Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Jetta 2.0 TSI esportivo será apresentado em janeiro

Categorias: 6 Comentários

O Jetta com motor 2.0 TSI será apresentado nos EUA no próximo mês de janeiro, no âmbito do Salão do Automóvel de Detroit - o qual será denominado Jetta GLI.


Essa especificação, que está confirmada para o mercado argentino, não tem confirmação para o Brasil. Sabe-se, porém, que terá um design mais esportivo.



A mecânica será a mesma do Goof GTI, ou seja, motor 2.0 TSI de 230 cv associado com transmissão automática DSG de 7 marchas.


Como é típico dessas versões, o Jetta 2.0 TSI terá alguns detalhes vermelhos, e rodas com desenho exclusivo.

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Coitados dos manezitos ignóbeis em questões técnicas. Em geral bibelôs criados pela vovó...então eles são assim: exigentinhos e conhecedores de siglas. Não sabem o que significa e nem para que serve, mas repetem as siglas, se achando os máximos.

      Tem siglas que exercem fetiche para os manezitos criados pelas vovós: DSG e multilink. Eles ficam fascinados pelas siglinhas, mesmo não sabendo distinguir um carburdor de uma junta homocinética. Esses manezitos não tem a a menor ideia do que seja engenharia, e nem para que serve, então eles relincham,. achando-se exigentes. Mas só sai pérola.

      os "manezitos metidos a exigentinhos criados pela vovó", coitados, não sabem que suspensão interdependente na traseira é incompatível com tração integral, e, por isso, e somente por isso, que a Tiguan tem independente na traseira.
      Os "manezitos metidos a exigentinhos criados pela vovó" ainda não se deram conta que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo.

      Os "manezitos metidos a exigentinhos criados pela vovó" também nãol entendem que suspensão independente na traseira só faz sentido em carro esportivo, e que colocar isso em carro que não passa de 200 km/h é fazer o consumidor de idiota, que vai pagar mais, ter o carro mais duro, manutenção mais cara, sem benefício algum. Mas qual o quê, os "manezitos metidos a exigentinhos criados pela vovó" sabem repetir, só repetir. Não sabem o que se trata.

      Então, esses "manezitos metidos a exigentinhos criados pela vovó" são muitos, afinal, repetir siglinha até papagaio. Então muitos se apresentam repetindo a papagaiada. E são todos "manezitos metidos a exigentinhos criados pela vovó"...exigentinhos, bravinhos...umas gracinhas...klkk

      Excluir
    4. Para quem tem o Jetta antigo com 2.0 Turbo, DSG, Multilink, e Paddle Shifters, o novo Jetta é um retrocesso em termos mecânicos sim. Vou cuidar bem do meu 2015, pois para manter esse padrão de desempenho só migrando para sedean de marca Premium. Planejava pegar o novo Jetta ano que vem mas já desisti.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.