Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Toro 4x2 enfrenta vias de terra: problemas e virtudes

Categorias: , , , 18 Comentários

A Fiat Toro 4x2 Flex enfrentou nestes últimos dias estradas de terra do interior dos estados de Minas Gerais e de Goiás, além de percursos internos em propriedades rurais. Neste artigo relatamos nossas impressões, assim como problemas observados.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

A maior parte dos percursos ocorreu em estradas de terra, em clima seco, mas com grande frequência de formação das chamadas "costelas de vaca", que são pequenas ondulações transversais na pista, que, além de reduzirem a aderência, provocam grande vibração no interior de veículos. Há também muita poeira em suspensão levada pelo tráfego dos veículos.

Vídeo - Fiat Toro 4x2 Flex em vias de terra



Caçamba inunda de areia e pó

E é exatamente em relação à vedação do veículo relativamente à poeira e pó recai que recai o primeiro problema. A cabine dos passageiros é bem vedada, e não verificamos infiltração, mas a caçamba decepcionou muito.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Em artigo anterior já tínhamos observado que ela não tem vedação alguma contra água (veja aqui e aqui). Entretanto, agora constatamos que ela não tem vedação também contra lama em suspensão.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Nós usamos a caçamba para colocar as bagagens dos passageiros (quatro pessoas a bordo), e na primeira parada para abastecimento verificamos que todas as bagagens estavam completamente envoltas em pó vermelho oriundo da estrada de terra.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Mais que isso, a caçamba inteira apresentava um grande acúmulo de poeira em toda a sua extensão, evidenciando que não há qualquer tipo de preocupação com relação à vedação.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Assim, tendo em vista que é um compartimento que não conta com vedação contra água e e tampouco contra poeira (imagine trafegar em estradas de terra durante chuva!), constata-se que a caçamba da Toro não é um substituto para um porta-malas convencional de um sedã, hatch ou mesmo uma station.

GPS ineficaz

Outro problema que verificamos ao andar com a Fiat Toro por estradas de terra no norte de Goiás e de Minas Gerais é que o GPS do sistema UConnect da Toro inútil nessas regiões. Os seus mapas internos não contam com praticamente nenhuma estrada que não seja asfaltada - algo bem raro nas regiões que circulamos.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road
Sistema de navegação da Fiat Toro não reconhece muitas vias de terra. A solução é usar o Google Maps.
Como precisávamos de um sistema de navegação, recorremos mais uma vez ao Google Maps, que conta com todas essas estradas em seu banco de dados, mas esse navegador depende parcialmente da existência de conexão à Internet, algo que é praticamente nulo nessas regiões.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Dessa forma, a situação fica complicada, pois o GPS da Toro, que não precisa de conexão à Internet para funcionar, não conta com os mapas dessas regiões. E o Google Maps e Waze, que são atualizados, ficam limitados pela ausência de Internet.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

De qualquer forma, usando o modo off-line do Google Maps foi possível chegar à maioria dos nossos destinos.

Comportamento em estrada

Se a Toro decepcionou na vedação da caçamba e no funcionamento do GPS, ela surpreendeu positivamente no comportamento dinâmico nesse tipo de via, e também em sua aptidão para enfrentar pisos de baixa qualidade, especialmente as "costelas de vaca".

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Nós já fizemos esses percursos a bordo de hatchs e sedãs médios, e eles se mostraram muito inadequados para enfrentar as "costelas de vaca", já que a suspensão não conseguia filtrar a frequência das pequenas ondulações, e isso acaba provocando uma vibração praticamente insuportável no interior do carro, causando a impressão de que o carro vai aos pedaços.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

A solução é ir um pouco mais rápido, sobrevoar as ondulações - mas neste caso a aderência fica muito comprometida, e o carro parece que está "navegando", com grande risco de acidente. Ou andar muito devagar, abaixo de 30 km/h, o que torna a viagem muito longa e cansativa.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Felizmente, a com a Fiat Toro nada disso acontece. Há sim, uma vibração transmitida para a cabine, mas muito pequena e totalmente suportável e que praticamente não incomoda. Também não há qualquer sensação de que o veículo está sendo submetido a condições para as quais não foi projetado.

Ao contrário, a Toro mostrou-se à vontade nessas estrada, proporcionando conforto aos passageiros, vedação total de poeira para a cabine, e transmitindo grande sensação de segurança ao motorista mesmo ao se trafegar em velocidade nessas estradas.

A superioridade da Toro sobre os modelos convencionais nesse percurso verifica-se quando ultrapassamos vários sedãs e hatchs, os quais estavam circulando a velocidades muito baixas, provavelmente tentando reduzir as vibrações que invadem sua cabine.

Iluminação

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road
Fiat Toro - faróis principais e auxiliares iluminam adequadamente
Outro ponto que agradou bastante foi o sistema de iluminação da Toro.

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

Tanto os faróis principais, quanto os auxiliares - milha e neblina (dianteiro e traseiro) - se mostraram muito potentes e eficazes, iluminando os caminhos à frente, e sinalizando a presença para os demais carros, com competência.

Consumo

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

O Fiat Toro estava abastecida com gasolina em todo o percurso, e o fizemos com o ar-condicionado ligado 100% do tempo, com 4 adultos a bordo. O consumo médio foi de 9 km/l de gasolina.

