Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chevrolet Cobalt 2017: dados de consumo do INMETRO

Categorias: , , 20 Comentários

A Chevrolet do Brasil lançará a linha 2017 do sedã Cobalt, que terá como novidade a adoção de direção com assistência elétrica em todas as versões, e transmissão manual de seis marchas. As mudanças têm como objetivo torná-lo mais econômico.

Novo Chevrolet Cobalt 2017

O Chevrolet Cobalt tem fama de consumir muito combustível, de modo que as alterações, além de melhorar a nota do modelo no INMETRO - agora A, devem melhorar a percepção de consumo do modelo junto ao consumidor.

Novo Chevrolet Cobalt 2017

A tabela a seguir traz os dados de consumo do Cobalt 2017 para as versões 1.4  e 1.8 com o novo câmbio manual de seis marchas, e também da equipada com motor 1.8 flex e câmbio automático de seis marchas.

Modelo
Motor
Câmbio
Consumo Etanol [Km/l]Consumo Gasolina [Km/l]
CidadeEstradaCidadeEstrada
CHEVROLETCobalt (MY 17)1.4-8VM-68,510,412,515,1
CHEVROLETCobalt (MY 17)1.8-8VM-68,310,412,115,1
CHEVROLETCobalt (MY 16)1.8-8VA-67,61011,114,4

Postagens relacionadas:

20 comentários:

  1. Que média excelente do 1.8 na estrada!!!
    Chevrolet agiu muito bem, pena que só fez isso "obrigada" pelo inovar...
    Mas é uma evolução!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curiosa essa afirmação, pois tenho um Cobalt LTZ 2013/13 1.8 e ele faz tranquilamente (velocidade em torno de 100km/h) 19,4 km/litro na gasolina rodando pela rod.Bandeirantes.! E olha que ele já está com 64.000 km rodados e em excelente estado, praticamente como zero ! E ai Inmetro!? Tenho fotos comprobat´´orias em meu wuatsapps pra quem quizer confereri (19) 998581280).



      Excluir
  2. Esse novo design ficou mais agradável. Gostei!

    ResponderExcluir
  3. Consumo excelente dessa versão 1.8, isso é a prova de que quando se quer de verdade se evolui, uma amigo tem um Cobalt ano 2013 1.8 e aquele motor bebe mais que com Jeremias.

    ResponderExcluir
  4. Uma ótima opção como sedan, bonito, confortável, ótimo espaço interno e com motor confiável e econômico.

    ResponderExcluir
  5. Mesmo com esse motor de concepção antiga, está dando baile em motores mais modernos...parabéns pelo trabalho da engenharia GM.

    ResponderExcluir
  6. Mas e o Desempenho em baixas e altas velocidades?

    ResponderExcluir
  7. Cobalt é um ótimo carro, já tive um, é confortável, espaçoso e ficou bonito nessa versão elite...

    ResponderExcluir
  8. Tá, realmente melhorou muito mas ainda não me convenceu. Restou aquela "alguma coisa" na lateral que não agrada, isso desde o lançamento.

    ResponderExcluir
  9. Realmente o consumo do motor 1.8 ficou excelente, mais econõmico que o mobi 1.0 , só que pra levar pra casa esse monstro tem que desembolsar 60 mil temes.

    ResponderExcluir
  10. Não entendo o milagre que a GM fez com esses motores do dia pra noite.

    ResponderExcluir
  11. Só acredito vendo, na pratica esses numeros não são bem assim.

    ResponderExcluir
  12. Previsão ?

    Ia pegar um Toyota Etios, mas se esse consumo for verdade, opto pelo Cobalt.

    ResponderExcluir
  13. Não sei em circunstâncias eles tiram essa média pois nem o meu a gnv faz isso

    ResponderExcluir
  14. Não sei em circunstâncias eles tiram essa média pois nem o meu a gnv faz isso

    ResponderExcluir
  15. Tenho um Cobalt 1.8 Automático 2013, faz 5,2 km/litro com álcool na cidade, excelente carro, mas o consumo é exagerado, é difícil acreditar que estas melhorias o deixou muito mais econômico na cidade, em rodovia não tenho do que reclamar, faz 10 km/litro com álcool

    ResponderExcluir
  16. Tive um Cobalt LTZ automático 2014/2015 e após 2 anos e pouco mais de 10.000 Km rodados não tive nenhum problema com o carro. A favor do modelo o amplo espaço para 5 pessoas e o gigantesco porta-malas. O motor 1.8 é bem elástico e o câmbio automático mais a direção hidráulica eram itens de conforto indispensáveis no irritante anda-e-para urbano. A suspensão filtrava bem as irregularidades do piso e o carro era bem estável. O consumo, por sua vez, era bem elevado tanto na cidade quanto na estrada. Não costumo repetir carro mas decidi adquirir um novo Cobalt. Escolhi a versão Elite 2017 que vem completíssima (ar condicionado, sensor de chuva e crepuscular, bancos de couro, vidros elétricos nas 4 portas, faróis de neblina, som completo, rodas exclusivas de liga leve, ON Star etc.). A direção agora é elétrica e o câmbio automático foi recalibrado ficando mais ágil e preciso. O motor foi atualizado mas o consumo na cidade permanece na faixa de 5 a 6 Km/l com álcool, mas na estrada cheguei a obter 11,5 Km/l também com álcool. Com gasolina as marcas serão melhores, evidentemente. O mesmo deve ocorrer quando o motor estiver amaciado. No fim das contas, o carro custou menos de R$68 mil e com a reestilização da frente e da traseira o sedan ficou bem mais atraente. É um sério concorrente do Honda City, ao HB20S e ao Fiat Linea, e está posicionado acima do Toyota Etios Sedan, Nissan Versa, Renault Logan e outros modelos espaçosos, mas com um conjunto inferior. O seguro também ficou bem em conta. Recomendo!

    ResponderExcluir
  17. Tenho um Cobalt LTZ 2013 manual e vi que realmente todos reclamam do consumo do carro. De fato é um ótimo veículo mas precisarei levá-lo aos alcoolicos anonimos pois como bebe!!!

    ResponderExcluir
  18. Meu Cobalt LTZ 1.8 ano 2013/13 câmbio manual com 64.000km rodados praticamente em estado de novo faz 19.4 k/l a 100 km com gasolina no trajeto S.Paulo/Campinas. Posso confirmar a quem duvidar pelo whatsapp 19-998581280, com fotos !

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.