Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat e Volkswagen são as empresas mais afetadas pela crise

Categorias: , , , 20 Comentários

O mercado automotivo brasileiro vem registrando sucessivas quedas desde o final de 2013. Nos sete primeiros meses de 2016 foram vendidos no Brasil 1.127.000 veículos - número que 45,5% menor que as 2.031.000 carros vendidos no mesmo período de 2013, que foi o último ano de crescimento, evidenciando que o setor foi reduzido à metade do que era há três anos atrás, e as principais perdedoras foram Volkswagen e Fiat.

Fiat x Volkswagen

A crise afetou de forma mais intensa as montadoras que estavam com linhas de produtos mais desatualizadas, que é o caso da Fiat e da Volkswagen, ambas com queda de vendas de 61,4% no período considerado, o que significa dizer que VW e Fiat vendem hoje bem menos da metade do que comercializavam em 2013.

Fiat Mobi 2017

A Fiat vendeu nos primeiro sete meses de 2016 um total de 172,4 mil veículos, uma retração de nada menos que 274,6 mil unidades sobre os 447,1 mil transacionados no mesmo período de 2013.

Volkswagen Up! 2017

Já a Volkswagen caiu de 384,8 mil carros e comerciais leves vendidos de janeiro a julho de 2013, para 148,4 mil este ano - queda de 236,5 mil unidades. Ou seja, da mesma forma que a Fiat, um volume 60% menor.

Chevrolet Onix 2017

Ford e GM fizeram uma renovação de seu line-up no período, o que resultou em quedas menores, mas mesmo assim acima da média do mercado. A GM vendeu 187,1 mil veículos nos 7 meses iniciais de 2016 - queda de 49% sobre 2013, enquanto a Ford emplacou 97,3 mil, retração de 48,1%. As duas norte-americanas ficaram com a metade do tamanho que eram em 2013.


Toyota, Honda e Hyundai: as menos afetadas pela crise

Se as tradicionais do G4 caíram mais, as asiáticas, Toyota, Honda e Hyundai perderam bem menos, com quedas de cerca de 10% sobre 2013, enquanto a francesa Renault caiu 33,4%.

Hyundai HB20 2017

O resultado desses comportamentos diferenciados de quedas de vendas pode ser visto no ranking das maiores empresas automotivas em 2016: GM passou a VW e Fiat e se tornou líder, enquanto Toyota e Hyundai superaram a Ford e se posicionaram como 4ª e 5ª maiores empresas automotivas em 2016.

Com informações: [Auto Data]

Postagens relacionadas:

20 comentários:

  1. Quanto maior a montadora, maior é o tombo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso não faz sentido nenhum, qdo se usa porcentagens!

      O que pode fazer... É o tipo de público de cada montadora.

      Excluir
  2. Esse segundo semestre será ainda pior para a VW, enquanto a Fiat vai se recuperar.
    A interrrupção da produção da VW está produzindo perdas muito grandes de mercado, pois a fábrica cancelou todos os bônus para as concessionárias, então os carros que estão em estoque só podem ser vendidos pelo preço sugerido. Imagina um Take-up com ar e direção a R$ 41.490 reais, enquanto a Fiat tá vendendo Mobi completo a R$ 32k, quase 10 mil reais mais barato.
    Vamos ver se a partir de outubro melhora, mas esse segundo semestre será devastador para a VW. No pior cenário, a VW será ultrapassada pela Toyota, Hyundai, Ford e Renault até outubro. A coisa tá feia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas pelo menos a partir de outubro vislumbro uma melhora da VW, com a chegada ao mercado do Golf 1.0 TSi e da Tiguan 1.4 TSI 4x2. Claro que dependerá muito do preço, mas esses dois produtos, e a volta dos descontos certamente interromperá a queda e terá um final de ano em crescimento.

      Excluir
    2. Tens razão a tendencia da VW é cair mesmo, com estes preços, provavelmente Mobi passará up e com a política de preços da Fiat esta irá se recuperar um pouco mais, que hoje a unica fábrica que dá lucro é a do pernambuco.

      Já a GM, tende a manter a liderança, principalmente com a renovação do onix/prisma/cobalt/cruze, que venderão bem mais e talvez tire a GM do prejuízo.

      A Ford devera se manter como está. A VW realmente terá posição indefinida por estas várias interrupções na produção, talvez permaneça com vendas similares a da Toyota.

