ 100 mil reais. Um exemplo é o Chevrolet Cruze Sport 6, cuja versão LT é precificada em R$ 96.790 reais. Ele tem um motor 1.4 Turbo e transmissão automática, mas tem apenas 4 airbags (contra 7 do Golf), não dispõe de sensores de estacionamento dianteiros. A central multimídia do Cruze é bem mais simples, e ele não oferece saídas de ar-condicionado na traseira e tampouco diferencial XDS+.

GM Cruze Sport6 x VW Golf TSI

O Cruze Sport6 LT fica devendo para o Golf também em termos de acabamento. O Cruze tem um interior inteiramente baseado em plásticos duros, enquanto o Golf é repleto de material soft touch para todos os lados. O Cruze não dispõe também de porta-objetos revestidos, nem porta-luvas refrigerado, para ficar apenas nos itens ausentes mais notáveis.

Golf TSI Automático 2018 x Toyota Corolla

Outro modelo que pode ser apontado como concorrente nessa faixa de preço é o Corolla GLi 1.8 CVT, precificado em R$ 92.990 reais. Esse sedã tem um conjunto mecânico competente e tem 7 airbags. Mas essa versão do Corolla não oferece central de informação e entretenimento (apenas um rádio simples). Fica devendo ainda sensores de estacionamento traseiro e dianteiro, faróis de neblina e até recursos básicos em carros automáticos com o piloto automático estão ausentes neste Corolla de entrada.

Golf 1.0 TSI Automático 2018

Enfim, o Golf TSI Comfortline parte de R$ 91.790 reais, sendo mais barato que o Cruze Sport 6 LT e o Corolla GLi, mesmo tendo uma lista de itens de série bem mais recheada. No preço de R$ 97.000 do Cruze, leva-se o Golf TSI com teto solar (outro item ausente no Cruze) - o que evidencia como o preço do Golf está competitivo

Conclusão

A chegada da transmissão automática ao Golf 1.0 TSI há muito era aguardada. A adoção do motor 1.0 TSI no Golf permite à Volkswagen oferecer um carro de tal nível de sofisticação construtiva, segurança e acabamento - praticamente um carro premium - como o Golf por um preço competitivo - em função da menor tributação incidente sobre motores com deslocamento até 1.0. A espera foi longa, mas valeu a pena, pois a combinação desse motor 200 TSI com a transmissão AISIN de seis marchas é a melhor e mais madura apresentada até agora pela Volkswagen.

Golf 1.0 TSI Automático 2018 - Rodas Madrid 17"

A boa notícia é que o preço permaneceu competitivo. Não há há no mercado brasileiro nenhum outro carro automático, com uma lista de itens de série tão completa quanto a do Golf, com preço menor que ele. Por isso, este Golf Confortline 200 TSI Automático é o melhor veículo com preço até R$ 100 mil reais a venda no Brasil.

54 comentários:

  1. Poderia vir com um novo desenho das rodas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As rodas Madrid tem um design excelente. E as rodas de 16 polegadas são novas.

      Excluir
  2. Golf TSI Automático 2018 é o melhor carro até R$ 100 mil. Fonte: Car blog (VW blog)
    Não era pra ser diferente!
    Espero mesmo pela votação do carro do ano da revista quatro rodas. Aí sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Golf foi eleito o grande campeão de Os eleitos da Quatro Rodas:
      https://quatrorodas.abril.com.br/guia-de-compras/os-eleitos-2016-vw-golf-o-grande-campeao/

      Excluir
    2. Em 2016, quando custava 20% menos

      Excluir
    3. 2016. Nós estamos em 2018, ô esperto!

      Excluir
    4. Rafael, só de Janeiro para cá o dólar já subiu 20%.

      Excluir
  3. Todo esse esforço de promoção, as rodas Madrid no confort, o posicionamento pelo preço, sei não... acho que a Volks está querendo acabar com as versões 1.4.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Volks acha que o 1.4 será o mais vendido, mas eu acho que não. Porque o Golf abaixo de R$ 100 mil completíssimo com mele está é muito competitivo.

