Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Tiguan chega ao Brasil em 2017: preços ~ R$ 130 mil

Categorias: , , , 28 Comentários

A Volkswagen do Brasil prepara o lançamento da segunda geração do seu SUV médio Tiguan, modelo que agora é construído sobre a plataforma MQB, do Golf, e já está à venda na Europa. O lançamento no mercado nacional deve ocorrer em 2017, com preços variando entre R$ 130 mil e R$ 155 mil, conforme informação da revista Car and Driver.

Novo Tiguan chega ao Brasil em 2017: preços ~ R$ 130 mil

Enquanto o atual Tiguan é importado da Europa, pagando um imposto de importação de 35%, o Tiguan II chegará ao Brasil proveniente do México, onde será fabricado para abastecer o mercado dos EUA. Entretanto, como há um acordo comercial Brasil - México no âmbito automotivo, o SUV ficará isento de imposto de importação, desde que respeitada a quota da montadora.

Novo Tiguan chega ao Brasil em 2017: preços ~ R$ 130 mil

Em termos dimensionais, o Novo Tiguan é 6 cm maior, 3 cm mais largo e conta com entre-eixos 7,6 cm mais longo que o modelo atual, mas, mesmo assim, é mais leve, resultado dos avanços construtivos e da aplicação de aços de alta resistência da plataforma MQB.

Novo Tiguan 2017 - interior

O Novo Tiguan provavelmente será oferecido no Brasil em duas opções de motor: 1.4 TSI de 150 cavalos, mesma unidade que, adotada no Golf Variant - também importada do México, tem tecnologia Flex. O Tiguan 1.4 TSI adotará tração 4x2.



Além dessa, haverá também uma opção topo, com o mesmo motor do Golf GTI, o quatro cilindros 2.0 TSI de 220 cavalos, associado com a transmissão DSG-6, banhada a óleo, e tração 4 Motion.

Novo Tiguan 2017 - interior

O novo Tiguan chega para estabelecer competição com o Jeep Compass, Hyundai New Tucson, Kia Sportage, entre outros.

Postagens relacionadas:

28 comentários:

  1. Talvez esse seja o VW mais belo de todos os tempos, perfeito em todos os angulos

    ResponderExcluir
  2. Espero que a VW traga o Tiguan 4x2 1.4 TSI Flex de 150 cv, com câmbio AISIN de 6 marchas. Esse carro na faixa de R$ 130 mil é para colocar em maus lençóis as versões do Compass acima de 120k.
    Vejamos. O Tiguan atual já é superior ao Compass em tudo:
    http://www.car.blog.br/2016/11/jeep-compass-flex-x-vw-tiguan-14-tsi.html
    Esse novo Tiguan não deixará pedra sobre pedra do Compass. O desempenho será muito superior, consumo muito inferior, segurança classe mundial, interior infinitamente mais bonito, muito melhor acabado.
    E é importante a VW trazer o 1.4 tsi flex, pois aí ganha mais 2% de IPI. Não é nada, não é nada, é R$ 3 mil reais no preço final do carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Compass está vendendo bastante. A versão de 100k já é uma versão honesta.

      Excluir
    2. Sim, está vendendo bem, mas nem por isso é uma boa opção ou um carro de qualidade.
      Os Jeep feitos no Brasil estão deixando muito a desejar. O Renegade foi quase reprovado no teste da Quatro Rodas, e só se saiu minimamente melhor que o EcoSport, que levou bomba. Mas, o Renegade foi muito ruim.

      O Compass está vendendo bem pois a Jeep colocou uma versão de R$ 100 MIL flex, com 2 airbags e esse motor 2.0 flex para um carro que pesa 1.700 Kg, que deixa ele lerdo e bebe 3,5 km/l de álcool em cidade, conforme alguns proprietários estão aferindo por ai. uma vergonha.

      A verdade é que esse Compass não inova em nada. O motor é antigo, a plataforma é péssima (como pode ser 400 Kg mais pesado que o Tiguan de 2009, com menos espaço interno?).

      Então, o que está acontecendo para o Compass vender tanto? Simples: classe média deslumbrada querendo pagar de rica e impressionando o vizinho.

      A Jeep está oferecendo um carro de 100k, que a classe média está pagando em carnês de 60 vezes, e que "lembra" o Grand Cherokke, que custa R$ 290 mil.

      O povo compra para ostentar, achando que os outros vão acreditar que o mané tá andando de Grand Cherokke (que é outro carro de baixa qualidade).

      Não adianta o povo querer falar que Jeep, mimimi, Jeep, não sei o que, que a Jeep foi a falência nos EUA exatamente pois sempre fez carro de baixa qualidade. A Jeep é a pior marca em termos de confiabilidade nos EUA, e no Brasil está pior ainda.

      Mas os deslumbrados aqui acham que é premium.

      Uma análise racional entre o Compass e o Tiguan 1.4 TSI mostra que o modelo da VW é amplamente superior em TUDO: mais espaço, menor consumo, despenho amplamente superior, e etc.

      Excluir
    3. 1.4 TSI + Aisin vindo do México?
      Acho muito improvável, geralmente deixam o Aisin só aqui dentro mesmo.
      Eu estou por fora da fábrica do México, sai algum carro de lá com essa configuração?

      Excluir
    4. Eu estou por fora da fábrica do México, sai algum carro de lá com essa configuração?

