Car.blog.br

Pesquisar este blog

Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil

Categorias: , , , 9 Comentários

A Hyundai comemora a marca de 200 mil unidades produzidas no Brasil do SUV compacto Creta.

Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil
Configurado na versão Smart Plus, com motor 1.6l, câmbio automático de seis marchas e pintura na cor branca, o ducentésimo milésimo Creta deixou a linha de montagem, em Piracicaba (SP), na tarde da última sexta-feira.
Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil
Lançado no mercado nacional em janeiro de 2017, o Creta fabricado no Brasil diferenciou-se das versões fabricadas pela Hyundai na Índia, China e Rússia.
Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil
Logo no primeiro ano completo, totalizou 45.657 unidades fabricadas, que se somaram às 933 unidades fabricadas como pré-série nos meses finais do ano anterior.
Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil
Já em 2018, o SUV compacto somou 52.790 unidades produzidas, fechando o ano na liderança nacional de vendas da categoria. Em 2019, o volume fabricado chegou a 62.769 unidades. Este ano, de janeiro a novembro, foram fabricadas 38.296 unidades, rompendo a marca acumulada das 200 mil unidades.
Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil
Atualmente, mais de 90% da produção do Creta brasileiro é destinada ao mercado interno. O restante é exportado para o Paraguai e Uruguai, desde 2017, para Colômbia, desde 2018, e, a partir de setembro deste ano, para a Argentina.
Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil
No Brasil, no acumulado do ano, o SUV compacto da Hyundai ocupa a 4ª posição no ranking de vendas da categoria, com 41.121 unidades, já considerando o fechamento de novembro. Desde 2017, já foram comercializadas no Brasil mais de 189 mil unidades do Creta.
Hyundai comemora a produção de 200 mil Creta no Brasil
A expectativa é que seja atingida a marca de 200 mil veículos Creta vendidos no País logo no começo de 2021.



O Hyundai Creta é produzido em cinco versões, sendo as opções Attitude, Action, Smart Plus e Limited equipadas com motorização 1.6l; e a Prestige, topo de linha, oferecida com propulsor 2.0l.

9 comentários:

  1. Esse está sendo currado sem dó pelo T-Cross.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. T cross sem PCD é mico e sai de linha logo logo. Assim como o micus

      Excluir
    2. O T-Cross realmente vendeu mais no ano todo, mas estamos vendo (Nov/2020 reflete isso) o Creta retomar as vendas à frente do T-Cross.

      Só não esqueça de que a VW lota os pátios das locadoras com esse SUV de shopping enquanto o SUV de shopping da Hyundai tem bem menos oferta nas mesmas...

      Excluir
  2. Esse Creta é um bom carro no mercado de usados, mas a Hyundai deveria colocar o motor Turbo 1.0 do HB20 no Creta em pelo menos em algumas versões para diminuir o consumo.

    ResponderExcluir
  3. Esse 1.0 não aguenta ela não, e vai gastar mais. Carro muito pesado. Nem um 1.6 dá conta. Somente o 2.0 e olhe lá, pois até ele grita qdo exigido e o 1.0 no HB20 tb urra numa simples subida. Pra tentar melhorar, pelo menos um 1.2 ou 1.3, mas aí o preço ficaria proibitivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 2.0 bebe muuuuito. O 1.6, o deixa lerdo. Design muito simples, diferente de design minimalista.

      Esse segmento tem muito carro esquisito: Creta, Duster, Captur (Duster II), Renegade 1.8 eTorq, Kicks, WRV,....

      alguns com motores aquém, outros com motores antiquados, alguns somente levantaram a plataforma sem nenhum cuidado com aerodinâmica, outros com baixo nível de segurança. Alguns com projetos chineses.

      Caros, inseguros, mal montados, gastões, antiquados, chineses.

      Tem que melhorar e muito para valer o que cobram.

      Excluir
    2. Infelizmente tudo que vc disse é verdade. Estamos no Brasil e as montadoras aproveitam pra escorchar o brasileiro.

      Excluir
    3. Um resumo da ópera bem feito. Mas, o pior da história, é ser o segmento que mais cresce no Brasil ☹

      Excluir
  4. Do jeito que as coisas andam no Brasil, bati o olho na notícia e já enxerguei: Hyundai Creta por R$ 200 mil. Ah, mas até 2022 chega lá... :-(

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.