      O Golf TSI AT a R$ 96k com teto solar torna o Cruze LT e o Corolla GLI escolhas para idiotas, apenas.

      Excluir
    2. Porém o Cruze é 1.4, e o Golf 1.0, mesmo motor de Up e Polo, não desmerecendo o Golf, mas por esse preço em um carro 1.0, eu iria de Cruze, embora acho o Golf mais bonito. Seria somente pelo conjunto, agora entre o Golf e Cruze ambos 1.4, sem dúvida iria de Golf, isso se visitassem próximos. Agora só me responda uma coisa, é esse é mês que o Golf vai bater as 6.000 unidades e entrar no top 5?

      Excluir
    3. O Cruze 1.4 e o Golf 200 TSI tem desempenho semelhantes. Só que o Golf 200 TSI é muito mais econômico.

      Fora que o Cruze é interior com acabamento boquetíssimo, inteiramente em plástico duro de baixa qualidade, enquanto isso o Golf totalmente em soft touch. Golf tem 7 airbags, Cruze 4. Golf tem sensores dianteiros e traseiros, o Cruze só atrás. Golf tem teto solar, Cruze não. Golf tem saídas de ar atrás, Cruze não. Golf tem porta-luvas refrigerado, Cruze não. Golf tem descansa braço ajustável em altura e profundidade, Cruze não. Golf tem diferencial XDS+, Cruze não. Golf tem DRL em LED, Cruze não. Golf tem porta-malas de 315 litros, Cruze de 290 litros.Câmbio do GOlf infinitamente superior ao do Cruze.

      Golf tem câmera para manobras em marcha a ré com acionamento automático, Cruze não.

      Golf tem alerta de perda de pressão dos pneus, Cruze não.

      Golf tem bancos dianteiros com ajuste do apoio lombar (motorista e passageiro), Cruze não.

      Golf tem compartimento de bagagens com iluminação e tomada 12V, Cruze não.

      Golf tem espelho retrovisor interno antiofuscante automático (eletrocrômico), Cruze não.

      Golf tem espelhos retrovisores externos eletricamente ajustáveis, aquecíveis, com "Side Blinker" e função "Tilt Down", Cruze não.

      Golf tem lanterna traseira com iluminação em LED, Cruze não.

      Golf tem sensores de chuva e crepuscular com função "Coming & Leaving Home", Cruze não.

      Golf tem sistema de frenagem automática pós-colisão, Cruze não.

      Golf tem sistema infotainment "Composition Media" com tela touchscreen, sensor de aproximação, Bluetooth e App-Connect com tela de 9,2 polegadas, Cruze só o MyLink boqueta.

      Enfim, não dá para compara. Golf infinitamente mais equipado, mais bonito, infinitamente melhor acabado. E o Golf é 10 estrelas no Latin NCAP, enquanto o Cruze não foi testado.

      Ou seja, para escolher o Cruze LT com tantas vantagens do Golf, só se o comprador do Cruze for um idiota.

      Excluir
    4. "Visitassem", custasse próximos

      Excluir
    5. Mas pra pelo que li por aí, o acabamento soft touch é coisa do passado, agora os carros atuais vêm com plásticos texturizados. Muito mais luxo, fiquei sabendo.

      Excluir
    6. é sacanagem a VW colocar agora a madrid no golf CL, quem comprou um tempo atras um HL onde a madrid era opcional da versao top, (meu caso) agora vai ter essa versao de entrada com a madrid ... e achei a roda do HL 2019 horrivel o desenho, agora se eu quiser pegar um HL nao tenho opção de nenhuma roda com detalhe em preto...