      Golf Variant vendido no Brasil: 1.4 TSI Flex + AISIN
      Jetta 1.4 TSI AT6 vendido no Brasil: 1.4 TSI + AISIN
      Jetta 1.4 TSI AT6 vendido nos EUA: 1.4 TSI + AISIN
      Golf TSI vendido nos EUA: 1.8 TSI + AISIN

      Golf 1.8 TSI

      Excluir
    5. Primeiro penso que essa nova vai custar mais do que R$ 130mil visto que modelo antigo custa R$ 125mil.

      Pergunta Carlos qual a melhor a 1.4 com AISIN ou 2.0 com DSG???

      Excluir
    6. Primeiro penso que essa nova vai custar mais do que R$ 130mil visto que modelo antigo custa R$ 125mil.

      Tá pensando errado. O modelo antigo vem da Alemanha e paga mais de R$ 30 mil reais de imposto de importação.

      O modelo novo vem do México, que, além de ter moeda mais desvalorizada frente ao Euro, custos de produção mais baixos, não paga os mais de R$ 30 mil de imposto de importação.

      Sobre 1.4 TSI + AISIN x 2.0 DSG-6, os dois são ótimos e excelentes. Cada qual com seu propósito. O 1.4 tsi flex + AISIN suave e robusto, que bebe etanol e casa bem com tração 4x2. O 2.0 com o DSG 6 banhado a óleo é altamente potente, mas não é flex, mas sua potência maior e menor perda na transmissão compensa as perdas na tração traseira, e também o maior peso.

      Excluir
    7. O problema é a cota bem limitada de importação; portanto, nunca venderá o bastante para incomodar os rivais fabricados por aqui.

      Excluir
    8. Tem que trazer o modelo com a configuração do GTI. Tiguan é projeto novo, vai querer trazer a menina dos olhos da VW com cambio velho e tração dianteira só? E vai vir com que eixo, de torção?

      Tem que marcar território. O 2.0 é prioritário em relação ao 1.4. Quer trazer para "meio rico" comprar, traz, mas carro mesmo é o 2.0 e é esse que tem que trazer. Quem vai comprar não tá preocupado com a diferença de preço.

      Excluir
  3. Até que enfim deixou de ser aquele carro sem graça com cara de sonço. Lindo...a frente do Compass é mais bonita...mas de resto esse Tiguan massacra o Jeep.

    ResponderExcluir
  4. Ok, Tiguan pode realmente ser melhor que o Compass, mas tente encontrarem alguma concessionária a nova versão 1.4 TSI a pronta entrega.

    ResponderExcluir
  5. Eu pretendo trocar meu Golf e a pensei nesse Novo Tiguan, mas na época a VW não tinha anunciado a vinda dele, e o atual pelo preço atual, equivalente a um Compass quase completo, não me interessa. Vou esperar o Novo chegar pra vê-lo, aí poderei escolher entre ele e o 3008, que em comparações feitas na Europa se equivalem. Será uma questão de escolha pessoal. Vou sentir falta do meu Golf.

    ResponderExcluir
  6. Realmente essa Tiguan está top. Se vier a 130 mil vai vender bem mesmo. Por outro lado, pode esbarrar na cota de importação.

    ResponderExcluir
  7. Imaginem a Tiguan 2.0 de 252 cv como no a4....
    Outro carro que faz falta aqui e o golf 1.8 aut6... Ficaria bem mais veloz que o 1.4 sem a necessidade de pegar um GTI que é esportivo e perde suavidade, etc

    ResponderExcluir
  8. Acho 130 mil muito otimista, chutaria algo em torno de 160 mil a versão 1.4 TSI

    ResponderExcluir
  9. Dizem que a versão do México é maior e tem capacidade para até 7 lugares. Se isso realmente acontecer, eu, que já tive dois Tiguans, NÃO COMPRO!!! Adoro o carro, mas desfigurá-lo para agradar ao público americano é tolice!!! Acho que a VW deveria rever essa política, pois o grande barato do carro é justamente o fato de ser compacto. Uma pena, pois venderá menos do que se viesse a versão europeia. Mais: a versão estendida ficou horrorosa e parece um puxadinho, bem diferente desse modelo maravilhoso que está rodando na Europa! Outra coisa: a versão 2.0 com 220cv virá por no mínimo 170 mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é isso. Haverá versões de 5 lugares e outra com entre-eixos alongado com 7 lugares. Terá 2 opções.

      Excluir
    2. Deus te ouça, Carlos. Sou candidatíssimo! Só acho que 155 mil na versão top é fora de cogitação.

      Excluir
  10. Oq he esse compass,compassa ..sei la ..perto dessa bela maquina alema

    ResponderExcluir
  11. Um legítimo e perfeito Volkswagen!! Que venha logo!

    ResponderExcluir
  12. Acho que o Compass continua sendo uma ótima opção na faixa de 100 a 110. Só a versão mais top flex vai sofrer com o Tiguan a 130 mil. As versões diesel já tem outro público.

    ResponderExcluir
  13. Agora sim eu botei fé, ficou parecendo um golfão, muito top! Parabéns VWB

    ResponderExcluir
  14. O carro ficou com uma aparência incrível! Se for tão bom quanto parece ser, ponto pra VW. Mas e o Audi Q3?? Vai brigar diretamente com ele?

    ResponderExcluir
  15. Não tem muita lógica em lançar o câmbio com a AISIN,visto que a recente atualização é com DSG. Não é falar mal do TipTronic, mas esse DSG 6 é uma bela opção até porque o pessoal está elogiando o consumo e desempenho da 1.4. Pra mim essa Tiguan matou a AUDI Q3 - acho mito mais bonita. Com certeza um dos mais belos lançamentos.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.