Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Golf híbrido chega ao Brasil este ano: preço ~ R$ 200 mil

Categorias: , , 125 Comentários

A Volkswagen do Brasil lançará no mercado nacional este ano a configuração híbrida do Golf, o GTE, com preços (estimados) na casa de R$ 200 mil reais. Veja detalhes de funcionamento e impressões ao dirigir do Golf GTE clicando aqui.

VW Golf híbrido chega ao Brasil este ano: preço ~ R$ 200 mil

O Golf GTE chegará ao Brasil importado da Alemanha, no último trimestre deste ano, sendo o primeiro de uma série de seis eletrificados que a marca colocará no mercado nacional até 2023.

VW Golf híbrido chega ao Brasil este ano: preço ~ R$ 200 mil

O Golf GTE é um híbrido plug-in, o que significa que ele recarrega suas baterias em uma tomada convencional, por meio de um carregador específico, ou através de sistemas de regeneração de energia (na frenagem, principalmente).

VW Golf híbrido chega ao Brasil este ano: preço ~ R$ 200 mil

Esse modelo conta com um motor elétrico e um a combustão, associado com uma transmissão automática de 3 embreagens e seis marchas - um câmbio exclusivo para modelos híbridos.

VW Golf GTE 2020 Brasil

Com as baterias totalmente carregadas, o Golf GTE tem autonomia exclusivamente elétrica de 50 km, e pode atingir uma velocidade máxima de 130 km/h. Quando termina a carga das baterias, o motor a gasolina entra em funcionamento automaticamente. O custo de recarga da baterias na tomada de casa é de R$ 5 reais.

VW Golf GTE 2020 Brasil

Somando a autonomia elétrica com a do motor a combustão, o Golf GTE pode rodar até 900 km. O tanque de gasolina foi reduzido para 40 litros, para permitir a alocação de baterias.

VW Golf GTE 2020 Brasil

O motor a combustão do GTE é o 1.4 TSI, turbo e injeção direta de gasolina, com 150 cv. O motor elétrico gera 102 cv. A potência combinada é de 204 cv, e o torque de 35,7 mkgf.



O desempenho é próximo ao observado no Golf GTI: 0 a 100 km/h em 7,6 segundos, e a velocidade máxima de 222 Km/h. O conjunto de baterias de íons de lítio pesa 120 kg – o que eleva o peso total do Golf GTE para 1.524 kg.

Tempos de recarga

Para restabelecer 100% da carga da bateria do Golf GTE é necessário deixá-lo conectado a uma tomada de 220v por 2h45. Pode ser usado ainda estações de recarga, mas o tempo é o mesmo.

VW Golf híbrido chega ao Brasil este ano: preço ~ R$ 200 mil

A conexão é feita por meio de um plug que fica atrás do logotipo da VW, na grade dianteira do Golf.

e-Golf

Além do GTE, o próximo modelo elétrico da VW a chegar ao Brasil será o e-Golf, movido exclusivamente a eletricidade, com motor de 135 cv, e 29,6 mkgf. Ele acelera de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, e chegar a 150 km/h.



Para carregar as baterias do e-Golf pode ser usada uma tomada convencional, ou carregadores de alta capacidade de corrente contínua (DC). Em uma tomada de conrrente alternada, a recarga demora menos de 6 horas.

125 comentários:

  1. Vim fazer o quê aqui no Brasil, se o de cem mil vende uma unidade por dia , imagina esse !!!

    ResponderExcluir
  2. Por esse preço era melhor não trazer, vai encalhar!

    ResponderExcluir
  3. Caraca 200 mil kkkk já vai chegar morto!

    ResponderExcluir
  4. Eu preferiria o híbrido com motor principal o elétrico, mais potente e com autonomia melhor. Colocaria o motor a combustão o 1.0 3 cilindros só pra não deixar o camarada a pé numa viagem

    ResponderExcluir
  5. Irão lançar o MK8 na Europa no último trimestre e desovar esse MK7 aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  6. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que teve uma fuga de hienas do zoológico? Acredito ser necessário aviar o IBAMA para captura-las e levar de novo às suas celas.

