Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen ID4: novo SUV compacto totalmente elétrico

Categorias: , , , 26 Comentários

A Volkswagen fornece as primeiras informações sobre seu novo SUV compacto da família ID, baseado na plataforma MEB totalmente elétrico, com até 500 km de autonomia, aerodinâmica e eficiência permitem longas distâncias, e que será vendido Europa, China e EUA.

Volkswagen ID4: novo SUV compacto totalmente elétrico

O Volkswagen ID.4 é a versão de produção do showcar CROZZ. O novo ID.4 será lançado este ano, seguindo os passados do ID.3. “Assim como o ID.3, o ID.4 também chegará ao mercado como um veículo neutro em carbono”, explica Ralf Brandstätter, diretor de operações da marca Volkswagen. "Vamos produzir e vender o ID.4 na Europa, China e EUA."


Volkswagen ID4: novo SUV compacto totalmente elétrico

O design deste SUV de emissão zero é particularmente aerodinâmico. Ralf Brandstätter: “A excelente aerodinâmica reduz o coeficiente de arrasto e aumenta o alcance do ID.4 para até 500 quilômetros, dependendo do pacote de acionamento.”

Volkswagen ID4: novo SUV compacto totalmente elétrico

O ID.4 será lançado inicialmente com tração traseira, enquanto uma versão com tração integral será adicionada ao portfólio posteriormente. A bateria de alta tensão está posicionada perto do centro da parte inferior da carroceria para criar um baixo centro de gravidade e um ótimo em termos de dinâmica de direção, juntamente com uma distribuição de carga por eixo extremamente bem equilibrada. Assim como todos os outros modelos MEB, o ID.4 oferece muito espaço interior, graças à sua tecnologia de acionamento elétrico compacto. O cockpit totalmente digital do SUV de emissão zero foi claramente estruturado. É operado principalmente usando superfícies de toque e controle de voz intuitivo e inteligente.

Volkswagen ID4: novo SUV compacto totalmente elétrico

Para a Volkswagen, o ID.4 e o ID.3 representam marcos importantes na tentativa da marca de se tornar totalmente neutra em carbono até 2050 - de acordo com o acordo climático de Paris. Foram implementados planos para reduzir em um terço as emissões de CO 2 da frota da Volkswagen em 2025. Atualmente, a Volkswagen está investindo um bilhão de euros para eletrificar sua gama de modelos e, ao mesmo tempo, oferecer um número crescente de veículos híbridos. Isso se baseia no fato de que, assim como os grupos motopropulsores, novas unidades híbridas leves e plug-in em linhas de produtos em larga escala, como o Golf, que conquistou todos os títulos, ajudarão significativamente a reduzir as emissões da frota no futuro.

26 comentários:

  1. Puxado pra uma sw. Estou mega .meus olhos brilham

    ResponderExcluir
  2. Belo carro, se os preços forem na mesma linha do ID 3 com certeza será um sucesso de vendas.

    ResponderExcluir
  3. Quando é o lançamento desses carros ID3 ou ID4? Eu fico igual um IDiota sem saber.

    ResponderExcluir
  4. O ID.3 tá com problema sério de funcionamento e os pátios da VW na Europa estão abarrotados de modelos encalhados. Não entendo como a empresa ja fala em lançar o ID.4 agora sem resolver esse abacaxi. Talvez as novenas e a reza braba das apezetes tupiniquins funcione.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As entregas dos ID.3 só vão começar na metade deste ano. Os carros ainda estão em pré venda.

      Excluir
  5. Estamos voltamos aquela velha época em que o valor de um carro popular/ ou um pouco acima do popular esta chegando perto de custar o valor de uma casa ou apto.
    Me lembro que um vizinho meu décadas atrás, trocou um vw/santana por uma casa.
    Mas parece que esse tempo esta voltando, pagar 200 mil em um Compass naquela versão S ou nesse ID.4, tem muito apto que custa isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aonde? Diga-me pra eu financiar minha casa própria, por obséquio.

