Car.blog.br

Pesquisar este blog

Caoa fabricará carros da Changan em São Bernardo (SP)

Categorias: , 31 Comentários

A montadora de automóveis brasileira CAOA comprou a Ford em São Bernardo do Campo para produzir carros da chinesa Changan, segundo informação do Estado de São Paulo / Jornal do Carro.

Caoa fabricará carros da Changan em São Bernardo (SP)

Inicialmente se imaginou que a CAOA, que já fabrica carros da chinesa Chery em Jacareí (SP) e Anápolis (GO), usaria a unidade do ABC adquirida da Ford para expandir a produção de modelos Chery, mas o próprio médico proprietário da CAOA, Dr. Carlos Alberto de Oliveira Andrade, disse que pretende usar a fábrica do ABC para fazer carros “de uma marca chinesa”, sem citar qual.

Caoa fabricará carros da Changan em São Bernardo (SP)

Agora fica claro que não será carros da Chery, mas de uma outra marca chinesa, agora a Changan. A Changan já esteve no Brasil entre 2006 e 2016, quando operava como o nome de Chana Motors, mas apenas com modelos importados.

Caoa fabricará carros da Changan em São Bernardo (SP)

O sucesso da Caoa Chery, que é a montadora que mais cresce no Brasil atualmente, com avanço de 131% de 2018 frente a 2017, e de mais de 270% no primeiro semestre de 2019 frente a 2018, provavelmente estimulou o empresário brasileiro a ampliar sua exposição a marcas chinesas, com a ousada compra da fábrica da Ford.

Caoa fabricará carros da Changan em São Bernardo (SP)

A fábrica da Ford passará por adequações para a produção de carros da Changan, mas quando a produção de iniciar - e dado o histórico da CAOA, não deve demorar muito - será de modelos SUV, atual preferência do consumidor brasileiro.

Caoa fabricará carros da Changan em São Bernardo (SP)

Os modelos da Changan serão posicionados em uma faixa de preço abaixo dos Chery, e usarão motores Flex.

31 comentários:

  1. Que bom sucesso! Concorrência e sempre bem vinda.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Kkkk! A chana chinesa ou a de países baixos? Kkkkkk

      Excluir
    2. Todas são bem vindas, tem que ser bonitinha, e agora com novos modelos SUV aquela empenadinha....

      Excluir
    3. Vão cair no colo da galera de tão boas

      Excluir
  3. Não sou especialista em marketing, como é o C4C. Mas suponho que esses novos lançamentos virão com o nome exclusivo CAOA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. C4C é especialista em Marketing, Micro e Macro Economia, Engenharia Mecânica, Mecatrônica, Elétrica, Automação e Controle, Finanças, Contabilidade, e Administração Empresarial, dentre outras.

      Excluir
    2. Nossa, é mesmo? Estou surpreso! Eu achei que ela era comediante.

      Excluir
  4. Infelizmente temos que assistir a saída de uma fábrica que ajudou a fazer a história da indústria automobilística e a chegada de uma fábrica de tranqueiras chinesas....!!!!

    ResponderExcluir
  5. Esse trambiqueiro cada vez se saindo melhor. Só no Brasil mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Andei num Tiggo 2, E posso dizer com conhecimento de causa. O CARRO É UM LIXO. Mas também é claro que melhorou muito em relação aos primeiros chineses que aqui desembarcaram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Historicamente a China nunca produziu produtos com qualidade e mesmo assim desejam empurrar suas porcarias pelo mundo..!!!

      Excluir
    2. O que hoje se fala da China, antigamente se falava dos carros Japoneses, particularmente nos EUA, chegaram lá com carros pequenos, cópias descaradas, qualidade duvidosa. Hoje marcas como Toyota, Honda, Nissan, tem qualidade indiscutível, no mesmo nível ou acima das Americanas Ford e GM. As montadoras Chineses são muito novas, e têm apresentado uma evolução absurda, frente as montadoras Americanas e Européia que são CENTENÀRIAS, só pra vc ter uma ideia do que eu estou falando a Chery foi fundada em 1997. Estou falando isso só pra vc entender que seu comentário não faz sentido nenhum.

