Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Renault Logan 2017: preços, consumo, detalhes

Categorias: , , , 10 Comentários

Assim como no Sandero (veja aqui), a linha 2018 do Logan traz os novos motores 1.0 SCe (Smart Control Efficiency) e 1.6 SCe.

Novo Renault Logan 2017

O 1.0 SCe 12V de três cilindros traz duplo comando de válvulas variável na admissão e no escape, tecnologia inédita entre os motores de entrada. Todo em alumínio, é 20 kg mais leve que o seu antecessor. Já o 1.6 SCe 16V de quatro cilindros traz duplo comando de válvulas variável na admissão, injetores posicionados no cabeçote e outras novidades que garantem alta eficiência e bom desempenho. Também em alumínio, é 30 kg mais leve.

Novo Renault Logan 2017

O motor 1.6 SCe traz ainda o sistema Stop&Start, que desliga o automóvel automaticamente em semáforo ou outras paradas. Este moderno sistema, muito comum em carros topo de gama, garante uma economia de até 5% de combustível e está disponível nos modelos Sandero e Logan. Os modelos equipados com o câmbio automatizado Easy’R passam a oferecer controle de estabilidade (ESP) e assistente de partida em rampas (HSA), proporcionando mais segurança.

Novo Renault Logan 2017

O novo motor 1.0 SCe deixa Logan 2017 até 19% mais econômico. Com o 1.6 SCe, a economia chega até 21%. O sedã equipados com os novos motores e câmbio manual recebeu nova "A" do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV). O consumo de gasolina em estrada é de 13,8 km/l, enquanto o com o motor 1.6, o sedã chega a 13 km/l.

Novo Renault Logan 2017

Outra novidade é a adoção da direção eletro-hidráulica. Para o motorista, isso representa uma direção ainda mais leve e um menor esforço na hora de realizar manobras. A direção com esforço variável ainda se ajusta de acordo com a velocidade, ficando mais pesada em altas velocidades e proporcionando maior segurança. Como nesse sistema a bomba da direção passa a ser acionada por um motor elétrico à parte, e não pelo motor do carro, evita-se a perda de potência e se reduz em até 3% o consumo de combustível.

Novo Renault Logan 2017

Para potencializar o comportamento econômico, os modelos equipados com o Media NAV 2.0 trazem as funções Eco-Coaching, que avalia a condução do motorista ao final de um percurso, levando em conta o momento certo para a troca de marchas, a regularidade da velocidade, o consumo e a quilometragem percorrida; e o Eco-Scoring, que orienta o condutor para dirigir de modo mais econômico.

Logan 1.0 SCe

O 1.0 SCe oferece 90% do torque máximo (10,5 kgfm) já a 2.000 rpm graças ao duplo comando de válvulas variável, um número 15% superior ao do antigo 1.0. Com o novo motor as retomadas ficaram até 6% mais rápidas (80 a 120 km/h em 14,1 seg). Além disso, a aceleração de 0 a 100km/h está 8% melhor, com a marca de 13,0 s (etanol).

Novo Renault Logan 2017

O 1.0 SCe gera 82 cv de potência quando abastecido com etanol e 79 cv com gasolina – 2 cv a mais que o antigo quatro cilindros, seja com qual for o combustível.

Logan 1.6 SCe

O motor 1.6 SCe tem potência que saltou de 106 cv para 118 cv, com etanol, um ganho de 11,3%. Com gasolina, a potência saltou de 98 cv para 115 cv, um aumento de 17,3%. O torque também é maior no novo motor: 16,0 kgfm, seja com gasolina ou etanol.

Novo Renault Logan 2017

Os números de performance do novo motor 1.6 SC são os seguintes: 0 a 100 km/h em 10,3 segundos (ganho de 3,7s em relação ao antigo motor). A retomada de 60 – 100km/h está quase 4 segundos mais ágil (9,2s).

Tabela de preços

Authentique 1.0: R$ 46.300

Expression 1.0: R$ 48.200

Expression 1.6: R$ 52.750

Expression 1.6 Easy’R: R$ 57.350

Dynamique 1.6: R$ 56.400

Dynamique 1.6 Easy-R: R$ 61.400

PÓS-VENDAS

Sandero, Logan, Duster e Duster Oroch têm garantia de fábrica de 3 anos ou 100 mil quilômetros rodados, prevalecendo o que ocorrer primeiro. O plano de manutenção do modelo prevê revisões periódicas a serem feitas em intervalos de 10.000 quilômetros ou a cada ano de uso.



Além disso, a rede de concessionárias Renault oferece para os proprietários o programa “Revisão com Preço Fechado” e o “Pacote de Preço Fechado de Peças”, que reúne os principais itens de desgaste e manutenção. Esses dois serviços permitem aos clientes saberem de forma antecipada quanto gastarão para a realização de reparos, já que os preços sugeridos dos dois pacotes incluem os valores de peças e mão de obra.

Postagens relacionadas:

10 comentários:

  1. Ergonomia muito ruim, falta apoio de braço para o motorista, painel extremamente simples com muito plástico, o que salva no carro é o visual externo, muito estável, suspensão adequada para a buraqueira do brasil e porta malas excelente, além do preço que está até bom em relação a concorrência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse segmento sempre terá plásticos para todos os lados, já dirigiu um City, Fit ou hb20? Todos eles plásticos a vontade, de qualidade melhor, mas plástico. Também gosto de apoio central para motorista, mas nao deixaria de comprar um carro por isso. Ficaria com os recursos de economia e segurança oferecidos. Renault peca em não exibir testes da latincap do Logan e Sandero, cinto de 3 pontos para todos, isolamento acústico ineficiente e falta um câmbio melhor. Mas o tal apoio central e no caso da ergonomia, tenho 1,85 e mesmo assim não gosto de carros com bancos baixos como o gol, alguns dizem que é mais esportivo, mas é o meu gosto.

      Excluir
  2. Como assim o custo benefício já era? Não está barato, mas start&stop, 1.6 fazendo mais de 13km/l(sempre fazem mais que os testes do Inmetro), holdhill, direção elétrica, câmera de ré, ar automático, direção elétrica adaptativa, multimídia+gps, controle de tração, comando variável de válvulas... Me diz, qual modelo nesse segmento de compacto tem recursos comparados, não como opcionais, mas de série, com esse espaço interno? City e Fit não teem a metade dos recursos e passa de 80mil, prisma não tem o espaço interno e fica nessa historinha de concierge onstar, Voyage não vou nem comentar, Siena já perdeu o posto a séculos, talvez os colbalt e versa que se assemelham ao Logan em tamanho, economia, mas não possuem alguns itens do Logan, porém possuem câmbios automáticos descentes. A pergunta que fica é se vale investir 55 a 60 mil em sedan compacto zero ou em um sedan médio usado, mesmo que as vezes, por incrível que pareça não venha tão equipado dependendo do modelo, mas tem um projeto de construção mais inteligente e seguro.

    ResponderExcluir
  3. Faltou o câmbio de 6 marchas, faria milagres na estrada!

    ResponderExcluir
  4. Corrijam a informação a respeito da "Tecnologia Inédita" do duplo comando de válvulas variável na admissão e no escapamento: já existe outro motor no mercado do Brasil assim...e faz tempo!!!

    ResponderExcluir
  5. e um otimo carro mas agora perdeu o custo x beneficio, carro popular com motor 1.6 por mais de 60mil nao da msm. melhor partir pro honda city q e superior

    ResponderExcluir
  6. Logan 1.6 com motor super eficiente, faz o mesmo que o Corolla 1.8 automático, segundo InMetro

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.