Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Golf e Variant 2018: financiamento taxa zero em agosto

Categorias: , , , 39 Comentários

A Volkswagen Financial Services, braço financeiro da montadora no País, anuncia condições favorecidas de crédito para veículos zero-quilômetro, válidas até 31 de agosto.

VW Golf 2018 - financiamento taxa zero

No início do mês a montadora anunciou Gol e Voyage Automáticos com taxa de 1,49%, prazo de 48 meses e parcela de R$ 99 reais com parcela postergada em 99 dias (veja aqui).




Agora, a marca promove Golf, Golf Variant e Saveiro - modelos que poderão ser financiados com taxa 0%, entrada de 60% e prazo de 18 meses até o fim do mês.

VW Amarok 2018 VW - financiamento taxa zero

A mesma taxa zero é aplicada para a picape Amarok (exceto versão Extreme), com entrada de 60%, mas prazo estendido a 24 meses.

VW Polo 2019 - financiamento taxa zero

A Volkswagen Financial Services mantém ainda taxa zero, com 60% de entrada e prazo de 24 meses para os modelos Up!, Novo Voyage (com câmbio manual), Polo (versões TSI e MSI) e Virtus.

39 comentários:

  1. Respostas
    1. Só eu que acha a Golf Variant mais carro aqui?! Para mim é a perua mais bonita atualmente.

      Excluir
    2. Sou fã incondicional das Variantes, tanto Golf quanto Passat. Pena que o mercado delas no país sempre foi uma linha flat contínua, o que matou a Passat e, pelo andar da coisa, logo mata a Golf.

      Excluir
  2. Acho bem correta a tática da VW. Quando ela quer oferecer benefícios adicionais ao consumidor, ela coloca taxa zero para o consumidor final.
    Além de ser uma clara ação cidadã, de responsabilidade social, em prol da recuperação da economia do País, não usa subterfúgios como desova de grandes quantidades de carros em locadoras, como faz a Toyota com o Corolla.
    Desovar em locadoras, como faz Toyota e Fiat, é prejudicial ao consumidor, já que o preço do usado desaba e aumenta muito a desvalorização.

    então, vejo que a VW acerta nessa estratégia com o Golf, que, repito, é cidadã, e tem natureza de responsabilidade social.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo seu texto!!!

      Só que não cola: é DESOVA, as taxas são absorvidas, mas compensadas em outras ações específicas e/ou outras ferramentas que fazem a indústria recuperar esse "benefício".

      Vendo você e seu fanatismo cego pela VW, me lembro de muitas pessoas daqui do interior as quais conheço e tem formas de pensar parecidas com a sua: mesma marca de automóveis, mesmo tipo de roupa, mesmo corte de cabelo, mesmo supermercado, mesmos restaurantes. mesmos tipos de comida e de bebida, mesmas férias...

      Assim como você são pessoas SEM SAL...

      Como tu é chato!!!

      Excluir
    2. Se tem lógica o que vc diz, prq o corolla é o carro que menos desvaloriza no Brasil?
      Polo nao vende tanto assim. Areal espectativa era q o polo batesse venda dos populares, mas esta mt longe da excelente cenda do onix. Polo é concorrente de new fiesta... por isso vende mt. Mas a farra cai parar lois ja tem patente do novo fiesta europeu para o Brasil... Se vier a activ entao, Adeus Polo.

      Excluir
    3. Carlos ninguém faz nada a ninguém, principalmente em se tratando de banco. Estou a 20 anos prestando consultoria na área empresarial (Direito Societário/Empresarial) e os que mais penalizam as empresas e pessoas naturais nesse País, são os bancos. Nunca deram e dão um passo em vão !!!

      Excluir
    4. engraçado que os carros AKA modelo de locadora inclusive sofrem de menor desvalorização (vide Onix, Corolla, Renegade, Strada)
      só relincho sem pesquisa e analise em alfafa@patas

      Excluir
    5. Carlota revogando a lei da oferta e da procura , que é mais ou menos como revogar a lei da gravidade.Falando em frases feitas , "Não existe almoço gratis." Perda de tempo...

      Excluir
    6. Comprei o meu à vista no início do mês passado :(
      E o engraçado é que não vende, e você não encontra o carro para comprar. Para achar a versão Highline completa, foi uma dificuldade. Moro em Campinas tive que comprar em São Paulo, e era o único na cidade.

      Excluir
  3. Tática tirana novamente que não vai surtir efeito...

    O carro precisa ser realmente "completo", ter qualidade, modernidade, segurança, preço e posicionamento de mercado.

    Segmento Hatch médio já está frio pela onda SUV, os principais concorrentes (Cruze e Focus) não se sentem ameaçados, pq o preço do Golf destoa qualquer comparação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então não adianta dar condição especial de pagamento se a diferença é absurda, como os 10K entre os modelos Cruze e Golf 1.4T por exemplo.

