Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Atlas Cross Sport: SUV híbrido confirmado para 2019

Categorias: , , 11 Comentários

A Volkswagen confirmou que o SUV híbrido Atlas Cross Sport será lançado nos EUA em 2019. Neste artigo relacionamos as informações oficiais do modelo.

VW Atlas Cross Sport

O Atlas Cross Sport é um SUV cupê esportivo criado especificamente para o mercado americano, mas que poderá, posteriormente, ser lançado na Europa e também em outros mercados cujos consumidores ficarão com inveja dos cidadãos dos EUA.

VW Atlas Cross Sport

O Atlas Cross Sport mede 4,85 metros de comprimento, e, em relação ao Atlas convencional, perde dois assentos traseiros - acomodando cinco passageiros (contra 7 no Altas). Mas ele ganha uma estética bem mais esportiva, com seu teto inclinado e linhas agressivas, mantendo o impressionante desempenho do Atlas convencional.

VW Atlas Cross Sport

O Atlas Cross Sport traz faróis de LED e luzes de circulação diurna que se integram perfeitamente na grade - que tem duas, em vez de três, lâminas transversais. O modelo, ainda conceitual, traz rodas de 22 polegadas com pneus 285.

VW Atlas Cross Sport

A extremidade traseira desse modelo de estudo (próximo de produção), que tem pouco mais de dois metros de largura (2,03 m), também é bem resolvido. Um friso cromado inferior interliga as duas lanternas traseiras, enquanto acima há um spoiler de teto, conferindo mais esportividade.

VW Atlas Cross Sport

O Atlas Cross Sport é baseado na plataforma MQB, o que significa que a VW pode colocar nele toda a carga de tecnologia de segurança e de conectividade de seu portfólio, já presente em outros modelos.

VW Atlas Cross Sport

Na parte mecânica, o Atlas Cross Sport com um powertrain híbrido ecologicamente correto: um motor a gasolina VR6 de 3.6L que oferece 280 cv e 350 Nm. Isto é acompanhado por dois motores elétricos - um em cada eixo. O dianteiro representa 40 kW (54 cv) e 220 Nm, e o traseiro de 85 kW (115 cv) e 270 Nm. A capacidade da bateria varia dependendo da versão: com um esquema híbrido plug-in, o armazenamento de energia no SUV SUV tem 18 kWh, como um híbrido (ou seja, sem a possibilidade de tocar uma fonte de energia externa). Para os híbridos plug-in, a VW especifica um alcance elétrico máximo de 70 quilômetros. Dependendo do layout da unidade, o desempenho do sistema também difere: em PHEV (Plug in), a potência dos motores soma 360cv.

VW Atlas Cross Sport

Quatro modos de condução são adaptados no Atlas Cross Sport a diferentes necessidades. Você pode escolher entre um modo puramente elétrico (somente em PHEV), modo híbrido recuperativo, que liga o motor elétrico no eixo traseiro quando necessário, um modo GTE para potência máxima projetada e um modo off-road - quando o motor do eixo traseiro fica ativo permanentemente e, portanto, simula um all-wheel drive - mas sem conexão mecânica. Para economizar a carga da bateria para posterior viagem em modo elétrico, a bateria pode ser desacoplada no modo de espera da bateria.

Teste drive

A Volkswagen já submeteu o Altas Cross Sport Híbrido Plug-In ao escrutínio de jornalistas americanos e europeus, as ainda sem que seus 360 cv pudessem ser sentidos, já que o teste tinha velocidade máxima limitada em 50 km/h.

VW Atlas Cross Sport

Os modelos de produção em série Em série oferecerão versões 2.0 TSI e VR6 2.8L, conectados apenas às rodas dianteiras. No entanto, a questão do híbrido é empolgante: por muito tempo, a VW está experimentando a melhor forma de acomodar os motores à combustão da plataforma MQB e os motores elétricos em combinação com as baterias.

Interior

O cockpit oferece espaço exuberante, enquanto o teto panorâmico garante uma atmosfera arejada ao Atlas Cross Sport.