      Vou aproveitar e pegar os ultimos Jetta mesmo no top com descontos fortes, mesmo pq a nova geraçao parece que nao vem por enquanto com o 2.0TSi e se vier tb vai custar uma fortuna

      Excluir
  4. O Cruze Sport LT tem uma vantagem incontestável sobre o Golf 200 e o Corolla que é o motor turbo 1.4 litros assim como o Golf 250. O 1.4 litro é motor que anda muito e extremamente econômico...mais até que o turbo 1 litro. Prefiro o Golf 200 mas o motor do Cruze Sport poderá fazer a diferença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Cruze 1.4 e o Golf 200 TSI tem desempenho semelhantes. Golf 200 TSI é muito mais econômico.

      Cruze -> interior com acabamento boquetíssimo. Golf totalmente em soft touch.

      Golf tem 7 airbags, Cruze 4.

      Golf tem sensores dianteiros e traseiros, o Cruze só atrás.

      Golf tem teto solar, Cruze não. Golf tem saídas de ar atrás, Cruze não.

      Golf tem porta-luvas refrigerado, Cruze não. Golf tem descansa braço ajustável em altura e profundidade, Cruze não.

      Golf tem diferencial XDS+, Cruze não. Golf tem DRL em LED, Cruze não.
      Golf tem porta-malas de 315 litros, Cruze de 290 litros.

      Câmbio do GOlf infinitamente superior ao do Cruze.

      Golf tem câmera para manobras em marcha a ré com acionamento automático, Cruze não.

      Golf tem alerta de perda de pressão dos pneus, Cruze não.

      Golf tem bancos dianteiros com ajuste do apoio lombar (motorista e passageiro), Cruze não.

      Golf tem compartimento de bagagens com iluminação e tomada 12V, Cruze não.

      Golf tem espelho retrovisor interno antiofuscante automático (eletrocrômico), Cruze não.

      Golf tem espelhos retrovisores externos eletricamente ajustáveis, aquecíveis, com "Side Blinker" e função "Tilt Down", Cruze não.

      Golf tem lanterna traseira com iluminação em LED, Cruze não.

      Golf tem sensores de chuva e crepuscular com função "Coming & Leaving Home", Cruze não.

      Golf tem sistema de frenagem automática pós-colisão, Cruze não.

      Golf tem sistema infotainment "Composition Media" com tela touchscreen, sensor de aproximação, Bluetooth e App-Connect com tela de 9,2 polegadas, Cruze só o MyLink boqueta.

      Enfim, não dá para compara. Golf infinitamente mais equipado, mais bonito, infinitamente melhor acabado. E o Golf é 10 estrelas no Latin NCAP, enquanto o Cruze não foi testado.

      Ou seja, para escolher o Cruze LT com tantas vantagens do Golf, só se o comprador do Cruze for um idiota.

      Excluir
    2. Não é idiota não...quem roda muito em estrada de serra e mao simples o motor turbo 1,4 l do Cruze LT ou Golf 250 é tudo. Pra isso não tem argumento que vença. Claro concordo no conjunto da obra o Golf 200 impressiona. Mas para algumas eu diria aplicações motor rápido e economico é tudo. Dai o 250TSI e o Cruze da GMB são imbatíveis.

      Excluir
    3. Ele vai falar que o motor do Golf e melhor que o do Cruze...
      Só na cabe do Carlos...

      Excluir
  5. Dizer que é o melhor carro até 100 mil é considerar que todos gostam da categoria. Ando frequentemente em estradas de terra, e colocar um carro como o golf, com pouco vão livre em relação ao solo, com rodas 17 e pneus de perfil baixo é um crime !!!
    Ou seja, para quem que um carro mais acessível a terrenos irregulares, o golf pode custar 60 mil que não vai servir.
    Então a afirmação do blog é 100% relativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não relincha. Estamos falando de carros. Carros para andar em pistas de terra são comerciais leve.

      Carro, o Golf é o melhor. Não adianta ficar de mimimi.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Esse carro é realmente competitivo, mas precisava oferecer ar digital e chave presencial, ainda que como opcionais (coisas que os concorrentes oferecem de série).
    A Highline tá fora do jogo, cara demais (preço de Audi A3 sedan). Precisa de uns descontos na faixa de 10 mil reais se quiser vender. Aposto que até o GTI vai ter mais mercado.

