A Volkswagen do Brasil informou que Nivus atingiu 100 mil unidades produzidas em São Bernardo do Campo/SP. O modelo foi totalmente desenvolvido na América Latina, e agora é vendido também na Europa com o nome de Taigo.
VW Nivus atinge 100 mil unidades produzidas no Brasil
O VW Nivus contribui para a liderança da Volkswagen no segmento de SUVs compactos, junto com o modelo VW T‑Cross.
Recentemente, o Nivus passou a ser ofertado com ACC (Controle de Cruzeiro Adaptativo), AEB (Autonomous Emergency Brake / Frenagem Autônoma de Emergência) e Start-Stop - itens de série nas duas versões disponíveis, Comfortline e Highline. Para a topo de linha Highline, o Nivus ainda sai de fábrica com ar-condicionado Climatronic touch.
VW Nivus atinge 100 mil unidades produzidas no Brasil
A lista de equipamentos de série do SUV contempla ainda 6 Airbags (2 frontais, 2 laterais nos bancos dianteiros e 2 de cortina), controle eletrônico de estabilidade (ESC) e controle de tração (ASR), faróis em LED com luz de condução diurna em LED integrada, lanternas traseiras em LED, volante multifuncional em couro com "shift-paddles", entre outros.



O Nivus já foi exportado para 15 países nas Américas Central e Sul. Em julho de 2021, o modelo passou a ser produzido e também comercializado na Europa, sob o nome de VW Taigo.

11 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. Muito bom, gera emprego localmente, agora só falta vender no Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Na zoropa, é o TAIGO....MOTOR 1.5T, painel macio ao toque e que tais.....

    Agora no lixo BRASIL, segundo a visão da VWBR, é oferecido "ISSO AÍ"....

    Motorzinho 1.0T, acabou a garantia de fábrica, tal qual, o atendimento é um escárnio, o próprio otário precisa vender esta jabiraca correndo...

    NIVUS, se ligar o ar condicionado, perigas derreter o painel....

    Meu tio, teimoso pra caralh..., comprou um lixo deste aí......
    Se fode......bate até o documento.....já teve que trocar a bomba d'água....

    Isso é que dá, comprar lixo de locadora.....

    ResponderExcluir
  3. carrinho bem vagabundo, até a FIAT tá oferecendo opçoes melhores

    ResponderExcluir
  4. Tem uns pares de ociosos que defendem esse blog... E a VW!!!

    KKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  5. Kkkkkkkk

    Esse blog é uma comédia, é o multiverso chegando no mundo de Bob da Carluxa de 4?

    ResponderExcluir
  6. pqp FAKE podre, nem sabe fazer igual

    ResponderExcluir
  7. É um carro muito bom, falta refinamento no acabamento. Motor excelente! Muitos falando bobagem sem nem ter chegado perto do carro

    ResponderExcluir
  8. Enquanto a VW continuar insistindo nos motores 1.0 e 1.4 TSI de primeira geração, que se tornaram a alegria dos reparadores automotivos, na contramão dos modelos europeus, que são equipados com as versões TSI EVO, sendo que o atual 1.5 de 150 CV, já está na segunda geração, se tornará cada vez menos competitiva em nosso mercado; aliado a isso, temos o excesso de "economia" com vários modelos utilizando as mesmas plataformas, que pelo fato de não investirem em novas prensas de estamparia, deixam os modelos com o design praticamente idênticos. As demais fabricantes, principalmente o grupo Stellantis, apresentam veículos mais atuais, como é o caso do Novo C3 que deixará o VW Polo Tracker a ser lançado como um verdadeiro natimorto. Nem os consumidores, tampouco as locadoras tem optado pelos motores turbo, já os aspirados fazem sucesso nas vendas diretas. Pura falta de confiança!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polo Track terá 1.0 MPI, com 12V, e muito mais potente que o obsoleto Firefly com ridiculas 2 válvulas por cilindro. Polo Track mesmo sendo de categoria muito superior, e usando motor 1.0 MPI currará o C3 e o Argo e o Peugeot 208 1.0, em performance e será muito mais econômico. Como já é. Motor 1.0 da Stellantis é uma piada.

      Excluir
  9. Se potência fosse o único interesse da grande maioria dos consumidores, Polo, Virtus, Nivus, etc., estariam bombando em vendas. A casa caiu para a VW, não basta ficar pagando marketing pra LatinNcap, influenciadores e mídia impressa; o consumidor atualmente é muito bem informado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem