Car.blog.br

Pesquisar este blog

Nissan LEAF é líder de vendas entre elétricos na Europa

Categorias: , , , , 7 Comentários

O novo Nissan LEAF é o veículo elétrico campeão de vendas na Europa, no acumulado do primeiro semestre deste ano. O veículo 100% elétrico continua emplacando em massa.

Nissan LEAF: campeão dos elétricos na Europa

Foram emplacadas mais de 18.000 unidades do novo Nissan LEAF na Europa entre janeiro e junho. Mais de 37.000 unidades do novo LEAF foram encomendadas por clientes europeus desde que o veículo elétrico começou a ser vendido, em outubro de 2017.

Nissan LEAF: campeão dos elétricos na Europa

O novo Nissan LEAF traz uma nova bateria de 40 kWh, que entrega uma autonomia de 270 km.

Até agora, o Nissan Leaf conquistou alguns preêmios. Durante o Salão do Automóvel de Nova Iorque, o modelo foi eleito "Carro Verde Mundial de 2018" (2018 World Green Car award), além de ter sido classificado com 5 estrelas pelos padrões de avaliação de veículos novos da Europa e do Japão, respectivamente Euro NCAP e Japan NCAP (New Car Assessment Program).

Nissan LEAF: campeão dos elétricos na Europa

O novo LEAF é o carro-chefe da Mobilidade Inteligente da Nissan, a visão da empresa para mudar a forma como os carros são propulsionados, conduzidos e integrados à sociedade. Dentre as novas tecnologias inovadoras do modelo, destacam-se os sistemas Nissan ProPILOT, ProPILOT Park e e-Pedal, que estão conquistando a preferência dos consumidores. Até agora, 72% dos compradores do novo LEAF escolheram equipar o veículo com a opção ProPILOT, um sistema de condução semiautônoma.

Nissan LEAF: campeão dos elétricos na Europa

A grande procura pelo novo Nissan LEAF nos primeiros seis meses deste ano reforçam sua posição como carro elétrico mais vendido do planeta, com mais de 340.000 unidades vendidas desde que o primeiro LEAF foi lançado, em 2010. Recentemente, a Nissan entregou o Nissan LEAF de número 100.000 a um cliente europeu.

Nissan LEAF: campeão dos elétricos na Europa

"As vendas de carros elétricos seguem uma trajetória de crescimento", comentou Gareth Dunsmore, diretor de veículos elétricos na Nissan Europa. "O novo LEAF transformou a experiência de condução, com tecnologias como o sistema e-Pedal, que é capaz de reduzir o acionamento do pedal do freio em até 90%, capazes de mostrar ainda mais aos clientes os benefícios da mobilidade elétrica oferecida pela Nissan".

7 comentários:

  1. carro elétrico é a cara do futuro automotivo curto e médio prazo, pode até ser com muito esforço e dedicaçâo a próxima apple do mercado automotivo, pois tem histórias e caminhos parecidos, pioneira e de vanguarda, caiu no ostracismo por mal administraçâo, com executivos pisando um no outro, se reciclou e reergueu, com nova administraçâo, muito competente por sinal, voltou com tudo, na crista da onda, com parcerias , inovaçôes, cabeças pensantes , agora tem tudo para bombar no mercado, o porém será uma criança hiper dotada chamada tesla, que chegou quebrando tudo e será por um bom tempo uma grande pedra no sapato do grupo de MR.CARLOS GHNOST ...

    ResponderExcluir
  2. Acho muito legal esse carro, teria facilmente. Acho legal tb o Bolt EV da GM.
    Porém, pelo que li, o gargalo será a bateria, ela usa Cobalto que esta cada vez mais raro e caro. Vi tb que estão tentando trocar ou diminuir o Cobalto. Tomara que consigam.

    ResponderExcluir
  3. O futuro será o carro movido a célula de hidrogênio.
    https://www.aquelamaquina.pt/noticias/actualidade/detalhe/futuro-esta-no-hidrogenio-nao-nas-baterias-diz-responsavel-da-mercedes.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carro a hidrogênio não tem segurança e a implantação é mais cara que carro elétrico,só ver o mirai da Toyota que virou mico e dá um prejuízo pra Toyota,o tesla 3 em unidades entregues está encostando nele

      Excluir
  4. I3,Toyota prius e esse Nissan já são realidade em países desenvolvidos

    ResponderExcluir
  5. até a placa pintada de branco...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.