    ResponderExcluir
  8. Deveriam manter o pacote Comfort, ou criar um pacote Sport, com os bancos em couro da Highline.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que a VW tem errado na composição de itens e versões. Comprador nessa faixa quer ar digital, chave presencial, bancos em couro, enfim, se é pra ter tanto opcional que se ofereça o que já é padrão nessa faixa. Porque a Highline ficou inviável em termos de preço (e também não justifica a diferença de quase 20 mil reais pra Confortline).

      Excluir
    2. O Golf não tem opcional nenhum. Tem apenas teto solar e rodas de 17 polegadas.
      É cada relincho. Se tem pacote o povo relincha que tem pacote. Se não tem pacote, relincham que não tem pacote.

      Quanto aos itens, está correto. Mimimi quer ar digital, pega o Highline com que vem com tudo.

      Se colocar todos os itens do Highline no Comforttine, para que o Highline.

      A distribuição de versões está bem correta.

      Comfortline bem completo, sem quase opcionais.

      Highline já vem completíssima, e ainda motor de 150 cv.

      E GTI.

      Então, menos mimimii.

      Excluir
    3. Tapado, os itens que eu citei estão no Polo Highline e não há como colocá-los no Golf de entrada (que é bem mais caro).
      Golf Highline virou carro pra inglês ver, tem preço de Audi A3 sedã, não vai vender mais nada.

      Excluir
  9. Cruze não deveria ser referência nenhuma ao Golf, nem em recursos, nem em preço. O Cruze Hatch vende mal e deve até sair de linha em breve. Nos EUA, sua terra natal, a produção já foi cortada pela metade.

    Então, comparar recursos do Golf com o Cruze é perda de tempo.
    O norte-americano é um carro incompleto e mal projetado.
    O que o Golf oferece é obrigação e ponto final.

    Em preço, o GM também está absurdamente fora da realidade.
    Não é carro para custar 80 mil. Pessoalmente tem bom design,
    mas uma análise mínima já desanima horrores.
    Se eu ainda tivesse o Fiat Punto, talvez nem me interessaria pelo Cruze.
    Conhecendo o Golf, o Cruze passa muita vergonha.

    Fato é que o Golf é completo por obrigação.
    Seu pacote é até normal perante as tecnologias da atualidade.
    7 airbags
    + controles de tração, estabilidade e diferencial
    + central com espelhamento e controles no volante
    + sensores de estacionamento frente e trás
    + controle de cruzeiro e retrovisor eletrocrômico
    esses itens, hoje em dia, pela tecnologia conhecida,
    pode ser chamado até do novo KIT DIGNIDADE.

    Quando uma marca tira um desses, é claramente uma decisão
    de simplificação de produto para mercado emergente.
    Logo, o Cruze não é parâmetro pra nada.

    Mas infelizmente, 92 mil pelo kit dignidade do Golf
    irá esbarrar no poder de compra do mercado brasileiro,
    na preferência por SUVs e crossovers
    e ainda na dúvida do público geral sobre motores 1.0 e ainda turbo.

    Não vejo boas vendas para o Golf no Brasil.
    Tomara que a VW não ligue para as vendas nacionais e compense a continuidade do Golf pelas vendas nacionais. Se não, é sério concorrente para ter a produção nacional interrompida e substituída pelos próximos produtos da marca.

    Resumindo: Golf é realmente completo, é um ótimo carro, praticamente sem concorrente, mas está caro para combater as demais categorias. Existe o preço que vale e o preço que vende. O Golf tem um, mas não tem o outro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e ainda na dúvida do público geral sobre motores 1.0 e ainda turbo.

      Relincho puro. E, pior, preconceito. O que vc acha? Que o povo é burro e não conhece tecnologia? Larga mão de falar groselha. Pior ainda groselha não fundamentada.

      Vamos aos fatos. A VW está vendendo mais 10.000 unidades por mes de carros 1.0 turbo no Brasil. Soma as vendas de Polo, Virtus e Up TSI dá mais de 10.000 unidades mês.