      Excluir
    2. Oi Carlos doente tu não gostou foi .e carro de sonho só que tá muito caro e melhor esperar pelo Toyota Corolla

      Excluir
    3. A pior Hiena tá solta e se chama Carlos...
      Passa o teu endereço para o IBAMA ir te pegar...

      Excluir
  7. Se lançar uma versão híbrida do Cruze sport6 a mesma ainda vende mais quê esse Golf,a VW matou o golf no Brasil,muito triste isso,o brasil perdeu um Grande carro!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 0q matou o Golf no Brasil foi a burrice da grande maioria do brasileiro. Golf é caro no mundo inteiro quando comparado com seus concorrentes pq simplesmente é o melhor de todos. Mas brasileiro prefere os Creta, kicks, Renegade, Compass da vida. Verdadeiros lixos diante de um Golf. Fazer oq... burrice mata !

      Excluir
    2. Tá mais para a ganância da VW..

      Excluir
    3. Justamente!!! Pagar 96 mil em um Golf 1.0 quanto existia, era demais. A volks tá fazendo a mesma coisa com o up tsi, loucura pagar 60 mil.

      Excluir
  8. O problema é que o nome GOLF no Brasil não representa status, talvez se a VW mudasse o nome e claro o design ( pois é uma cópia do gol) venderia, nas este carro que dá o mesmo status de quem anda de gol, polo, Fox, pode esquecer que é mico, aliás gorila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Golf tem status de carro de "mano".

      Daqueles que põe um somzão pra dar rolezinho na quebrada e chamar a atenção das minas.

      Excluir
    3. o corolla hibrido sumiu perto desse golf. Tecnologia de verdade so vw tem.

      Excluir
    4. Sumiu onde? Toyota vende o Prius (híbrido) desde 1997 no Japão, passando a vendar pro mundo inteiro em 2001 e se consagrando como o carro híbrido mais vendido do mundo. Isso sim representa tecnologia, ser pioneira no seguimento e vender carro híbrido numa época em que ninguém mais vendia.
      A diferença mesmo será a seguinte, Corolla vai vender muito aqui, pq é um Corolla. Golf não vai vender, pq é um Golf. Simples. Não chore.

      Excluir
    5. Quem tem Golf não quer status e sim um prazer ao dirigir.

      Excluir
    6. Done Gradem. Por 200k há opções melhores que conferem prazer ao dirigir ainda maior e, de quebra, fornecem status

      Excluir
    7. Quem quer prazer ao dirigir não compra híbrido/elétrico, seja ele qual for. O foco é outro.

      Excluir
    8. Teslas X,S e 3 performance mandam um abraço

      Excluir
    9. Golf tem tecnolgia que nem os melhores touotas sonham, enquanto o golf soma 200cv eletrico + 1.4 Tsi o corolla nem tero solar nele chegou ainda kkkkkkkkkkkkkkkk. Tem que ser ignorante acima da media pra pgar mais de 100k no corolla

      Excluir
    10. A questão deve ser o preço... Se o Corolla vier por 130 mil o híbrido, o Golf GTE chegando por cerca de 200 (sairia 50% a mais) e o Corolla deve ter mais espaço interno, apesar de obviamente ter um motor mais fraco (bem mais fraco)...
      Além disso tem a possibilidade da VW colocar alguns recursos com opcionais com preço surreal...

      Excluir
  9. Eles vão trazer um lote de 15 unidades.
    2 vão pra imprensa (posteriormente vendidas pelo Superbid), e 3 a concessionários/funcionários da marca no Brasil.
    10 abertas para o público, mediante encomenda

    ResponderExcluir
  10. 200 Mil ? kkkkkkkkkk..... Isso é piada, melhor nem trazer.

    ResponderExcluir
  11. 200 mil tá muito bom. Condiz com qualidade do carro. Basta ver que o Corolla híbrido deve vim por absurdos 140 mil. Ou seja, carro hatch médio Premium hídrico deve ser mais caro do sedã médio popular híbrido. Não vi nada de anormal nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, tanto que o Golf finalmente atingirá as 6000 unidades mensais no BRASIL.

