Car.blog.br

Pesquisar este blog

Toyota tem queda de vendas e aumento de lucros em 2018

Categorias: , 26 Comentários

A montadora japonesa Toyota divulgou seus resultados financeiros para o ano fiscal terminado em abril de 2018, apontando queda de vendas e aumento de lucros. Os números incluem os resultados da Daihatsu (subsidiária de carros pequenos) e da Hino (caminhões).

Toyota tem queda de vendas e aumento de lucros em 2018

As vendas consolidadas da veículos atingiram 8.964 milhões de unidades, queda de -0,1% em relação ao mesmo período de 2017. Entretanto, a receita global aumentou para 6,5% para cerca de (225.97 bilhões de euros (US$ 276,6 bilhões de dólares).


O lucro operacional melhorou 20,3% para 20,16 bilhões de Euros (US$ 22,59 bilhões de dólares). Em termos de lucro líquido (depois dos impostos), a montadora japonesa registrou um aumento de 36,2%, para 2,49 trilhões de ienes, o que corresponde a 19,18 bilhões de euros (US$ 23,44 bilhões de dólares).

Para o novo ano fiscal que termina em 31 de março de 2019, a Toyota espera queda adicional de vendas consolidadas de 8,95 milhões de unidades.

Fonte: Toyota

26 comentários:

  1. Esses resultados da toyota de aumento de lucros são efeitos da desvaçorização do iene frente ao euro e dólar. E teve um pequeno efeito de redução de custos. Só isso.
    O pior são as vendas. caindo em 2018 e com nova previsão de quesdas em 2019.

    O que é mais do que esperado, já que a Toyota é muito fundamentada no mercado dos EUA (que está caindo em 2018), e é uma NULIDADE na Europa (que está crescendo) e uma NULIDADE ainda maior na China (que também está crescendo).

    Em resumo: Toyota, para baixo e para trás!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Carlos, vc fica falando mal da Toyota, mas Toyota e VW tem muito em comum. Fazem carros baseados mais na funcionalidade e racionalidade do que no aspecto aspiracional. Nos EUA, ambas as marcas são consideradas generalistas, ou seja, apresentam produtos bons, mas numa faixa de preço abaixo das mais tradicionais por lá.

      E a VW está cada vez mais parecida com a Toyota. O Polo e o Virtus são carros essencialmente racionais, oferecem qualidades irrefutáveis, mas sem empolgar. Assim como a Toyota sempre fez. E isso não é uma crítica. Aqui no Brasil, só falta se inspirar no pós venda da Toyota.

      Excluir
    3. Efeito cambial não influencia em nada no lucro operacional da companhia

      BUUMMM!!!!!! Levou BOMBA!!!!!!!!!!!!!!

      Está no próprio comunicado da Toyota que a flutuação câmbial turbinou os lucros:

      "Operating income increased by 405.4 billion yen. Major factors in the increase included currency fluctuations of 265 billion yen and an increase of 165 billion yen due to cost reduction efforts."

      Como tem orelha!!!1

      http://www.toyota-global.com/pages/contents/investors/financial_result/2018/pdf/q4/overview.pdf

      Excluir
    4. Toyota é exemplo mesmo... mesmo perdendo participação consegue aumentar o lucro.

      Excluir
    5. Sim, a Toyota tem lucro de 23 bilhões de dólates e tá muito preocupada com a opinião do Carlos. Faça um favor a todos nós: escreva menos, bem menos, ok?

      Excluir
  2. O que significa que seus produtos se valorizaram!

    ResponderExcluir
  3. Mais de 1 bilhão de dólares vendendo 0,1% menos, isso sim é eficiência.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E realmente. Muito eficiência mesmo. Já vendendo menos em 2018 com o.mercsod crescendo. Kkkkkk

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Rir para não chorar! Isso mesmo! Força!

      Excluir
  5. A tendência da Toyota é acabar sendo adquirida pela VW.

    A toyota tá em situação complicada. NULA na Europa. Nula na China.

    E só vai bem nos EUA, que estão em decadência. Pior, até nos EUA está caindo. Enquanto a VW cresce nos EUA.

    Então, acho que em breve poderemos ver o Grupo VW comprando a toyota.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí sim, hein????? Se a Toyota for adquirida pela VW passará, do dia para a noite, a ser um excelente marca.

