Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW T-Cross Brasil é maior e mais espaçoso que o europeu

Categorias: , , 20 Comentários

A Volkswagen apresentou recentemente uma imagem provocativa do T-Cross, seu novo SUV compacto que chegará ao mercado europeu no segundo semestre, e será apresentado no Brasil no Salão de São Paulo, em novembro.

Volkswagen T-Cross brasileiro

O modelo europeu do T-Cross tem comprimento de 4.107 mm, entretanto o T-Cross que será fabricado no Brasil a partir deste ano, desenvolvido para a América do Sul mede 4.192 mm. Ou seja, o modelo brasileiro será 9 cm maior.



O aspecto importante é que esses quase 9 cm a mais estarão no entre-eixos, já que o T-Cross brasileiro usará a plataforma do Virtus (no lugar do Polo, usada no europeu). Com isso, o entre-eixos do T-Cross nacional será
de 2,651 m contra 2,565 m do europeu.

Volkswagen T-Cross brasileiro

A estratégia da VW com o T-Cross alongado para a América do Sul é similar à adotada pelo Tiguan. Na Europa o Tiguan usa um entre-eixos curto, enquanto o modelo vendido nas Américas é alongado, pois estes mercados demandam carros mais espaçosos.

Volkswagen T-Cross brasileiro

Com dimensões de quase 4,2 metros e as tradicionais qualidades da plataforma MQB-A0 em termos de aproveitamento espacial, é provável que o T-Cross seja mais espaçoso internamente que seus concorrentes: Honda HR-V, Hyundai Creta, entre outros.

20 comentários:

  1. É por isso que a Fiat está entuxando as locadoras de Compass e Renegade. Ela sabe que terá que desovar em algum lugar essas antiguidades dela, pois o T-Cross, que certamente será o novo líder do mercado, estão chegando.

    A FCA já está sentido a presença grossa do T-Cross crescendo por trás dela.....

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, Carlos, meu ídolo, mitou... OS outros são boquetas. gol de quem? Gol de quem? Da Coréia? Não. Gol da Alemanha!!!!

    ResponderExcluir
  3. Acho improvável que T-Cross seja mais espaçoso do que o HR-V. Além de maior, o modelo da Honda conta com o tanque de combustível deslocado para debaixo do baco do motorista, liberando espaço para o imbatível sistema de bancos ULT.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para achar "improvável" alguma coisa, vc tem que argumentar. E vc não faz isso. O que vc faz é orelhar, que consiste em afirmar uma bobagem, sem fundamentar, ou argumentar, e achar que essa afirmação é um fato. Não é. É apenas uma orelhada.

      Vamos aos fatos. O HR-V é baseado no City. Já o T-Cross é baseado no Virtus.

      Desenhando para os orelhas entenderem:

      O Virtus é MUITO mais espaçoso que o City. O City tem um porta-malas de 450 litros, e o Virtus tem 510 litros.

      O Virtus tem mais espaço traseiro e na dianteira que o City.

      Então, o T-Cross, modelo derivado do Virtus, terá bem mais espaço que o HR-V, que é derivado do City.

      Excluir
    2. Outra questão que dará enorme vantagem ao T-Cross é o motor. Enquanto a Honda usa um antiquado 1.8 aspirado, que faz o HR-V pagar 13% de IPI, a VW usará o 200 TSI, que tem muito mais torque que o 1.8 da Honda, fará o T-Cross andar bem mais, e consumir muito menos (pois esse motor da VW tem injeção direta, turbo e downsizing), e ainda fará o T-Cross pagar 7% de IPI.

      Ou seja, o T-Cross terá preço muito competitivo, pois paga menos imposto, já que usa engenharia bem mais avançada que a da Honda.

      Excluir
    3. O City é o modelo que menos aproveita a arquitetura da plataforma do Fit. Afinal, quando se tem um sedan você pode por os passageiros de trás para sentar sobre o tanque de combustível sem transtornos.

      Mas quando você têm um hatch ou crossover e deseja flexibilidade para transportar bagagens, ninguém ainda inventou nada melhor do que esse sistema da Honda. Compare Fit com Polo ou qualquer outro hatch ou ainda HR-V com qualquer outro crossover. Os modelos da Honda são os únicos que não forma um degrau entre o assoalho do porta-malas. E também são os únicos que permitem levantar os assentos traseiros para transportar volumes altos.

      Excluir
  4. Certamente o T-Cross será bem mais espaçoso que o HR-V e o Creta juntos. Renegade nem comento porque aquilo é uma piada.

    O HR-V é baseado em plataforma antiga. Já o T-Cross é baseado na plataforma MQB-A0, que é a mais eficiente da atualidade em termos de aproveitamento de espaço.

    Basta ver que o Golf tem mais espaço interno que o Civic, que mede 50 cm a mais.

    Outro ponto é que o HR-V é baseado na plataforma do Honda City. Enquanto o T-Cross vem na do Virtus.

    Sò que o Virtus é MUITO mais espaçoso que o City. O City tem um porta-malas de 450 litros, e o Virtus tem 510 litros. O Virtus tem mais espaço traseiro e na dianteira que o City. Então, seu modelo derivado, o T-Cross, também terá bem mais espaço que o HR-V, que é derivado do City.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlotinha para de mentir. O City tem o porta malas de 536 litros. Entendeu 536 ou a 4 rodas menti pra caramba ou vc se acha o dono da verdade. O porta malas do City é maior que o do Virtus. Fatos.