      Duvido que alguém deixe de comprar esse Golf para comprar o Corolla.

      O Corolla vai ser o mico do ano, quem viver verá!

      Excluir
    2. É por comentários como esse que pago internet kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Agora só falta ele começar a escrever de trás para frente.

      Excluir
    4. Corolla Hybrid vai vender muito, vai ser a partir de 120000. A VW pode até saber fazer carro melhor que a Toyota, mas quem entende de mercado é Toyota!

      Excluir
    5. Falou bem Daniel ainda mais pq o golf ao menos e um carro premium mundialmente famoso por sua qualidade e tecnologia. Ja o corolla e um etios de primeiro mundo, carro popular de estudante. Golf ficou ate barato se levar em consideracao a tecnolgia

      Excluir
  12. Só um maluco pra comprar nesse preço!

    ResponderExcluir
  13. Mais um modelo para servir apenas de carro de showroom, pois ninguém é louco de pagar 200 mil num carro genérico como o golf.

    ResponderExcluir
  14. Cara...a dona VW nao aprende ..outro tiro no pé...absurdo.deve importar umas 50 unidades e só...totalmente sem nocao. Nao sou hater.tenho um mk7 mas confesso q seria uma valor absurdo pra se pagar mesmo sendo hibrido. Eu com certeza pegaria um GTI top e ainda sobraria muita grana pra encher o tanque de petroleo por anos.rs.

    ResponderExcluir
  15. Com 200k compro uma kit, boto no aluguel e faço uns 1200 conto por mês.

    ResponderExcluir
  16. Quem quiser deixar sua risada abaixo ...está liberado.
    Kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem ri atoa ou é rico ou é bobo. Qual será a condição dos espécimes acima??

      Excluir
    2. Volta pra escola, Carlos. O certo é "à toa". Analfabeto.

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    4. São ricos, que sabem o valor do dinheiro, e não pagam 200k num Golf.

      Excluir
    5. Boa Vader.

      E mais um pouco de:

      Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  17. O pior de tudo é que vão trazer o mk7 ... quem vai ser o louco que vai comprar um carro importado e defasado desse. Por 200 mitos só sendo muito louco. Corolla vai nadar de braçada... preço totalmente fora da curva...

    ResponderExcluir
  18. Nao entendo esse povo, acham bom negócio pagar 150-180k num SUV beberrão e não pagariam 200 k num GTE. Se o seguro anual for na faixa de 3-4k e ter garagem disponível com tomada 220v este GTE será uma excelente compra pra quem vive nas grandes cidades engarrafadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 3-4k é o seguro de um gti 2014, esse como será um carro de colecionador, com unidades limitadas, mínimo 8k com segurado classe 10.

      Excluir
  19. Então... Como grana não é problema para a VW e ela está bancando apenas uma mera operação de importação, ou seja, a intenção dela é apenas trazer esse Golf pra fazer uma graça. Brasil é terceiro mundo. Não dá para esperar que levem esse país a sério. Por isso que a importação em massa de 2014 foi um feito único, e que dificilmente vai se repetir pela alemã ou por qualquer outra marca. Segue o baile.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, quem tiver dinheiro que pegue logo o que tiver disponível de golf gti, passat, tiguan. Brasil desceu um nível, acredito que no radar deles o país não recupera a economia de modo a valer a pena produzir ou aumentar a oferta desses carros nos próximos três anos no mínimo, daí só trariam alguns pra quem tem realmente muita grana.
      O "reino" agora é da família Polo, que alias, não imagino como pode ser diferenciada para concorrer com os lançamentos próximos da concorrência, além do motor 1.4, claro.

      Excluir
  20. Tá é barato. O melhor hatch premium do mundo, em versão híbrida e esportiva. Normal que superasse os 200 mil.

    ResponderExcluir
  21. 200 mil em um Gol melhorado?

    É por isso que vai sair de linha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O "Gol"melhorado enterrou vários médios da sua querida Fiat.