      Seria interessante, e a VW iria ficar saltitante e dando pulinhos de alegria, pois somente assim poderia vender a Hilux com o símbolo da Toyota, sem precisar colocar o símbolo da VW na frente como já fez.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Seria interessante, e a VW iria ficar saltitante e dando pulinhos de alegria

      Boa menina. Está bem adestrada. Repetindo de forma perfeita, com macaco amestrado, as frases elaboradas pelo seu ídolo, que vc é tão fissurada, assim como outros, que repetem amestrados essas tiradas que vcs não seriam capazes de criar.

      parabéns! Já mostrou que tem QI de macaco. Repete frases dos outros, e sabe ler listinha!

      kkkkkkkkkkkkkk Mas isso não é o suficiente para sair do nível da idiotia.

      Excluir
    4. Levando em consideração que a VW é nula nos EUA e consegue ter lucro globalmente... nada de anormal.

      Excluir
    5. Sim, claro, é só ver o resultado de ambas as empresas para ver que existe real possibilidade da VW comprar a Toyota... daqui 50 anos.

      É cada coisa que se lê por aqui...

      Excluir
  6. genti...se a Toyota é tão boa porque não vendi?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. genti... se o cara é anarfa, purque num vai istudá?

      Excluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Toyota é uma gigante, embora precise somar trezentos modelos com o nome Corolla para passar a impressão que tem o carro mais vendido do mundo continua sendo fortíssima. Para mim no Brasil só vende carros que agradam idosos e frotistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos Vianna, me permita uma correção: No Brasil só vende carros que agradam a idosos e taxistas que não lêem revistas especializadas, daí vão nas ideias dos que dizem os jargão: "Toyota não quebra.".

      Excluir
    2. Mas a verdade é que não quebra mesmo. Podem falar o que quiser, pode ser antiquado o que for, mas que não quebra, não quebra.

      Excluir
  9. q idiotisse achar q a Toyota vai quebrar.
    Ta mais facil VW e Toyota dominar o mercado global, uma vez que as tradicionais estão encolhendo, vide exemplos da Ford, GM.

    ResponderExcluir
  10. Sedãs Médios
    POS.
    MODELO
    TOTAL 2018
    ABR/18
    MAR/18
    ABR/17
    % ABR 18
    % MAR 18
    VARIAÇÃO ABR/MAR
    VARIAÇÃO 2018/2017

    TOYOTA COROLLA
    19413
    5664
    5395
    4967
    45,58%
    44,59%
    4,99%
    14,03%

    HONDA CIVIC
    8418
    2764
    2784
    2393
    22,24%
    23,01%
    -0,72%
    15,50%

    CHEVROLET CRUZE
    6680
    1645
    1720
    1720
    13,24%
    14,21%
    -4,36%
    -4,36%

    FORD FOCUS FASTBACK
    1524
    531
    282
    489
    4,27%
    2,33%
    88,30%
    8,59%

    CITROËN C4 LOUNGE
    1190
    369
    257
    259
    2,97%
    2,12%
    43,58%
    42,47%

    NISSAN SENTRA
    1274
    315
    378
    233
    2,54%
    3,12%
    -16,67%
    35,19%

    KIA CERATO
    1203
    310
    540
    109
    2,49%
    4,46%
    -42,59%
    184,40%

    VW JETTA
    1688
    239
    350
    504
    1,92%
    2,89%
    -31,71%
    -52,58%

    HYUNDAI ELANTRA
    494
    231
    131
    247
    1,86%
    1,08%
    76,34%
    -6,48%
    10º
    PEUGEOT 408
    260
    175
    47
    76
    1,41%
    0,39%
    272,34%
    130,26%
    11º
    MITSUBISHI LANCER
    420
    123
    122
    22
    0,99%
    1,01%
    0,82%
    459,09%
    12º
    RENAULT FLUENCE
    589
    60
    94
    43
    0,48%
    0,78%
    -36,17%
    39,53%


    43153
    12426
    12100
    11062
    100,00%
    100,00%
    2,69%
    12,33%
    Fonte: Fenabrave
    Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com
    Vídeo: Paulo Henrique Trindade

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.