      Excluir
    2. O problema não são os preços de venda dos carros 0km vendidos nestas plagas, e sim, o poder compra do brasileiro médio que é menor a cada ano que entra.
      Os preços dolarizados os carros montados aqui são bastante acessíveis.

      Excluir
  6. Legal! Se o ID3 já não sai do lugar pro problemas no software, imagina esse!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem 10 mil estagiários alemães envolvidos na solução do problema de software.

      Excluir
  7. Grupo VW não sabe fazer carros elétricos, já que, mesmo sendo uma das últimas a entrar nesse segmento, esse grupo não está aproveitando do conhecimento e experiência obtido pelas outras marcas que já atingiram a excelência na produção de elétricos, tais como Tesla, BWM, Nissan, Renault e GM, que produzem e vendem esse tipo de veículo a quase 10 anos. A prova disso é a quantidade de problemas enfrentados, ID3 nunca conseguiu ganhar as ruas, já que a VW até hoje não conseguiu desenvolver um software que funcione no carro. Audi E-Tron também é cheio de problemas, dentre eles, mandar trocar o óleo, um erro bobo e grosseiro, característico de projetos mal feitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grupo VW é dona da Porsche que lançou o Taycan 100% elétrico que vai a 100km/h em menos de 3 seg.

      Excluir
    2. Não vejo vantagem, nada anormal, os Teslas são mais rápidos e custam metade do preço.

      Ademais, é um acerto em 3 tentativas. É uma vergonha a VW não ter capacidqse de desenvolver um sistema pra um carro.

      Ela bem que podia pedir ajuda pros chineses de novo, eles já sabem fazer isso.

      Excluir
    3. Se a VWAG não sabe fazer carros elétricos, quem sabe então, Tesla? Menos.

      Excluir
    4. Sim, a Tesla, que só fabrica carros elétricos.

      Excluir
    5. A Tesla que em boa parte da sua história era deficitária,o Tesla X além do piloto automático maluco tem vários outros problemas

      Excluir
    6. Tesla é reconhecida mundialmente por ser líder em inovação disruptiva. Sabe o que é isso? É quando uma empresa cria/inaugura um novo conceito de mercado, isso aconteceu também com Uber e Netflix.
      Tesla é também é a líder mundial em investimento e pesquisa, conforme apontou a Bussiness Inside, tendo a Tesla gastado quase 18% de seu orçamento nisso, muito longe das outras fabricantes que, nos melhores casos, investem entre 5 a 6%.

      Através disso, a Tesla é foi capaz de criar o sedan mais rápido do mundo (0-60 mph em 2,28s) e um dos suvs mais seguros do mundo, gabaritando todas as categorias do NHTSA, tudo isso numa empresa com menos de 20 anos de história e sem cobrar muito por isso.

      Tesla foi uma das pioneiras em carro autônomos, onde as outras marcas morriam de medo de se aventurar (em 2014), fazendo com que ainda em 2016 todos os seus veículos saíssem de fábrica com tecnologia de condução 100% autônoma. Ainda, está pra lançar um superesportivo com 1000 km de autonomia e 0-60 mph em 1,9s.


      Excluir
    7. Ah nada a ver João Guilherme, menos vai!

      Excluir
  8. Ser o pioneiro não quer dizer que é o melhor. VW está investindo agora nos elétricos é só ver os recordes do ID R em Nurburgring e Pikes Peak.

    ResponderExcluir
  9. Logo novo da VW ficou irreconhecível, totalmente diferente do anterior! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  10. Esse carro já adianta como será o Nivus, se olharem bem ele tem os mesmos traços dos teasers que a VW apresentou do Nivus.

    Aquela entrada nas laterais do parachoque onde no nivus é o farol de neblina,se olharem abaixo do filete que une os faróis da pra ver que tem uma linha na carroceria onde seará a grade do nivus.

    A traseira também acredito que será bem parecida com essa do ID4

    Só a lateral do nivus que será diferente.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.