      Excluir
    2. Quem falou em Fiat, babaca acorda.

      Excluir
    3. Esse daí adora colocar a Fiat em tudo, é amor não correspondido.

      Excluir
    4. Unknown,babaca é um pau no seu cu,Zé ninguém tá triste pq perdeu o gol no sorteio do supermercado?trabalha e compra um

      Excluir
    5. Vc que falou no gol que é um carro compacto

      Excluir
    6. Lro83 chupa meu pinto então seu vagabundo.. Entra dentro da sua caixinha de fósforo, ops quer dizer "Up" e fica quietinho.

      Excluir
    7. Não perdi não Lro, os mercados aqui perto de casa sorteiam carros decentes. No dia que gastar o meu dinheiro com uma carroça dessa eu corto meus pulsos. E só pra não passar batido meu caro apzeiro, vai lamber os ovos do Carlota.

      Excluir
    8. Eu imagino,devem ser kwid,Mobi,Uno,Ka ou Ônix,a carroça que vc fala é um dos carros verdes mais vendidos da Europa e referência em híbrido plug-in,queria ver se existisse um Tipo híbrido plug-in e fosse enfrentar o Golf gte em qualquer comparativo ia levar uma surra tão vergonhosa que a Fiat não ia saber onde enfiar a cara,se eu fosse Apzeiro ia concordar com esse preço,Vai pra Betim ser enrabado por algum executivo da FCA.
      Não sabe merda nenhuma de carro.

      Excluir
    9. Quem falou de Golf? Você, seu animal,
      que falou em sorteio de GOL, GOL, sua anta. Isso daí é sonho seu, quem coloca Fiat em tudo é você, aliás, eu acho que é por isso que você tem tanta raiva, sonha em ser currado por um funcionário da Fiat e até agora não conseguiu.

      Excluir
    10. Seu sonho é ir pra Turin chupar a rola do ceo da FCA,Seu zé ruela,vc que chamou o golf de carroça seu invejoso,Seu pau no cu entupido de bosta,não tenho culpa se a Fiat só faz lixo.
      Carro pra vc é ônix,ka,Mobi e kwid,tão lixos como vc.

      Excluir
  22. Um Golf de R$ 200mil... Golf, um mero vw Golf... aff

    ResponderExcluir
  23. 200k??? Piadaaaaaaaaaaaa... o cara tem que ser muito burro para comprar o GTE por 200k.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem tanto tem gente que paga 205 mil juma hilux que perto desse carro parece um veiculo da decada de 70 e vende aos montes.

      Excluir
    2. Pagam na Tombelux 220k pra rodar no piso liso e vem dizer que o Gte é caro. Brasileiro e automóveis não casam.

      Excluir
    3. Uma Hilux sw4 custa 234 mil e até algumas semanas eram vendidas só com 2 airbags

      Excluir
  24. O legal é que ainda parece muito o Golf lá de 2014... Mais uma prova de como a VW Brasil não soube respeitar o conjunto original do Golf e principalmente não soube divulgar e vender o seu best seller mundial por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. O melhor carro que já tive. Em 2013 eu afirmei aqui que o Golf7 dsg estava 5 anos há frente da concorrência...eu errei...estava uma década na frente. Seis anos depois ainda é muito mais atual e mecanicamente melhor que muita novidade.

      Excluir
  25. O valor de R$ 200 mil é plenamente jusitificável, já que este Golf é o mais avançado híbrido a venda no Brasil, pois ele é plug-in. Então o sujeito que roda até 40 km por dia, não precisa mais gastar gasolina. E se tiver um meio de carregar no trabalho, pode rodar até 80 km por dia sem se preocupar.


    O Corolla e o Prius não chegam nem perto da tecnologia desse Golf GTE.

    Observe que ele acelera de 0 a 100 km/h em tempo de espprtivos. 7,6 segundos.

    Se o cara roda 80 km por dia, vai gastar uns 250 reais por semana, ou 1100 por mes. Em cinco anos dá mais de R$ 66 mil de economia.