      Excluir
  3. Td besteira... estao fazendo reserva. Sabem q assim q a crise começar a passar, o povo vai correr pras ccs. Os preços vao subir normalmente como se as vndas estivessem otimas pra qd chegar a hora da recuperacao aumentar ainda mais...
    Ta uma palhacada só... cada marca sobe quase 700 reais por mês o preco de seus carros. O povo do SUV daki um pouco para d comprar tb... pois a novidade vai passar aí é hora do consumidor dar as cartas. Mas se houver retracao, o governo salva o setor, afinal sao as automobilisticas q bancam as campanhas politicas.

    ResponderExcluir
  4. VW com problemas com fornecedores,tá faltando carros da marca nas concessionárias,automaticamente os carros que tem não será interessante dar desconto no momento de falta!!!
    A família gol MQB.chegara ao mercado no segundo semestre de 2017!!!!
    A partir daí creio que voltará a crescer as vendas da empresa!!

    ResponderExcluir
  5. o gol ta mas caro q onix e palio também ta mas caro q onix é os finaciamentos com juros altos é merecindo a fiat e vw estar com vendas em queda mesmo.

    ResponderExcluir
  6. o gol ta mas caro q onix, voyage ta mas caro q prisma e palio também ta mas caro q onix grande siena tá mas caro q prisma é os finaciamentos com juros altos é merecindo a fiat e vw estar com vendas em queda mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Com boa prática de gestão as empresas sérias buscam relação ganha a ganha com os fornecedores. A VW quer matar os fornecedores. Quer que eles paguem os prejuízos das @#!$ que fez. Só não vou dizer que acho pouco por que quem está avançado é a Fiat, marca que não vejo sentido.

    ResponderExcluir
  8. E ainda está pagando o preço da obsolência programada de seus veículos. O povão está certo. Já que é para comprar carroça que seja então uma carroça barata. E quem tem dinheiro partiu para as marcas que prestam.

    ResponderExcluir
  9. Não vejo apenas como crise, mas também (se não, principalmente) erros de gestão primários, não antecipando ou nem acompanhando melhorias de conforto, interatividade, enfim, não deixando seus carros "modernos" ou pelo menos atrativos. Enfim, erros de equipamentos, versões e preços. Além dos clássicos erros de atendimento e até pós-venda. Resumindo: VW e Fiat, com raras excessões (Fiat com a Toro, VW, alguns meses, com o Golf), trabalharam muito mal nos últimos 5 anos... Não se preparam para esse momento do mercado e agora não têm carros interessantes... No Brasil, foram amadores, junto com Ford, Nissan, Renault e o grupo PSA.

    ResponderExcluir
  10. O Blog deveria fazer uma matéria sobre a volta do novo Focus Titanium Powershift 2016 em Interlagos pela Fullpower. O Golf Comfortline 1.4 TSI meteu 3 SEGUNDOS de vantagens no Focus 2.0, e olha que interlagos é uma pista grande com retas enormes, o que teoricamente favoreceria a maior "potencia" declarada do Focus. Lembrando que no teste do Acelerados, na pista do Vellocitá, o Golf 1.4 meteu 2,5 segundos de vantagem sobre o Focus, e em uma pista curta.
    No teste em Interlagos foi dito que o cambio do focus é lento e os freios não são tão eficientes.

    Resumindo, não importa em qual pista, o Golf 1.4 TSI sempre mete uma benga bem dada no focus 2.0 titanium 2016.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=R5QrE5cuzXQ

      Excluir
    2. Seria uma boa essa matéria. Golf é tecnologia pura, mais leve e com torque excelente, fora os freios nota dez.

      Excluir
    3. Sim sim, o Golf TSI é tudo isso! Mas você chega na concessionária ta lá, 107k na máquina. Fica complicado, é uma pena pois é o sonho de consumo de quem curte um desempenho em conta, mas é um sonho que tá ficando cada vez mais caro e mais distante.

      Excluir
  11. Não acho que a VW vai se recuperar se por exemplo lançar o golf 1.0 tsi pelo mesmo preço absurdo do atual 1.6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Golf nunca vai ter numero de vendas para tirar a VW do vermelho. Hatch médio já saiu de moda.
      Tem que tentar emplacar uma suvezinha e um sedã médio, além de atualizar o gol.
      Up é um bom carrinho, mas não é o que o mercado pede, não adianta o Carlota tentar enfiar goela baixo. Se quer vender tem que ser razoavelmente bom e carregar toda a família mais a bagagem, não precisa ser o melhor...

      Excluir
  12. São muitos comentários fora da realidade ! Preços são verdadeiros ABSURDOS !!!

    ResponderExcluir
  13. Achei sem sentido muitos comentários também.

    Eu não torço para montadora, que venda mais a mais eficiente, brasileiro é meio maluco, torce por tudo, montadora não é time de futebol, se não vender fecha as portas, tchau, vai tarde.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.