      E ainda com mais de 10.000 unidades mês ainda tem idiota relinchando sonre " dúvida do público geral ". Relincho puro.

      As vendas de Polo, Virtus e Up! tsi mostram que o público brasileiro naõ gosta mesmo de motores antiquados e beberões, como os 1.8 da Fiat, 1.5 da Toyota.

      Por favor, pesquise antes de relinchar tantas besteiras sem fundamento sobre preferências dos consumidores.

      Excluir
    2. 10000 unidades 9onde? Do jeito que você fala, só existe Pólo/Virtus e Up TSI, Vale ressaltar que a maior parte de vendas desses veículos são de modelos aspirados e não turbos. Com certeza às versões turbos são as mais interessantes desses modelos, porém o brasileiro ainda escolhe carro por preço. Gostaria muito que você colocasse aqui o link que mostra quais é quantas são as vendas de modelo 1.0 TSI. Pois sem fonte, não adianta argumentar.

      Excluir
    3. André, não precisa dar corda não... Comparar o público que paga 50, 60 mil por um carro 1.0 com motor turbo-alimentado (da VW não chega a 5 mil), com quem vai gastar 92, 94, 99 mil é sem noção... Enfim, o ponto nem é esse também. O contexto é bem mais amplo.

      Golf tem o kit dignidade. É completo, melhor que todos. Fato.
      Mas venderá pouco, pois o preço está fora da realidade do mercado.
      O lance é torcer para que as vendas nacionais não sejam parâmetros
      para a continuidade do Golf no Brasil. Pois, caso contrário,
      o modelo corre risco de sumir nos próximos, bem próximos anos.

      Excluir
    4. A VW vende mais de 10.000 unidade de Polo/Virtus com motor turbo. Vende ainda mais 400 unidades por mês do Golf Highline e GTI, também com motor turbo. Vende 2.000 unidades por mês do Up! TSI. E mais 1.500 unidades de Amarok com motor turbo, fora Passat e Tiguan, tudo com motor turbo.

      Soma tudo, pode-se dizer que mais de 70% das vendas da VW Brasil hoje são de carros de motor turbo, e ainda assim tem idiota relinchando que o brasileiro tem "preconceito" com motor turbo? Que mundo vive?
      Acordem para a vida.

      E não é só a VW. A GM vende Cruze só com motor turbo, Tracker, só turbo. Inclusive depois que lançaram a Tracker com motor turbo as vendas multiplicaram por 3. Equinox, só turbo.

      Com tuddo isso, ainda vemos ruminantes relinchando sobre motor turbo. Bom, deixemos eles ruminarem e relincharem, que é só isso que sabem fazer.

      Quanto ao preço do Golf, o sujeito que diz que o preço do Golf comfortrline tsi está "fora da reliadade de mercado" só pode sofrer de idiotia crônica.

      Como fora da "realidade de mercado". O Golf TSI Comfortline Automático custa R$ 91.790 reais, enquanto seu concorrente mais próximo é o Cruze LT 1.4 que sai por R$ 97 mil, e deve dezenas de items para o Golf. Então o Golf tá mais barato que o Cruze e é muito mais completo.
      O Focus 2.0 com o lixo do câmbio Powershift, o mais barato que tem sai a R$ 85.600 reais.

      Esse Focus tem 2 airbags, não tem multimídia, só um radinho ridículo, bancos em tecido, não tem sensores, uma piada completa com câmbio piada, custa R$ 86k. Se


      Se quiser um Focus minimanemtne equiaddo e ainda assim pior que o Golf, tem que pegar o SE Plus, a R$ 94.400 reais.

      Entõa, ficar claro que o Golf é o melhor mais seguro e o mais barato do mercado.

      Então, só se for idiota para falar que o Golf tá fora da reliadade. Não está, ele é o mais barato de todos.

      Então, por favor, manolos, pesquisem um pouco antes de relichar tantas bobagens.

      O fato é que esse Golf TSI está bem barato.

