Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Audi Q5 chega ao Brasil em 2017: preços ~ R$ 240 mil

Categorias: , , 12 Comentários

Além do VW Tiguan, outro SUV fabricado no México pode desembarcar no Brasil já em 2017: a nova geração do Audi Q5, o qual começa a ser vendida na Europa e nos EUA no começo do próximo ano.

Novo Audi Q5 2017 - Brasil

Da mesma forma que o Tiguan, da VW, a produção em San José Chiapa, no México, permitiria ao SUV médio da marca premium alemã chegar às lojas brasileiras com preços variando entre R$ 240 mil e R$ 315 mil reais.

Novo Audi Q5 2017 - Brasil

O Novo Audi Q5 ficou maior que seu antecessor, mas mesmo assim 90 Kg mais leve, resultado de uma tecnologia de construção mais avançada.

Novo Audi Q5 2017 - Brasil

O Audi Q5 é peça fundamental na estratégia da Audi de se estabelecer como maior marca de luxo do planeta em 2018, já que o modelo é um dos mais vendidos da marca nos EUA.

Novo Audi Q5 2017 - Brasil - interior

E, tendo em vista que 40% dos modelos premium vendidos no Brasil são SUV´s, a chegada do Novo Q5 ao Brasil não deve tardar, trazendo também um interior bem mais tecnológico, onde se destaca o Virtual Cockpit, já adotado no TT e A4 vendidos no Brasil.

Novo Audi Q5 2017 - Brasil - interior

No Brasil, o Q5 deve acompanhar a gama de motores presente no A4 - modelo do qual deriva: quatro cilindros 2.0 TFSI em opções de 190 cv (Attraction e Ambiente) e 252 cv (Ambition), em ambos os casos acoplado à nova transmissão S-Tronic automática de sete marchas.

Novo Audi Q5 2017 - Brasil

O Novo Audi A5 chega para estabelecer competição com modelos como Range Rover Evoque, Ford Edge, Jaguar F-Pace, Mercedes-Bens GLC, BMW X3, entre outros.



Com informações: [Car and Driver]

12 comentários:

  1. Qual a melhor opção: SW4 diesel 225 mil ou Q5 gasolina 240 mil. Prefiro AUDI!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Questão de opinião, apenas, já que não vamos realmente comprar, certo? Então, por esse preço, eu ficaria com Land Rover Discovery Sport, + silencioso, bem + rápido do que SW4 e com motor diesel. Q5 é show mas, a julgar pelo que foi o lançamento do Q3 anos atrás, para ter um espelhinho fotocromático (ou fotocrômico, como gostam de dizer) você terá que subir de versão, logo, já não custará mais 240 mil. E não é movido a diesel. Não que eu ache carro movido a diesel melhor de dirigir do que carro à gasolina. O caso é que aqui no Brasil a gasolina só piora (cada vez mais álcool nela) enquanto o diesel só melhora (cada vez menos poluente: S800, S50 e atualmente S10).

      Excluir
    2. Entre SW4 e Q5 somente eu também optaria pelo Audi. SW4 eu já dirigi bastante, em cidade e estrada, e acho que é um carro que é mais badalado do que deveria ser. Eu (minha opinião apenas, eu entendo que outros pensem diferente) vejo a confiabilidade mecânica do carro como o único ponto alto da SW4 e nada mais. Nem mesmo valor de revenda (essa história de comprar carro para revender já saturou, é uma idéia que não se sustenta). O desempenho é mediano e o espaço interno também, para o tamanho externo do carro. O isolamento acústico é ruim. A estabilidade, mesmo ajudada pela tração nas quatro rodas, nao transmite a mesma sensação de segurança dos SUVs da Land Rover, BMW e Volvo, p. ex.

      Excluir
  2. Muito caro, o peso mexicano esta 10% mais barato, o real valorizou, carro pra duzentos mil máximo.

    ResponderExcluir
  3. Acho o Q5 um carro para ninguém botar defeito. Só não compro um agora por um pequeno detalhe não muito importante : não tenho esse modesto valor. Certo ?

    ResponderExcluir
  4. Muito bom carro, sem dúvida, mas o grande diferencial que ele trará agora (espero que não o depenem ao vir para o Brasil) é a suspensão a ar que faz as nossas ruas parecerem bem mais civilizadas. Quem nunca dirigiu um SUV com suspensão a ar, que faça um test drive e entenderá o que eu estou falando (eu fiz um test drive no Discovery 4, que agora será substituído). Acontece que a suspensão a ar no Q5, se vier para o Brasil, só virá na versão de topo. E aí, esqueça compra-lo por 240 mil. Não vai dar.

    ResponderExcluir
  5. Nos EUA eles vendem por 40 mil dolares, no cambio de hoje seria 125mil reais, aqui eles tem que vender 1 pelo custo de dois.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Enquanto isso os Americanos podem comprar por 40 mil dolares ou fazer o consorcio por $450 dolares por mes com apenas 3 mil de entrada.

    ResponderExcluir
  8. Comprei um por 41 mil dolares nos EUA, Brasil continua vendendo muito mais caro, lamentavel!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.