Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW T-Cross 1.5 TSI DSG chega à Alemanha: preço € 25.690

Categorias: , 33 Comentários

O T-Cross da Volkswagen recebe seu motor mais potente até o momento. O SUV compacto está agora disponível para pedido com uma unidade TSI de 1,5 litros com 110 kW / 150 PS. A nova unidade de potência adiciona uma opção esportiva única à linha de motores T-Cross existente. Os preços do T-Cross com o novo motor topo de gama começam em € 25.690 na Alemanha.

VW T-Cross 1.5 TSI DSG-7 chega à Alemanha  € 25.690
O T-Cross converte sua potência em tração de forma dinâmica e eficiente, com valores de consumo combinado de 19,2 km/l (5,2 litros por 100 quilômetros). O novo motor fornece um torque máximo de 250 Nm entre 1.500 e 3.500 rpm. O T-Cross acelera dos 0 aos 100 km / h em 8,5 segundos e atinge uma velocidade máxima de 200 km / h. A unidade de força mais poderosa do T-Cross está disponível exclusivamente com a caixa de câmbio de dupla embreagem de 7 velocidades (DSG).


Há quase um ano, o SUV T-Cross da Volkswagen tem sido um destaque do segmento compacto da gama de modelos da empresa. E este modelo compacto é extremamente versátil, seja em termos de mais espaço para as pernas dos passageiros ou mais espaço no porta-malas - o banco traseiro pode ser movido 14 centímetros para que qualquer plano possa ser executado sem problemas. Isso aumenta o volume de carga do pequeno SUV de 385 para 455 litros e, se você dobrar completamente o encosto do banco traseiro, até 1.281 litros.

E o T-Cross também está bem conectado. Possui carregamento sem fio para que você possa manter o telefone totalmente carregado sem a necessidade de cabos. Você pode usar as quatro portas USB (duas na frente e duas na traseira) para conectar seu smartphone ao carro com facilidade. O cockpit digital opcional com tela sensível ao toque de infoentretenimento de última geração e oito polegadas e Active Info Display define novos padrões de conectividade.

O T-Cross também vem com uma gama de sistemas de assistência que anteriormente eram reservados para categorias mais altas de veículos. Os recursos padrão incluem a frenagem de emergência autônoma "Front Assist" com "Monitoramento de pedestres" e o sistema de freios de emergência na cidade, o sistema de manutenção de faixa "Lane Assist", o Hill Start Assist, bem como o sistema de troca de faixa de monitor "Blind Spot", que alerta o motorista veículos localizados no ponto cego, com o alerta de trânsito traseiro integrado.

33 comentários:

  1. Esse T-Trinca é Diesel? Se for, aí sim é um boa opção..

    ResponderExcluir
  2. Fail completo de estratégia de mercado da VW.

    Só passou a vender alguma coisa quando foi finalmente colocado na faixa de preço a que pertence.

    VW aprendeu da pior maneira que só fanboy acredita que plástico barato é sinonimo de Premium. Como fanboy sozinho não sustenta balanço comercial foi obrigada a colocar o rabinho entre as pernas e cortar agressivamente o preço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Terminou de pilotar o teclado? Agora pode ir dormir.

      Excluir
    2. Se trouxer para o Brasil tem que tirar todas as tecnologias, deixando só a multimídia e colocar soft-touch só na parte de cima do painel e uns 3 ou 4 "putamerda"s a mais que aí o brasileiro vai gostar. E se colocar o motor Etorq então, o Gambaleao aí vai achar perfeito.

      Excluir
    3. Montagem sem solda à laser, porta malas e o tanque de gasolina capados, sem tampa do motor, cambio automático com troca por BOTÃO, banco inteiriço e curto, pneu estreito, sem forro no porta mala, sem seta no retrovisor, injeção indireta de combustível, freio a tambor, duto de combustível aparente, volante de brinquedo sem aletas de troca de marcha, e por aí vai... carros mequetrefes, mas o POVÃO adora

      Excluir
  3. Respostas
    1. Segundo a VW não merecemos. Somos 3o mundo e ficamos com 1.0 e porcarias pra emergentes (Gol, Fox, Voyage). Ou 1.4 mais caro que Jetta

      Excluir
    2. Você tem o T-Cross 250TSI no Brasil que está equipado com o 1.4 pequeno gafanhoto!

      O motor 1.5 deve substituir gradativamente o 1.4 porque, apesar de ter o mesmo torque, sua curva de aproveitamento é melhor (segundo VW, apesar de os dois motores chegarem a 250 Nm a 1.500 RPM).

      Com relação ao DSG7, concordo que poderia estar aqui, mas o Aisin JAPONÊS (Viu Carlotinha???) cumpre muitíssimo bem sua função.

      Os outros acessórios e acabamento, você sabe né, Europeu é exigente, mas na república das bananas, nenhuma montadora leva a gente a sério...

      Excluir
    3. Motor TSi 1.5 usa turbina de geometria variavel. Quebrar uma custa 15 mil a 20 mil reais. Nao se iluda, esse motor e uma evolucao muito grande em termo de refinamento com relacao ao 1.4 TSi. Achar que nao merecemos e bom agora quando quebra vai pra a rua com o carro cheio de adesivos "nao comprem essa bomba turbina de 20k". Brasileiro nao sebe exigir

      Excluir
    4. Esse motor não vem pra cá tão cedo,ele tem desativação de cilindros também,ele é bem melhor que o firefly 1.3 turbo da Fiat

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Não vem pro Brasil pq se viesse ao mesmo preço dos concorrentes o renegade e Creta iriam continuar vendendo mais por que o brasileiro sempre compra o pior do segmento, de que adianta trazer tecnologia e economia se quem tem dinheiro pra comprar compra essas merdas. Quanto ao valor da turbina pode-se trocar o reparo sem medo algum, pois troca todas as partes móveis e sai bem mais barato e mesmo assim se não mexer na potência e trocar o óleo direitinho aguenta muito vide os motores a diesel da década de 80 e tem muitos que nem deram pau ainda.

      Excluir
    7. Mais um fanboy vw detectado... Chora mais q tá bonito...

      Excluir
  4. Nova Tracker Chegando e movimentando o Mercado.

    ResponderExcluir
  5. Essa traseira ficou muito feia. Mas nas cores escuras até que acaba camuflando a cagada que fizeram com as lanternas

    ResponderExcluir
  6. Dava pra ter tirado bem mais desse motor, pelo menos uns 170 cv e uns 27/28kgfm de torque, do jeito que está toma pau de vários 1.4 e 1.3T.
    Percebe-se que o foco da VW com esse motor foi o baixo consumo mesmo. Espero vê-lo em outro modelo dando tudo o que ele é capaz e não apenas sendo igual ao já conhecido 1.4.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ênfase é na eficiência energética, mesmo assim se precisar de retomada e aceleração o carro dá conta com sobras.

      Excluir
    2. O conjunto da obra permite desempenho relativamente bom com consumo que nenhum motor com mais potência tem - bebem mais...

      Excluir
    3. E um motor que visa economia e eficiência e nao 0 a 100.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. "E um motor que visa economia e eficiência e nao 0 a 100."
      Desempenho é eficiência, a exemplo do 1.0 do Onix Plus que oferece desempenho e consumo melhores que o 1.0 TSI, sendo portanto mais eficiente.

      Excluir
    6. João Guilherme o hater, sempre ele, o idiota do site... Que Onix cara? Esquece o carro que tu vende, já era, deixa de ser animal seu babaca. Vc não sabe porra alguma, só cospe merda aqui.

      Excluir
    7. Onix Plus andou mais que o Virtus, bebeu menos, mas rachou o bloco e pegou fogo. Não é fácil superar os TSI.

      Excluir
    8. Pegou fogo e rachou o bloco em 1. Ainda existem outrou 9.999 dando pau nos Virtus por aí.

      Excluir
    9. Mano brow tá pistola hj... Fica triste não. Virtus vai ficar no top 20 msm... Já está de bom tamanho...

      Excluir
  7. Aqui com 25 mil não compra nem a bosta do kwid,pobre Brasil!

    ResponderExcluir
  8. 100 mil em um carro destes!!!! Só louco

    ResponderExcluir
  9. Vejo sempre uma galera falando mal do T-Cross e sempre dão usados os mesmos argumentos "acabamento de plástico"
    Não sou fãboy de nenhuma marca, mas vocês precisam entender uma coisa. T-Cross é o melhor custo benefício do mercado atualmente e isso não tem o que discutir, preço dele praticado no site é de 127 Mil reais, versão com todos os opcionais possíveis. Você encontra em concessionária se negociar bem por 123 a 125 a mesma versão, me fala outro SUV compacto da concorrência que oferece os mesmos equipamentos por esse valor ? Todos irão dever em alguma coisa pro T-Cross.Vou citar alguns diferencias sobre a concorrência: Painel Digital, Park Assist 3.0, Farol Full LED (incluídos luzes interiores em LED, Som Premium, Um dos melhores espaços internos da categoria, retrovisores com rebatimento elétrico, porta luvas refrigerado, detector de fadiga, etc..
    Tudo isso por 123 Mil reais. Renegade Limited líder da categoria custa 118 mil com o motor a gasolina beberrão, espaço interno e porta malas de sub compacto.
    Honda HR-V na versão Touring custa 139 mil reais, não tem park Assist, sensor de pressão dos pneus. E custa 14 mil a mais que o T-Cross.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tá certo, falam do acabamento msm, porém a maior crítica é da versão básica, Motor 1.0T sem graça por 90K. Absurdooo...

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.