Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo VW Polo MPI 2018: impressões após 6 mil km de uso

Categorias: , , , , 38 Comentários

O nosso teste de longa-duração do Novo Polo 1.0 MPI 2018 chega a casa dos 6 mil km. Neste artigo, iremos relatar todas as impressões que tivemos com o veículo - apontando aspectos negativos e positivos.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

O VW Novo Polo nos surpreendeu em muitos aspectos. A suspensão é macia e isola bem a cabine do piso de baixa qualidade de São Paulo. O espaço interno é outra boa surpresa - basicamente o mesmo espaço do Golf geração 4 - um hatch médio. E agrada também pela estética bem resolvida e que chama à atenção por onde passa pelo seu design sofisticado e com toque de esportividade - não são raras as vezes que é confundido com o Golf, pois a parte dianteira é muito semelhante à do VW Golf MK7.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

O veículo foi amaciado - na maior parte do tempo - em ciclo rodoviário, em trajetos em torno de 300 km. O consumo foi uma grata surpresa, pois estamos obtendo números bem superiores aos informados pelo INMETRO. Em ciclo rodoviário, abastecido com gasolina, chegamos ao consumo médio de 19 km/l, em uma velocidade de 100 km/h - medição do computador de bordo.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

Já em relação ao pós-venda, fizemos a manutenção preventiva do veículo - veja aqui - assim que atingiu a casa dos 5 mil km rodados na concessionária autorizada Green VW de São Paulo, localizada na Zona Leste, no bairro do Tatuapé.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

Primeira manutenção preventiva - 5.000 km

Ao chegar à autorizada, um técnico nos abordou para questionar se havíamos percebido algum ruído ou defeito no veículo. A resposta foi que sim, na hora de estacionar, quando estávamos de marcha ré e o freio era pressionado, o veículo emitia um estralo.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

Esse problema foi solucionado, na garantia, sem custo algum. Segundo o técnico, as pinças de freio estavam com uma certa folga, e quando o veículo mudava de direção e se acionada o freio, isso produzia o barulho. A solução foi um reaperto no sistema de frenagem, e foi resolvido.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

Ruídos internos 

O nosso VW Polo 1,0 MPI não apresentou nenhum tipo de ruído interno até o momento, tampouco no exterior do veículo, como ruídos de suspensão ou de carroceria. O interior surpreende pelo nível de silêncio de passeio - o ruído do motor quase não se ouve, e tampouco ruídos de rodagem ou aerodinâmicos. Nesse aspectos o Polo parece ser um carro de classe superior.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

O que deixou a desejar?

O aspecto negativo que podemos apontar é o fato de que o sistema de mídia, que, apesar de funcionar muito bem em conexão Bluetooth para o smartphone, e demais funcionalidades, não oferece a capacidade de espelhamento de tela via App-Connect, o que limita a integração com o celular. Em nossa opinião, o Novo Polo na versão de entrada deveria vir com a mesma multimídia do Comfortline 200 TSI.


Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

Acessórios adquiridos

Como a versão 1.0 MPI do Polo não vem equipada com tapetes (protetores de carpete), tivemos que adquirir por fora, pois, quando compramos, o valor dos carpetes na concessionária ainda estava abusivo. 

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

O Polo 1.0 MPI também vem com rodas de ferro de 15 polegadas e calotas - as quais nós substituímos por rodas de liga-leve e pneus de 16 polegadas, ambos originais VW.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

Aspecto positivo

Veículo com ótimo desempenho em ciclo urbano e rodoviário, mesmo com o motor 1.0 MPI de 84 cv com etanol e 77 cv com gasolina. Esse motor atende muito bem ao Polo para uso convencional, sem pretensões de esportividade. Destaque também para o bom porta-malas de 300 litros.

Novo Polo MPI 2018: impressões aos 6 mil km

Conclusão

Rodar esses 6.000 Km com este Novo Polo 1.0 MPI tem sido uma experiência agradável tanto em cidade quanto estrada. É um carro ágil e sólido - que transmite robustez. O passeio é confortável, silencioso. E, por fim, é um carro prático, em face das dimensões adequadas ao uso urbano, e por não dar problemas.

38 comentários:

  1. com certeza um excelente carro, o problema é o preço!!!

    ResponderExcluir
  2. Caramba, que "rádio" esquisito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um rádio excelente, com conexão Bluetooth, e streaming de áudio.

      De mais a mais, é um sistema de áudio competente e que vem de série. No Argo 1.0, por exemplo, não vem nada.

      Excluir
    2. Mas não deixa de ser esquisito.

      Excluir
    3. E o menino segue fissurado no Argo, reportagem de Polo e la vem falar de Argo...

      Excluir
    4. O menino já está tremendo com a chegada do Yaris Rsrsrs

      Excluir
    5. Parace ser difícil apontar a qualidade de um sem apontar o defeito do outro. O rádio e esquisito mesmo, a cor diferente do painel não ficou legal tb.

