Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda NXR 160 Bros 2020 chega custando R$ 12.860

Categorias: , , 3 Comentários

A Honda apresenta a linha 2020 do modelo NXR 160 Bros ESDD que chega ao mercado com em três opções de cores: vermelho, preto e azul, com linhas atualizadas. Com previsão de chegada aos mais de 1.100 pontos de vendas da marca até o final de novembro, o modelo tem preço público sugerido de R$ 12.860,00.

Honda NXR 160 Bros 2020 chega custando R$ 12.860

A motocicleta traz suspensão dianteira telescópica e traseira monoamortecida, e assento de dois níveis e do largo guidão. O design é caracterizado por linhas angulosas e cores que ressaltam a dinamicidade da porta de entrada das trail Honda.

Honda NXR 160 Bros 2020 chega custando R$ 12.860

A Honda NXR 160 Bros ESDD tem capacidade de rodar em estradas ruins. Menos de 20% da malha viária brasileira não tem pavimentação, desta forma pneus de uso misto Pirelli MT 60 calçados em rodas -- dianteira aro 19 polegadas e 17 polegadas --, suspensões de longo curso e chassi tubular de aço tipo berço semi duplo fazem do modelo escolha particularmente adequada, principalmente fora dos grandes centros urbanos.

Honda NXR 160 Bros 2020 chega custando R$ 12.860

Os freios são formados por disco na roda dianteira e traseira e o CBS -- Combined Brake System --, a particularidade deste sistema é distribuir a ação frenante entre ambas rodas (30% para a dianteira, 70% para a traseira) quando o condutor pisa no pedal de freio. À manete direita resta a atuação convencional, apenas no freio dianteiro.

Honda NXR 160 Bros 2020 chega custando R$ 12.860

O CBS é responsável por uma significativa redução nos espaços de frenagem em comparação ao sistema de freios convencional, e é considerado o mais adequado para motociclistas iniciantes, parcela significativa (26%) dos clientes da Bros. Outra qualidade deste tipo de freios é a facilidade de manutenção decorrente de sua simplicidade técnica se comparado a freios com componentes eletrônicos (tipo ABS).

O motor da NXR 160 Bros é o monocilíndrico arrefecido a ar de 4 tempos, com comando único de válvulas no cabeçote (OHC - Overhead Camshaft) que trabalha com balancins roletados. Equipado com partida elétrica e alimentado pelo sistema de injeção de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection) FlexOne, permite o uso de etanol e gasolina em proporções variadas. Com exatos 162,7 cm3, tem potência máxima de 14,7 cv com etanol (14,5 cv com gasolina), a 8.500 rpm. O torque máximo é de 1,60 kgf.m com etanol (1,46 kgf.m com gasolina), a 5.500 rpm. O câmbio tem cinco velocidades, com relações de marcha que exploram adequadamente as características do motor.

Completa o pacote tecnológico da NXR 160 Bros o painel de instrumentos “blackout” digital, o bagageiro com grandes alças laterais e o farol de policarbonato com refletor multifocal, envolto por carenagem.

3 comentários:

  1. A distribuição do CBS deve ser 70% na dianteira e 30% na traseira e não como está no texto.

    ResponderExcluir
  2. Este cabo passando por cima do painel é uma porqueira.sera que não tem outra solução?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.