Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi entrega primeiras unidades do RS 6 Avant, RS 7 Sportback e RS Q8 no Brasil

Categorias: , , , , 15 Comentários

A Audi entregou aos proprietários as primeiras unidades dos esportivos RS 6 Avant, RS 7 Sportback e RS Q8 - todos com o motor V8 4.0 TFSI de 600 cv de potência.

Audi entrega primeiras unidades do RS 6 Avant, RS 7 Sportback e RS Q8 no Brasil
O RS 6 Avant é uma stationwagons esportiva. Já o RS 7 Sportback adota linhas coupé. E o RS Q8 é o SUV SUV topo de linha. As novidades podem ser encontradas nas concessionárias a partir de R$ 835.990,00 para o RS 6 Avant, R$ 881.990,00 para o RS 7 Sportback e R$944.990,00 para o RS Q8, todos na modalidade venda direta.
Audi entrega primeiras unidades do RS 6 Avant, RS 7 Sportback e RS Q8 no Brasil
Os três veículos adotam o motor 4.0 TFSI, que entrega 600 cv de potência, 800 Nm de torque e acelera de zero a 100 km/h em 3,6 segundos nos RS 6 Avant e RS 7 Sportback e em 3,8 segundos no RS Q8. A potência do propulsor flui para o sistema de tração integral permanente quattro por meio do câmbio tiptronic de oito velocidades. Configurado como uma engrenagem planetária, o diferencial central distribui a força motriz em uma proporção de 40:60 para os eixos dianteiro e traseiro. Se necessário, automaticamente mais torque é direcionado ao eixo com melhor tração. Até 70% pode fluir para as rodas dianteiras e até 85% para as rodas traseiras.
Audi entrega primeiras unidades do RS 6 Avant, RS 7 Sportback e RS Q8 no Brasil
A nova tecnologia de assistência elétrica, composta por uma bateria de íons de lítio e um alternador de correia (BAS) em um sistema elétrico primário de 48 volts, combina desempenho e eficiência. Com ele, os veículos podem se deslocar em velocidades entre 55 e 160 km/h com o motor desligado e, em seguida, o BAS reinicia o propulsor rápida e confortavelmente. Durante a desaceleração, o BAS pode recuperar até 12 kW de energia. O sistema start-stop começa a funcionar em 22 km/h.
Audi entrega primeiras unidades do RS 6 Avant, RS 7 Sportback e RS Q8 no Brasil
Oos novos esportivos, os eixos dianteiro e traseiro usam um projeto five-link para manusear separadamente as forças induzidas longitudinalmente e transversalmente. As articulações e estruturas secundárias são feitas em grande parte de alumínio. No Audi RS Q8, a suspensão adaptativa a ar com amortecimento controlado foi ajustada em diversos modos e inclui o controle automático de nível. Dependendo da situação de direção e dos desejos do motorista, a altura varia em até 90 milímetros.
Audi entrega primeiras unidades do RS 6 Avant, RS 7 Sportback e RS Q8 no Brasil
Os modelos também trazem a tecnologia do eixo traseiro dinâmico, que possibilita girar as rodas traseiras em até cinco graus. Em baixa velocidade, elas viram na direção oposta às rodas dianteiras, reduzindo o diâmetro de giro. Em alta velocidade, elas viram na mesma direção do eixo dianteiro, reforçando a estabilidade durante as mudanças de faixa.



O motorista pode ainda influenciar diretamente a condução por meio do Audi drive select, que atua em aspectos como o gerenciamento do motor e da transmissão, direção, som do motor e suspensão a ar, no SUV ou Dynamic Ride Control, nos outros esportivos com motor 4.0. Nos RS 6 e RS 7 são quatro perfis disponíveis: Comfort, Auto, Dynamic e Individual. Já o RS Q8 agrega a estes quatro os modos Allroad e Offroad. Na escolha Individual, é possível montar configurações nas posições RS1 e RS2, que podem ser ativadas diretamente através do botão RS Mode no volante.