      Excluir
    6. Vive dizendo que polo não é concorrente do argo não são concorrentes mas não cansa de comparar os dois

      Excluir
    7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    8. Realmente destoa do interior

      Excluir
    9. Parace ser difícil apontar a qualidade de um sem apontar o defeito do outro. O rádio e esquisito mesmo, a cor diferente do painel não ficou legal tb.

      Excluir
    10. O Carlos jura que o Polo é médio mas compara ele com o Argo que é compacto.... kkkkkkkkk

      Excluir
  3. Pode ser um radio bom, mas conforme dito na reportagem deixou a desejar nessa versão que foi apresentada..

    ResponderExcluir
  4. 19km/L ??? Devem ter medido descendo uma ladeira ou o estagiário do INMETRO errou, se bem que quando se fala desse carro, os números são sempre de outro mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em trecho de estrada mantendo velocidade constante é possível, esses 1.0 mais modernos estão bem econômicos. Já fazer uma viagem inteira com esse consumo é mais complicado.

      Excluir
    2. Igor faz sim, minha mulher tem um UP! ela roda 70% estrada e 30%cidade diariamente, o coitado ja está com 75k a média na gasolina crava os 19. e ela nao tem o comportamento de motorista que busca o melhor consumo. o trajeto dela é rodoanel marginal, castelo av bandeirantes

      Excluir
    3. Igorlino. Chup... Que é de uva!!!!

      Excluir
    4. Todo motor 3 cil da VW é muito economico nao importa se no Up Polo ou Gol. Disparado o melhor motor aspirado do mercado.

      Excluir
    5. Medir dessa forma é fácil, minha ex bmw 320 flex fazia 14.8 na gasolina pelo computador de bordo em trecho reto e andando a 110 km/h.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Igor primeiro faltou um pouco de compreensão de texto da sua parte leia: "O consumo foi uma grata surpresa, pois estamos obtendo números bem superiores aos informados pelo INMETRO." nenhum momento foi citado que foi ou foram dados fornecidos pelo INMETRO e sim "comparado".. Não sou de comentar mais o meu gol 2017 1.0 3c realizou consumo 13.9 cidade 17.1 gasolina isso menos de 10mil km rodados quando fiz uma viagem longa 650km rodados 100- 120km/h velocidade, cidade não baixa de 13.9 indiferente do transito tudo isso gasolina... é de longe um carro que agrada no consumo não tem como comparar com outro 1.0....

      Excluir
    8. Fiz 17,5 km/l na estrada com polo TSI, andando 100 - 120 km/h

      Excluir
    9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  5. Pelo preço desse polo 1.0 mpi,sou mais o 208 1.2 puretech, além do Peugeot ser um pouco mais barato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Peugeot pode ser mais "robusto" e com mais frescuras, porém, tem dois problemas:

      1º se quebrar algo, a manutenção é absurda.
      2º na hora de revender, o preço despenca.

      Excluir
    2. O Peugeot é muito legal também. Um colega tem essa versão (1.2) e é um carro bem equipado. Mas se precisar de espaço, melhor o Polo. Além do que, a assistência técnica da Peugeot em alguns lugares deixa a desejar (aqui em Aracaju a fama deles é bem ruim, por exemplo -- não que a VW seja as 1000 maravilhas!!)

      Excluir
  6. Belo carro , e excelente relato . Uma pergunta em viagens como se comporta a velocidades mais altas ? Da conta do recado o motor MPI ? Pergunto pois tenho gol 2013 1.6 sera que há muita diferença em estrada comprado com o gol 1.6?

    ResponderExcluir
  7. Belo carro e ótima reportagem . Pergunto como se comporta o Polo MPI comparado com um gol 1.6 2013 em estradas em velocidades maiores ? Será muita diferença ?pois para meu uso o gol 1.6 atende bem . Mas penso no futuro em um polo .

    ResponderExcluir
  8. Só para esse carro, a VW tem 3 opções de mídia... Um mico! A interatividade hoje é questão até de segurança... E os caras vêm com essas opções limitadas e de estética anos 90... Por isso o suporte de celular é praticamente fixo (ou fique com o buraco no painel)... Coisa de produto generalista.

    Carro bom, bem construído, bom design externo, mas interior de estética (cores e formas) passíveis de diversas críticas. O material dizem que é bom, a montagem também. Ok. E há quem goste dessa estética também... Mas essa variação de tons claros do interior e determinados detalhes do Polo, como o rádio e sua estranha integração ao painel, esse suporte tosco, enfim, desapontam...

    Nessa semana deixei o Golf na revisão e, pra mim, o interior e a central do Fox são muito mais agradáveis. Reparem no acabamento da central do Fox, é muito parecida com a do Golf. O Fox 1.6 estava por 48 mil, bem mais completo que o Polo 1.0. Ok, a estrutura do Polo é melhor (Mesmo o 1.0 sem ESC não passando de 3 estrelas), mas ficar levando carro só para a hora da batida é complicado também... Além disso, a manipulação do celular no suporte do Polo pode gerar uma batida, que o uso da central do Fox evitaria...