      Excluir
    3. A China é rica não por sua qualidade nos produtos que fabrica e sim por fabricar falsificação de marcas famosas e outras porcarias, além de escravizar seu triste povo e depois vender pelo mundo suas tranqueiras para as pessoas mais pobres que sonham ter um produto de marca e não podem...!!! Isso é a China e dificilmente irá mudar neste século.... Muito triste ,mas é a realidade.

      Excluir
    4. KKKK impressionante os especialistas em China... vai falar tanta besteira assim na China! Brasileiro que é dos povos mais alienados do mundo, o comentário acima demonstra isso!

      Excluir
  7. Porém Caoa agora com Chana, pois Chana todos gostam ou não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa...!! Agora está está instituída a zona...!!!!! Kkkk

      Excluir
    2. Eira! ZFVA - Zona de Fabricação de Veículos Automotores. O povo tem a cabeça podre.

      Excluir
  8. Quando a Ford anunciou que trará o Territory da China pouco se falou a respeito. Quase todas as grandes marcas chinesas já fazem parceria com montadoras renomadas, em especial as européias, mas isso não entra na cabeça de alguns. No final das contas os fanboys e haters admiram e odeiam tão somente os emblemas estampados nas carrocerias.

    ResponderExcluir
  9. Daqui a pouco a Caoa vai voltar a fabricar Gurgel no Brasil.

    ResponderExcluir
  10. A Caoa parece estar perida, dá tiro p tudo que é lado, volta e Meia aparece com uma marca xing ling, Onde será q vai parar isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito pelo contrário. Aí que está a genialidade desse empresário CAOA. O cara não fica na mão de ninguém. Ele sempre opera com várias marcas, se uma está mal, ele tem a outra. Pode ver, ele tem Hyundai, Subaru, é o maior revendedor Ford do mundo, e ainda tem operação com Chery, e agora com a Changan. Agora com essa fábrica, ele reforça seus laços com a Ford, e abre espaço para outra chinesa, a Changan.

      Ao mesmo tempo, com todas essas cartas não mão, ele usa para extrair vantagens de cada uma. Se a Chery não oferecer vantagens de licenciamento, ele direciona a rede para a Changan. E vice e versa, ou então direcionada para Ford e Hyundai.

      O fato é que o cara tem 3 fábricas no Brasil (nesse aspecto só fica atrás da VW, que tem 4), mais de 300 concessionárias, sendo que a maioria é DELE. E ele dispõe das bandeiras como bem entende.

      Esse CAOA é um perfeito seguidor de Maquiavel. O cara é um gênio. O Brasil precisa de mais caras como ele. São esses caras que levam o país para frente.

      Imagina o que esse cara não gera de emprego só ele com fabricas, revendas e etc.

      Excluir
    2. Falou Claro Carlos4Carros,gostei! Vc ta certissimo,o cara e bom demais pra ele e para o pais,jogada de mestre!

      Excluir
    3. Faz igual a puta.... dá pra quem paga mais..!!! Isso significa putaria..!!! Como vc quer que alguém confie nisso aí..??? Tá louco...!!! Só nesse país para ocorrer tamanha barbárie automobilística.

      Excluir
    4. Qual o problema com as putas? As putas estão corretas. Tem que fazer com quem paga mais, mesmo. Essa é a decisão racionalmente correta de fazer.
      Se ela resolver fazer com quem paga menos, ela morrerá de fome, e seu produto deteriorará, e o mercado perderá um competidor (uma puta a menos no mercado, aumenta o preço geral). Portanto, a puta, ao querer trabalhar com quem paga mais, faz um bem a ela mesma, e à coletividade.

      Excluir
    5. Pela primeira vez tenho que concordar sem tirar uma vírgula.

      Excluir
    6. Nenhum problema com putas, muito pelo contrário . Satisfazem por uma noite e são descartáveis .A atitude desse empresário demonstra ser do tipo de quem da tiro para todo lado e não tem o ideal de um projeto industrial sólido com qualidade como fez Ford, Volkswagen , Chevrolet , Mercedes Benz , BMW, Porsche, entre tantas outras referências automobilísticas...!!!! Simples assim....!!! Agora....quer comprar carro Chinês fique a vontade....prefiro continuar com meu pensamento conservador que até agora está dando muito certo.

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.