Car.blog.br

Pesquisar este blog

Caoa Chery Tiggo 7: preço parte de R$ 106.990 reais - SUV

Categorias: , , , , 34 Comentários

A Caoa Chery lança no mercado nacional o seu novo SUV de porte intermediário Tiggo 7, com preços partindo de R$ 106.990. O modelo chega às concessionárias da marca este mês.

Caoa Chery Tiggo 7

O Tiggo 7 é ofertado em duas versóes, ambas com motor 1.5 Turbo Flex, associado com uma transmissão automática de dupla embreagem DCT de seis marchas.

Caoa Chery Tiggo 7

O SUV é produzido em Anápolis (GO), e além do modelo de acesso, oferta também uma configuração topo de gama, com preço de R$ 116.990.

Caoa Chery Tiggo 7

Em termos dimensionais o Tiggo 7 é maior que o Jeep Compass, e menor que o VW Tiguan. O comprimento é de +4,51 m de comprimento, e a largura de 1,87 m.

Caoa Chery Tiggo 7

O entre-eixos de 2,67 metros o coloca em linha com o Jeep Compass.



Os dados de consumo, segundo o INMETRO, para o Tiggo 7 Flex Automático são os seguintes:

Consumo de etanol: 6,6 km/l (cidade) e 7,6 km/l (estrada)
Consumo de gasolina: 9,7 km/l (cidade) e 10,9 km/l (estrada)

Chery Tiggo 7 - concorrente do Jeep Compass

O interior oferta bom espaço e porta-malas de 414 litros de volume (maior que os 410 litros do Jeep Compass). Há ainda um sistema de divisão no assoalho, que permite melhor compartimentalização.

Chery Tiggo 7 - concorrente do Jeep Compass

O modelo oferta bom espaço para pernas no banco traseiro, assim como saídas de ar-condicionado, duas entradas USB (versão TXS, topo).

Chery Tiggo 7 - concorrente do Jeep Compass

Os bancos ofertam grandes elementos de sustentação do corpo, e são revestidos em couro. O volante conta com comandos multifuncionais.

Chery Tiggo 7 - concorrente do Jeep Compass

O design interno é marcado por um aspecto limpo e moderno. O revestimento interno inteiramente em material macio. Não há uma profusão de botões, e ao centro destaca-se a tela multimídia.

Chery Tiggo 7 - concorrente do Jeep Compass

Assim como modelos premium, o Tiggo 7 traz um console central elevado, com acabamento que imita aço escovado, e sistema de partida por chave presencial e botão start.

Mercado

Chery Tiggo 7 - concorrente do Jeep Compass

A CAOA Chery tem meta de vender cerca de 600 unidades por mês do Tiggo 7, e para isso, além das características do carro, conta com uma rede em ampliação - que chegará a mais de 110 unidades no Brasil ainda em 2019, e um sistema de pós venda de padrão premium e garantia de 5 anos.

Ficha Técnica - Caoa Chery Tiggo 7

Ficha Técnica - Caoa Chery Tiggo 7
  • Motor: Dianteiro, transversal, quatro cilindros, 16V, comando duplo variável, injeção multiponto, turbo, flex
    • Potência: 147 cv (G) e 150 cv (E) a 5.500 rpm
    • Torque: 21,4 kgfm (G/E) entre 1.750 rpm e 4.000 rpm\
  • Transmissão: Automática de dupla embreagem e seis marchas; tração dianteira
  • Direção: Assistência Elétrica
  • Suspensão: Independente McPherson (dianteira) e Multilink (trasaseira)
  • Freios: Discos nas quatro rodas, ventilados na dianteira e sólidos na traseira
  • Pneus: 225/60 R18
  • Dimensões
    • Comprimento: 4,50 metros
    • Largura: 1,83 metro
    • Altura: 1,67 metro
    • Entre-eixos: 2,67 metros
    • Tanque de combustível: 57 litros
    • Porta-malas: 414 litros (fabricante)
    • Peso: 1.500 kg (ordem de marcha)
    • Central multimídia: 9 polegadas
  • Garantia: 5 anos
  • Preço: R$ 116.990 (versão TXS); R$ 106.990 reais (versão TX)

34 comentários:

  1. Parece um Tucso
    Acho q é melhor q Kia

    ResponderExcluir
  2. Tá bonito, mas tem o DNA chinês... nem de graça, isso trás até má sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. boa boa ta parecendo um que tem ``bicicreta ´´ e é baba ovo de marca alemã , quem me dera ter um desse .....

      Excluir
  3. R$116 mil hum.... depois pra revender não vai valer neh 50 mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é mas eu queria um , na boa ? se tivesse esse $$ hoje sei nao hem ....

      Excluir
  4. Esse Tiggo 7 é um concorrente sério ao Jeep Compass, mas não ao Tiguan, pois o Tiguan é de categoria superior e é bem mais caro.

    Então quem pode sofrer com esse carro é o Compaas, sendo que o Tiggo 7 mostra-se superior ao Jeep Compass em qualquer objeto de análise, e começa na desvalorização, que no Compass é absurda, por conta do excesso de vendas para locadoras.

    O Compass tem desvalorização de mais de 40% logo de cara. Um coitado que compre um Limited por R$ 145 mil, no dia seguinte poderá vendêlo por no máximo R$ 100 mil.

    Já esse Tiggo 7 não sofrerá com isso, pois a Chery tem programa de recompra, e, asinda, não vende para locadora como a Jeep, e são as vendas para locadoras de derrubam os preços dos lançamentos.

    Mas não é só isso. Esse Tiggo 7 é maior que o Compass, tem mais espaço interno. Ele é mais bem resolvido esteticamente, e é melhor construído também.

    O Interior do Tiggo 7 é maior que o do Compass, e com acabamento bem superior, e melhor design.


    A mecânica é outro ponto onde o Tiggo 7 dá um banho no Compass. O Tiggo 7 com motor turbo flex e câmbio DCT anda muito mais e bebe muito menos que o jurássico Compass, que usa um motor antiquado aspierado com câmbio automático de conversor de torque.


    E por fim o preço, o Compasscusta a partir de R$ 114 mil na versão pelada Sport. Nesse preço vc pegar um Tiggo 7 completasso.


    Na boa, o sujeito que comprar Compass Flex, tendo este Tiggo 7 como opção, quem compra o Compass assina atestado de néscio.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assina atestado de néscio, pra não falar outra coisa... Vc só disse verdades, como sempre diz, c4c.

      Excluir
    2. E mais uma vez ninguém entende a cabeça desse insignificante da carlota. Mas não era o conversor de torque que era melhor que o DCT? E agora é o contrario?
      Digno de pena.

      Excluir
    3. Comédia é vc! Cambio de dupla embreagem é melhor que o de conversor de torque? Venda para locadoras não, vende muito para PJ pois são os empresários que estão comprando para uso próprio. Carro que só vende a locadoras e taxistas é o seu querido voyage e gol jurássicos.

      Excluir
    4. Tiggo 7 é concorrente do VW TAREK ou VW THARU não sei o nome que volks vai lançar aqui.

      Excluir
    5. Duvido muito que potencial comprador e comprador fiel de Compass troque por Tiggo 7. Esse caro, no máximo, vai roubar vendas de sedans e hatch médios e de SUVs compactos acima de R$ 100 mil. Umas 100 a 200 unidades mensais.

      Excluir
    6. Só um demente igual vc pra achar melhor comprar um chinês recém chegado no país do que um dos Suv's mais vendidos do país.

      Excluir
    7. como fala besteira, a Tiguan é a lider de vendas né e o Compass que vende só 200 carros por mes, meus jesuis kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    8. Não concordo com tudo que o c4c fala, mas tenho que concordar que o jeep Compass a gasolina é um lixo. Carro fraco e Gastão. Mas também da me do de pagar mais de 100 k num Tiggo 7. Não que o carro seja ruim, mas ainda há muito preconceito com carro chinês. Não falo nem em perder dinheiro, mas simplesmente em conseguir vender.

      Excluir
  5. Qual a diferença entre injecao multilonto para injeção direta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Basicamente, na injeção multiponto, o combustível é injetado na válvula de admissão e vai para a câmara de combustão após a abertura da mesma.

      Na injeção direta, o combustível é injetado diretamente na câmara por bicos de alta pressão, melhorando a eficiência da queima.

      Excluir
    2. A injeção direta o bico injetor vai posicionado dentro da câmara de combustão, resultando numa eficiência bem maior. Já a injeção multiponto(injeção indireta), os bicos injetores despejam o combustível no coletor de admissão e depois se encaminha para a câmara de combustão.

      Excluir
  6. Lifan x80 vendeu 4 até dia 10 em fevereiro. Esse Tiggo7x venderá quantos ?

    ResponderExcluir
  7. São carros bons, daqui uns 10 anos o povo vai ter confiança em comprar auto chinês.

    ResponderExcluir
  8. A única ressalva fica por conta do consumo, que achei elevado para os padrões dos motores turbos atuais.

    ResponderExcluir
  9. Exterior muito bonito, mas o interior, parece de um carro dos anos 90 em que foi adaptado uma central multimídia.

    ResponderExcluir
  10. Para tiggo é caro . O tiggo2 59 mil o 5x seria 75 mil , ao inves de 86 mil, e este 90mil pra comessar entrar no mercado, pois o tucson um se vende ainda zero por 76 mil.

    ResponderExcluir
  11. A Caoa já fez milagre ao atingir 600 Tiggo por mês, até por que tem versão de R$ 60 mil. Com esse custando o dobro, deve ficar entre 150 e 300 unidades por mês. Como eles têm dinheiro pra queimar, sem problema.

    Quanto ao Compass, pelo respeito e mercado que a Jeep conquistou, não deve nem perceber a existência desse aí...

    Quem tem que tomar cuidado para não perder um pouco do pouco que já vende é Tiguan (500 unidades/mês), Sportage e Equinox (400) e ASX (300).

    De Tracker (1500) a Renegade e Compass (4 mil), todos já bem posicionados há meses, os chinas interferem pouco.

    ResponderExcluir
  12. "O Compass tem desvalorização de mais de 40% logo de cara. Um coitado que compre um Limited por R$ 145 mil, no dia seguinte poderá vendêlo por no máximo R$ 100 mil."

    Carlos, somente no mundo da fantasia que no caso é o seu que acontece as falácias que você balbucia. Desvalorização da Chery é absurda;

    ResponderExcluir
  13. Parece bem montado e acabado. O motor é aparentemente fraco e com pouco torque para o peso do carro.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Painel de carro popular, que coisa horrível ! Esse ponteiro com marcação no sentido anti-horário é uma piada !

    ResponderExcluir
  16. Por este preço é comprar para perder. A Chery não tem nenhum veículo que tenha algum destaque mundial. Na China é a vigésima marca. No Brasil vai vender e até incomodar algumas marcas, mas a qualidade, a falta de credibilidade e tradição da marca,vão cobrar grandes prejuízos na hora de revender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto, Alexandre. Podemos estar falando uma besteira muito grande. Mas, considerando outras opções mais confiáveis no mercado, não é de se arriscar.
      A marca pode ser boa. Mas não vai startar para sabermos disso, ou não.
      Lembra do da Jac? Carros bons, viu. Seis anos de garantia e..... micou.

      Excluir
  17. Não achei o carro feio. Mas olha, embora concorde dessa vez com o Carlos que a Jeep pede um absurdo pelo Compass, os carros chineses vão ter que conquistar mercado porque começaram aqui há alguns anos só com bombas... 106k de começo, mesmo com tudo que oferece o caboclo neste momento tem que ter o peito do Chuck Norris pra encarar...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.