    Por detalhes (mas absurdamente visíveis e de uso diário) o Polo não se mostra uma opção incontestável. Para quem tem Golf, o Polo é quase descartável. O Highline com a central opcional é aceitável, pelo interior escuro, melhor harmonizado e com detalhes interessantes. Ainda faltam 3 airbags e sobra o suporte, mas é bem mais equilibrado que as demais versões. Tirando o HL, os demais são para competir com Onix, HB20, Ka, Fiesta, C3, 208, Gol, Fox, Argo e cia mesmo...

    ResponderExcluir
  9. Será que a pergunta do consultor em relação a ruídos no carro não é um recall Branco? Um defeito nos freios?

    ResponderExcluir
  10. O Gol 1.6 anda muito bem e principalmente em estradas deixa muito queridinho da modinha atual comendo fumaça. Tive Gol, Fox, e agora temos em casa um Polo 1.0 mpi. Pode ter certeza que o seu Gol tem muito mais motor do que o Polo 1.0 quando o assunto é pisar fundo e em ultrapassagens. Porém o Polo em estrada e mesmo no dia a dia é muito mais confortável, macio e silencioso. Mas como a reportagem diz até eu me surpreendi com o desempenho do Polo 1.0 porém como todo 1.0 aspirado falta folego em algumas situações principalmente se vc estiver com o carro lotado, porta malas cheio e ar condicionado ligado. Se vc não liga para espaço interno e mais conforto ao dirigir vá de gol 1.6. mas se faz questão do melhor carro do segmento atualmente e que esculacha qualquer concorrente vá de POLO! Com certeza só terá alegria, existe um abismo a favor do Polo em relação aos queridinhos Onix, Argo e HB20.

    ResponderExcluir
  11. Falam do player como se fosse algo tão essencial. Claro que é bonitinho ver uma tela no painel mais intuitiva mas esta não deixa nada a desejar em funções. Quer mais só pagar por mais, esse é um bom carro de 50mil (ao nosso mercado), a preço de tabela voce precisa pagar mais de 49mil por um onix lt com my link e manivela no vidro traseiro.
    Tive esse tipo de player em dois carros distintos da Vw, faz mais que muitos players por aí, conecta via cabo Apple, Android, faz um bom streaming Bluetooth (mostrando o nome da musica no painel) com boa qualidade de áudio e faz boas ligações telefônicas e esse ainda tem o usb com mais capacidade de carga.
    Falar em se distrair mexendo no telefone que fica logo acima da central não faz sentido, se for mexer na central da na mesma, se quiser se distrair vai se distrair de qualquer jeito, bons Telefônes hoje em dia já tem recurso que inibe avisos de mensagem enquanto tiver dirigindo, só usar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bons argumentos LV! Mas, para quem utiliza GPS ou Spotify, por exemplo, talvez o ganho de ter uma central com espelhamento perante os simples fixadores de aparelhos está no uso restrito e seguro dos recursos.

      Por exemplo, tanto android-auto quanto carplay não permitem o acesso livre a todos os aplicativos do celular. Dessa forma, à sua vista, não ficam pulando notificações a toda hora, nem permite amplo acesso ao whatsapp...

      Tem ainda o tamanho da tela... Muitos celulares não proporcionam a devida comodidade de visualização. Além da exposição do seu aparelho ao sol e a maiores riscos de roubo...

      Enfim, são todas situações hipotéticas, claro, mas como vem crescendo dia a adia o uso de waze (por mapa ou pelos avisos de radares), spotify e outros aplicativos ao dirigir, pode ser que oferecer a solução ideal, a central com espelhamento, seja sim mais um instrumento de segurança e comodidade.

      Mas tudo sempre dependerá da responsabilidade do condutor, claro!

      Excluir
  12. Acho muito feio esse acabamento cinza, porque não deixaram todo preto sem essa combinação de tons de cinza estranho. essa vw inventa cada uma, meu up! tem um painel cinza claro, quando tento ver no espelho com o vidro fechado, enxergo só o reflexo do painel, engenharia avançadissima, mas simples detalhes eles falham.

    ResponderExcluir
  13. Coluna B também poderia ser preto brilhante

    ResponderExcluir
  14. O T40 manual ja vem com rodas diamantadas e pneus 16, olha so.. ainda painel soft touch, disco nas 4, motor 1.5, piloto automatico, multimidia, camera frontal, espelho el, etc.. custando 10k a mais que esse polo, acho melhor c/b.. quanto custou esse comjunto de pneus e rodas 16 mesmo?

    ResponderExcluir
  15. Lembro lá no longínquo ano de 2004 quando minha mãe comprou um Gol City 2004, a CC SE NEGOU a conseguir de brinde um jogo de tapetes. É muita mesquinhez. Um Ford Ka pelado vem com tapetes

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.