A Chevrolet do Brasil apresenta a linha 2021 do Cruze, com novidades. A primeira delas é o retorno da versão LTZ para o Cruze. Nesta configuração, o sedã traz rodas, grade e para-choque mais esportivos, além de um pacote de equipamentos mais completo. O novo produto ficará posicionado entre as versões LT e Premier na gama, exatamente na faixa de preço mais buscada pelos clientes deste segmento. Os preços serão divulgados posteriormente.
Novo Chevrolet Cruze 2021
Além do estilo frontal diferenciado, o Novo Cruze LTZ caracteriza-se pelas rodas aro 17 com acabamento especial, pelas lanternas com LED, pelo interior premium em tom escurecido, pela câmera de ré de alta definição e pela nova geração do Chevrolet MyLink com sistema de Wi-Fi nativo. O motor turbo de alto desempenho, a transmissão automática de seis marchas e o OnStar também estão presentes.
Novo Chevrolet Cruze 2021
A versão LTZ é bastante conhecida na linha Chevrolet e fez muito sucesso nas gerações anteriores do Cruze. Agora o modelo volta com design atualizado, apelo mais esportivo e pacote de equipamentos ainda mais completo para acompanhar os novos anseios do consumidor que valoriza este tipo de veículo.
Novo Chevrolet Cruze 2021
A versão intermediária do Novo Cruze vai estar disponível igualmente para o modelo Sport6, que, por sua vez, ganhará visual mais sofisticado na versão Premier - para acompanhar o acabamento mais exclusivo e requintado da configuração topo de linha do sedã.
Novo Chevrolet Cruze 2021
Novo Chevrolet Cruze 2021
Toda as novidades do Cruze e do Cruze Sport6 chegam à rede de concessionárias Chevrolet a partir de meados de fevereiro em sete opções de cores: Cinza Satin Steel, Branco Abalone, Vermelho Edible Berries, Preto Ouro Negro, Branco Summit, Azul Eclipse e Prata Switchblade.

Principais equipamentos de cada versão do Chevrolet Cruze e Cruze Sport6:

LT - motor turbo com injeção direta de combustível (até 153 cv e 24,5 kgfm), transmissão automática de seis velocidades com opção de troca manual de marchas "Active Select", direção elétrica progressiva, seis airbags, sistema de freios com ABS, sistema de distribuição de frenagem ("EBD") e assistência de frenagem de urgência ("PBA"), alerta de pressão dos pneus, indicador de nível de vida de óleo, controle de tração e estabilidade, sensor de estacionamento traseiro com câmera de ré, faróis e lanternas de neblina, regulagem de altura dos faróis, luz de condução diurna, assistente de partida em aclive, ar-condicionado com controle eletrônico de temperatura e sistema automático de recirculação, Chevrolet MyLink com tela de 7", Android Auto e Apple Car Play, sistema premium de áudio com 4 alto-falantes, 2 Tweeters, controlador de velocidade de cruzeiro, travas e vidros elétricos por comando remoto pela chave, sistema Stop/Start desabilitável, acabamento interno premium na cor "Jet Black", roda de liga leve aro 17", computador de bordo com três modos (informações gerais, viagem e consumo), sistema OnStar com myChevrolet App e Wi-Fi nativo.

LTZ – conteúdo da versão LT + roda com acabamento especial escurecido, grade e para-choque dianteiro exclusivos (sedã), MyLink com tela de 8” e navegador, lanternas em LED, câmera de ré de alta resolução, luz de condução diurna em LED, sistema de ignição do motor e abertura da travas das portas por botão via reconhecimento da chave presencial, sensor de estacionamento dianteiro, friso cromado na base das janelas e maçanetas laterais, computador de bordo com tela colorida de cinco modos (informações gerais, de áudio, de telefone, de navegação, configurações do veículo), retrovisor com rebatimento elétrico e teto solar (Sport6).

Premier – conteúdo da versão LTZ + rodas, grade e para-choque dianteiro exclusivos, sistema de estacionamento semiautônomo, banco do motorista com regulagem elétrica, alerta de detecção de pedestre frontal com auxílio de frenagem, frenagem automática de emergência em baixas velocidades, alerta de colisão frontal, alerta de ponto cego, sistema auxiliar de permanência em faixa, farol alto adaptativo, indicador de distância do veículo da frente, carregador por indução para smartphone, acabamento interno nas cores preto e caramelo.

19 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. O Virtus Comfortline completo é superior ao Cruze LTZ, e o Highline é superior ao Premier. O Virtus tem mais espaço na traseira, mais porta-malas, desempenho semelhante, muito mais econômico, e R$ 30 mil mais barato.

    Sobre os hatch, o Polo é igualmente superior. Então não há motivos para comprar um Cruze. opte por Virtus e Polo, caso queira um sedã ou hatch.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre Virtus e Cruze? Cara, a diferença de qualidade é abissal, Cruze é MUITO MAIS CARRO que o Virtus.

      Excluir
    2. O Polo é um hatch médio, assim definido pelo INMETRO.

