Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Tiguan 2017 terá versão 1.4 TSI 4x2 com preço reduzido

Categorias: , , , 31 Comentários

A Volkswagen do Brasil prepara o lançamento da linha 2017 da Tiguan, que terá como grande novidade uma nova versão de entrada, equipada com motor 1.4 TSI, câmbio DSG-6 e tração 4x2, além de preço mais acessível que as atuais configurações 4x4 4Motion com motor 2.0 TSI.


Volkswagen Tiguan 2017 1.4 TSI 4x2 - Brasil
A VW Tiguan 2017 vendida no Brasil manterá o mesmo visual atual, e terá como itens de série 6 airbags (2 frontais com desativação do lado do passageiro, 2 laterais), ar-condicionado manual, Hill Assist, controle de tração e estabilidade, piloto automático, direção servotronic, faróis e lanterna de neblina, freio de estacionamento de acionamento eletro-hidráulico com função Auto Hold, bancos revestidos em tecido, rodas de liga-leve 17 polegadas "Philadelphia" montadas em pneus 235/55 R17, sensor de estacionamento traseiro, alarme, sistema multimídia "Composition Media” com tela de 6,5 polegadas, travas e vidros elétricos, volante revestido em couro com comandos multifuncionais, sistema start-stop (desligamento automático do motor em paradas temporárias), entre outros.


Volkswagen Tiguan 2017 1.4 TSI 4x2 - Brasil

Opcionalmente será oferecido teto solar panorâmico e o pacote Elegance, que acrescenta ar-condicionado digital de duas zonas Climatronic, volante com "shift paddles", espelhos externos rebatíveis, tapetes adicionais, rodas de 18 polegadas modelo "New York" montadas em pneus 235/50 R18, sistema multimídia com GPS integrado, Kessy (acesso ao veículo sem o uso da chave e botão para partida do motor), câmera traseira de ré, sensor de chuva, espelho retrovisor eletro-crômico, mesa dobrável no encosto dos bancos e dianteiros e gaveta sob o banco do motorista.

Volkswagen Tiguan 2017 1.4 TSI 4x2 - Brasil

Ainda não temos informações se o Tiguan 1.4 TSI 4x2 será importado do México ou fabricado no Brasil, como se especulou em 2013 (veja aqui). É importante considerar, porém, que o Tiguan 1.4 TSI 4x2 DSG-6 nada mais é que o Audi Q3 nacional - que adota exatamente esse conjunto motriz - com uma visual Volkswagen.

Volkswagen Tiguan 2017 1.4 TSI 4x2 - Brasil

Sendo assim, e levando-se em consideração a aceleração de vendas dos SUV´s compactos no Brasil, seria muito interessante que o Tiguan 1.4 TSI fosse fabricado no Brasil e, claro, tivesse preço competitivo com as versões topo de gama de Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks.

Estimativa de preço - R$ 108 mil reais

O Tiguan 1.4 TSI no México, de onde vem importado o modelo atualmente vendido no Brasil, tem um preço que corresponde a 72% do pedido pelo modelo 2.0 TSI 4 Motion. Caso essa mesma proporção seja aplicada no Brasil, o Tiguan 1.4 TSI 4x2 teria preço na casa de R$ 108 mil reais.

Postagens relacionadas:

31 comentários:

  1. Esse visual está muito datado, vão gastar atoa produzindo um SUV que vai vender nada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. com Você. 100k. Surreal esse preço...

      Excluir
  2. Melhor SUV entre seus concorrentes pena o preço elevado e o consumo elevado. Com adoção do cambio DSG e Star/Stop o consumo será resolvido e será uma ótima SUV ainda mais se melhorar o porta mala que pequeno para uma família. Mas vai ser uma ótima compra essa Tiguan 2017

    ResponderExcluir
  3. Se vier por 108 mil com o pacote elegance eu compro um pra mim.

    ResponderExcluir
  4. Ué... E o modelo novo? Lançar versão nova do modelo que já saiu de linha na Europa? Parece desova do que não vendeu lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha amigo, talvez você esteja enganado. Eu moro na Alemanha e saiu ontem no jornal Blick im Maifeld aqui uma matéria sobre o lançamento da nova Tiguan, que terá vários aperfeiçoamentos tecnológicos, mas o visual continuará 99% igual à atual.

