Car.blog.br

Pesquisar este blog

Peugeot 2008 Automático: preço, desempenho e consumo

Categorias: , , , 26 Comentários

O Peugeot 2008 foi o último SUV compacto a chegar ao mercado brasileiro, mas o modelo já está sendo vendido nas concessionárias da marca, com as primeiras unidades sendo entregues aos consumidores ainda esta semana.

Novo Peugeot 2008 Automático

No lançamento do modelo (veja aqui) ficou um ar de decepção pois a configuração mecânica mais aguardada - que seria a equipada com o motor 1.6 THP Turbo (da BMW) associado com transmissão automática de seis marchas - não será oferecida, pelo menos inicialmente, já que, segundo a Peugeot, o compartimento do motor é pequeno demais para acomodar o motor turbo com o cambio de seis marchas.

Novo Peugeot 2008 Automático

Assim, restou a versão THP manual como modelo topo de linha. Entretanto, em que pese o fato das inegáveis qualidades do motor 1.6 Turbo e da transmissão manual de seis marchas, o comprador típico desses SUV exige uma transmissão automática, e, assim, a opção recai sobre a versão Griffe 1.6 de 122 cavalos associada a uma caixa de transmissão automática de quatro marchas.

Novo Peugeot 2008 Automático - painel - interior

É verdade que se esse powertrain não é o ideal, ele também está longe de decepcionar, sobretudo pelo fato de o Peugeot 2008 ser o SUV compacto mais leve de todos os SUV compactos: 1.236 Kg. Ele é até mais leve que o Honda HR-V (1.271 Kg) e mais de 200 Kg mais magro que o peso-pesado Renegade 1.8 AT Flex, com seus 1.440 Kg.

Novo Peugeot 2008 Automático - interior

Peugeot 2008 1.6 Automático - consumo e desempenho

O resultado é que o Peugeot 2008 foi melhor que o Renegade 1.8 Automático nos testes da Revista Quatro Rodas, com aceleração de 0 a 100 Km/h em 14,3 segundos (Honda HR-V: 11s; Renegade 1.8 AT: 15,3) e velocidade máxima de 171 Km/h. A retomada de 80 a 120 Km/h é feita em 9,9 segundos (HR-V 7,4 segundos; Renegade : 11,6 s). O consumo em cidade é de 10,4 Km/l (Honda HR-V: 10,4 Km/l; Renegade : 10,1 Km/l) e chega a 13,9 Km/l (Honda HR-V: 13,1 Km/l; Renegade: 12,5 Km/l) em estrada.

Novo Peugeot 2008 Automático - Branco Nacré

Ou seja, entre os novos SUVs, o Peugeot 2008 1.6 Automático é melhor que o Renegedade 1.8 Flex Automático em desempenho e consome menos, mas fica atrás do Honda HR-V, que é o novo referencial do segmento, sendo o mais rápido e veloz, e, ao mesmo tempo, o mais econômico.

Novo Peugeot 2008 Automático - espaço traseiro

Entretanto, o Peugeot 2008 1.6 Automático tem vantagens em termos de preço em relação ao HR-V. Pelo preço do Honda HR-V básico - R$ 76 mil, o Peugeot 2008 Griffe 1.6 Automático, que custa R$ 75.000 reais, oferece itens que só são encontrados na versão EXL do Honda HR-V, como ar-condicionado automático com duas zonas de climatização, 6 airbags, faróis de neblina com acendimento automático em curvas, revestimento dos bancos em couro (parcialmente no caso do 2008).


E também itens que não são oferecidos no HR-V, como sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e teto panorâmico. Isso deixa claro que a Peugeot optou por oferece uma vantagem interessante de preço, buscando seduzir o consumidor pela boa relação custo x benefício.

Novo Peugeot 2008 Automático

Entretanto, como o Peugeot 2008 é o SUV compacto que apresenta as menores dimensões externas, ele perde para o Honda HR-V em termos de espaço interior e de porta-malas, com seus 355 litros, contra os 435l do Honda. Entretanto, o Peugeot 2008, apesar de menor que o Renegade, tem mais porta-malas e mais espaço interno que o Jeep.

Comportamento

Se o Jeep Renegade tem um comportamento mais voltado para uso urbano, com direção extremamente leve - mais que vai ficado mais firme com o aumento de velocidade; e suspensão de ajuste bem macio. A posição de dirigir é elevada - o que vai agradar os compradores de SUVs.

Novo Peugeot 2008 Automático - acabamento interno

O interior mostra um bom padrão de montagem de peças, e materiais de boa qualidade. O painel, porém, não conta com revestimento emborrachado, como o encontrado no Jeep Renegade e no Honda HR-V.

Novo Peugeot 2008 Automático

O painel de instrumentos tem uma iluminação que transmite uma impressão high-tech - aspecto que acaba reforçado pelo visual do sistema multimídia colocado no centro do console central.

Vídeos - Peugeot 2008




Conclusão

O Peugeot 2008 se destaca pelo visual agradável e sofisticado, comportamento de automóvel, suspensão macia e direção extremamente leve.

Novo Peugeot 2008 Automático

Sua principal vantagem, porém, é a boa relação custo x benefício, trazendo, pelo preço das versões básicas dos concorrentes, uma gama de itens de equipamentos só encontrada nos modelos topo de linha, que são R$ 15 mil reais mais caros.

Postagens relacionadas:

26 comentários:

  1. Na minha opinião é um bom carro mas no final das contas eu ficaria com o Renegade ou com o HR-V.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gosto do 2008 principalmente pelo fato de ele ser igual ao 208 internamente, idêntico, não muda nada, não me é legal a ideia de pagar mais e levar um carro igual ao outro, só para ter uma carroceria maior e ser mais alto, poderiam pelo menos ter dado uma mexida nesse interior, não deixar completamente idêntica a do 208.
      Só achei um erro ali na matéria, o HR-V não tem ar-condicionado de duas zonas, o dele é só automático e digital, duas zonas só do 2008 e do Renegade Longitude.

      Excluir
    2. Sim, também não gosto muito da ideia do interior dele ser igual ao do 208. Mas eu não compraria ele mesmo pelo pós-venda da Peugeot, revenda, desvalorização e manutenção. Porém devo admitir que esse 1.6 THP caiu muito bem no 2008!
      Abs.

      Excluir
    3. E o 2008 é mais econômico que o HR-V.

      Excluir
    4. desempenho inferior ao do Up! que faz 0 a 100 em 0,1s a menos! Aliás o Up! perde por pouco do HRV (só 3s)

      Excluir
    5. Há um erro na matéria. O Hrv não tem painel emborrachado, é plastico mesmo, assim como o 2008.
      O único com painel emborrachado é o Renegade.

      Excluir
    6. Depois de ler que o Renegade 1.8 E-torq tem menor aceleração que o Up! 1.0, já deu para ver o mico que será. O que esperar do Uno Bombado como diz o Carlos. E não sei porque insistem em colocá-lo como concorrente desses SUV's. É um Jeep e ainda deve ter medo de lama e buracos (kkk). O 2008 e o HR-V são concorrentes de fato, com vantagens e desvantagens de cada um em relação ao outro, que dificultam a escolha. O que lhe agradar e servir será o escolhido. O Renegade já está com o nome certo ao menos... Um renegado!

      Excluir
    7. Exato, 911 Turbo. Está sendo divulgado que o HR-V é um primor em acabamento, porém, de macio só temos os contornos do consolo central e detalhes nas portas (as quais, por sinal, tem aquele acabamento de tecido de mau gosto, lembrando carros antigos da GM - prefiro uma porta com plásticos de boa aparência).

      O painel é duro (aquela placa frontal, bem visível no lado do carona, engana, tal como no RAV-4).

      Obs.: de qualquer forma não acho essa questão da moda de ter painel macio ou de plástico duro tão relevante. O que importa é o acabamento ser bom, não apresentar ruídos etc.

      Excluir
  2. Saiu da lista da minha esposa por não ter isofix, item q será o padrão de fixação das cadeirinhas infantis no Brasil nos próximos anos! Q mancada da Peugeot p/ o mercado brasileiro! Na Europa vem completinho, pois lá é lei! Vou de HR-V também! A Honda agradece!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maior mancada foi a adoção de um câmbio AT de 4 marchas e sonente o manual na THP. ASSIM FICA DIFÍCIL.

      Excluir
  3. Mas somente agora que os engenheiros da Peugeot perceberam que um cambio moderno de 6 marchas não cabe no carro?
    Que absurdo! Um erro primário de estrategia de vendas e tecnologia!

    Fico com o Honda HR-V.

    Modernizem o vosso carro e avaliarei!

    ResponderExcluir
  4. Peugeot uma marca bicentenária e o primeiro veiculo a motor a rodar no Brasil foi um Peugeot trazido por Santos Dumont.

    ResponderExcluir
  5. esse modelo pelo que li e assistir na net pode,ser o melhor peugeot produzido na historia da marca no brasil,veremos.

    ResponderExcluir
  6. Aqui na Banânia produzem c/ redução de tudo o q é possível, mas cortar o isofix foi demais! Quem quiser pode conferir as especificações do modelo produzido p/ Portugal e restante da Europa! Aqui nos empurram qualquer coisa, cobram 80k e ainda achamos q estamos fazendo negócio da China! Não fosse esse "detalhe" estaria na segunda fazendo um Test Drive nele c/ minha esposa! Perderam!

    ResponderExcluir
  7. É aí que o HR-V nada de braçada! A Honda juntou elementos de Fit, City, CR-V e Civic para fazer um caro de inegável personalidade! Enquanto Ecosport, Tracker, Dacia Duster e 2008 não passam de versões espichadas (não muito), altinhas e muito mais caras de New Fiesta, Sonic, Sandero e 208 o HR-V é o... HR-V! E o Renegade? Esse tem um quê de uno bombado. Até no desempenho se assemelham.

    ResponderExcluir
  8. A umas semanas fui ver esse carro.
    Concessionária vazia e ágio de 8 mil.

    Horas antes tinha ido a Honda ver o HR-V.
    Nada de ágio e concessionária lotada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda tem gente que não sabe o porquê de várias concessionárias Peugeot fecharem as portas.

      Excluir
    2. PARABÉNS UM CARRO DE 85.000,00, ISSO O MODELO INTERMEDIÁRIO NÃO VIR DE SÉRIE: FAROL AUXILIAR, AR DIGITAL E COM 02 AIRBAGS E AINDA ACHAREM QUE É O MAXIMO´OS JAPONESES AGRADECEM

      Excluir
  9. o Honda HR-V é muito mas carro mesmo na versão de entrada HR-V LX CVT 1.8 I-VTEC (Flex) 2016
    é muito mas carro e já vem com todo os opcionas que todo brasileiro gosta.

    ResponderExcluir
  10. I Love Peugeot 2008, tenho um e amo....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana, estou numa dúvida tremenda. Muitas opções no mercado. Adorei o 2008 mas o que está me deixando pensativa é por ser 4 marchas. Você percebe que o carro tem desenvolvimento mais baixo em serras?

      Excluir
  11. Não compre não vale a pena. comprei e me arrependi.

    ResponderExcluir
  12. No meu caso eu optei pelo Peugeot, estou consciente da revenda, porém não dá pra comparar o conforto do 2008 com a suspensão dura do HRV, a Honda vem em um declínio assombroso e seus carros tem sido sucateados.
    No site opinião do dono, vemos claramente pessoas revoltadas com a Honda, e obviamente o 2008 tem acumulado melhores pontuações. Gostei de mais do carro, o escolhido por que tenho uma costas para cuidar e não dá pra dirigir carro duro com todas esportivas caríssimas. Mas entendo a opinião de todos, abs

    ResponderExcluir
  13. O HRV e o renegade tem seus méritos. Estão dominando o mercado mas em tempos de crise o que pesa é a relação custo benefício. O 2008 em 2016 é de longe a melhor opção para se ter um crossover bom bonito e não tão caro. Quem quiser desembolsar mais 15 k para ter um semi suv pode pegar os concorrentes. Eles tem vantagens? Lógico! Custam 15 mil a mais para um câmbio levemente melhor e (no caso da versão intermediaria e superiores do renegade) um bom acabamento. Esse é o carro para que quer conforto e economia. Revenda dos 3 vai ser uma bomba. Quer boa revenda compra um gol ou um hb20. Nesse segmento todos perdem mais de 20 % só no primeiro ano. Observação: o câmbio não deixa a desejar. O consumo é razoável. O porta mala poderia ser maior. De mais a mais é um carro honesto para seu atual preço de entrada 66 mil.

    ResponderExcluir
  14. Já estou indo para o terceiro,posso falar da marca PEUGEOT como referência entre os carros vendidos no Brasil.Fiat,VW por exemplo terão que evoluir anos luz pra tentar se igualar,quanto ao interior do dos modelos,o renegade tem o interior muito parecido com o interior do novo uno...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.