      E ele se mostra uma opção superior ao Cruze Sport6. O Polo tem melhor custo x benefício, mesmo espaço interno, e melhor acabamento, vejam o comparativo Cruze x Polo:

      https://www.youtube.com/watch?v=20m70D3DxCc


      O grande trunfo do Polo é o de ser um hatch médio com preço de compacto. Ele tem o porte, status e refinamento de um hatch médio, mas tem preço de compacto. Ele pode ser o menor dos hatchs médios, mas ainda assim é um médio. Ele se destaca nas ruas, e no espaço interno ele é médio, no refinamento de passeio e no padrão de acabamento.

      Mas o preço é de compacto. Porque isso. Porque a VW tem o motor 200 TSI (que faz o carro pagar quase 50% menos imposto IPI que os concorrentes) e a carroceria é feita com base na plataforma MQB, que mesmo usando menos aço (o Polo é mais leve que os concorrentes), ele é muito mais sólido.

      A VW consegue isso usando uma tecnologia de construção estrutural, que as outras não conseguem fazer. Então eles conseguem fazer uma estrutura que leva menos material (e o carro fica mais barato por isso), mas ao mesmo tempo é muito mais sólido.

      Eles usam um software de cálculo estrutural que elimina todos os desperdícios de material. As vigas e elementos estruturais têm formas complexas, e com seções igualmente complexas para só ter o material na geometria estrutural necessária. Isso reduz muito o peso, sem comprometer a solidez! Aliás, aumenta, pois eles deslocam uma parte do material desperdiçado para a geometria efetivamente estrutural da peça.

      Isso é tecnologia automotiva na veia, de altíssimo nível, que os concorrentes nem sonham em ter. E nem vão ter por muitos anos.


      Então o Polo é tudo isso que ele é pois ele é fruto de uma alta tecnologia automotiva. Que muitos não vêem, pois está aplicada aos meandros e peças. Mas o resultado final está aí. Um carro grande, amplo, médio, com preço e peso de compacto.

      Excluir
    3. Meu Deus, a lavagem cerebral não tem fim...
      Seguinte: o polo é um gol com um pouco mais de eletrônica, vendido por um preço absurdo de carro para aumentar as margens...

      Fatos, apenas fatos

      Excluir
    4. sauhsauhsauhsauh retardado

      virtus é um lixo...

      CRUZE MUITO SUPERIOR, inclusive em desempenho
      0-100 em 8,5seg contra 10,5seg

      te mata...

      Excluir
    5. Virtus GTS 0 a 100 em menos de 9 segundos espanca cruze sem do.

      Excluir
    6. Errado, o Polo é um compacto com preço de médio e fim de papo, qualquer coisa diferente disso é fruto de sua doença mental.

      Excluir
    7. Sim... É um absurdo o que cobram pelo polo/virtus (gol+/Voyage+)...

      Excluir
    8. Acho que o Sr Carlos foi espancado sem dó na cabeça... Só isso para explicar essa doença mental que ele tem (plasticolatria)

      Excluir
    9. Cruze Sedan tem motor 1.4 Turbo e 2.70 metros de entre eixos, enquanto Virtus 1.0 TSI tem motor 1.0 3 cilindros e entre eixos menor. Concorrente do Cruze seria o Jetta 1.4 TSI.

      Cruze Sport6 tem motor 1.4 Turbo e 2.70 metros de entre eixos, enquanto Polo 1.0 TSI tem motor 1.0 3 Cilindros e apenas 2.56 metros de entre eixos. Sem chance de comparar um Polo 1.0 Tsi com Cruze 1.4 Turbo Sport6, seu concorrente seria o Golf 1.4 Tsi.

      Excluir
    10. o mesmo inmetro que coloca o polo como médio considera o cruze como grande.
      Entao são categorias diferentes, não tem o q comparar.. cada um no seu lugar.
      Deixa o plastimovel que ferve sob demanda alta quietinho no lugar dele. O cruze tem dinamica de carro grande, coisa que o polo/virtus nunca vão ter.

      Excluir
  2. Praticamente o único representante dos hatches médios no mercado. Triste realidade...

    Em tempo: poderiam ter colocado freio de estacionamento eletrônico na versão Premier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polo é um hatch médio, e custa menos, e tem mais porta-malas.

      Excluir
    2. Cruze de acordo cm o Inmetro é Hatch Grande sua quenga desmiolada. Em vez de ficar falando m*rda por aq, trate de arrumar o site que ficou péssimo. Tanto que o movimento e os comentários aq caíram drasticamente.

      Excluir
    3. porra eles nao colocaram nem um farol de led!!

      Excluir
  3. O Cruze top deve custar $120k o Virtus GtS custa $115k, pequena diferença de valor, minha pergunta é óbvia, qual carro vc teria ?? Sem sombra de dúvidas EU teria um Cruze, mais confortável mais lindo tudo melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O absurdo é um Voyage+ chegar neste valor... A discussão deixa de fazer sentido quando sabe-se que falta carpete no virtus... Economia no carpete! ... Está 30.000 acima do que deveria ser cobrado...

      Fatos, apenas fatos

      Excluir
  4. Gentiiii fui já css VW e vendedor disse que getta saiu de linda em 2016!! é verdade?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem