Car.blog.br

Pesquisar este blog

Há 50 anos chegava ao mercado brasileiro o Chevrolet Opala

Categorias: , , , 5 Comentários

No dia 19 de novembro de 1968, a Chevrolet iniciava a produção de um dos modelos de maior sucesso em sua história: o Opala. Há cinco décadas saía da linha de montagem da General Motors na unidade de São Caetano do Sul (SP), o primeiro automóvel fabricado pela empresa no Brasil, símbolo de requinte e sofisticação durante seus vários anos de produção, o Chevrolet Opala.

Chevrolet Opala 1974

O Opala se tornou um clássico entre os veículos produzidos pela indústria automobilística brasileira. Este modelo ajudou a construir a história da marca Chevrolet no Brasil.

Chevrolet Opala Caravan 1983

Com uma produção e venda próxima de um milhão de unidades, o Chevrolet Opala é até hoje objeto de colecionadores, atingindo o status de modelo "cult".

Chevrolet Opala Diplomata 1992

Abaixo segue uma linha do tempo com os principais fatos que marcaram a história do modelo no Brasil.

1966: A GMB anuncia a expansão de suas duas fábricas para a fabricação de um carro de passageiros.

Chevrolet Opala 1969

1968: É lançado, em 19 de novembro, o primeiro carro de passageiros Chevrolet produzido no Brasil, o Opala, com quatro portas.

Chevrolet Opala 1969

1969: Em 14 de julho, a empresa atinge a marca de produção de 200 mil unidades de veículos Chevrolet, sendo 10 mil unidades do Opala.

Chevrolet Opala 1969

1970: Em junho, a GMB lança o Opala Cupê SS.  Em 3 de agosto, o Chevrolet Opala atinge a marca de 50 mil unidades produzidas.

Chevrolet Opala 1969

1973: Novos Opalas em outubro: o Opala SS (4 cilindros) e o Opala Automático (4 e 6 cilndros).

Chevrolet Opala 1974

1974: Em 8 de novembro, são lançados o Chevrolet Comodoro e a Chevrolet Opala Caravan.
• Em 19 de dezembro, é a vez do Opala completar 300 mil unidades no Brasil.

1975: Em novembro, é lançado o Opala 250-S.

1976: Em 20 de novembro, a GMB apresenta ao público, no X Salão do Automóvel, o novo Chevette esportivo GP-II e o Chevrolet Comodoro de 4 e 6 cilindros.

1977: Em 31 de agosto, a GMB apresenta à imprensa a linha Chevrolet 78, incluindo o lançamento de um novo modelo, o Opala Caravan SS, e o Chevette com novo estilo frontal.

Chevrolet Opala 1977

1978: Em 4 de janeiro, o consumidor conhece a Chevrolet Caravan Comodoro, com motores de 4 e 6 cilindros. Em 29 de março, sai da linha de montagem o 500.000º Opala.

Chevrolet Opala 1978

1979: Em 2 de julho, 600.000 Chevrolet Opala produzidos no País.

1980: Em 4 de dezembro, é produzido o 700.000º Opala.

1981: Em 27 de abril, o motor Chevrolet 250, 6-cilindros a álcool é aprovado pela Secretaria de Tecnologia Industrial (STI).

1982: Em 19 de fevereiro, o Opala alcança sua unidade 750 mil.

Chevrolet Opala 1988

1988: Em outubro, introdução do câmbio automático de quatro marchas na linha Opala.

Chevrolet Opala Comodoro 1991

1990: Em novembro, no XVI Salão do Automóvel, em São Paulo, apresentação dos novos modelos Monza e Opala 91.

Chevrolet Opala Comodoro 1991

1992: Em abril, o Opala sai de linha, após 23 anos ininterruptos de produção, com a marca de quase 1.000.000 de unidades produzidas. Em setembro, o Omega chega ao mercado para ser o automóvel mais moderno e sofisticado do país. É o substituto natural do Opala.

5 comentários:

  1. Guiei muito esse carro para o meu falecido avô. Cambio 3 marchas na coluna e direção mecânica e sempre Opala sedan 0km. Carro incrivelmente confortável e raramente apresentava problemas se comparado aos Ford e VW da época.

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma caravana 89 ainda um chouriço a allco

    ResponderExcluir
  3. Carroceria Opel toda em milímetros e motores GM americanos medidas imperiais. Uma confusão mecânica mas extremamente robusto.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.