    Ou seja, pagar 200k, mas economiza em 5 anos 66 mil. Ou seja, o carro sai por 136k, na realidade. Fora que pode andar em rodízio, e não paga IPVA. Só de IPVA dá mais 20 mil em 5 anos. Ou seja, economia passa a 86 mil.

    O carro sai então por 114 mil reais. Está exclemente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Provavelmente vai vender entre 6 - 7 mil unidades mensais. Hecatombe de vendas, tecnologia e sustentabilidade. Já encomendou o seu C4C?

      Excluir
    2. Carlos e sua dose de vergonha pessoal.

      Vamos ver quantos unidades vai vender e depois voltamos a rir.

      Excluir
    3. Carlos, nem o ID.3 vale 200k...

      Excluir
    4. Seu namorado vai comprar um Carlotinha? Já encostou em um cara rico né? Safadinho.

      Excluir
    5. "O carro sai então por 114 mil reais. Está exclemente."

      Exatamente. Então se considerarmos que na hora da revenda, o valor de mercado desse Golf será por volta dos 100 mil, podemos considerar que esse carro está basicamente de graça. Amanhã vou na VW esperar na fila a minha senha.

      Excluir
    6. Lukoh,um Leaf que tem acabamento inferior ao do golf,painél digital com menos funções e ar de uma zona e autonomia de 240 km custa 198 mil,fala dele também

      Excluir
    7. Lro, o Leaf é totalmente elétrico. Daí entra o fator bateria. Que todos sabem que é o maior custo em veículos elétricos.

      A comparação com o Leaf só torna esse Golf ainda mais caro!

      Em todo caso, como o BMW i3, o próprio Leaf, o Zoe e outros, a função não é vender, é mostrar tecnologia e imagem. A VW não tá preocupada em vender nenhum GTE sequer. Estratégia diferente da Toyota, que vai popularizar a tecnologia híbrida com o Corolla.

      Excluir
    8. O E-Golf é muito provável que venha pra cá e sempre foi rival do Leaf não comparei acima o Leaf com o gte,todavia dirigi o Leaf no salão,gostei do desempenho,da segurança e o conforto,mas pelo valor pedido devia ter uma bateria de menor autonomia enquanto o Bolt que custará cerca de 175/178 mil tem bateria de 383 km e o E-Golf 300 km,devia ter também freio de mão eletrônico decente e ar dual zone que só o golf elétrico tem

      Excluir
    9. Sim, você comparou o preço do Leaf com o GTE. Se no resto do mundo o E-Golf concorre com o Leaf, deveria vir o E-Golf nesse preço, não o GTE

      Excluir
    10. Comparei pq tem pessoas reclamando do preço mas acho que se o E-Golf vier pra cá será na faixa de preço do Leaf

      Excluir
  26. Carlotinha, saia deste seu mundo Matrix de Barbie e acorde para a realidade. Ninguem discute as qualidades do Golf( dirigibilidade, qualidade,powertrain). O problema eh q o preço esta totalmente fora da realidade para o Brasil num modemo q esta pra trocar de versao. Deve mesmo soh pra fazer propaganda no Brasil, assim como a GM fez com o antigo Calibra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é estimativa,eu também não concordo com esse preço

      Excluir
  27. Para compensar o investimento terei que rodar no minimo 200.000 kms

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 200.000km na cidade... e desses, somente 20.000 serão no modo elétrico.
      Sob a ótica da VW, compensa poluir o planeta e não ter dor de cabeça procurando tomada.
      Parabéns para a Toyota, que traz tecnologia hibrida para o Brasil em preço pareado com carros convencionais. Se houvesse um ranking de empresa preocupada com o meio ambiente, a Toyota ganharia fácil essa disputa.

      Excluir
    2. Híbrido puro é só ilusão. Só marketing. Vc nunca vai recuperar a diferença paga e nas rodovias vai ter carro manco.

      Excluir
  28. Se viesse por até 130k, eu seria um candidato a comprar.
    Mas vou de Corolla mesmo, sem sobra de dúvidas ou arrependimento.

