Car.blog.br

Pesquisar este blog

Ranger 2019 ganha novo motor e câmbio AT de 10 marchas

Categorias: , , 13 Comentários

A Ford divulga na Austrália a linha 2019 da picape média Ranger, com facelift e aparência mais nítida e motores mais avançados.

Ford Ranger 2019

As versões XLT e Wildtrak passam a contar com novo motor diesel bi-turbo de 2.0 litros, produzindo 213 cv e 500Nm de torque, o último disponível entre 1750 e 2000rpm, associado com uma transmissão automática de conversor de torque de 10 velocidades e oferece a mesma capacidade de reboque com freio de 3500 kg.

Ford Ranger 2019

Juntamente com a combinação bi-turbo / 10 velocidades, o XLT e o Wildtrak serão oferecidos com o mesmo turbo diesel de cinco cilindros de 3,2 litros atualmente instalado, produzindo 200 cv de potência e 470Nm de torque. Está ligado a uma transmissão manual de seis velocidades ou automática de seis. Há ainda o quatro cilindros e 2,2 litros de 160 cv.

Ford Ranger 2019

No campo tecnológico, a Ford se uniu à Mercedes-Benz para oferecer frenagem de emergência automática nos modelos XLT (opcional) e Wildtrak (padrão). O sistema opera acima de 3,6 km / h e pode detectar pedestres ou veículos.

A Ford também reformulou a suspensão do Ranger para 2019, com geometria revisada que permite menos rolagem da carroceria direção mais nítida. Crucialmente, a empresa diz que as mudanças na suspensão não afetarão a capacidade de carga ou reboque.

O reconhecimento do sinal de trânsito une-se à assistência de manutenção de faixa, ao aviso de partida de faixa e ao controle de velocidade adaptável como opção no XLT Tech Pack, embora seja padrão no Wildtrak. É a mesma história com o Active Park Assist, que pode estacionar em reverso paralelo o carro sem qualquer entrada de direção do motorista.


Do lado de fora, a equipe de estilo da Ford colocou uma nova grade e entrada de ar mais larga no pára-choques inferior, junto com luzes de combinação de LED no XLT e Wildtrak. Como antes, o XLT terá realces cromados no exterior, onde o Wildtrak obtém detalhes em cinza escuro.

As mudanças interiores são mínimas, com ampliação do Sync 3 com o espelhamento do smartphone para versões de acesso.

Ford Everest

Além do Ranger 2019, a Ford revelou a linha 2019 do Everest, SUV de 7 luagres concorrente do Hilux SW4.

Ford Everest 2019

O modelo traz grade atualizada, pára-choques e inserções de faróis. Na lateral há novas rodas de liga leve de 20 polegadas, enquanto nenhuma mudança é visível na traseira.

Ford Everest 2019

No interior, há uma cabine ligeiramente alterada com um sistema de infoentretenimento que agora recebe a interface do Ford Sync 3. O Ford Everest agora também recebe frenagem de emergência autônoma com detecção de pedestres para aumentar a segurança.

Ford Everest 2019

Sob o capô, o Everest SUV recebe o novo motor a diesel de 2.0 litros, emprestado da picape Ranger, e é acoplado a uma nova caixa automática de 10 velocidades. O motor pode ser equipado com duas opções de potência: 180 cv / 420Nm e uma variante twin-turbo 213 cv / 500Nm.

13 comentários:

  1. Nos países de primeiro mundo a Ford lança os carros mais bonitos e com as melhores tecnologias. Já aqui no Brasil ficam os carros mal construídos e com design retrógrado. Bom para a Volkswagen que está lançando excelentes carros para o nosso mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ali que me refiro. Creio que o consumidor tem que exigir carros de classe mundial no Brasil, e acabar com essa de carro para mercados emergentes.

      Excluir
    2. É muita humilhação esse título "EMERGENTES", pra eles o Brasil é desclassificado.

      Excluir
  2. Genti...se a Ranger é tão boa, porque não vendi?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os comentários da Velma Dinkley são d+....kkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. A Ford perdeu a oportunidade de melhorar seu motor 3.2 5 cilindros e aumentando a potencia e a eficiência e aí peitar a Amarok no preço, mas preferiu titubear. O pacote tecnológico e o espaço são melhores que na Amarok, mas enfrentar o V6 Audi e o câmbio ZF8 é complicado.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Dominic Toreto pira no cambio desta pick-up

    ResponderExcluir
  6. Efeito Virtus, que com seu revolucionário câmbio de seis marchas obrigou a concorrência a partir pro "quanto mais melhor" pra disfarçar o fato que seus carros são inferiores ao Sedan Médio da VW/PORSCHE

    ResponderExcluir
  7. Que comece a briagaiada por cavalaria. Jaja vem a GM e a Toyota.
    Efeito Amarok V6.
    VW fazendo marcos no mercado brasileiro.
    Golf 7 em Setembro de 2013
    Polo em Setembro de 2017
    Amarok em Fevereiro de 2018
    Carros que vieram e bagunçaram o mercado (no bom sentido).

    ResponderExcluir
  8. Caramba!!!

    Do nada o 3.2 (200cv 470Nm) ficou ultrapassado frente a um 2.0 (213cv 500Nm)!!!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.