      Excluir
    2. ^^ Vítima do sistema educacional brasileiro relinchando a rodo.

      Vamos aos fatos. O Golf TSI Automático 2018 custa R$ 91.790 reais, e tal modelo é, portanto, mais de R$ 5 mil mais barato que o Cruze LT 1.4.

      Detalhe, o Golf TSI Automático 2018 vem com 7 airbags, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, diferencial XDS+, porta-objetos revestidos, saídas de ar no banco traseiro, sistema MM com App Connect, abertura do capô com amortecedor. Além disso, Golf é TPSP+ e 10 estrelas no IIHS e Latin NCAP enquanto o Cruze não foi testado. Detalhe: Golf tem 315 litros de porta-malas, e o Cruze apenas 290.

      Então, o Golf TSI é mais barato e superior ao Cruze.

      isso são fatos, e o resto é relincho de hater que não sai daqui.

      Excluir
    3. Carlos, concordo com seu argumento de comparar Golf 1.0 com Cruze 1.4 ( por conta do desempenho e equipamentos similares ).
      Porém o afegão médio ( cliente comum que não pesquisa tanto sobre carros antes da compra ) tem a comparação da seguinte forma: 1.4 com 1.4 e 1.0 com 1.0. Esse cliente não se atenta a outros detalhes, e não adianta essa é a maioria que consome carros.
      Nesse caso o Cruze 1.4 acaba sendo comparado com o Golf 1.4 que tem valor acima.
      Em um segmento que já agoniza com o de Hatch Médio ( uma pena ) acaba sendo o motivo do Golf acabar tendo vendas aquém do que merece.

      Excluir
    4. Não adianta comparar o Golf 1.0 128cv contra o Cruze 1.4T de 153cv.

      Golf 1.4T HL completo 129K, Cruze LTZ 1.4T completo 119K

      Excluir
    5. O consumidor médio compara o Golf de entrada com o Cruze de entrada. E o Golf 200 TSI AT custa R$ 5 mil a menos que o Cruze AT, a despeito de ser mais equipado.

      Detalhe. o Golf tem acabamento infinitamente superior, com soft touch, enquanto o Cruze vem com plástico duro.

      Mesma coisa acontece com as versões 1.4. O golf custa R$ 112.190 enquanto o Cruze LTZ sai a R$ 112.290. O Golf é amplamente superior, e custa menos, e mais equipado.

      O fissurado pelo Golf aí em cima, que só pensa em Golf na vida e não tem dinheiro para compra-lo, coloca o que o Golf completo custa R$ 129 mil.

      Sim, o Golf 1.4 TSI completo é um carro do segmento premium, infinitamente mais equipado que BMW Sèrie 3 e Mercedes Classe C.

      O Golf 1.4 Highline completo traz
      "FLA" - Assistente de luz para farol alto
      "Front Assist" e "City Emergency Brake" - monitoramento frontal e freio de emergência automático para trânsito
      "Park Assist 2.0" - assistente de estacionamento automático
      Ajuste de distância automático
      Ajuste elétrico de altura do banco do motorista
      Ajuste elétrico do apoio lombar do banco do motorista
      Detector de fadiga
      Faróis Full LED com luz de condução diurna em LED, regulagem dinâmica de altura e luz de conversão dinâmica
      Sistema infotainment "Discover Media" com touchscreen de 8",Bluetooth,sensor de aproximação, navegação e App-Connect

      Esses itens não estão disponíveis nem em Mercedes e BMW.

      O Cruze nem sonha o que é um ACC.

      Isso são fatos. O resto é relincho decorrente de recalque porque não poder comprar o carro.

      Excluir
    6. Na verdade o Cruze aprece carro chinês barato, totalmente sem brilho!

      Excluir
    7. Na verdade, Cruze é carta fora do baralho há tempos e nunca deveria ser referência para a estratégia do Golf.

      Cruze vende pouco e ainda por milagre, pois é caro e incompleto (Até Ford Ka tem mais airbags que Cruze). Golf e Cruze aparentam estar em mesma categoria, mas a VW brasil deveria se esforçar para fazer o mesmo que o Corolla: vender além, se posicionar como solução para o mercado como um todo.

      O Corolla já faz isso há anos, portanto se dá ao luxo até de cobrar
      mais do que deveria. Já a VW "boicota" o Golf há anos, com sua política de opcionais, tirando recursos, trazendo para as concessionárias poucas e caras versões, enfim, essa conversa vai longe...

