Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat 124 Spider tem produção encerrada na Itália

Categorias: , , 10 Comentários

Lançado no Los Angeles Auto Show em novembro de 2015, o Fiat 124 Spider re-interpretou em uma moldura moderna um dos carros esportivos da marca de Turim mais bem-sucedida do passado: o 124 Sport Spider de 1966, assinado por Pininfarina. A frente com os faróis circulares, as duas protuberâncias no capô, a linha dos pára-lamas e o toque de cauda de andorinha na traseira lembram inconfundivelmente o ancestral.

Fiat 124 Spider tem produção encerrada na Itália

Para manter os custos baixos, a Fiat fez esse Spyder com base em outra descoberta bem-sucedida: o Mazda MX-5 de última geração. No entanto, muitos detalhes diferenciam os dois carros. Além do design, o motor também é “fabricado na Itália": é o 1.4 turbo Multiair na versão de 140 hp e, para Abarth 124 Spider, com 170 hp. Para ambos, a caixa de câmbio é manual de 6 velocidades, derivada da da geração anterior do MX-5. Como alternativa, existe o automático, com o mesmo número de relações.


Fiat 124 Spider tem produção encerrada na Itália

Específicos para o Fiat 124 Spider são os reforços na carroceria, bem como as configurações de direção e suspensão. O interior lembra o do primo japonês, mas tem acabamentos mais refinados (com materiais macios ao toque). O capô de camada dupla para maior conforto possui uma janela traseira de vidro.

Fiat 124 Spider tem produção encerrada na Itália
Sua aparência retrô convenceu imediatamente cerca de 4000 foram vendidas até o momento, incluindo a versão Abarth. Um número respeitável para um carro de nicho, mas provavelmente não suficiente para justificar a renovação do contrato entre as marcas italianas e japonesas, que prevê a compra de estoques pré-estabelecidos de carros completos produzidos na fábrica japonesa da Mazda em Hiroshima.

Fiat 124 Spider tem produção encerrada na Itália

Outro motivo que pode ter causado a interrupção da produção é o custo (alto) da atualização para o Euro 6d-Temp (e Euro 6d) do 1.4 Multiair turbo: uma unidade com vários anos de serviço em uso, usada por muitos modelos de grupo (por exemplo, o Alfa Romeo Giulietta), mas no final de seu ciclo de vida: o único que resta para montá-lo, é o Fiat 124 Spider.

10 comentários:

  1. Chegou a ser oferecido por importação independente aqui pelo preço de R$ 170 mil

    ResponderExcluir
  2. Anacrônico. Cheio de problemas estruturais. Nem mesmo italianos estavam comprando. Seria um ótimo carro, ao final dos anos 90.

    ResponderExcluir
  3. Fiat e Luxo são duas coisas que andam afastadamente... Dou por visto a batedeira desse carro no painel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mesmo vale para a vw. Vide o phaeton e a batedeira do painel e porta-malas da linha polo.

      Excluir
    2. VW não consegue emplacar um carro de luxo sequer, mundo afora é uma marca muito popular,

      Excluir
    3. Pra isso tem a Audi,o Phaeton tinha uma tremenda tecnologia e não devia nada pro A8,Série 7 e classe S da mesma forma que o Touareg não deve pra série 5,Audi Q7,Mercedes GLE,Volvo XC90,
      Já a Fiat tá pensando em pedir arrego até no segmento de compactos.

      Excluir
  4. Um belíssimo carro, pena que a mecânica não esteja À altura do design.
    Lamentável ver que a "cultura dos SUVs" esteja condenando à extinção carros excelentes como os Hatchs e sedãs médios e os divertidíssimos spyders.

    ResponderExcluir
  5. Freio de mão do lado errado... kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O freio-de-mão está no lado certo junto do braço esquerdo do motorista que senta a direita. Este carro é um Mazda, japonês, mão inglesa adaptado.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.