Conclusão

Fiat Toro 4x2 Automático - off-road

A Fiat Toro, apesar de decepcionar pela falta de vedação da caçamba e do GPS muito desatualizado, a picape, mesmo nesta versão flex, com tração 4x2 e câmbio automático, se mostra um instrumento eficaz para enfrentar estradas de terra. Sua suspensão mostra-se perfeitamente adequada para superar a falta de padrão dessas vias, com muitos buracos, crateras, costelas de vaca e facões.

Postagens relacionadas:

18 comentários:

  1. Caçamba inunda de areia e pó

    [E é exatamente em relação à vedação do veículo relativamente à poeira e pó recai que recai o primeiro problema. A cabine dos passageiros é bem vedada, e não verificamos infiltração, mas a caçamba decepcionou muito.]

    É pra isso que inventaram bolsa impermeável para picapes, justamente porque a capota marítima não é suficiente.

    https://www.google.com.br/search?q=bolsa+imperme%C3%A1vel+para+ca%C3%A7amba&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwjwkcSbw6HNAhWDi5AKHTVGAA0Q_AUIBygC#tbm=isch&q=bolsa+imperme%C3%A1vel+para+picape

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ta aí um bom motivo para as montadoras repensarem na questão da vedação

      Excluir
  2. Cansei de ver já Hilux, S10, todas cheias de poeira na caçamba mesmo com a capota marítima. A última foi uma Hilux que estava sendo retirada a poeira da caçamba para uma viagem, e estava com a capota marítima. O do Toro é pior? Sim, pode ser, os cantos perto da cabine são bem recortados em seu desenho, complicando a vedação nessas áreas, mas, quem compra picape tem que saber que não é vedado como porta malas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que a industria oferece bolsa impermeável para picapes, tem de todo tamanho, cores e preços.

      Excluir
  3. Parabéns Carblog, excelente matéria.

    ResponderExcluir
  4. Pick up cabina dupla as malas se carrega sobre o banco traseiro de preferência amarradas nos cintos de segurança. A bolsa com ziper na caçamba inviabiliza o uso da caçamba pra carregar tralhas se esta tiver capa nautica como cobertura. Abrindo a tampa traseira vc só tem acesso a bolsa plastica que nao é totalmente hermética. Portanto, mais uma vez, pick up nao importa tamanho e modelo é somente pra quem precisa mesmo.

    ResponderExcluir
  5. se nao quizesse sujar as malas q comprasse aquelas q compram em lojas de shopping de plastico ou entao aquelas impermeaveis, isso e normal em picape encher de poeira e agua de chuva a caçamba afinal e so uma PROTECAO nao uma vedacao completa como e em outros carros de outros segmentos

    ResponderExcluir
  6. Essa poeira não entra pela capota e sim pela tampa traseira, das caminhonetes que já tive, em estrada de terra empoeirava sem dúvida, mas essa supera todas. Ainda mais este sistema de porta creio que seria bem fácil fazer uma vedação nela que ao menos amenizasse muito esta poeira, mas é uma FIAT né...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que eu saiba, lendo por aí, a poeira entra pela capota "marítima" próximo ao vidro traseiro. As portas traseiras dela são muito bem vedadas.

      Excluir
  7. Nao sou muito de comentar mas enfim, vcs estão insistindo em criticar uma coisa que é normal. TODAS AS PICKUPS possuem essa infiltração de pó, isso é normal no segmento, NÃO EXISTE UMA CAÇAMBA 100% SELADA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente nao existe. Critico o fato de pessoas que nao precisam duma pick up pagando preço dum bom sedan ou hatch e depois não sabem o que fazer com comprar de supermercado e bagagem. Modismo? Sei lá só nao consigo entender.

      Excluir
    2. É por isso que existe bolsa impermeável para picapes, funcionam muito bem.

      Excluir
  8. Por que não paraste a camionete na bomba do outro lado, pra evitar riscos ao ficar passando a mangueira por debaixo do chassi?
    Sobre os problemas de infiltração na caçamba, para que ta feio. Pelos comentários já deu pra ver que todo mundo tá cansado de dizer que isso é normal em picapes e somente bolsa impermeável resolve.

    ResponderExcluir
  9. 1º - Usem o Here Maps da Nokia, melhor GPS, funciona perfeitamente off line;
    2º - Toro NÃO TEM farol de milha, são ambos de NEBLINA (dianteiros e traseiro).

    ResponderExcluir
  10. Compraria sem pestanejar!!! Carrão!

    ResponderExcluir
  11. Por favor façam um teste de carga, vcs estão testando como se fosse um sedan
    Duvido que está tampa não sera um grande atrapalho pra carregar uma geladeira, moto então nem pensar .
    Já vi Strada CD levando moto, por favor testem como carregar cargas grande e pesadas em comparação com Oroch saveiro
    Tenho certeza que está tampa traseira não presta pra nada
    Não tem apoio pra carregar, não entende o assoalho e ainda as portinhas abertas não permitem que quem carrega chegue junto do assoalho

    ResponderExcluir
  12. Façam um teste como pickup e não como sedan.
    Testem como se comporta carregada e como carregar.
    Tenho certeza que estas portinhas vão atrapalhar muito
    Já vi Strada CD como moto, duvido que a toro carregue
    A tampa e usada como extensão de caçamba, tbem ajudando a chegar junto e subir pra ajudar no carregamento, na toro sem dúvida elas atrapalham.
    Favor testem contra a Strada Oroch, carreguem as 3 com uma moto e com 1 ou 2 geladeiras, a toro será a pior, sem falar que por carga mesmo este motorzinho não leva

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.