      Cruze de 100 mil não é parâmetro em nada para o Golf.
      A) Em recursos, o GM perde fácil demais. Até a diferença de motor é irrisória no dia a dia.
      B) Em preço, o GM está absurdamente fora de lógica, oferendo o mesmo ou menos que carros que custam até 30 mil a menos.
      C) Em vendas, o GM luta para desovar 400 carros por mês. Em julho perdeu até para Tucson, Fiat Doblo, Fusion, Sportage, Cherry Tiggo...

      Golf tinha que cobrar levemente menos que os primeiros SUVs ATs,
      mesmo sendo superior a todos em uso urbano.
      Retomando o mercado, vai subindo o valor, assim como fez a Toyota.
      Com altas vendas, o carro teria vida segura e desenvolvimento no brasil.

      Minguando assim, temos que torcer para que as vendas mundiais
      subsidiem o carro no brasil. Se não, em breve, corre-se o risco
      de um dos melhores carros do mundo sumir daqui.

      Excluir
    8. e todo esse seu raciocinio pro golf vender 187 unidades. e aí? quem está fora da realidade? voce né meu caro....

      Excluir
    9. Discordo quanto a ser carta fora do baralho. É o líder do seu segmento, mesmo vendendo pouco e ainda alcança boas vendas na versão sedan. Há boatos de uma versão PCD a ser lançada ano que vem. Se continuar com o conjunto motor e câmbio, deve aumentar ainda mais o potencial de vendas, porque ele é muito agradável de conduzir.

      Excluir
    10. Unsa, respeito sua opinião, claro! Mas ainda acredito que categoria cujo líder vende menos que um Cherry Tiggo nem pode ser considerada mais uma categoria... Então, ser líder dos afundados não ajuda muito... A VW tem que descolar o Golf desse nicho, o viabilizando como uma solução para todo o mercado. Tem que convencer clientes de SUV e até sedan médio, tanto por preço, quanto por conteúdo. Ou segue vendendo 200 unidades por mês, nem 1 unidade por concessionária ao mês. Se fosse os 400 do Cruze, também não daria nem 1 unidade por concessionária ao mês.

      Excluir
  4. Agora vai. Rumo às 6 mil unidades/mês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Golf atual terá vida longa no Brasil por conta da Argentina. O Golf vende quase 500 unidades por mês na Argentina, um mercado que é 4 vezes menor que o Brasileiro. Corresponde a 1.600 a 2000 unidades por mês no Brasil.

      Então o Golf brasileiro será direcionado à Argentina. Detalhes, a Argentina, em crise, compra 500 unidades do Golf por mês. Se sair da crise, tende a ir para 700. O Golf pode muito bem subir a 600 ou 700 no Brasil, e aí ele é totalmente viável. Um carro nacionalizado, com motor 200 TSI, paga menos impostos.

      Tem grande futuro no Brasil, mas ficaremos com o Mk7. E será vendido no Brasil e na Argentina e em outros mercados da América do Sul, talvez até no próprio México.

      Então, o Golf produzido no Brasil passará a ser vendido na Argentina.

      De mais a mais, Golf é o hatch médio mais vendido do planeta.

      https://www.car.blog.br/2018/06/vw-polo-na-lista-dos-10-carros-mais.html


      O Golf vende 6.000 unidades a cada 2 dias, 5 horas, 7 minutos e 48 segundos.

      Veja, passam-se 2 dias, 5 horas, 7 minutos e 48 segundos, e novos 6000 Golf são vendidos no mundo.

      Qual outro carro faz isso? Nenhum.

      O Golf é um carro premium com preços de revisão de generalista. em média 250 reais por reevisão.

      Qual outro carro premium é tão barato de manter? Nenhum.

      O Golf é o carro de mais identidade no planeta. Vc avista um e já sabe que é um Golf.

      Golf: muitas vezes imitado, jamais igualado. E por isso tem tantos admiradores, fãs no mundo inteiro.

      E ainda bem que ele é relativamente caro, pois aí seleciona os compradores.

      De mais a mais, tem 11 carros na lista, e vc fissurada no Golf. Amor platônico é complicado...

      Excluir
  5. Comprei meu polo essa semana com essa taxa zero, ate fiz umas mudanças nele! https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=KuUfB7nnMOQ

    ResponderExcluir
  6. Não entendi a discussão. A manchete fala, veículos com 60% de entrada e 18 X sem acréscimo. Isso é bom ou ruim? A mim me parece ótimo. Torço para que todas as montadoras façam igual.

    ResponderExcluir
  7. Carros bons, não para o Brasil. Desova pq não vende, vai enferujar se não fazer ação "social"

    ResponderExcluir
  8. Difícil é encontrar um Golf pra comprar....eu pelo menos não encontro GTI zero! Nem previsão de entrega me dão.

    ResponderExcluir
  9. SE CONTINUAR DESOVANDO ASSIM, CHEGA A 6 MIL UNIDADES POR MÊS FÁCIL FÁCIL!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.