      Excluir
    2. Esse número da Honda não foi aferido. A Auto Esporte faz a aferição com medição real, e deu 450 litros o City, enquanto o Virtus deu 510.


      E não é só o porta-malas. O espaço traseiro do Virtus é infinitamente superior, muito mais espaço pois é mais largo e tem mais entre-eixos que o City.

      De mais a mais. O City é irrelevante perto do Virtus. O Virtus vende 4 vezes mais que o City. Então, o T-Cross tende a vender 4 vezes mais que o HR_V também.

      Excluir
    3. Por falar em vendas, quanto falta para o Golf atingir as 6.000 unidades previstas para este mês? kkk

      Excluir
  5. Gostei do entre-eixos, equivale ao da CR-V da geração anterior. Falta ver quanto vai ter de porta-malas, ou se vai ter o sistema da 2ª fileira de bancos deslizantes, para ampliar o espaço para as bagagens.

    ResponderExcluir
  6. Não desmerecendo... mas esse T Cross vai ser bom. Porém no Brasil eles esticam os carros (vide o caso do Captur e do proprio Virtus e até o novo Tiguan All Space) pra vender o carro de categoria menor concorrendo com categoria maior. Ou seja, um carro de valor menor vendido por preço maior pois o brasileiro engole só por causa do tamanho. Mas sabemos que o T Cross vai ter suas qualidades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brasileiro paga mais caro por produtos medianos. Só ver o caso do sedan pequeno da marca alemã... todos sabem que é pequeno, mas o Inmetro clasificou como médio e a cada dia o carro "valoriza" um tanto.

      Excluir
  7. Mas afinal, o Golf vai ou não vender as 6.000 unidades mês?

    ResponderExcluir
  8. Aguardando o Golf vender 6000/mês e o T-ROR uns 10000/mês.

    ResponderExcluir
  9. No Brasil o Virtus tem sido um concorrente de maior peso para os demais sedãs, do que o Polo é para os demais hatchs.
    Números de 06/2018:
    Sedãns
    1°- COROLLA = 4.288
    2°- VIRTUS = 4.205
    2°- PRISMA = 3.977

    Hatchs
    1°- ONIX = 16.218
    2°- HB20 = 8.292
    3°- KA = 7.833
    4°- SANDERO = 6.139
    5°- ARGO = 5.485
    6°- GOL = 5.029
    7°- KWID = 5.004
    8°- POLO = 4.974

    Pode ter sido um mês atípico para o Polo, geralmente ele fica mais acima na tabela. Mas nunca tem uma briga tão acirrada com os lideres quanto o Virtus está tendo. Isso mesmo o Virtus tendo uma variação de preço maior em relação ao Polo do se costuma encontrar na concorrência. Vide Onix X Prisma e Argo x Cronos.

    Na minha opinião o maior entre eixos pode fazer o mesmo pelo T-Cross: ele pode ter mais força perante os concorrentes do que o Polo tem. Se vai ser mais ou menos que o Virtus é o que ainda tenho dúvidas. Isso porque o público das SUVs "urbanas" é diferente do público dos sedãs.

    Para mim, o potencial comprador do Virtus é mais racional que o possível comprador do T-Cross. Os compradores de SUVs "urbanas" tentem a gostar de um visual mais exclusivo(?), vistoso(?) e isso não é um ponto em a VW é forte com tem sido em segurança e tecnologia de motores por exemplo.

    Outro ponto é que o T-Cross pode até roubar vendas do Virtus!

    ResponderExcluir
  10. ACHEI O T-CROS BEM PROJETADO PARA O MERCADO NACIONAL MAS SÓ COMPRARIA COM MOTOR TSI 250 1.4 TURBO DE 150CV. AGORA É CARRO PRA 100K OU ACIMA.VAMOS VER COMO A VW BRASIL VAI POSICIONAR O MODELO NO MERCADO.APESAR DO NICHO DE MERCADO SER PEQUENO DEVE TER BOAS VENDAS AQUI NO BRASIL.QUE VENHA LOGO EM 2019 PRA AUMENTAR A OFERTA DE MODELOS NO BRASIL.OS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS FORAM UM FRACASSO DE DESIGN E VENDAS ABAIXO DO ESPERADO. MOTIVO:PREÇOS ABUSIVOS COMPARADOS AO QUE OS VEÍCULOS ENTREGAM EM MOTORES CÂMBIO E TECNOLOGIA.SÓ MESMO O BRASILEIRO TROUXA PRA COMPRAR O RESTO QUE SOBROU DOS MODELOS ASIÁTICOS EUROPEUS E AMERICANOS COM OS DEVIDOS AJUSTES PRO MERCADO BRASILEIRO OU SEJA RETIRAM QUASE TODAS AS MELHORIAS ATUALIZADAS INCLUINDO ITENS DE SEGURANÇA!!!!SÓ BRASILEIRO MESMO QUE NÃO RECLAMA MERECE OS VEÍCULOS VENDIDOS NO BRASIL!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu pensaria em comprar essa carro, mas nao com o motor 1.0, fiz teste drive no virtus 1.0 e é bom, nada alem disso, como tenho um golf 1.4 fica dificil achar o 1.0 excelente, mas sim, é otimo motor, mas num carro maior como sera o t-crosss nao rola na minha opinião, tem que ser o 1.4, eu nao compraria com o 1.0

      Excluir
  11. O preço e que mostra que e um Volkswagen vamos só ver a pedrada,pra aparti de 70 temes sem pacotes de maldades

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.