    ResponderExcluir
  29. Só rindo mesmo, o cara que comprar merece uma semana com tudo pago num hospício.

    ResponderExcluir
  30. 200? kkkkk o cidadão que comprar por este preço pode receitar rivotril 5x ao dia...é loko

    ResponderExcluir
  31. 200mil eu compro um Corolla híbrido Flex q vai ser bem mais interessante q esse golf e coloca outros 100mol na conta !

    ResponderExcluir
  32. Carro híbrido paga bem menos imposto. Esse duzentos mil estão fora da realidade. Tomara que não venda nenhum. E olha que eu tenho um Golf e torço para que mantenha-se em linha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é super, hiper, mega estimativa, então.

      Excluir
    2. Entendo que seja estimativa, mas nunca poderia custar mais que um GTI.

      Excluir
    3. Na Alemanha esse carro custa 35 mil euros um gti lá é uma faixa de 30 mil euros

      Excluir
  33. Esse Golf será no Brasil o que a medicina chama de feto natimorto, que nada mais é do que aquele feto que morre dentro do útero da mãe, antes de chegar ao mundo. O mesmo será com esse Golf, nem foi lançado e já pode ser considerado morto.
    Qualquer um pode chegar a esta conclusão, senão vejamos:
    1° Carros híbridos e elétricos não vendem bem no Brasil, não despertam grande interesse no público;
    2° Golf já morreu justamente pq não estava vendendo, mesmo com versões "populares" 1.0T AT, custando na faixa dos 100 mil. Se por 100 mil não conseguiu vender, pq venderia a 200 mil? Pq é híbrido? Mas híbridos não são atrativos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E um carro vitrine de tecnologia so isso. Nao soa tao absurdo quando temos carros aqui muito inferiores custando o mesmo valor.

      Excluir
  34. Híbridos e elétricos são o futuro e presente d mobilidade, p desavisados de plantão! países desenvolvidos como Alemanha ,Japão, estados Unidos cada vez esses carros se popularizam e existe até leis p carros a combustão deixarem d circular em determinados lugares !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas para país subdesenvolvido, nesses preços, híbridos e elétricos serão meros figurantes. Na Alemanha pode virar até lei... Por aqui, daqui 20 anos, ainda teremos Siena, Logan, Voyage, Kwid e se bobear até Corsa, Palio e Gol Bola rodando e sendo maioria nas ruas. Ou as montadoras encontram formas de produção local real (não vale só montagem), de boa qualidade e preço coerente, ou o novo continuará sendo mero aspirante a figurante.

      Excluir
  35. muito caro.

    considerando gti a 170mil , paga mais imposto e o gte é hibrido e paga menos imposto mas é importado. (ai fica um empate técnico)

    o gte deve ter a mais o motor hibrido, autohold, freio de mao eletronico, talvez alerta de ponto cego e um melhor acabamento (porta luvas)

    nao vale 30 mil a mais ahahahaahh

    ResponderExcluir
  36. Um carro de 200mil sem ajuste elétrico do banco? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  37. entrei aki so pra deixar minha gargalhada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk 200 pilas num golf é pra chorar de rir mesmo......

    ResponderExcluir
  38. 200 k e caro mas lembre-se que temos algumas lixeiras por 270 mil como sw4, 200 mil hilux, 180 mil compass que perto do golf parece carros dos anos 70

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se existisse um Tipo híbrido plug-in com bateria de 50 km e o firefly turbo 1.3 e viesse pra cá importado da Itália custaria no mínimo 170 mil e os fiateiros iam chamar quem reclamasse do preço de chorão

      Excluir
    2. Quando uma pessoa desvaloriza um icone automotivo com golf sucesso no mundo todo, pra mim a mentalidade automotiva nao passa de uma agua viva. Golf mesmo navional e um veiculo que dispensa comentarios e concorrentes e respeitado ate por categorias superiores. Brasileiro e termos de conhecimento automotivo e terra planistas n tem diferença sao umas agua vivas. Prova disso e ter um onix com lider de vendas kkkkkk uma lata de lixo sobre rodas

      Excluir
  39. Isso aqui tá mais engraçado que aqueles programas humorísticos sem graça de sábado kkkk

    ResponderExcluir
  40. Pelo que li aqui ou noutro blog o nosso etanol faz em termos de nação/indústria/poluição não ser tão importante agora a adoção de veículos elétricos. Daí acho que a montadora só marca presença e joga todo o custo nas poucas unidades que venderá.