VW Atlas Cross Sport - interior

Além disso, o interior do Atlas Cross Sport foi praticamente transplantado diretamente do VW Cross Coupe GTE - conceito apresentado entre 2015 a 2018. O Atlas oferece espaço mais que suficiente - para as condições dos EUA é um médio. Na traseira não deixa nada a desejar.

VW Atlas Cross Sport

Nem mesmo o teto ligeiramente inclinado tem um efeito negativo no interior - mesmo os passageiros traseiros muito grandes não precisam se preocupar com o penteado.

VW Atlas Cross Sport

No centro do console central há uma central multimídia de 10,1 polegadas embutido em um elemento decorativo preto, através do qual todos os comandos de informação e entretenimento e ajustes importantes do veículo podem ser feitos.

VW Atlas Cross Sport

O sistema de informação e entretenimento pode ser operado por comandos de gestos. O sistema de navegação é classicamente bidimensional ou tridimensional, com os mapas 3D com três níveis que exibem dados de "ponto de interesse", dados geográficos e dados do veículo, além da rota.

VW Atlas Cross Sport

O instrumentos são simulados em um monitor de 12,3 polegadas no Active Info Display - que varia dependendo do modo de acionamento.

VW Atlas Cross Sport

No geral, um cockpit bem elaborado e sofisticado, mas que deve ficar mais sóbrio quando o cupê SUV entrar em produção em 2019.

11 comentários:

  1. Achei mais bonito que a nova Blazer e Edge que serão seus concorrentes no mercado americano e brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente fará mais sucesso que o Atlas, só não acho que americano se preocupa tanto com motor híbrido, gostam de V6 e V8, baixo consumo pra eles é o de menos

      Excluir
  2. Realmente está sendo muito rápida esta transição de motores a gasolina para híbridos num primeiro momento e rapidamente passando apenas para elétricos. Vamos novamente ficar sem estas inovações se as políticas de energia não avançarem no Brasil, pois cada vez mais em função da diminuição da demanda e os aspe tos poluitivos os combustíveis fósseis ficarão cada vez mais caros.
    Tomara que isto mude e possamos ter por aqui estas maravilhas tecnológicas .

    ResponderExcluir
  3. Esse carro não será vendido em terras brasileiras!!! Por aqui apenas carroças com um tempero picante d impostos! !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "carroças" - expressão criada pelo Fernando Collor em 1989, e que fazia algum sentido à época, pois o mercado brasileiro era fechado, e havia uma grande distância entre os carros brasileiros e os vendidos no exterior. Naquela época era proibida a importação de carros, então o mercado era fechado.

      Desde 1990 isso não faz o menor sentido. O mercado se abriu, e no Brasil há os mesmos carros vendidos no exterior, até mesmo porque os projetos são globais.

      Sendo assim, o sujeito que repete feito um papagaio essa expressão, o faz para querer se apresentar como grande entendidos do mercado automotivo. Não é. O mané acha que tá abafando.

      Não está. Está apenas mostrando que tem QI de papagaio, e que apenas está repetindo feito um idiota a mesma idiotice de tantos outros milhões repetiram desde 1990.

      Excluir
    2. mas, enfim, isso só confirma uma das minhas leis da teoria dos idiotas, que é a seguinte:

      "Os idiotas se repetem mutuamente". Um idiota profere uma idiotice, e os outros idiotas saem repetindo.

      Assim, as idiotices são as coisas mais repetidas na Internet, pelo simples fato de que os idiotas são maioria, e todos os idiotas sabem repetir idiotices.

      Excluir
  4. VWBR poderia trazer esse SUV do México ou USA no lugar do Touareg europeu que tem maior custo de importação

    ResponderExcluir
  5. confirmado para 2019 e produção em 2020 ?? q viagem é essa..qt ao carro, lindo d++

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Design ficou mais esportivo que o Edge, excelente SUV que deve causar impacto

      Excluir
  6. A VW está simplesmente triturando as concorrentes. è simplesmente o SUV mais bonito do mundo!!!! E se Formar dupla com a Tanaok a VW terá a pick up e o SUV mais bonitos que já rodaram sobre a terra! Dá-lhe VW...parabéns!!! Espero que ambos venham para o Brasil, mas se não vierem terei o maior prazer em dirigi-los em terras estrangeiras

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.