      Excluir
    2. Leandro, a Tiguan que existe no Brasil nem existe mais no catálogo da Vw Alemanha, está lá como "nova Tiguan", é a nova geração, sob a plataforma mqb do golf e passat e com visual 100% novo e diferente deste das fotos.

      Excluir
    3. Nossa, entendi o que você quis dizer LV, mas pra mim o visual da nova mudou muito pouco, por isso disse 99%. Cada um enxerga de uma maneira mesmo. O visual da nova puxa um pouco pra Touareg, mas dentro da linha VW na minha opinião tudo é muito parecido. Talvez eu não tenho uma visão com o nível de criticidade da sua. Abs.

      Excluir
    4. O novo Tiguan mudou pouco? OOHHH Ceus!

      Excluir
    5. Meu irmão mora na Alemanha e comprou uma Tiguan nova, TDI. Não tem nada a ver com essa 2017 brasileira, 100% diferente muito melhor.

      Não comprem essa velharia.

      Excluir
    6. Pra mim O DESIGN mudou pouco. Eu moro na Alemanha e essa versão da matéria não tem nada de velharia.

      Excluir
  5. Interior parece de 10 anos atrás...

    ResponderExcluir
  6. Tiguan mexicana provavelmente, com motor de 1.4 litros, cambio DSG6, plataforma do golf 6. Se vier com preço competitivo, a básica eu diria em torno de 95-100k, esse carro terá chances de vender bem.

    ResponderExcluir
  7. 108k tabela, e com desconto que vai ter que ter pra vender, 100k quem sabe? é de se pensar mesmo com a idade do projeto, é um belo carro

    ResponderExcluir
  8. A Tiguan vendida no Brasil vem da Alemanha, não do México.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que não, a Tiguan mexicana está dentro do acordo automotivo. Com a Alemanha foram 12 mil Golf e Audi e só. Passat alemão paga taxa de importação. A Tiguan 1.4 TSI DSG6 está na www.vw.com.mx/es/models/tiguan/

      Excluir
    2. Eddie, o texto está todo confuso. O fato da Tiguan ser vendida atualmente no Mexico não significa que ela é fabricada por lá. Oficialmente o que foi dito pela VW é que a nova geração da Tiguan é que será fabricada em Puebla, no Mexico. Portanto, essa versão 1.4 que o texto mencionou provavelmente se refere a essa geração nova, com plataforma MQB, que daí poderá ser importada pro Brasil dentro do acordo automotivo. Abç

      Excluir
    3. Pode ser isso Lukoh. Vem da Alemanha via Mexico. Só nao sei se é permitido pela regulação de comercio exterior. Abr

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  9. Se for fabricado no Brasil vai perder até a roda para economizar.... opa...

    ResponderExcluir
  10. Carro com mecânica atualizada, porém o visual, até para os padrões VW, está ultrapassado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao sou designer mas precisaria mudar aquela traaeira aem graça insossa que lembra a Space Fox.

      Excluir
  11. Até 100k eu pego um pra mim. Bom motor, DSG6, deve melhorar drasticamente o péssimo consumo. Vai ser duro conviver com o pós venda ridículo da VW mas vai ser disparado o melhor suv em seu preço. Finalmente um suv sem motor de dentista.

    ResponderExcluir
  12. Acho que pode ser verdade que o golf adote o cambio DSG novamente, so que o de 6 marchas como na tiguan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Seria muito bom. Nao que o DSG7 seja ruim, pelo contrario, mas com banho a oleo é melhor.

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. É muito simples: se a VW colocar um preço aceitável (na casa dos 100k), pode até vender bem. Se sair da casinha e colocar preço de Audi, como fez com o Golf, vai micar.

    ResponderExcluir
  15. A VW pesquisou o mercado e decidiu, mesmo 1 ano depois de mudar o modelo, continuar vendendo o modelo antigo no Brasil.
    O preço que seria vendido aqui na configuração intermediária, sem Lane assist, parking assist e teto, chegaria por $230 mil reais ao consumidor.
    Com isso, resolveram ficar no modelo antigo por enquanto.
    Tenho uma 2012, gosto muito dela, mas não teria condições de pagar 155 mil reais para comprar uma zero modelo novo.
    Acho q eles viram que a maioria está o mesmo barco que eu.
    No final de 2017 virá uma versão "Abrasileirada" com menos atributos e com preço menor do que esses $230 mil reais

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.