15 comentários:

  1. São bons carros, mas os concorrentes BMW e Mercedes possuem veículos que enrabam e curram sem dó nem piedade esses aí da matéria...

    No mais, parabéns aos integrantes do movimento LGBT+ que compraram essas unidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até parece que os lgbtqia+ compraram essas porcarias, só hétero que não sabe lavar o piru ou não consegue fazer uma mulher g*zar se presta a um papel ridículo desses.

      Excluir
  2. Esses carros aí não perdem em nada pros AMG e BMW M equivalentes. A linha top da Audi é espetacular. Só as carniças feitas aqui e os de entrada é que deixam, em alguns casos, a desejar. Q3, com firula ou não é péssima, mal ajustada e cara demais.
    Enfim, gostei mais da tocada da RS6 que do R8, claro que salvaguardando as devidas proporções por serem carros absolutamente distintos em propostas e valores.

    ResponderExcluir
  3. Fora que, como eu adoro perua, a RS6 é simplesmente maravilhosa, linda, espetacular. Vi uma 2021 há algum tempo que me fez perder o fôlego de tão linda e imponente. Era do dono da ccs daqui.

    ResponderExcluir
  4. Cadê os COMENTÁRIOS?
    Quero rir...
    Bixo

    ResponderExcluir
  5. É engraçado ver essa bando de piloto de teclado falando mau de um RS6 ou RS7 hahahaha! Como já falei criticar polo, algo, ônix etc aí tudo bem, agora falar mau de carros como esse é provar que não entendem nada de carro mesmo! Estão ao mesmo nível e patamar de seus concorrentes BMW e Mercedes que também são carros extraordinários!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo se aqui fosse um BLOG sério.

      Excluir
    2. Pois é,mas pelo menos dou umas risadas com as besteiras que esse povo fala hahahaha

      Excluir
  6. Deve ser um carro espetacular... Mas deve ter um modelo concorrente da Mercedes que é ainda superior...

    ResponderExcluir
  7. Sem fanatismos... Mas esses superam nas suas respectivas categorias os BMW e MB.

    ResponderExcluir
  8. Nesse nível de veículos, "superar ou ser ser melhor" passa a ser subjetivo ou insignificante. Não faz a menor diferença!! A X6M antiga ganhava no 0 a 100 da GLE63, mesmo com 10 cv e 10 kg de torque a menos. Eu compraria a BM por isso? Claro que não. No dia a dia isso não faz diferença. Compraria a X6M pelo fato de eu achar a GLE63 absurdamente feia. Além disso, cada modelo tem suas pequenas particularidades que serão decisivas para a opção de compra, não importando qual seja "melhor", pois, como disse, isso é subjetivo. O resto é conversa fiada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo Marcelo. Nesse nível de carro não existe melhor ou pior. A escolha é por identificação pessoal e de pequenos detalhes. Eu, se tivesse 1 milhão para comprar um carro, não saberia qual carro comprar. Seria um sofrimento a escolha. Mas seria um ótimo sofrimento. Rs

      Excluir
    2. Com certeza, Eduardo. Eita sofrimento bom esse. Kkkkk. Como sou apaixonado por perua, eu ia de RS6, sem dúvida, meu sonho de consumo. Ainda mais que a nova ficou estupenda, simplesmente de cair o queixo!! Se a anterior, que eu andei, já era maravilhosa, a atual superou todas as expectativas. É de arrepiar. Falo isso pois vi uma na rua aqui que é do dono da ccs. Mas gosto é gosto, e como dizemos, detalhes, às vezes até insignificantes (porém pessoais), é que determinarão a escolha. Não há que ter esse mimimi de marca tal ou qual é melhor. A não ser que faça como eu, ande nos carros e tire suas próprias conclusões. E mesmo assim, sem mimimi.

      Excluir
    3. Também gosto de peruas... Se eu tivesse recurso ilimitado procuraria aquelas peruas americanas dos anos 70. Acho lindas...

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.