      Excluir
    5. O 4Vittar ainda continua se apoiando nos fracassados e prestes a sumir Cruze e Focus... Além de não ter conhecimento, não tem educação e inteligência também... Melhor continuar andando de bicicleta mesmo... Vai que não consegue interpretar as placas de trânsito.... Só sabe ler 2 letras na vida...

      Excluir
  10. Concordo em tudo com a matéria, pena que custa uns 15k a mais do que deveria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, 10, 8 mil a menos já estaria ótimo!

      Excluir
  11. Em julho já vai vender as 6.000 unidades aqui no "Breisil"? Ou ainda ficará para o próximo mês?

    ResponderExcluir
  12. Melhor opção até 100.000? melhor para quem?

    ResponderExcluir
  13. Eu trocaria tranquilamente o teto solar por um pacote Confort que trouxesse banco de couro e ar digital, além de outros itens de conveniência pelos 4 mil reais.
    Esse carro na faixa de 86/87 mil seria hoje minha opção.

    ResponderExcluir
  14. Respondendo o Fanboy Oficial da VW aqui, Cruze tem teto solar, de série na ltz2. O do golf custa uma porrada a mais como opcional

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cruze LTZ custa R$ 113 mil, nada menos que R$ 16 mil a mais que o Golf TSO Comfortline automático com teto solar, que sai por R$ 96k.
      Então, se quem compra o Cruze LT já é idiota, quem compra o LTZ precisa de internação, pois é caso de demência crônica irreversível.

      Excluir
  15. Tá meio por fora Carblog...Hoje você encontra Corolla GLI 1.8 CVT 2019 por R$85.0000, muito mais em conta que pagar essa grana toda no Golf, apesar de ser o melhor hatch vendido no brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toyota no desespero para vender esse Corolla gli.

      Mas mesmo assim i Corolla Gli a 86k e carro para idiotas. Não tem piloto automático, não tem multimidia. Não tem sensores. Não tem farol de neblina. Não tem retrovisor e

      Excluir

  16. Outro modelo que pode ser apontado como concorrente nessa faixa de preço é o Corolla GLi 1.8 CVT, precificado em R$ 92.990 reais. Esse sedã tem um conjunto mecânico competente e tem 7 airbags. Mas essa versão do Corolla não oferece central de informação e entretenimento (apenas um rádio simples). Fica devendo ainda sensores de estacionamento traseiro e dianteiro, faróis de neblina e até recursos básicos em carros automáticos com o piloto automático estão ausentes neste Corolla de entrada.

    Quem gosta de hatch não compra sedã e, vice-versa!!!

    ResponderExcluir

  17. Carlos4Carros8 de julho de 2018 10:25
    A Volks acha que o 1.4 será o mais vendido, mas eu acho que não. Porque o Golf abaixo de R$ 100 mil completíssimo com mele está é muito competitivo.

    O Golf TSI AT a R$ 96k com teto solar torna o Cruze LT e o Corolla GLI escolhas para idiotas, apenas.

    O problema desse fanboy da VW, é que ele não tem nenhum dos carros citados!!!kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. Manual de 6 marchas!!!! Corrija por favor.

    ResponderExcluir
  19. Sério que o câmbio automático aumentou o valor do carro em mais de 19mil? EM julho de 2017, tiramos um golf 1.0 TSI ( manual de 6 marchas, não 5 como diz a reportagem), com bancos em couro e teto solar, mais rodas genova (salvo engano esse é o nome do modelo), carro bem completo por 83k. Ridículo o que a VW vem fazendo no mercado e com o povo brasileiro. Tentando forçar carros inferiores a subirem de categoria e os carros "padrões" com preços mais absurdos ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual o seu problema? Fugiu da escola? Não sabe fazer conta?
      Desenhando. o Golf 1.0 TSI MT custava 83k, e este agora, que já vem com câmbio automático, piloto automático, DRL, volante com comandos multifuncionais, central do Premium, custa R$ 91.790 reais.

      Fazendo continha de menos: 91 - 83= 8 mil reais.

      Ou seja, o Golf AT subiu 8 mil, e ganhou motor mais potente, câmbio automático e um monte de coisa no interior.

      Excluir
    2. Realmente Felipe... Se você pagou 83 no Golf + Teto + Rodas, agora sairia por 92 + 4,8 + 2,5 mil, que daria pouco acima de 99 mil. Você comprou com cor metálica? Ah, então vai pra quase 101 mil.

      De 83 para 101 seria 18 mil de diferença. Você disse 19.
      Mas não se envergonhe pelo erro sutil,
      tem "gente" que errou 10 vezes mais.

      "Explicando a última conta, antes de mais vergonha alheia.
      Você errou por 1 mil. Melhor do que dizer que a diferença é 10 mil a menos do que o valor correto."

      Excluir
    3. Carlos JSB você, se tiver um pingo de bom senso e conhecimento, saberia que esse Golf citado de 83.000 estava com um BÔNUS! Pois o preço dele era 95k. Portanto use um pouquinho de boa fé pra rebater outros comentários.

      Excluir
    4. Com a devida vênia, o sr. Felipe R. e o sr. Carlos JSB trazem inverdades à baila da discussão. Com tais mentiras confundem os leitores de boa fé, tentando fazer acreditar que houve uma majoração de R$ 19 mil reais nos preços do Golf, algo que não corresponde à realidade dos fatos.

      Antes de mais nada, não se pode comparar preços com bônus com preços sugeridos. Isso é querer ludibriar, enganar, confundir, em suma, é desonestidade intelectual do missivista.

      O Golf 1.0 TSI com o partia de R$ 78.245 reais. Porém em tal versão ele não dispunha de teto solar (opcional acima de R$ 5800 reais). Os bancos de couro vinham no pacote Comfort, que custava outros R$ 5.400 reais. As rodas de 17 polegadas Geneva custam mais R$ 2.500 reais.

      Ademais, o pacote Comfort, por sua vez, só poderia ser acrescentando ao carro já equipado com o pacote Elegance, que custava R$ 5.000 reais.

      Desta feita, o preço sugerido do Golf supracitado, em 2017, montava a seguinte quantia:

      Golf 1.0 TSI Básico - R$ 78.245
      Teto solar - R$ 5800 reais
      Pacote Comfort - R$ 5.400 reais
      Pacote Elegance - R$ 5.000 reais
      Rodas Gêneva - R$ 2.450 reais

      Total: R$ 96.895 reais.

      Diante desses fatos, constata-se que o preço total do Golf 1.0 TSI com tais itens citados pelo Felipe R era de R$ 96.895 reais.

      Nesse diapasão, o Golf 1.0 TSI Automático completamente equipado com todos os opcionais subsume-se a R$ 99.040 reais, de onde se constata que o aumento de R$ 2.145 reais por conta da transmissão automática.

      R$ 2.145 reais é um valor bastante condizente, diria até mesmo módico, haja vista uma transmissão automática ter preço em torno de R$ 7.500 reais noutros carros, em sede de opcional.

      Portanto, ao dizer que "câmbio automático aumentou o valor do carro em mais de 19mil?" se põe a enganar, ludibriar, mentir e tentar levar o leitor à erro, o que considero uma conduta reprovável.

      Não menos deletéria e criminosa é a conduta do sr. Carlos JSB, que adentra em outras mentiras e desinformações na vã tentativa de enganar, ludibriar o leitor com suas mentiras.


      Diante do contexto, sugiro aos debatedores que operem com fatos reais, e não com mentiras e inverdades, para que a discussão prossiga de forma saudável e produtiva.

      Reitero: o Golf 1.0 TSI Automático ficou R$ 2.145 reais mais caro que o Golf 1.0 TSI com transmissão manual.

      E tenho dito!


      Excluir
  20. Não tenho seu vocabulário erudito. Pra mim esse Carlos JSB é mau caráter mesmo, na língua do povo!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.