    ResponderExcluir
  41. Se fosse pra realmente diminuir a poluição teria que ser barato pra táxis que rodam muito porém eles tem isenção de impostos justamente por evitar que algumas pessoas comprassem carro para um uso menos frequente. E taxista já pode usar o gás pra rodar muito.

    ResponderExcluir
  42. Acho sem necessidade real de uso em massa do elétrico e isso demandaria incentivo fiscal maior junto com produção local maciça de baterias e peças.

    Dá pra tirar muito resultado positivo ainda no uso de veículos otimizando a política de uso do solo nas cidades, equilibrando transporte público e vias específicas, maior uso de trens e metrô. Investimentos para o tele trabalho em algumas profissões. Adoção conjunta entre setores públicos, comerciais e de transporte poderiam ampliar a entrega de mercadorias em horários noturnos diminuindo os transtornos durante o dia. Uma parte da população trabalhando a noite também reduz o volume de veículos durante o dia. O custo é sempre da sociedade pois é repassado no preço, basta calcular.

    ResponderExcluir
  43. Empresa pode oferecer seu produto pelo preço que quiser, seja um centavo ou dez milhões. Que eu saiba não existe compromisso público da vw para oferta de produto a condição X ou y de qualidade equipamentos, quantidade, prazo, preço ou o que for além do que é estabelecido por lei ou regido pela reação do consumidor.
    Se ela vende e alguém compra o problema é deles. Nossa preocupação deve ser com outro aspecto.

    ResponderExcluir
  44. Em 2013 foram colhidas 588 milhões de toneladas de cana de açúcar, uma das maiores fontes de produção de etanol, produzidos em milhares de km quadrados.
    Daí os caras querem carro elétrico por dez merreis, como se as baterias fossem produzidos numa copiafora.
    É impressionante isso, não pensa.
    A produção de veículos e baterias demanda uma grande quantidade de metal, não são comprados em supermercados, tem que ser extraídos das minas revolvidos, separados, limpos, processados, enriquecidos e condensados para funcionar por longo prazo e pouca diminuição de rendimento.

    ResponderExcluir
  45. Todos os processos industriais demamdam altos investimentos em estudos, equipamentos, transporte, transformação e oferta do produto Todo o custo será diluído e pago nas unidades do produto Óbvio. Quer um carro? Compre uma Prensa de chapa de 20 milhões de dólares, 4 robôs kuka de 1 milhão de dólares cada pra soldar a laser. É por aí vai...
    Cara, não existe produto sem financiamento e financiamento precisa de poupança.

    Se o Brasil quer é evoluir e normalmente todos querem e precisam, isso tem que ocorrer


    ResponderExcluir
  46. Proposta: criação de fundo de investimento em pesquisa para desenvolvimento de motor, combustível ou acumulador de energia para automotores incluindo os equipamentos e processos construtivos (Fábricas) .

    Implementar pelos laboratórios de pesquisa públicos e privados do país.

    Os royalties das patentes serão do fundo e seus cotistas. Pronto, mole de fazer.

    Se funcionar o desenvolvimento do país dispara.

    ResponderExcluir
  47. A inexpressiva quantidade de artigos científicos brasileiros ou patentes dá uma ideia do problema
    Viu sobre alguma pesquisa de resultado relevante na TV?
    Tem feira de ciências no colégio do seu filho com algo mais difícil que grão de feijão no algodão?

    É fato real a completa falta de conexão entre os problemas e desafios da sociedade junto ao setor de educação.

    Os professores e alunos são formados alheios ao necessário pelo setor de produção e demais.

    Dois minutos de leitura de comentários de qualquer blog mostram isso.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.