Car.blog.br

Pesquisar este blog

Hyundai mantém produção reduzida até 10 de agosto - Brasil

Categorias: , , 7 Comentários

A Hyundai Motor Brasil informou que vai prorrogar por mais 14 dias a suspensão de contrato de trabalho do 1º turno de sua fábrica em Piracicaba (SP). A operação seguirá, ainda de maneira parcial, com os 2º e 3º turnos, até o dia 10 de agosto, nova data prevista para o retorno do 1º turno.

Hyundai mantém produção reduzida até 10 de agosto - Brasil

O movimento da empresa ocorre para "seguir com o volume de produção ajustado à demanda do mercado, que ainda se encontra em fase de recuperação devido aos impactos da pandemia da Covid-19 na economia nacional".


Hyundai mantém produção reduzida até 10 de agosto - Brasil

A unidade de Piracicaba da Hyundai produz os modelos Hyundai HB20, Hyundai HB20S, Hyundai HB20X e o SUV Creta.

7 comentários:

  1. Deveriam lançar um novo modelo de carro e fazer pequenos ajustes no HB20 na frente e traseira para ganhar uma maior participação no mercado, pois aí a fábrica voltaria a todo vapor e adequando a nova realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade quando olhamos para os emplacamentos, alguns fanáticos iludidos pelos números apresentados, devido às ALMAS VENDIDAS, pensam que o mercado brasileiro de automóveis está se aquecendo.

      Mais uma prova é a HYUNDAI, de que isso está longe de acontecer.

      Os preços estão subindo cada vez mais.

      Estão precionando o nosso incompetente governo, para aumentar o teto do PCD.

      E assim caminha o "BRAZIL" que nunca foi nosso.

      Bixo

      Excluir
    2. A bolha está preste a estourar, o sucesso dos Suv compactos estão atrelados a PCD, vendas diretas e locadoras; já que o teto de 70 mil já não se sustenta e querem passar para 100 mil e quando os 100 mil não for suficiente vão novamente subir o limite e o salário jamais chega ao mesmo patamar. Há realidade que a economia Brasileira está muito mal e o poder de compra do Brasileiro a cada ano perde absurdamente e estão iludindo o povo.

      Excluir
  2. Enquanto isso, a VW acionando força total em suas fábricas, colocando Taubaté para operar em mais 1 turno.

    Depois não sabem pq a VW é líder. Produz mais, mais competitiva, produtos alinhados com o desejo do consumidor, marca prestigiada, confiabilidade. Líder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim é fácil, já disse, quero ver na hora que o mercado se normalizar se esse vôo de galinha gorda continua, eu duvido.

      Excluir
    2. Asno4patas, ou qualquer colega que nos possa esclarecer.

      Discorram por gentileza, referente ao modelo PCD do VOLKSWAGEN Nivus.

      Ele existe ou é "COELHINHO DA PÁSCOA"

      Imaginem um Nivus MSI....

      Ou será que devido ao INCENTIVO FISCAL, o TSI 1.0T seria mais barato de fabricar.

      Já é sabido que, T-cross com motores turbo, pelo menos por enquanto aqui na AMÉRICA LATRINA, este "privilégio" só no BRASIL. Se é que podemos considerar como sendo benéfico...

      Porém eu tenho certeza ABSOLUTA...

      NUNCA, NENHUMA MONTADORA IRÁ PRIVILEGIAR ESTE OU AQUELE MERCADO, COM ISSO OU AQUILO, DEIXANDO O LUCRO MAIOR DE LADO.

      Alguém saberia nos informar?

      Diz aí,

      Bixo



      Excluir
  3. Versão de entrada do compacto renovado tem se dado bem nas vendas; entenda porque
    Até que ponto um design controverso pode encobrir as qualidades de um carro? Ainda que analisar estilo seja uma questão muito delicada, por tratar de gosto pessoal, a verdade é que a mudança do Hyundai HB20 no ano passado deu o que falar - e a maioria dos cometários não foi positiva. O que no fundo é uma pena, pois o tema design acaba "cancelando" aquele que, aqui na redação do Motor1.com, é considerado um dos melhores compactos do mercado nacional, em especial na versão 1.0 TGDI.


    Mas se na faixa superior de preços o novo HB20 de não teve o sucesso esperado, o mesmo não pode ser dito do modelo de entrada. Pelo contrário, com preço equivalente ao do pequenino Kwid Outsider (R$ 47.690) a versão Sense (R$ 47.990) respondeu por nada menos que 43,6% das vendas do hatch da Hyundai no primeiro semestre de 2020. Tanto é que a marca coerana lançou para a linha 2021 a variante Sense Pack, que adiciona os controles de estabilidade e tração, além dos airbags laterais (totalizando 4 bolsas infláveis), por R$ 48.990 - diferença totalmente válida pelo que se leva em termos de segurança. Para efeito de comparação, o novo Onix 1.0 começa em R$ 56.290.
    Fonte Motor 1

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.